NATAL PRESS

Representantes da classe política, sindical, empresarial e acadêmica se reuniram em uma audiência pública nesta sexta-feira, 12, na Câmara Municipal de Mossoró (CMM), para discutir a retração de investimento da Petrobrás na cadeia produtiva de petróleo e gás em Mossoró e região. A iniciativa da audiência foi uma ação do vereador Genivan Vale, e visou à explanação das causas e a proposta de caminhos para o combate do desemprego no setor petrolífero do Rio Grande do Norte.

O reitor da Ufersa, professor José de Arimatea de Matos, participou da audiência voltada para o debate da situação do setor petrolífero de Mossoró. Atualmente, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido possui três cursos de graduação que abrangem essa área: o Bacharelado em Ciência e Tecnologia, a Engenharia de Petróleo e Gás e a Engenharia de Energia.

A importância da temática discutida na audiência reuniu autoridades nacionais na Câmara Municipal de Mossoró, como o presidente da Câmara Federal, Henrique Alves; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho; a Governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini; a prefeita de Mossoró, Claudia Regina; a Deputada Federal, Sandra Rosado; o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Francisco José da Silveira Júnior, e vários deputados estaduais como George Soares, Gustavo Fernandes, Larissa Rosado, Fernando Mineiro, Leonardo Nogueira e Hermano Morais, além dos vereadores mossoroenses.
O gerente-geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Petrobras no Rio Grande do Norte e Ceará, Luiz Ferradans Matos, expôs a situação da bacia potiguar e os investimentos em Mossoró e região e afirmou que a Petrobras continua investindo na produção de petróleo, inclusive com a implementação de projetos estruturantes que oferecem suporte a essa produção. Ele também mostrou dados que comprovam que o recolhimento de impostos, como ISS e ICMS, e o pagamento de royalties à Prefeitura de Mossoró e aos municípios do RN continuam estáveis.

Para José Antônio de Araújo, coordenador geral do Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte (Sindipetro/RN), a Petrobras tem recursos para manter a viabilização de novos poços de petróleo de 2009 a 2013, mas não mostra investimentos futuros para os campos maduros e para a descoberta de poços novos. “A Petrobrás tem uma grande responsabilidade social com o desenvolvimento do Brasil e das diversas regiões. Mas a lógica que percebo é a lógica do mercado e não a social”, destacou ele, ao afirmar que a crise vem causando o aumento do desemprego em toda a cadeia produtiva do petróleo.

A Governadora Rosalba Cialirni falou sobre a importância da Petrobras para o RN e a representatividade da empresa para os brasileiros. “A Petrobras sempre foi uma luz para o Rio Grande do Norte, um motor de desenvolvimento. Todos nós temos amor à Petrobras e esse amor que fez ela ser do povo brasileiro”.

A prefeita Cláudia Regina também enfatizou a importância da presença da empresa em Mossoró ao afirmar que há 34 anos ela tem trazido desenvolvimento econômico e social para a cidade. Ela também sugeriu que fosse feita a consolidação das discussões realizadas na audiência em um documento denominado de “Carta de Mossoró”, que abrangerá os pleitos de todas as entidades de classe envolvidas.

A possível diminuição dos investimentos não atinge somente a cadeia produtiva de petróleo e gás, mas a cadeia da construção civil, impactando diretamente a geração de empregos. “Se há uma transição acontecendo na Petrobras como dizem que há, é melhor atentar porque as transições demoram demais e a transformação que acontece em Mossoró está vitimando muitos funcionários”, ressaltou o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho.

“Essa é uma das reuniões mais importantes pelos temas colocados e pelas autoridades presentes”, destacou o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, ao afirmar que a situação do setor petrolífero no RN é urgente e deve ser debatida com a presidente da Petrobras, Graça Foster, e em Brasília, com a presidente Dilma Rousseff. Durante a audiência, o deputado confirmou que irá solicitar uma audiência com Graça Foster para a próxima semana.

O deputado Henrique também falou sobre a visita que a presidenta fará ainda este mês ao Estado. “Até o final de abril, a presidenta Dilma virá ao Rio Grande do Norte inaugurar a Adutora do Alto-Oeste e anunciar a duplicação da BR-304, que liga Mossoró à Natal”.

Na ocasião, o reitor Arimatea de Matos entregou ao presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Alves, documento relativo à instalação do curso de Medicina na Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Em encontro anterior, articulado pelo vice-prefeito de Mossoró, Wellington Filho, e a vereadora Izabel Montenegro, e realizado na residência do professor Paulo Fernandes, o reitor expôs ao presidente da Câmara Federal as justificativas técnicas e a necessidade da formação de médicos na região. Em janeiro deste ano, o reitor Arimatea já havia oficializado a solicitação do curso de Medicina ao entregar o documento no Ministério da Educação.

O deputado Henrique afirmou que irá se empenhar por essa luta que não é somente da Ufersa, mas do Rio Grande do Norte, e se comprometeu a entregar pessoalmente o documento ao Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em reunião na próxima terça-feira, 16. Segundo o presidente da Câmara Federal, o ministro Aloizio visitará o Rio Grande do Norte no final deste mês e trará uma resposta sobre a implantação do curso.

A terceira etapa de reuniões de mobilização de lideranças rurais para a formação dos conselhos municipais será realizada na próxima terça-feira, dia 16, em Nova Cruz. As técnicas da Unidade de Gerenciamento de Projeto (UGP), unidade que coordena o Projeto RN Sustentável na Secretaria de Planejamento e das Finanças (SEPLAN), Cristina Dantas e Sueli Paulo, vão reunir lideranças de 19 municípios do Território Agreste Litoral Sul, no Campus do Instituto Federal do RN. Na quarta-feira (17), a reunião será na Câmara Municipal da cidade de João Câmara, com 17 municípios do Território Mato Grande.

Até agora, a Secretaria de Planejamento e das Finanças já mobilizou lideranças de mais de 100 municípios do Estado para formar os conselhos municipais, organismos que servirão de “porta de entrada” para a participação das comunidades no Projeto RN Sustentável. Os conselhos vão avaliar a relevância do projeto de investimento para o município; a transparência e elegibilidade dos projetos e, finalmente, a idoneidade dos proponentes.

Concluída a etapa de mobilização, dois representantes de cada Região vão se reunir com os técnicos da UGP em Natal, com o objetivo de formar um grupo de trabalho par discutir a atuação dos conselhos, como exigem as diretrizes do Projeto. Os conselhos são formados por representantes dos Sindicatos Rurais, Associações Comunitárias, Prefeitura, Governo do Estado, Igreja e outras organizações comunitárias.

Na reunião de terça-feira, em Nova Cruz, participarão lideranças dos municípios de Arês, Baia Formosa, Brejinho, Canguaretama, Espírito Santo, Goianinha, Jundiá, Lagoa de Pedras, Lagoa D’Anta, Lagoa Salgada, Monte Alegre, Montanhas, Nísia Floresta, Nova Cruz, Passagem, Pedro Velho, Santo Antonio, São José do Mipibu, Senador Georgino Avelino, Serrinha, Tibau do Sul, Várzea, Vera Cruz e Vila Flor.

Na quarta-feira, em João Câmara, foram convidadas lideranças dos Municípios de Bento Fernandes, Caiçara do Norte, Ceará Mirim, Extremoz, João Câmara, Jandaíra, Jardim de Angicos, Maxaranguape, Poço Branco, Pedra Grande, Pureza, Parazinho, Rio do Fogo, São Bento do Norte, São Miguel do Gostoso, Taipu e Touros.

Ao longo de toda esta semana, o Prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, cumpriu uma extensa e muito produtiva agenda em Brasília, com diversos encontros e, sempre, com o olhar voltado pra obtenção de melhorias para o município.
Uma das primeiras atividades ocorreu no Ministério do Turismo, especificamente, na Secretaria Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, onde o Prefeito buscou viabilizar recursos para a execução do projeto de urbanização das margens do açude 25 de março. “Esse projeto, de grande porte, contará com investimentos do Ministério do Turismo e emenda parlamentar do Deputado Federal, Felipe Maia. Agora, é o momento de elaborar o projeto, que mudará o perfil de grande parte daquela área”, comentou, Fabrício.
Dois parlamentares visitados por Fabrício foram o Deputado Federal, Felipe Maia e o Senador, José Agripino. Com o Deputado, Fabrício afirmou que recebeu o permanente apoio aos projetos ligados à cidade. “Destaco, como principais áreas a pavimentação de diversas ruas e de urbanização das margens do açude 25 de março”, disse Fabrício. Já com o Senador, a atenção ficou voltada para a reforma, ampliação e modernização da Escola Prof. Severino Bezerra.
Outro parlamentar que realizou uma audiência com Fabrício Torquato, foi o Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, e neste encontro, o tema principal, foi a questão da seca e uma solução para o abastecimento em Pau dos Ferros. Fabrício entregou à Henrique, o requerimento da Comissão de Enfrentamento aos Efeitos da Seca, que pede esforços no sentido de implantar, o mais rápido possível, a adutora expressa, que trará água da barragem de Santa Cruz, em Apodi, para Pau dos Ferros e poços tubulares na zona rural e principais instituições públicas.
“Entreguei o mesmo documento ao Governo do Estado, através do Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Leonardo Rêgo e ao Ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho. Assim, cumpro meu compromisso perante a sociedade pauferrense, de levar nossa voz e nosso pleito aos principais representantes do nosso Estado e do País”, informou.
No mesmo encontro com o Presidente da Câmara, Fabrício solicitou esforços, junto à Fundação Nacional de Saúde – FUNASA, para a concretização do sistema de abastecimento de água do Riacho do Meio. “Projeto de quase 1 milhão e meio de reais, cadastrado novamente, nesse ano, na tentativa de viabilizar recursos”, enfatizou.
Em encontro com o Ministro, Garibaldi, Fabrício obteve mais uma importante notícia. “Solicitei a presença do Ministro nas ações administrativas de Pau dos Ferros em Brasília, junto aos Ministérios, para dar celeridade aos processos. Além disto, obtive dele o compromisso de contemplar nossa cidade com emenda parlamentar de sua autoria, no valor de 500 mil reais, já para o orçamento 2013. Tudo isso, voltado a obras na área de infraestrutura”, comemorou, Fabrício.
O Ministério da Saúde, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE e Ministério da Cultura, foram outras repartições visitadas por Fabricio nesta série de compromissos. Todas essas passagens, buscando agilizar projetos para Pau dos Ferros.
“Estou muito satisfeito com esta viagem. Posso considerar ela como extremamente positiva, afinal, diversos frutos vão ser colhidos pela população, através de obras e investimentos. Agora, vamos atender as exigências burocráticas e ter condições de receber todos esses benefícios”, finalizou, Fabrício Torquato.

A governadora Rosalba Ciarlini visitou, na noite desta terça-feira (9), duas obras com contrapartidas do Governo do RN em desenvolvimento em Parelhas . A primeira foi a ampliação da atual cobertura de esgotamento sanitário, que ampliará para 100% o atendimento da zona urbana do município, com população de 4,8 mil habitantes. O total de investimentos será de R$ 8,1 milhões com recursos oriundos de convênio entre a Caern e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), dentro das ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Outra ação será a construção, por meio da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, de uma nova Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) contendo três lagoas de tratamento e três estações elevatórias para bombeamento de esgoto. O novo sistema alcançará uma eficiência de até 99,99% na remoção de coliformes fecais.

Ambas as obras significarão melhorias na saúde dos cidadãos, como adiantou a governadora: " A cada real investido em saneamento básico são poupados R$ 5 na saúde. Isso explica a importância de ações como essa em Parelhas. As obras estão garantidas com recursos do PAC, com contrapartida do Governo do RN, e parceria com o município", disse Rosalba Ciarlini lembrando que outras regiões do RN, como o Oeste, Natal e região central, por exemplo, serão beneficiadas com ações hídricas do Governo do RN.

O prefeito de Parelhas, Francisco Assis de Medeiros, ressaltou a parceria exitosa entre Governo Federal, Governo Estadual e Prefeitura Municipal, na obra que terá 1.181 ligações residenciais de esgotos, totalizando 39 quilômetros.

Texto: Artur Dantas

Em meio à maior seca dos últimos 60 anos no Nordeste, ações hídricas que amenizarão os efeitos da estiagem continuam a ser realizadas no RN. Após a assinatura do convênio para a construção da Barragem de Oiticica, a governadora Rosalba Ciarlini, que cumpriu agenda no Seridó nesta sexta-feira (5), esteve em São José do Seridó para acompanhar o andamento das obras do novo sistema de captação, adução e tratamento do sistema de água no município. Na cidade, a governadora esteve acompanhada do diretor presidente da Caern, Yuri Tasso, do prefeito Jackson Dantas e de outras políticas do Seridó.

O investimento da obra será de R$ 3,7 milhões, sendo R$ 2,7 milhões provenientes do PAC-2 e R$ 1 milhão de contrapartida do Governo do Estado, através da Caern. O objetivo é garantir o abastecimento para 100% da população urbana atual, que é de aproximadamente três mil pessoas, e para as futuras demandas pelos próximos 20 anos.

A governadora ressaltou que a obra, assim como outras ações hídricas do RN, são importantes para anos de seca e reforçou que a ampliação do sistema de abastecimento em São José do Seridó faz parte do plano de sanear 80% do Estado até 2014. “Nós éramos para ter todas essas obras já prontas. Há anos a população do interior pede por adutoras, reservatórios, entre outros, mas nós estamos fazendo tudo o que é possível para amenizar os efeitos da estiagem”, disse a governadora, lembrando que grande parte dos recursos federais trazidos para o RN para possibilitar as construções foram garantidos pela bancada federal, em especial do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves.

O prefeito de São José do Seridó, Jackson Dantas, disse que o novo sistema que está sendo implantado na cidade “é uma redenção para o município, que está sendo abastecido por carros-pipa. Tenho certeza que, com a conclusão da obra, deixaremos de sofrer com a falta de água em nossas casas, assim como outros municípios do RN, que serão beneficiados com a interligação das adutoras, uma ideia que ela colocará em prática”. Somando ao investimento atual com o abastecimento, o prefeito lembrou que também foram aplicados no município R$ 600 mil para a construção de um novo campo de futebol, R$ 540 mil para o calçamento de ruas e mais dois ônibus escolares.

O diretor presidente da Caern, Yuri Tasso, também comentou a importância do sistema de abastecimento para a cidade. “É uma obra de suma importância. Acredito que é o maior investimento já feito por um Governo em São José do Seridó em todos os tempos. Isso mostra a preocupação da governadora com o Programa Sanear RN, que dará ao homem do campo e da cidade meios de subsistência com o fornecimento de água. Vale lembrar que esta obra não está sendo feita porque estamos na seca, mas ela já estava na nossa programação”, revelou.



Twitter