NATAL PRESS

Uma representante do Ministério da Saúde chegou ontem, 14, a Pau dos Ferros para supervisionar o Mais Médicos na cidade. A técnica foi recebida pela secretária de Saúde do município, Patrícia Leite, e participou de reunião avaliativa das ações junto com os profissionais que atuam pelo programa.

Segundo Patrícia, foi discutido no encontro todo o trabalho desenvolvido desde 2013. “Nós aproveitamos a oportunidade para pleitear junto ao
Ministério da Saúde a possibilidade de abrir novas vagas do Mais Médicos”, destacou a gestora da Saúde municipal.

O objetivo do governo do prefeito Fabrício Torquato é ampliar o programa no município. Assim, tem investido em infraestrutura na Atenção Básica, o que pôde ser conferido de perto pela representante do Ministério, durante visita às Unidades Básicas de Saúde (UBS), principalmente às entregues recentemente pelo Executivo.

“Ela viu que nós temos boa capacidade de atendimento, mas nos falta profissional”, relatou Patrícia, que disse ter elaborado justificativa
nesse sentido com o intuito de conseguir um número maior de médicos do programa para atender as necessidades da população.

Em Pau dos Ferros, o Mais Médicos funciona em quatro unidades: bairros Paraíso, Riacho do Meio, São Benedito e São Geraldo. O desejo da
Secretaria de Saúde (SESAU) é dobrar esse quantitativo.

Os cinco novos conselheiros tutelares eleitos de Ipanguaçu para o mandato de 2016-2019 tomaram posse nesse último domingo(10). A votação ocorreu no ano passado e contabilizou mais de 2.700 votos. O processo de escolha dos novos Conselheiros ocorreu em todo o Brasil e fez parte da eleição unifica para os cargos.
No município a solenidade de posse aconteceu no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e contou com as presenças do prefeito Leonardo Oliveira, do vereador Francinaldo Gonzaga, da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) Raquel Tavares e também da Secretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social, Maria Cristina Oliveira. 
Para Raquel a conclusão do processo, com a posse dos conselheiros fortalece o espírito de continuar a trabalhar pelas crianças e adolescentes do município, fortalecendo as políticas sociais e respeitando o Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA.
Segundo o prefeito Leonardo Oliveira o poder pública municipal sempre estará à disposição para qualquer situação que venha a fortalecer a segurança e integridade social dos meninos e meninas e que a eleição unificada fortalece o processo democrático e participativo da comunidade. “A unificação da eleição possibilita a construção de uma gestão planejada e o desenvolvimento de um trabalho ainda mais comprometido pelo cumprimento do ECA. Ganha a nossa cidade, ganha as nossas crianças e adolescentes, ganha as próximas gerações”, disse.
Foram empossados nos cargos pelo prefeito os conselheiros titulares Aline Tiara Costa dos Santos, Francisco Rayron Ribeiro Barreto, George das Neves Varela, Marcos Antônio Higino de Souza e Nestor Ribeiro de Melo Neto. Também foram empossados os respectivos suplentes: Hilderica Soares da Silva e Nailde Nunes.
Como estabelecido por Lei nº 12.696/2012, os conselheiros titulares terão a remuneração e o pagamento de direitos trabalhistas garantidos, sendo regulamentado ainda pela lei complementar municipal que estabelece o valor de um salário mínimo ao mês.

Cumprimento às exigências do Código Tributário do município, à Prefeitura de Ipanguaçu está realizando até o fim deste mês, dia 31 de janeiro, o recadastramento das empresas estabelecidas na cidade junto a Secretaria Municipal de Finanças e Tributação (SEMFT). O recadastramento vem acontecendo na sede da Prefeitura, iniciado no dia 04 de janeiro a medida foi estabelecida pelo Decreto 016/2015.

Segundo o secretário de Finanças e Tributação Edilson Júnior, a medida é uma responsabilidade do Poder Público Municipal que está aperfeiçoando os serviços prestados aos contribuintes instalados no município, atualizando todos os dados das empresas. “Essa medida é uma das exigências do Código, onde os contribuintes na qualidade de pessoas jurídicas com sede no município precisam comparecer à Secretaria e efetivar o recadastramento, para garantir a atualização dos dados das empresas e consequentemente obterem o alvará de funcionamento”, enfatiza.

A Secretaria Municipal de Finanças e Tributação fica na sede da Prefeitura, localizada na Avenida Luiz Gonzaga, nº800 - Centro. Ao se dirigir a secretaria será entregue formulário e documentos exigidos para atualização dos dados, entre os documentos necessários estão: Cartão CNPJ; Requerimento do empresário e alterações/contrato social e aditivos ou estatutos social; Extrato do simples nacional – última referência (empresas optantes do simples); Guia de informações mensal – empresas não optantes do simples e DCTF dos últimos 3 meses – empresas não optantes do simples.

IPTU

Tratando-se do Imposto Territorial Predial Urbano (IPTU), Edilson Júnior, disse que a primeira parcela do documento está agendada para o dia 01 de fevereiro, que pode ser pago em cota única ou parcelado, “quem efetuar o pagamento em cota única, terá direito a um bônus, com desconto de 20% do valor”, reitera o secretário.

Prefeito recebe comissão do Sindisepi

O prefeito Leonardo Oliveira e a secretária de Educação Jeane Dantas, recebeu a presidenta do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipanguaçu (Sindisepi) Maria Helena e a comissão da entidade para diálogo na manhã dessa última quarta-feira, 06. Na pauta foi tratado sobre o reajuste do Piso Salarial do Magistério para 2016 e a criação do calendário de pagamento para o funcionalismo publica do exercício.

O gestor municipal na oportunidade determinou o repasse das informações mensais das despesas e receitas da Educação ao Sindicato, bem se comprometeu da equipe financeira realizar a avaliação do reajuste do piso, alinhando ainda o corpo de funcionários que irão compor a pasta.

O prefeito Fabrício Torquato tomou conhecimento do quanto está adiantada a
elaboração do Plano Diretor Participativo de Pau dos Ferros, de
responsabilidade da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA),
durante reunião que aconteceu na manhã de ontem, 21.

“Nós já partiremos agora em fevereiro para as audiências públicas finais”,
disse o chefe do Executivo municipal, após estar reunido com a equipe de
estudantes envolvidos no projeto, o coordenador do programa “Acesso à
Terra Urbanizada”, o professor Almir Mariano de Sousa Júnior, e o
professor que está à frente dos trabalhos, Eduardo Raimundo Dias Nunes.

Na oportunidade do encontro, o prefeito ainda tratou de outro importante
assunto: a regularização fundiária do bairro Manoel Domingos, desejo
antigo da população. “Lá é uma área onde os proprietários não têm
escritura pública dos seus terrenos, então optamos em iniciar por esse
bairro, que tem cerca de 170 famílias que poderão ser beneficiadas com
essa ação”, explicou Fabrício.

A gestão espera que até o mês de abril do próximo ano o plano diretor
esteja concluído, em um avanço para a política de desenvolvimento do
município. Já a regularização fundiária do Manoel Domingos tem um prazo
aproximado de seis meses.

Moradores de diferentes comunidades de Ielmo Marinho iniciaram ontem (20) organização do manifesto “Deixa o homem trabalhar” contra os vereadores da cidade, que desde a saída do Prefeito Bruno Patriota, tentam de forma incansável cassar também o atual Prefeito Francenilson Alexandre.

A população critica as falhas e contradições na abertura do processo de impeachment.Situação essa, que mostra nitidamente má fé e uma tentativa de manipulação dos vereadores para ocupar o executivo a todo custo.

Pelas redes sociais, os munícipes combinaram ato de repúdio para próxima quarta-feira a partir das 8h em frente à Escola Municipal Jessé Pinto Freire, além disso, publicaram inúmeros dizeres de insatisfação contra as atitudes dos vereadores.

Um dos líderes do movimento, Reginaldo Paiva afirmou que o movimento vem para questionar os vereadores o porquê de tanta obsessão da Câmara Municipal em querer “cassar” a todo custo o atual prefeito. “Depois que tomamos conhecimento do acordo realizado entre os vereadores para benefícios futuros e passamos um pente fino na trajetória política de cada um, descobrimos um histórico de corrupção. É necessário emitir nossa opinião, que vai totalmente contra essa atitude, principalmente pela situação que passa a cidade. Os vereadores simplesmente querem passar por cima da vontade do povo, mas não vão passar. A Câmara Municipal não nos representa”, justificou Reginaldo.

Francisco de Assis cobrou responsabilidade da Câmara, tecendo duras críticas. “A cidade está se transformando e a população vem aprovando o trabalho do Prefeito. Muito me admirou os oposicionistas, que sempre fizeram parte do outro governo com vários cargos, com nepotismo, cargos fantasmas e influência direta na gestão, agora criticam a situação, e se unem para conseguir benefício próprio”, declarou.

Ainda segundo Francisco de Assis “ao invés desse desespero todo, os vereadores deveriam explicar algumas questões que estão pendentes. Como por exemplo: por que o legislativo ‘tão preocupado com o bem estar da população de Ielmo Marinho’ levou 3 anos para descobrir todos os erros da administração municipal anterior? Ficaram fazendo o que nesses 3 anos? Será que esqueceram de cumprir seu papel durante esse período e só se deram conta disso agora?”, indagou Francisco.

O mais interessante de tudo para Reginaldo Paiva, é que o movimento acontece a menos de um ano das eleições. “O povo irá tomar uma atitude. Basta de corrupção e manipulação! O povo acordou. O que vamos fazer é um ato sem bagunça ou algazarra. Algo, como virar as costas aos vereadores, para que haja uma sensibilização e coerência, em relação à atitude que estão tomando”, justificou.

Segue o link do vídeo produzido por uma dos líderes do movimento convocando a população a participar do ato.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=10&;v=g4U6mBVwzuE



Twitter