NATAL PRESS

Foto: Marcelo Barroso

 

A página da Câmara  Municipal de Natal na internet ganhou nova roupagem com maior transparência. O novo design foi apresentado aos vereadores e também foi anunciado o lançamento do aplicativo "Câmara de Natal", com todo o conteúdo que está disponível no site.

Para o presidente da Câmara, vereador Paulinho Freire (PSDB), a atualização do portal atende exigências do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN). "O Portal da Transparência está mais objetivo para que o cidadão consiga acessar as informações que quiser, tendo todos os dados sobre os vereadores de forma mais clara", declarou. No Portal da Transparência, o cidadão agora tem acesso, na mesma tela, às legislações relacionadas, dados da gestão de pessoas, orçamentos e finanças, licitações e contratos, bens patrimoniais e despesas da Câmara.

Todas as matérias legislativas podem ser acessadas pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo - SAPL, que permite a consulta e acompanhamento da tramitação de projetos e outras matérias legislativas, com auxílio na organização das sessões plenárias, manutenção da base de leis e consultas às informações sobre Mesa Diretora, comissões parlamentares, Ordem do Dia, votações e frequência parlamentar.

Notícias sobre o que acontece no Legislativo municipal são atualizadas diariamente e no perfil dos vereadores estão aquelas relacionadas ao respectivo mandato, biografia e acesso às redes sociais e páginas deles. "Foi uma atualização pensada para a população. Estudamos como deixá-lo mais transparente com as informações completas e toda a produção legislativa disponível. Paralelo a isso, todas essas funcionalidades estão disponíveis no aplicativo", explica Flávio Sales, diretor da empresa de tecnologia MaxMeio, responsável pela elaboração do site.

O aplicativo já está disponível nas lojas de aplicativos dos celulares com sistema Android e IOS. Através do APP, é possível ainda assistir à TV Câmara e ouvir à Rádio Câmara, assim como ter acesso às funcionalidades presentes no site.


Texto: Cláudio Oliveira

1

 

Enquanto o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usa o Twitter para xingar internautas, seu irmão, Arthur Weintraub, direciona ataques contra opositores políticos. Na noite desta segunda-feira, 18, ele publicou um vídeo ironizando o sotaque da governadora Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte, ao pronunciar a palavra golpe.

Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
 
5.900 pessoas estão falando sobre isso
 
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi”, publicou o irmão do ministro da Educação com um vídeo mostrando Fátima Bezerra na época em que era senadora.

Muitos usuários aderiram ao ataque de Arthur e passaram a se referir à governadora do RN através da expressão preconceituosa “gópi”. Outros usuários saíram em defesa de Fátima. “Continuo com meu sotaque, falando certo ou errado em alguns momentos. Mas agradeço por não ter nascido como vc, com falta de caráter”, disse Élyda Barros.

Claro, que teve quem aproveitasse a oportunidade para lembrar que Fátima é professora para “endossar” o deboche. Enquanto outros preferiram atacar o posicionamento político dos potiguares ao optarem por eleger Fátima para o governo do estado e até mesmo criticar seu “estilo”.

Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
Antonio filho@antoniorarepipe
 

O português está no nível do estilo.

Ver imagem no Twitter
 
18 pessoas estão falando sobre isso
 
 

A viagem para a Europa também não foi esquecida:

Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
Teodalva Santos@Teorj2009
 

Ela agora é governadora e está passeando pelas "Oropas".

 
Veja outros Tweets de Teodalva Santos
 
 
Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
gracinha boechat@DasBoechat
 

Gópi dela é viajar para a Europa usando o dinheiro do Estado. !

 
Veja outros Tweets de gracinha boechat
 
 
Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
Liana Santa Ritta@RittaLiana
 

E dizem que é professora 😳

 
Veja outros Tweets de Liana Santa Ritta
 
 

O ex-BBB Ilmar Renato ainda aproveitou para criticar Abraham Weintraub. “Aproveita e ensina ao seu irmão também. Sotaque não é erro, já o seu irmão escreve errado em documentos oficiais. Seu pulha!!!”, publicou.

Outros comentários

Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
Arthur@ArthurBach9
 

Vai trabalhar meu senhor....

 
36 pessoas estão falando sobre isso
 
 
Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
Brabulll 🇧🇷🚩❤️@BRABULLL
 

Que falta de respeito e educação com o povo brasileiro!

 
Veja outros Tweets de Brabulll 🇧🇷🚩❤️
 
 
Arthur Weintraub
 
@ArthurWeint
 

Vamos todos aprender como é a pronúncia correta. É gópi. Repita 13 mil vezes. Aprendeu? Mais uma vez. Num intindi.

 
Vídeo incorporado
Maurício Camacho@MaurcioCamacho1
 

Vamos fazer uma "paralização" por causa do erro. @AbrahamWeint

Ver imagem no Twitter
 
Veja outros Tweets de Maurício Camacho
 
 
 
 
 

arquivo

 

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) solicitou a governadora Fátima Bezerra que repense o decreto editado pelo governo do Estado, que institui o Proedi retirando recursos dos municípios, sob o argumento de promover incentivos à indústria para atrair investimentos para o Rio Grande do Norte. O parlamentar, que na manhã desta quarta-feira participou, na Assembleia Legislativa, da reunião com prefeitos de diversas cidades do estado, deixou claro tratar-se de uma falácia a promessa do governo de oferecer aos municípios uma compensação financeira a título de amenizar as perdas que prefeituras vão ter, caso o Proedi seja aprovado.

“A governadora implantou um decreto de cima para baixo, sem uma diálogo amplo com os prefeitos, que enfrentam dificuldades para pagar a folha dos servidores, fornecedores e serviços”, disse o parlamentar.

O parlamentar, que é presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização, ainda deixou claro que, diante da crise financeira do estado, o governo não tem recursos disponíveis para dar qualquer compensação de ordem financeira aos municípios, principalmente com verbas da Farmácia Básica, cujos repasses estão em atraso.

Tomba Farias também foi taxativo ao dizer que o Proedi da governadora Fátima Bezerra não terá a capacidade de atrair investimentos para os municípios mais distantes da capital. “Qual a indústria que vai deixar de se instalar em Natal, São Gonçalo, Parnamirim ou Macaíba, que tem energia  e água em abundância, para abrir suas portas em municípios que têm carência até mesmo de fornecimento de água?”, questionou o deputado.

Enfatizando que nenhum deputado é contra a geração de emprego renda, Tomba Farias destacou ainda que a Assembleia Legislativa tem a obrigação de buscar junto ao governo uma solução para salvar os prefeitos “que estão com os pires na mão”.

Ele ressaltou ainda que a cidade de Santa Cruz vive hoje um cenário de desenvolvimento econômico, pois lá o processo foi invertido. “Lá, primeiro teve o investimento público, que abriu caminhos para a chegada dos investidores privados, através do turismo religioso”, explicou.

Em sessão ordinária, a Câmara Municipal de Natal aprovou, nesta quarta-feira (06), a 2° Revisão do Plano Plurianual 2018-2021, sob a forma do Projeto de Lei n° 226/2019. Ajuste de diretrizes estratégicas a partir da transformação de cenários sociais e econômicos fizeram com que a Prefeitura propusesse uma reestruturação da peça orçamentária.

"Fizemos adequações no plano para equacionar metas e ações. Por exemplo, existem medidas que não estavam previstas no PPA, todavia, em decorrência da necessidade de abertura de nova rubrica para contemplar recursos oriundos do Governo Federal precisam ser inseridas, a fim de que a Lei Orçamentária Anual 2020 seja discutida e votada já com essas novas demandas, previstas na revisão, devidamente aprovadas", explicou o líder da bancada governista, vereador Kleber Fernandes (PDT).

O orçamento para 2020 do município do Natal prevê uma receita de R$ 3.174.155.966,00 com despesas de igual valor. Segundo justifica o Executivo, para chegar a essa previsão, levou-se em consideração, entre outros fatores, a crise financeira dos últimos anos, além da dificuldade de ampliar a capacidade de investimento.

A vereadora Nina Souza (PDT) falou sobre a função do Plano Plurianual. "É o planejamento de gastos governamentais para 4 anos, conforme determina a nossa Constituição Federal em seu artigo 165. Trata-se do documento onde constam, detalhadamente, os atributos das políticas públicas executadas, tais como metas físicas e financeiras, públicos-alvo, produtos a serem entregues à sociedade, etc.".

"Já começamos a discutir a LOA 2020 no sentido de incorporar no próximo exercício financeiro recursos para a educação, saúde, população de rua, agricultura urbana e defesa das minorias, entre outras propostas que estamos trabalhando para que a gente tenha uma peça orçamentária que contemple a diversidade dos interesses da população", defendeu a vereadora Divaneide Basílio (PT).

Título de cidadão para Eduardo Bolsonaro

Na sequência, o plenário da Casa acatou o Projeto de Decreto Legislativo n° 40/2019 de autoria do vereador Cícero Martins (PSL) que concede o Título de Cidadão Natalense ao deputado federal pelo Estado de São Paulo Eduardo Bolsonaro (PSL). O texto recebeu 17 votos favoráveis e seis contrários.

"Fui muito bem recebido em Brasília pelo deputado Eduardo Bolsonaro, que se comprometeu em nos ajudar a conseguir os recursos necessários para solucionar o problema da falta de pagamento das gratificações dos servidores da saúde de Natal. Por isso, acredito que ele é um aliado estratégico para a nossa cidade, tendo em vista sua influência no contexto político nacional. Neste sentido, a homenagem vai ajudar a aproximá-lo ainda mais", justificou.

Por sua vez, o vereador Fernando Lucena (PT) se posicionou contrário ao título honorífico. "É um absurdo ver um agente político, fruto do sistema democrático, fazer qualquer tipo de incitação antidemocrática como o Eduardo Bolsonaro fez quando levantou a possibilidade de se instaurar um "novo AI-5" no país. Lamentável que concedam uma homenagem para um deputado que considere a reedição de atos autoritários".

Texto: Junior Martins

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, recebeu, na manhã desta sexta-feira (25/10), a visita de uma comitiva da cidade de Belém da Palestina, composta pelo prefeito local, Anton Salman, e pelo embaixador no Brasil do Estado Palestino, Ibrahim Alzeben. Natal e Belém são cidades irmãs, permitindo que haja um intercâmbio entre os povos em diversas áreas como turismo, arte, comércio, arte e cultura. O reforço no estreitamento desses laços e a implementação de parcerias foram discutidas durante o encontro, que ocorreu no salão nobre do Palácio Felipe Camarão. 

Álvaro Dias disse que era uma honra receber as autoridades palestinas e que a capital potiguar está de braços abertos e pronta para estreitar o relacionamento com a cidade de Bélem, lembrando que Natal tem uma comunidade árabe tradicional e muitos descendentes do povo palestino fincaram raízes na capital potiguar, construindo uma bonita história: “Para nós, é motivo de muita orgulho receber o prefeito Anton Salman e o embaixador Ibrahim.  É nosso interesse reativar, reforçar e manter os laços de amizade que nos unem”, destacou Álvaro, que aceitou o convite para visitar a cidade palestina. A viagem deve acontecer no mês de abril do próximo ano. 

Anton Salman ficou emocionado e entusiasmado com todas as homenagens recebidas em terras potiguares. O prefeito palestino falou que volta para o seu país com o coração cheio de gratidão ao povo de Natal e espera que essa visita tenha servido para diminuir a distância entre os dois países: “Não tenho palavras para agradecer o tamanho das honrarias e palavras dirigidas a mim. Não tinha dúvidas de que o povo brasileiro era hospitaleiro e acolhedor. Natal e Belém possuem semelhanças em diversos aspectos e costumes. Fiquei feliz que o prefeito Álvaro Dias aceitou o convite para nos visitar. Esse é um momento histórico para nós e agora vamos trabalhar para que essas parcerias saiam do papel e se realizem efetivamente”.

 

TÍTULO CIDADÃO NATALENSE

Na oportunidade, o prefeito de Belém da Palestina também recebeu das mãos do chefe do executivo municipal da capital potiguar o título de cidadão natalense, que foi aprovado pela Câmara Municipal de Natal por proposição do vereador Kleber Fernandes.

divulgação

Zerar as filas de exames em Natal. Esse é objetivo do projeto de lei da vereadora Nina Souza (PDT) que institui a Semana Municipal de Pactuação. Clínicas e hospitais da capital potiguar poderão efetuar convênio com a Secretaria Municipal de Saúde e todas as pessoas que tiverem prescrição maior que 90 dias realizarão o seu exame na semana definida. O texto foi aprovado por unanimidade nesta segunda-feira (21) na Comissão de Justiça da Câmara Municipal de Natal.

“Isso vai ser extraordinário, pois poderá zerar a fila de exames. Em contrapartida, as empresas  vão receber, ao término de cada mês, uma declaração com o valor dos serviços executados, que será abatido do pagamento de ISS, o imposto sobre serviço.”, enfatizou a parlamentar.

 

LOA 2020

Ainda nesta segunda-feira, a Comissão de Justiça da Câmara Municipal de Natal aprovou o projeto da Lei Orçamentária Anual para 2020, que tem como relatora a vereadora Nina Souza. O texto, elaborado pelo Poder Executivo, estabelece as despesas e as receitas que serão aplicadas durante o próximo ano no município. A LOA segue para a Comissão de Finanças, depois para primeira votação em plenário e, assim, o texto poderá receber emendas dos parlamentares.

“Demos celeridade e agora o texto segue para a Comissão de Finanças, depois para primeira votação em plenário e, assim, poderá receber emendas dos parlamentares”, explicou Nina Souza. O  trâmite deverá durar quase todo o mês de novembro, ficando as discussões maiores para dezembro. “Deveremos entrar em dezembro com as emendas encartadas para votação, proporcionando uma discussão mais tranquila”, destaca a relatora.

 

O livro Emancipação Política da Mulher Potiguar, escrito pela pesquisadora Maria Bezerra (in memorian) terá três lançamentos em Natal nos próximos dias: 23 de outubro, às 16h, na Galeria do NAC (novo prédio), numa parceria com a Cooperativa Cultural; no dia 2 de novembro, durante o evento nacional Mulherio das Letras, na Cidade da Criança, a partir das 14h e na Assembleia Legislativa, no dia 6 de novembro, às 10h, no Salão Nobre. O livro será vendido ao preço de R$ 50.

No primeiro lançamento, em parceria com a Cooperativa Cultural da UFRN, haverá uma mesa de bate-papo com as professoras Conceição Flores e Tânia Lima, e a jornalista Sheyla de Azevedo, sobre a emancipação feminina.

O livro traz, certamente, o maior registro histórico das mulheres que, desde o movimento sufragista, até os anos 2000 (data em que Maria Bezerra encerrou as pesquisas) da emancipação política feminina. Além da pesquisa que conta a história das primeiras eleitoras e primeiras mulheres a pleitear cargos públicos, o livro também contém uma pesquisa demográfica sobre prefeitas, vereadoras e deputadas que ocuparam cargos políticos no Rio Grande do Norte.

Emancipação Política da Mulher Potiguar faz parte da Coleção Amigos da Pinacoteca; Fundação Vingt-Un Rosado e Caravela Selo Cultural. Foi organizado por Isaura Rosado e a jornalista Sheyla de Azevedo.

"O Rio Grande do Norte foi berço de algumas figuras pioneiras na emancipação feminina, responsáveis por concretizar os anseios da Federação Brasileira para o Progresso Feminino, idealizado e criado pela carioca Bertha Lutz, em 1922. Seis anos depois, essa pioneira no Brasil encontra apoio e aliadas em terras norte-riograndenses quando, na cidade de Mossoró (RN), Celina Guimarães insere a mulher brasileira na história política e social do país, oficializando o primeiro voto feminino brasileiro e, em seguida, naquele mesmo ano, Alzira Soriano de Souza é eleita a primeira mulher prefeita, em Lajes", relembra em apresentação do livro, a maior incentivadora da pesquisa e realizadora dessa publicação, Isaura Rosado, amiga pessoal de Maria Bezerra, a quem homenageia em 2019 com a publicação desse livro.

Lançamentos

Dia: 23 de outubro, 16h, Galeria do NAC; 

Dia 2 de novembro: 14h, Mulherio das Letras, Cidade da Criança e 

Dia 6 de novembro; 10h, Assembleia Legislativa, Praça 7 de Setembro, Cidade Alta.

divulgação
 
As Zonas de Proteção Ambiental de Natal, ZPA's das Zonas Sul, Leste e Oeste, estarão em debate em  Audiência Pública nesta quarta-feira (2), na Câmara Municipal de Natal. A ideia é discutir a temática antes da chegada do projeto final de Revisão do Plano Diretor de Natal para a apreciação dos vereadores da cidade. A proposição é do vereador Sueldo Medeiros. 
 
Entidades ligadas à temática ambiental, do poder público e da sociedade civil, irão debater o assunto no plenário da CMN. "Enquanto o projeto final não chega na Câmara, vamos aprofundando o assunto para qualificar a discussão no parlamento, que será o responsável por avaliar e votar o novo Plano Direto de Natal.  É uma grande oportunidade para gerar esclarecimentos necessários, não somente para os parlamentares, como também para a sociedade natalense", destaca Sueldo. 
 
O vereador destacou ainda a importância da temática. "Como engenheiro de carreira que sou, entendo que é impossível crescer sem olhar para a sustentabilidade, gerando assim um crescimento saudável do nosso município, dentro dos modelos mais modernos de urbanismo que observarmos pelo mundo. As Zonas de Proteção Ambiental em Natal (RN), as ZPA'S, são vitais dentro desse projeto de revisão do Plano Diretor", apontou.

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do RN, na sessão desta terça-feira (01), o deputado estadual Francisco do PT fez apelo aos deputados para que seja dada celeridade ao Projeto de Lei 0294/19 que autoriza a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) a realizar o pagamento de contrapartidas de convênios celebrados entre a União e o Estado.

“Fiz apelo aos deputados e deputadas para que, se possível, a gente possa acelerar a tramitação dessa matéria, pois existe uma cartela de obras importantes de saneamento básico e de abastecimento de água aguardando esses recursos para a retomada e conclusão, como a que visitei em São José do Seridó. Uma obra para ampliação do abastecimento de água da cidade, fundamental para garantir a segurança hídrica da população que reside na zona urbana desse município”, explicou Francisco do PT.

Matéria foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça, e encontra-se atualmente em tramitação na Comissão de Finanças e Fiscalização da Casa.

Durante toda terça-feira (01), a senadora Zenaide Maia tentou reverter a situação das aposentadorias especiais, que correm o risco de serem extintas, com a aprovação do texto apresentado pelo relator da Reforma da Previdência. Por sugestão da senadora, foi apresentado destaque de bancada para aprovação, em separado, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania - CCJ, para conversão de tempo especial com adicional de até 40% (periculosidade e insalubridade) para a aposentadoria comum, beneficiando todos os trabalhadores que atuam expostos ao perigo e a agentes nocivos à saúde. O destaque não foi aprovado na CCJ.

 À tarde, Zenaide fez um pronunciamento no Plenário defendendo a aposentadoria especial. O destaque apresentado pelo Pros em Plenário visa extinguir a exigência de idade mínima para ter acesso à aposentadoria especial em decorrência da efetiva exposição aos agentes nocivos à saúde. “Entendemos que a imposição de idades mínimas e o sistema de pontos agregado ao tempo mínimo de contribuição fazem por extinguir, na prática, a aposentadoria especial”, argumenta. 

 “A ciência do que homem ou mulher que trabalhe ambiente insalubre e de periculosidade não deve cumprir idade mínima, e mas apenas permanecer por tempo máximo determinado naquele ambiente insalubre. Não se pode impor idade pois estamos condenando esses trabalhadores a não ter direito de se aposentar. Eu não concordo com isso. Essa Reforma da Previdência é cruel, não dá vez a quem trabalha. E é o trabalhador quem leva esse País”, declarou a senadora.

 


Twitter