NATAL PRESS

O Partido Solidariedade tem como meta se tornar o maior partido alternativo do Rio Grande do Norte nas eleições de 2018. Longe dos políticos antigos. Para isso, o Solidariedade montou uma estratégia qualitativa e quantitativa. Além de muitos, o partido tem excelentes candidatos.
 
“Para eleger um deputado federal no Rio Grande do Norte um partido sozinho precisa ter 200 mil votos. É um empreendimento complexo, sabendo que o controle dos mecanismos de construção eleitoral possuem afinidade com as forças convencionais de esquerda e de direita no Estado.”, diz o deputado Kelps Lima, Mestre em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
 
“Mas isso não nos intimidou. Fomos à luta e montamos um grupo de centro, gente que prefere fugir do radicalismo e foca mais a saúde econômica do RN. Temos 11 candidatos a deputado federal e montamos uma coligação com outros partidos que, juntos, poderão eleger um deputado federal que não pertence às oligarquias”, ilustra Kelps.
 
Conheça os candidatos a deputado federal do Solidariedade (por ordem alfabética):
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Twitter