NATAL PRESS

alt

Com uma aula inaugural no Auditório da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido, deu início nesta quarta-feira, 8, ao Programa de Preparação para Aposentadoria – PPA. No total, serão 5 módulos distribuídos em 13 encontros, onde serão debatidos os temas: significados e sentidos do trabalho, relacional, saúde e bem estar, legislação previdenciária e orçamento doméstico, e projeto de vida. O reitor da Ufersa, professor José de Arimatea de Matos, fez a abertura ressaltando a importância da iniciativa.

“A preparação adequada para aposentadoria é uma forma do servidor se adaptar melhor a nova realidade direcionando um novo rumo a sua vida”, ressaltou, citando que muitos aposentados são acometidos de depressão diante da nova realidade. O reitor lembrou ainda que a Ufersa vivencia momento de crescimento institucional. “Até o final do ano a Universidade contará com mais de mil servidores”, informou.

Para a pró-reitora de gestão de pessoas, Keliane Oliveira, a preparação para a aposentadoria é uma tendência nos dias atuais na administração pública, sendo também indispensável para a preparação dos servidores para o futuro. “Essa preparação deve anteceder a aposentadoria”, reforça, salientado que o trabalho não deve ser encarado como uma obrigação, fardo, mas de reconhecimento social, consequência da formação familiar e escolar voltada para a preparação para o trabalho.

Keliane colocou ainda que não apenas o trabalho afeta os diversos aspectos da vida, mas também a etapa do pós-trabalho. “São reflexos na vida emocional e financeira com mudanças de hábitos na vida familiar, social e financeira”, frisou. Para pró-reitora PPA é importante uma vez que o servidor passa a perceber que muito ainda pode ser feito na fase pós-trabalho.

“Trata-se de novos valores e possibilidades para encarar a aposentadoria”, resumiu a assistente social Lúcia Sousa. Para ela, o Programa visa orientar os servidores para um novo projeto de vida. Durante o encontro, a equipe do Programa de Preparação para Aposentadoria deixou claro que a decisão pela aposentadoria é exclusiva do servidor. A proposta é preparar para esse momento, mas hora certa quem decide é o servidor.

A aula inaugural contou ainda com relatos de experiências dos servidores aposentados Alvanete Freire e Joaquim Amaro, que descreveram a experiência que estão vivenciando como aposentados da instituição. A programação foi encerrada com a apresentação da cantora mossoroenses, Gorete Alves, acompanhada do violonista, Jair Belarmino, encantaram a plateia com a genuína música regional.

Nesta terça-feira (07), a Prefeitura de Assu divulgou que até o final de 2013 um novo conjunto habitacional será entregue a população local. Batizado de Conjunto Habitacional Governador Aluízio Alves, o projeto deverá ficar pronto até dezembro.  


De acordo com o prefeito Ivan Júnior, o conjunto faz parte da política habitacional do município e visa o desenvolvimento da região. “O conjunto será o Governador Aluízio Alves. Uma justa homenagem ao homem que iniciou esse tipo de projeto no estado”, ressaltou.


Ainda de acordo com Ivan Júnior, a construção começará neste mês de maio e será realizada às margens da RN-016, entre as comunidades de Lagoa do Ferreiro e Baviera. “Serão edificadas moradias para 400 famílias e, da mesma forma do Irmã Lindalva, o novo conjunto utilizará mão de obra local gerando emprego e renda, e contará com toda infraestrutura de água, luz, esgoto e pavimentação”, comentou o prefeito.


Reunião               

Em reunião realizada na segunda-feira (06), o Prefeito Ivan Junior e o Superintendente do Banco do Brasil no estado, Sérgio Luiz Cordeiro, decidiram os detalhes finais para formalização do contrato e lançamento do novo Conjunto Habitacional.


A reunião aconteceu na Superintendência do Banco do Brasil em Natal. Também estiveram presentes: o gerente da agencia do BB/Assú, Eduardo José Gurgel Linhares, representantes da construtora responsável pela obra e outros membros da instituição financeira.

A Prefeitura de Pau dos Ferros firmou o Termo de Acordo e Compromisso para implementação do Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV II, onde o objetivo é de atender as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade, e a Prefeitura, através do Programa, vai realizar o sonho da casa própria para 50 famílias pauferrenses.


 Atendendo a uma série de critérios e submetidas a análises da equipe técnica da Secretaria Municipal da Juventude, Habitação e Assistência Social - SEMJHAS, essas famílias foram selecionadas e, segundo informações do construtor, em no máximo 6 meses, terão oportunidade de se mudarem para o novo lar.

Na última semana, as famílias selecionadas assinaram os contratos das unidades habitacionais populares do programa, que é uma das últimas etapas burocráticas deste processo.
Este encontro para assinatura aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação e contou com a presença do Prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, além do representante da empresa que vai realizar a obra, membros da SEMJHAS e alguns dos beneficiários.

Fabrício externou a grande satisfação em poder coordenar todo esse projeto que vai realizar o sonho da casa própria para essas 50 famílias. “Sei como é grande a alegria destas famílias. É um grande sonho que vai se tornar realidade e minha alegria é ainda maior em poder ajudar na concretização deste momento”, disse o prefeito.
 Ele ainda acrescentou que a gestão municipal vai seguir buscando ampliar este benefício para outras famílias. “Vamos batalhar para que muitas outras pessoas possam ser beneficiadas por projetos tão significativos como este”, finalizou. O Programa “Minha Casa Minha Vida” é um programa Federal e acontece em parceria com o governo do Estado e a Prefeitura de Pau dos Ferros.

O Diretório Acadêmico do Centro de Educação Superior do Seridó (CERES), Campus Caicó, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), promove o 1° Encontro Discutindo Gêneros e Sexualidades, nesta terça-feira,7, e quarta-feira, 8.

O evento se inicia às 19h30, no Auditório do CERES, com três mesas-redondas: “Gêneros e sexualidades no século XXI: as discussões e seus usos em um estudo de caso”, com a professora Thalia Agnys; “Situação em saúde da população LGBT no Brasil: perspectivas e desafios”, com Glauber Weder dos Santos Silva; e “Michel Foucault e a escrita das diferenças” com o professor Rosenilson da Silva Santos.

No dia 8, acontece a oficina temática “Iguais ao avesso: gêneros e sexualidades na Música Popular Brasileira”, com a professora Jossefrânia Vieira Martins, na pracinha do CERES, às 8h. A conferência de encerramento ocorre às 19h30, no Anfiteatro do campus.

Além da palestra com o tema “A heteronormatividade e a hierarquização dos outros: construindo a compreensão acerca de gêneros e sexualidades”, será entregue a premiação do Concurso “Agora Eu Te Conto: 1° Concurso de Contos sobre Sexualidades não contadas”. Também há exibição de filmes nos dois dias do evento.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no local antes do início do evento. Mais informações podem ser obtidas na página http://www.facebook.com/pages/Diret%C3%B3rio-Acad%C3%AAmico-do-Ceresufrn/364308020349147?fref=ts.

“Arte e comunicação popular para superação do capitalismo” é o tema do II Colóquio Internacional de Economia Popular e Solidária, que acontece em conjunto com a III Jornada do Trabalhador até o dia 13 de maio no Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (CERES - Caicó).

Na programação do evento estão previstas oficinas, palestras, minicursos, debates e apresentações de trabalhos. Em destaque está a inauguração da Rádio e Televisão Comunitária no Laboratório Internacional de Movimentos Sociais e Educação Popular (LAMPEAR) nesta quinta-feira, 2, às 20h30, com exibição de curtas, documentários e programas de rádio e televisão.

O evento é realizado pelo Laboratório LAMPEAR, pela Incubadora Articulação e Fortalecimento de Empreendimentos Solidários (AFESOL) e pelo Núcleo de Arte e Resistência Contracultural (TRAVESSIA).

No site do LAMPEAR está disponível a programação completa (http://www.lampear.blogspot.com.br/).



Twitter