NATAL PRESS

Segundo levantamento do Instituto Seta, Justiça foi considera “péssima” por 41,8% dos entrevistados; enquanto 26,3% consideraram-na “ruim”; 20,3%, “regular”; e 11,8%, “boa”.

A pesquisa realizada pelo Instituto Seta a pedido do Agora RN, divulgada nesta segunda-feira, 26, mostrou que os natalenses não aprovam o trabalho desempenhado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e pelo Ministério Público estadual.

A Justiça foi considera “péssima” por 41,8% dos entrevistados; enquanto 26,3% consideraram-na “ruim”; 20,3%, “regular”; e 11,8%, “boa”. Ninguém considerou o trabalho do Tribunal de Justiça “ótimo”.

No caso do Ministério Público, a avaliação negativa alcançou índices igualmente altos. Para 38,5% dos entrevistados, o trabalho do MP é “péssimo”. Outros 24,3% acham “ruim”, 21,3% acham “regular”, 15% consideram-no “bom” e apenas 1% acham o trabalho “ótimo”.

Foram entrevistadas 600 pessoas em Natal entre os dias 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança é de 95%, e a margem de erro é de 3,5%, para mais ou menos.

 

Fonte: AgoraRN



Twitter