A Polícia Federal, com apoio do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE), deflagrou na manhã na manhã desta quarta feira (18) em Natal, a operação Foxhound e prendeu em flagrante, dois homens que estavam de posse de uma pistola calibre .40 e munição, além de 141 trouxinhas de crack.

Um deles é foragido da penitenciária de Alcaçuz desde o dia 16 de abril deste ano.

A ação teve lugar na comunidade Toca da Raposa, em Nova Parnamirim e aconteceu em cumprimento a dois mandados de busca e um de prisão, expedidos pela Justiça Federal, em decorrência de um inquérito policial instaurado para apurar as circunstâncias em que ocorreu um roubo a casa de um escrivão da PF no mês de abril nesta capital, quando foram levados objetos pessoais, além da sua identificação funcional e uma pistola Glock, calibre 9mm.

Durante as buscas, foi recuperado um notebook, mas a identidade e a arma do policial, pertencente ao acervo da União, permanecem em lugar ignorado, uma vez que o principal suspeito ainda não foi localizado, sendo que as investigações terão prosseguimento até a sua captura.

Indiciados por tráfico de drogas, porte ilegal de arma e munição (calibre restrito), além de receptação, os dois suspeitos presos, após submetidos a exames de corpo de delito no ITEP, permanecem custodiados, à disposição Justiça, na sede da PF, em Lagoa Nova.

(*) Foxhound é uma raça de cães utilizada para caça.