NATAL PRESS

marco polo veras

mesassa

Foi criada na tarde desta quarta-feira, 15, A Mesa Permanente de Negociação foi criada na tarde desta quarta-feira, 15, entre o governo Municipal e servidores. Nesta primeira conversa, foi informado aos representantes sindicais presentes que a reposição salarial pelos dias descontados devido à greve, será feita até o próximo dia 24. Este era o objetivo inicial de discussão da mesa, que visa tratar, nas reuniões subseqüentes, de assuntos econômicos dos servidores.

A reunião foi aberta pelo secretário de Governo do Município de Natal, Jonny Costa, e a mesa de negociação tem como presidente a secretária Municipal de Administração, Adamires França. Participaram ainda da reunião representantes da Procuradoria Geral do Município, Secretaria Municipal de Planejamento, Câmara Municipal e representantes sindicais, como Soraya Godeiro, do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sisenat).

O objetivo da mesa de negociação é acordar questões econômicas reivindicadas pelas categorias. O Sisenat entregou pontos a serem discutidos nas próximas reuniões que terão encontros mensais, sempre às primeiras terças-feiras de cada mês, sendo a próxima já marcada para o dia 04 de abril, no auditório da Secretaria Municipal de Administração (Semad), rua Santo Antônio, Centro. Será elaborada uma minuta de regimento da mesa e apresentada, mas já ficou decidido que outros sindicatos, além do Sisenat, terão assento à mesa de negociação.

Segundo o secretário de Governo, Jonny Costa, o ponto mais importante, inicialmente, era a reposição dos salários dos servidores que tiveram descontos pela greve entre 11 de novembro de 2016 e 31 de janeiro deste ano. Com relação aos pontos entregues na abertura da reunião pelos servidores, ele colocou que as secretarias da área econômica da administração municipal se debruçarão sobre essas questões e a partir do próximo encontro serão colocadas a posição do Município.

“Vamos fazer de tudo para fortalecer esta semente plantada. Se não houver possibilidade de resolver tudo no primeiro momento, não quer dizer que não será resolvido”, afirmou o secretário ao final da reunião.

“Vamos ver receitas e despesas para, nós servidores, encontrarmos uma saída”, afirmou a secretária de Administração do Município, Adamires França, sobre os encaminhamentos a serem dados nos próximos encontros.



Twitter