Foto: Denis Cleber (espetáculo de 2014)

jesusextremoz

A Prefeitura de Extremoz, por meio da Fundação de Cultura Aldeia de Guajiru, promove a encenação da Paixão de Cristo em duas edições: Às 19h do sábado, 11 de abril, nas antigas ruínas da primeira Igreja Jesuíta, no Centro Antigo e às 19h, dia 12, defronte a Igreja Católica do Distrito de Araçá.

O espetáculo da Paixão de Cristo conta com cerca de 50 atores e já se tornou uma tradição no município de Extremoz. No ano passado a encenação reuniu um público estimado em 300 pessoas em cada edição.

A encenação busca mostrar o sofrimento de Jesus Cristo pela redenção da humanidade, muito bem retratada por Santo André, que disse a um tirano que queria induzi-lo a renegar a Jesus Cristo, por ter Jesus se deixado crucificar como malfeitor: “Oh! se conhecesses o mistério da cruz! Oh! Se entendesse tirano, o amor que Jesus Cristo te mostrou querendo morrer na cruz para satisfazer por teus pecados e obter-te uma felicidade eterna…” (LS).