NATAL PRESS

O governador Robinson Faria recebeu no final da tarde desta quarta-feira (9) uma comitiva de Macaíba formada pelo prefeito Fernando Cunha Lima, secretários do município e empresários da região para discutir a pavimentação do Distrito Industrial. A reunião teve a participação também do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo.

O Distrito Industrial de Macaíba agrega 23 empresas, que geram três mil empregos diretos, resultando R$ 270 milhões em receita provenientes de tributos estaduais e municipais.

Na audiência de hoje foram discutidas e apresentadas quatros formas possíveis para viabilizar a pavimentação: através da composição de um fundo das empresas, por meio de emendas parlamentares dos deputados federais e dos senadores, outra através de recursos federais, por meio de Ministérios, e a última pelo Governo do Estado, via Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Como encaminhamento da reunião, os empresários produzirão um documento detalhando a necessidade de pavimentação do Distrito, e o governador Robinson Faria e Flávio Azevedo apresentarão pessoalmente aos deputados federais e senadores em Brasília, ainda em setembro.

“No Rio Grande do Norte estamos atravessando uma crise financeira muito difícil, mas é preciso buscar alternativas criativas para superar o momento. Vamos apresentar para a bancada federal o material que será produzido pelos empresários comprovando a necessidade de melhoria na infraestrutura daquela região, vital para a economia do nosso estado”, declarou Robinson Faria.

Com a presença do governador em exercício, Fábio Dantas, o município de Extremoz, segundo mais antigo do RN, foi homenageado durante a solenidade de comemoração dos 514 anos do Estado, na noite desta segunda-feira, 24, no Versailles Recepções. O prefeito Klauss Rêgo recebeu placa comemorativa.

“A História remonta a 1.758. A Vila Nova de Extremoz se origina da Aldeia de São Miguel do Guajiru, onde viviam índios Tupis e Paiacus, com a presença de trabalho catequético de padres jesuítas”, escreveu o historiador Marcus César Cavalcanti de Morais.

“O município de Extremoz faz parte da História do RN e é rico em tradições e cultura, que vêm desde a época da presença dos jesuítas. Recentemente firmamos um convênio com o Departamento de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco e brevemente vamos instalar um museu com muitos artefatos arqueológicos, inclusive canoas muito antigas encontradas no fundo da Lagoa de Extremoz. Tudo isso servirá para continuarmos a contar a nossa História e preservar nosso patrimônio cultural e arqueológico”, disse o prefeito Klauss Rêgo.

Aniversário

O evento contou com palestra do membro do Instituto Histórico e Geográfico do RN, historiador e publicitário Marcus Cesar Cavalcanti, diretor da Revista Foco Nordeste, que lançou edição especial sobre os 514 anos. Outros sete municípios antigos também foram homenageados: Natal, Arêz, Portalegre, São José de Mipibu, Vila Flor, Caicó e Assú. (LS).

O prefeito de Extremoz, Klauss Rêgo, reuniu-se na manhã desta quinta-feira, 13, com a superintendente do Patrimônio da União do Rio Grande do Norte, Ieda Cunha, para tratar de diversos assuntos ligados ao órgão, entre eles a situação do Bar 21, em Jenipabu, acessos da Praia de Pitangui e urbanização das praias de Redinha Nova, Pitangui e Jenipabu.

Os principais temas tratados foram a conclusão de autorizações para as obras de urbanização e fechamento de parceria com o Patrimônio da União para ações conjuntas em defesa do meio ambiente das praias de Extremoz.

Além do prefeito e da superintendente do órgão, estavam presentes a reunião, Neilo Afonso, chefe de Divisão do Patrimônio da União, Francine Stelli Galdoni, secretária de Meio Ambiente e Urbanismo de Extremoz, Gabriela Leal, procuradora do município, Ana Paula, do Escritório de Convênios e André Macedo e Mariana Dias, do Escritório de Projetos.

Reunião
“Tratamos de vários temas, entre eles as liberações para áreas de urbanização e planejamento para evitar excessos que agridam o meio ambiente e fujam dos ditames da Lei”, disse o prefeito, acrescentando que a prefeitura sempre trabalhou em favor de um crescimento sustentável para o crescimento do turismo. (LS).

A Prefeitura de Extremoz, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, realizou na noite desta quarta-feira, 12, mais uma etapa de entrega de certificados de conclusão de cursos ofertados pelo município. A solenidade ocorreu no auditório da Secretaria de Assistência e foi entregue pelo prefeito Klauss Rêgo e a secretária da pasta, Renata Costa de Brito Rêgo. Ao todo, de 2009 a 2015 cerca de dois mil pessoas foram beneficiadas com os cursos de capacitação promovidos pela gestão.

Foram ofertados seis cursos com carga horária de 56 horas/aula, sendo eles, Técnico de Vendas, Telefonista, Culinária Regional, Bolo Artístico, Orientador Turístico e Secretariado. Cada turma foi composta de 20 alunos das localidades de Murici, Centro, Campinas e Santa Rita.

"Sabemos do empenho do Município em contribuir com a qualificação profissional da população e o tanto que ainda temos a realizar. Cada cidadão deve aproveitar as oportunidades e conquistar o seu espaço de trabalho e conhecimento é algo que ninguém tira do ser humano", disse Renata Rêgo.

Luta
O Prefeito Klauss Rêgo lembrou a luta para conquistar os cursos trazidos para Extremoz, bem como o empenho pela educação, lembrando a construções da Escola Técnica em Jardins de Extremoz. Falou também sobre as creches e escolas reformadas e construídas. "Sabemos que o município, em termo de censo ainda e pequeno, mas temos problemas de cidades grandes e enfrentamos com muita coragem. Muitas coisas trouxemos para Extremoz, entre elas uma agência da Caixa Econômica Federal", citou o prefeito, encerrando.

Informações Gilmara Costa

A Prefeitura de Extremoz, por meio da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Semthas) e do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) realizou a 6ª Conferência Municipal de Assistência Social (CMAS) na manhã desta quarta-feira, 05, no auditório da Semthas. O tema da conferência foi “Consolidar o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) de vez, rumo a 2026”.

A mesa dos trabalhos foi formada pelo prefeito Klauss Rêgo, secretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Semthas), Renata Rêgo, vereadora representante da Câmara Municipal de Extremoz, Leila Cristina, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Ednaldo Guedes, representante dos Usuários, Leda Maria de Carvalho e a presidente do CMAS de Natal, Cibele Morais, palestrante convidada.

A conferência, conforme divulgada pelos órgãos responsáveis pela sua realização, teve um caráter deliberativo com relação às ações e planejamento de assistência social para o município.

Passado

“O Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nos lega um passado de dez anos, que permite avaliar sua evolução durante esse tempo. Este é um momento estratégico para exercitarmos a prática do diálogo com a cidadania”, disse o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Ednaldo Guedes. “Vamos consolidar o SUAS para os próximos dez anos”, continuou. “Ressalto o papel do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), que delibera e orienta”, lembrou. “A conferência é um instrumento de fortalecimento da democracia e aperfeiçoamento do SUAS”, disse Ednaldo, abrindo em seguida o evento e apresentando a nova diretoria do CMAS. Por fim, o presidente do CMAS encerrou sua fala declamando versos de sua autoria.

Avaliação

A secretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Semthas), Renata Rêgo disse que o principal objetivo da conferência era o da consolidação do SUAS rumo a 2026. “Vamos avaliar o trabalho da secretaria; o que queremos para os próximo dez anos. Estamos vivendo uma crise nacional. Recentemente num evento a secretária do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) disse que o governo federal iria cortar ministérios e que iriam cortar, também, muita gente. O governo federal atrasou várias parcelas dos nossos recursos, de 2014, para cá e hoje quem segura à assistência social de Extremoz é a prefeitura”, informou Renata. “Temos muitas parcelas para entrar, mas nem por isso cruzamos os braços”, lembrou. “Em muitos municípios houve uma brecada grande e a tendência é piorar a nível federal, estadual e municipal. Mas, não podemos parar; vamos ter vontade e criatividade para vencer os momentos difíceis”, concluiu a secretária.

O prefeito Klauss Rêgo pediu a todos que participassem da conferência de forma construtiva. “Em todas as áreas o município cresceu bastante. Quero contar com o empenho de todos”, encerrou. Depois das falas houve apresentação do grupo de flautas do Centro de Convivência e início dos trabalhos e debates. (LS).

Foto: Cedida

volleiextrom 

A Seleção Masculina de Voleibol do Núcleo Esportivo da Prefeitura de Extremoz, coordenada pela Secretaria de Esporte e Lazer, representou o município na Copa Nordeste Brasil de Voleibol 2015 de 31 de julho a 02 de agosto, em Currais Novos. A seleção conseguiu o segundo lugar da competição.

A Copa contou com a participação de equipes de todo o Nordeste, dentre eles, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A final foi realizada entre a Seleção de Extremoz e contra a equipe de Macaíba, Campeã da Copa, vencendo Extremoz por três sets a dois.

“E importante frisar o apoio da Prefeitura de Extremoz que esteve fazendo o translado da seleção", disse a secretária de Esportes de Extremoz, Rosileide Maria de Brito. Rosileide também informou que os núcleos esportivos da Prefeitura de Extremoz funcionam desde 2009 e são administrados pela Secretaria de Esporte, que conta com uma equipe de educadores físicos e a oferta de futsal, futebol de campo e voleibol. (GC).

O prefeito de Extremoz, Klauss Rêgo, esteve nesta sexta-feira, 31, pela manhã, na sede da Cosern para cobrar providências em prol do município, em companhia do secretário de Infraestrutura, Edward Smith. O prefeito foi recebido por Cinthia Anne Rocha, gestora de atendimento ao Poder Público e por Sônia Lúcia Mendes, analista de processos comerciais.

O prefeito pediu a ligação da subestação do Hospital Presidente Café Filho, para que possa dar início ao funcionamento do Raio X, retirada de três postes em vias públicas, rede para que o Posto de Abastecimento de Água do Distrito de Murici possa funcionar bem, deslocamento da rede de baixa tensão na entrada da cidade para termino das obras do Pórtico e melhoramento da rede para suportar a demanda de energia da bomba de óleo e câmara frigorífica na Colônia de Pescadores de Pitangui.

“Temos que dar uma satisfação à população de Extremoz”, disse Klauss. “Houve a instalação da subestação do hospital, mas falta à vistoria final por parte da Cosern para poder funcionar”, ressaltou. “A prefeitura corre o risco de perder o custeio do Ministério da Saúde com relação ao Raio X, que depende da subestação para funcionar”, completou.

Murici

Sobre a rede que possibilitará o abastecimento de água do Distrito de Murici, Sônia Mendes informou que a questão aprovada está em fase de orçamento desde o dia 25. “Faltando apenas a segunda parte do processo”, revelou, adiantando que da mesma forma está a situação do deslocamento da rede de baixa tensão do Pórtico, prometendo, também, concluir o processo de funcionamento da subestação do Hospital Presidente Café Filho.

Sobre o melhoramento da rede para a bomba de óleo e câmara frigorífica dos pescadores em Pitangui, a analista disse que o problema será resolvido. “Vamos colocar um equipamento para equilibrar a situação, mas preciso que a prefeitura faça um levantamento de carga”, disse. “O levantamento será feito pela Secretaria de Infraestrutura no menor prazo”, adiantou o secretário Edward Smith.

Fotos

A reunião não pode ser registrada em fotos porque, de acordo com informações das anfitriãs, a Cosern não permite registros fotográficos no interior de sua sede a não ser com autorização superior, tempo que inviabilizaria a audiência planejada e com horário a ser obedecido. (LS).

Assecom MS/Divulgação

 exleo

O prefeito de Extremoz, Klauss Rêgo, esteve nesta quarta-feira, 29, em audiência com o ministro da Saúde, Arthur Chioro dos Reis, em Brasília para tentar conseguir recursos para melhorias do Hospital Presidente Café Filho e unidades de Saúde do município.


“Precisamos reformar e ampliar algumas unidades de Saúde e também o Hospital Presidente Café Filho”, disse o prefeito Klauss Rêgo. “O ministro foi receptivo e creio que em breve promoveremos novas iniciativas nesse sentido”, ressaltou Klauss. “Costumo dizer que sem saúde ninguém é nada e o nosso objetivo é o de melhorar as condições de vida do nosso povo”, enfatizou.

“Vamos à busca de recursos para termos uma Saúde cada vez melhor”, disse o prefeito. Klauss também lembrou o esforço da prefeitura em busca de qualidade de vida, referindo-se a Ordem de Serviço assinada no último dia 10 para as obras de saneamento de Contendas, Pitangui, Graçandu e Barra do Rio. “Saneamento também significa saúde”, concluiu o prefeito. Na ocasião estava presente ao encontro o secretário de Saúde de Natal, Luiz Roberto Fonseca. (LS).

Denis Cleber

klauss14

A Prefeitura de Extremoz realizou nesta terça-feira, 14, a 5ª Conferência Municipal de Saúde, com início às 09h, no ginásio da Escola Técnica de Jardins de Extremoz. A conferência foi aberta pelo prefeito Klauss Rêgo, que destacou a importância da iniciativa para a Saúde do município, porque o evento iria avaliar a situação atual e definir prioridades.

“A conferência ajuda a detectar problemas e a melhora da Saúde. Vamos discutir a situação do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse Klauss. “Sem saúde ninguém é nada; vamos melhorar as condições de vida do nosso povo e vamos sugestões para a conferência estadual e federal”, continuou o prefeito.

“Vamos à busca de recursos para termos uma Saúde cada vez melhor”, prometeu o prefeito. “Temos que olhar para frente e aproveitar os momentos de dificuldades”, ressaltou, lembrando o esforço da prefeitura em busca de qualidade de vida, referindo-se a Ordem de Serviço assinada no último dia 10 para as obras de saneamento de Contendas, Pitangui, Graçandu e Barra do Rio.

Grande Extremoz

“Demos o primeiro passo para sanear toda Extremoz. Começamos por aquela região e depois o saneamento virá para todos os bairros da Grande Extremoz, porque saneamento significa saúde e desenvolvimento”, concluiu o prefeito.

Maria Adelaide de Moura, presidente do Conselho Municipal de Saúde, disse que aquele era um momento de todos. “Vivemos um momento de crise nacional na Saúde, mas ainda há ânimo para melhorar a Saúde do município”, encerrou. (LS).

leo1

A Prefeitura de Extremoz, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Conselho Municipal de Saúde, realiza nesta terça-feira, 14, às 08h3o, no ginásio da Escola Técnica de Jardins de Extremoz, a 5ª Conferência Municipal de Saúde. O tema será “Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas. Direito do povo brasileiro”.

De acordo com documento orientador do Ministério da Saúde, essa temática incorpora diferentes significados. Saúde pública como direito de cidadania, em contraposição à mercantilização e privatização. Saúde pública de qualidade, visando à superação das desigualdades, entre diferentes populações e regiões, à organização e à humanização nos serviços de saúde de modo a atender as necessidades dos usuários e ampliar o acesso. Cuidar bem das pessoas mediante a realização e a valorização do trabalho multiprofissional e interdisciplinar, a transformação das práticas de saúde, bem como a superação de iniquidades que afetam de forma diferenciada a população brasileira.

Um dos assuntos que serão tratados será a questão dos SUS (Sistema Único de Saúde) porque ainda são muitos os reclamos sociais em razão da insuficiência dos serviços, da garantia de qualidade no atendimento e de muitos outros problemas que exigem urgentes respostas dos agentes públicos.

Público
A conferência é aberta ao público e os convites foram distribuídos por todas as comunidades, que poderão participar dos debates e das ideias que serão colocadas durante o evento. (LS).



Twitter