NATAL PRESS

PF/RN

pfenem

A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite deste domingo (25), em uma universidade particular na Zona Sul de Natal, um técnico administrativo, cearense, 28 anos, suspeito de utilizar artefato eletrônico durante a realização da prova do ENEM.

A ação aconteceu quando os policiais foram acionados pelos fiscais que desconfiaram de um candidato no momento em que esse retornava do banheiro faltando poucos minutos para o encerramento do certame. O homem andava de modo estranho, como se estivesse com algum objeto nos bolsos da roupa, o que é terminantemente proibido pelas regras do concurso. Naquele momento, perguntado se conduzia algum tipo de material proibido, ele negou, mas ao ser submetido ao detector de metais, o aparelho soou o alarme e o candidato foi convidado para se dirigir até a sala da coordenação.

Durante a revista pessoal foi encontrado sob suas vestes, um fio ao redor do pescoço que descia pelo corpo acoplado em um equipamento eletrônico e chegava até ao interior do seu tênis, onde estava um aparelho celular sem a capa traseira.

O acusado recebeu voz de prisão e em seguida foi levado para ser autuado na Superintendência da PF, porém ao ser interrogado, invocou o direito constitucional de permanecer calado, negando-se a responder todas as perguntas que lhe foram dirigidas.

Indiciado por fraude em concurso público, o suspeito irá responder pelo crime em liberdade. Ele foi solto ainda na noite de ontem, após o pagamento de fiança, conforme dita a Lei.

Fonte:Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte
Telefone: (84) 3204.5588

PF/RN

genesis

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (22), no Rio Grande do Norte e em mais 7 estados (AL, CE, ES, GO, MA, PE e RR) , a segunda fase da Operação Gênesis*, com o objetivo de combater a distribuição de pornografia infanto-juvenil pela internet.

As investigações no RN foram iniciadas há quase um ano através de um trabalho de inteligência que identificou contas de usuários que utilizam as redes sociais, serviços de e-mails e de armazenamento de arquivos para distribuir fotos e vídeos de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.

62 policiais da Superintendência de Natal e da Delegacia de Mossoró, cumprem 13 mandados de busca e apreensão em endereços residenciais nos bairros de Cidade Alta, Tirol, Neópolis, Capim Macio, Planalto, Nossa Senhora da Apresentação e Nazaré, todos na capital potiguar e em mais duas cidades do interior: Parnamirim, na Região Metropolitana e Canguaretama, no Litoral Sul.

Os crimes investigados preveem penas que podem chegar até a 6 de anos de reclusão.

*O nome Gênesis significa na mitologia grega “nascimento, princípio” e, neste contexto, a PF busca resguardar os direitos dos cidadãos desde a sua infância combatendo crimes tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

GÊNESIS I
Durante a primeira fase da operação, também deflagrada no RN e em mais 7 estados da Federação na data de 02 de setembro de 2015, foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão nas cidades de Mossoró, Parnamirim, Natal e Fortaleza, sendo que no decorrer da ação, os policiais encontraram material de pornografia infanto-juvenil armazenados e sendo compartilhados, o que resultou na prisão em flagrante de 6 acusados: 1 em Natal, 4 em Mossoró e 1 na capital cearense.

A Polícia Federal prendeu em flagrante no final da manhã deste sábado (17) em uma das salas do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal, um equatoriano, 26 anos, acusado de uso de documento falso. O homem fazia um teste de proficiência e se passava por um brasileiro nascido em Minas Gerais.

A ação aconteceu quando a PF foi acionada pela UFRN, a fim de acompanhar o teste de proficiência em língua inglesa que é aplicado semanalmente naquela Universidade. Os policiais então passaram a conferir a documentação e entrevistar informalmente os concorrentes quando estes preenchiam a ficha de inscrição, sendo que um deles ao ser abordado, mostrou-se visivelmente nervoso e confessou que estava com documentos falsos.

De imediato, o suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado para autuação na superintendência da PF, onde, ao ser interrogado, não respondeu a nenhuma das perguntas, reservando-se ao direito constitucional de permanecer calado e só se pronunciar em juízo.
O estrangeiro vai permanecer sob custódia na sede da PF, aguardando o pronunciamento da Justiça.


A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira (7), em Parnamirim/RN, Região Metropolitana de Natal, uma operadora de telemarketing, potiguar, 26 anos, acusada de tráfico de drogas. A ação aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça da Bahia.

Há pelo menos dois meses, os policiais do Núcleo de Operações/DREX e do Grupo Especial de Rastreamento e Capturas (GECAP), investigavam o paradeiro da foragida, a qual foi procurada diversas vezes em endereços nesta capital, mas sem sucesso. Com o prosseguimento das buscas, a sua localização ocorreu na manhã de hoje quando ela, utilizando-se de documentos falsos, estava em uma fila para “visita íntima” na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), pois pretendia se encontrar com o namorado que está preso e é apontado como um dos líderes de uma facção criminosa com atuação no RN.

Ressalte-se que a mulher hoje presa, havia sido flagrada pela PF, no ano de 2013, nas proximidades de Simão Dias/SE, região fronteiriça com o estado da Bahia, numa operação que resultou ainda na prisão de mais quatro pessoas, além da apreensão de 550 quilos de maconha que estavam escondidos no interior de carros “zero km” que eram transportados por um caminhão cegonha.

A acusada, que possui também antecedentes criminais por furto, encontra-se custodiada na superintendência da PF, à disposição da Justiça e deve ser transferida para Sergipe nos próximos dias.

Fonte:
Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte
Telefone: (84) 3204.5588

Divulgação

segure

O Seminário de Lançamento do Fórum Estadual de Segurança Pública (FOSEG-RN), realizado nesta segunda-feira (28) em Natal, reuniu um grande número de participantes, onde os quatro palestrantes convidados apresentaram temas pertinentes, como: Crise na Segurança Pública, Direitos Humanos e Atividade Policial: uma via de mão dupla, Modelo Pleno de Polícia e Otimização da Atividade Policial.

O Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte (SINPEF-RN) participou como uma das entidades organizadoras do evento.

O presidente do SINPEF-RN, José Antônio Aquino, coordenou a mesa formada pela palestrante e psicóloga Ana Vládia Holanda Cruz, Paulo César de Macedo (Simpol), Roberto Campos (ACS), Cléber Costa (COEDHUCI) e Paulo César de Macedo (SINPOL). Em pauta a discussão sobre “Direitos Humanos e Atividade Policial: uma via dupla”.

Para Ana Vládia, palestrante, é preciso mudar a forma de trabalhar a segurança no País. "O sistema carcerário não diminui o tráfico de drogas. O tráfico de drogas é o maior responsável pela prisão de mulheres no Brasil", garante.

pfsemina

O Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte (SINPEF-RN) e outras entidades do estado organizam na próxima segunda-feira (28), no auditório do SINPOL-RN, a partir das 14h, o Seminário de Lançamento do Fórum Estadual de Segurança Pública (FOSEG-RN).

Estarão presentes no evento, os palestrantes Edmilson Lopes com o tema “Crise na Segurança Pública”; Ana Vládia Holanda Cruz com a discussão sobre “Direitos Humanos e Atividade Policial: uma via dupla”; Filipe Bezerra com o painel “Modelo Pleno de Policial” e por fim, a participação do vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF), Luis Antônio de Araújo Boudens com o painel “Otimização da Atividade Policial”.

Para os interessados, a inscrição está sendo feita pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

PF/RN

pf15set

A Polícia Federal prendeu em flagrante na madrugada desta terça-feira (15), em Mossoró/RN, Região Oeste do Estado, um cearense, 27 anos, acusado de tráfico de drogas. O homem estava de posse de dois quilos de pasta base de cocaína.

A prisão, que contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, aconteceu por volta das 2h30 quando os policiais federais realizavam uma fiscalização de rotina no Posto da PRF situado na BR 304, sentido Acacati/CE e resolveram revistar os passageiros de um ônibus que tinha saído de Natal com destino a Belém/PA.

Por ocasião daquela abordagem, um dos homens informalmente entrevistados ficou bastante nervoso e caiu em diversas contradições, o que levantou a desconfiança dos policiais de que ele pudesse conduzir algo ilícito, fato constatado logo em seguida quando a sua bagagem foi aberta e encontrados os dois tabletes da droga enrolados em roupas. O suspeito recebeu voz de prisão e foi de imediato encaminhado para a sede da Delegacia da PF onde foi autuado.

Durante o seu interrogatório ele limitou-se a dizer que foi contratado por uma “pessoa desconhecida” na cidade de Fortaleza para pegar uma “encomenda” em Natal, mas afirmou não saber o que conduzia na bagagem. O acusado afirmou ainda que receberia R$ 500,00 caso a mala tivesse sido entregue no destino.

Indiciado na Lei de Entorpecentes, o homem, que possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, Lei Maria da Penha e por tentativa de furto, foi transferido para a Cadeia Pública de Mossoró onde permanecerá à disposição da Justiça.

Com mais esta ocorrência, o total de drogas apreendidas pela PF somente este ano no RN já ultrapassa 2,5 toneladas.

Fonte:

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte
Telefone: (84) 3204.5588

PF/RN

scd02

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (10), em um assentamento na cidade de Carnaubais/RN, Região Oeste do Estado, um pernambucano, 50 anos, foragido da Justiça e condenado por assalto contra agências dos Correios.

A ação ocorreu quando os policiais do Grupo Especial de Capturas (GECAP), diligenciavam visando cumprir dois mandados de prisão contra ele expedidos pela Justiça Federal da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

O preso, segundo consta nos respectivos processos, integrava uma quadrilha que assaltou os Correios das cidades de Tibau do Sul/RN, no ano de 1996 e também, Mataraca/PB, em 1997.

Após ser submetido a exame de corpo de delito no ITEP, o preso encontra-se sob custódia na PF, à disposição da Justiça, onde aguarda vaga para ser transferido para o sistema prisional do estado.

Outra prisão
Na tarde de hoje, em cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela Justiça Federal de Goiás, a PF prendeu em Itajá/RN, na Região do Vale do Assu, um homem de 41 anos, acusado do crime de contrabando cometido naquele estado.

Trazido para Natal, o suspeito também permanece custodiado na sede da PF, à disposição da Justiça, devendo ser transferido nos próximo dias para Goiânia/GO.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte
Telefone: (84) 3204.5588

PF/RN

pf00502sete

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (2), a Operação Gênesis, no RN e em outros 7 Estados (AC, CE, MG, PE, RO, SC e TO), com o objetivo de combater o armazenamento e a distribuição de fotos e vídeos de material pornográfico infantil pela internet.

Especificamente no RN, as investigações foram iniciadas há oito meses e identificaram contas de usuários que se utilizavam de redes sociais e de e-mails para distribuir arquivos de pornografia infantil através da rede mundial de computadores.

A PF utilizou 40 policiais para cumprir 10 mandados de busca e apreensão, sendo 7 em Mossoró, 1 em Parnamirim, 1 em Natal e 1 em Fortaleza/CE. Durante o cumprimento dos mandados de busca os policiais encontraram diversos materiais de pornografia infantil armazenados em computadores e, também, sendo compartilhados pela internet, o que resultou na prisão em flagrante de 6 acusados, sendo 1 em Natal, 4 em Mossoró e 1 na capital cearense.

A única pessoa presa em Natal, foi um artesão pernambucano, 45 anos, residente em Capim Macio. Com ele foi encontrado o material ilícito arquivado no computador pessoal. Levado para a sede da PF, o homem foi interrogado e liberado, pois apesar do flagrante, neste caso, a Lei permite que o preso pague fiança e responda ao processo em liberdade.

Já em relação às outras cinco prisões, apenas duas de Mossoró tiveram direito a fiança: um guarda municipal, 39 anos e um autônomo, 26 anos, enquanto que um porteiro, 40 anos e um advogado, 56 anos, permanecem presos à disposição da Justiça, além do autônomo de 40 anos que foi detido em Fortaleza, pois restou apurado que todos compartilhavam material de pornografia infantil pela

internet.

Durante as buscas foram apreendidos computadores, notebooks, aparelhos celulares, pen drives, chips e HDs. Esse material será agora periciado para análise do seu conteúdo. Os crimes ora investigados preveem penas que podem chegar até a 6 de anos de reclusão, além de pagamento de multa.

Fomte: Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte

Telefone: (84) 3204.5588

bastasd

A Associação dos Advogados do Rio Grande do Norte (AARN), acosta-se às demais instituições que, como ela, trabalham em defesa da advocacia e solidariza-se com o advogado José Tito do Canto, que, agredido em Delegacia, foi expulso a chutes e pontapés e impedido de exercer o seu ofício.

A AARN entende que tais agressões perpetradas contra o colega, vítima direta do fato, atingem não só a ele, mas a toda a advocacia, que se sentiu agredida também com tamanha violência, principalmente quando estas são advindas de autoridades públicas, cuja função é manter a ordem e proteger o cidadão.

A Associação dos Advogados do Rio Grande Norte lamenta profundamente o ocorrido e informa que acompanhará de perto a apuração dos fatos e cobrará uma resposta estatal quanto ao abuso cometido, que ofende não só a classe dos advogados, suas prerrogativas, mas a toda a sociedade.

Rossana Daly de Oliveira Fonseca
Presidente da Associação dos Advogados do Rio Grande do Norte - AARN



Twitter