NATAL PRESS

Foi promovida nesta quinta-feira (12), na comunidade de Lagoa dos Cavalos, em Senador Elói de Souza, reunião entre a direção da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) e moradores que terão suas casas construídas dentro dos critérios do programa governamental Minha Casa Minha Vida Rural.

Na ocasião, o presidente da Faern, José Álvares Vieira, acompanhados dos técnicos da Instituição, falaram sobre o projeto, a parceria com a Federação da Agricultura e os benefícios para a construção ou reforma dos imóveis. “Aqui em Elói de Souza iremos construir 100 casas. As 50 primeiras já estão em ritmo acelerado de finalização de projetos (encaminhados para a Caixa Econômica) e as outras 50 aguardam a junção das documentações e projetos dos moradores. Com toda essa papelada organizada, iremos encaminhar o mais rápido possível para a Caixa”, ressaltou o presidente da Federação da Agricultura.

Na reunião em Lagoa dos Cavalos, os técnicos da Faern definiram com os moradores cadastrados no projeto, três representantes para acompanhar as obras “Com isso, teremos uma maior transparência no caminhar das obras”, comentou o técnico Jorge Bezerra.

De acordo com Bezerra, o Programa Nacional de Habitação Rural, integrante do Programa Minha Casa, Minha Vida, oferece subsídios para a construção ou reforma de imóveis aos agricultores familiares, trabalhadores e aposentados rurais com renda anual de até 15.000,00. “Com moradia digna, os nossos homens e mulheres do campo ganham novo ânimo para produzir alimentos em equilíbrio com o meio ambiente, melhorando a renda, a qualidade de vida da família e a economia de sua região”, comentou.

“A Faern está confiante no Minha Casa Minha Vida Rural e nos resultados que trará para a nossa população do campo. Uma realidade que mudará totalmente com a realização desse projeto vencedor do Governo Federal. Um projeto que dará mais dignidade para os nossos produtores rurais, agora com a possibilidade de construir ou reformar suas casas”, finalizou o presidente da Faern, José Vieira.
Paulo Correia
Assessoria de imprensa do Sistema Faern/Senar

alt

APODI – Durante a participação do deputado Gustavo Carvalho (PSB) na sessão ordinária desta terça-feira (10) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, teve requerimento aprovado onde solicita do governo do Estado a implantação de uma clínica de hemodiálise no Hospital Regional Helio Morais Marinho em Apodi.

Para o vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gustavo Carvalho, a necessidade da implantação de equipamentos de tratamento de hemodiálise no Hospital Regional Helio Morais Marinho em Apodi é de grande importância para a população daquela região que conta com vários municípios.

A Constituição Federal de 1988 revolucionou a questão da saúde, estendendo o direito a todas as pessoas e impondo ao Estado a obrigação de prestar a assistência integral. Nosso estado tem carência no tratamento em hemodiálise. Como o Hospital regional de Apodi está localizado em uma região estratégica, vai facilitar o atendimento a vários municípios.

“A necessidade da implantação de equipamentos para este tipo de tratamento se justifica tanto pela capacidade de abrangência, quanto pela necessidade de se prestar um serviço de qualidade aos usuários que já se encontram numa situação delicada e vulnerável”, justifica o parlamentar.

Ainda de acordo com Gustavo Carvalho, considerando que esse procedimento se realiza no mínimo três vezes por semana com duração de aproximadamente três a quatro horas, esse procedimento desencadeia profundas mudanças nas atividades de rotina do paciente, envolvendo transformações na vida pessoal, profissional e social.

“Apodi realmente a merece ter um centro clínico de hemodiálise anexo ao Hospital Regional Helio Morais Marinho para atender toda região e encurtar o trajeto dos pacientes que procuram outros centros”, finalizou o deputado.

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido, por meio do Centro Tecnológico de Apicultura e Meliponicultura do Rio Grande do norte – Cetapis, vai lançar na próxima quinta-feira, 12, campanha e manifesto de proteção as abelhas. Os lançamentos vão acontecer às 14h, no Auditório do CTARN, no Campus Leste da Ufersa Mossoró . A campanha, que traz o tema “Bee or not to be?” – Sem abelhas, sem alimento. Esta é a questão, tem abrangência internacional.

Na ocasião, o coordenador do Cetapis, professor Lionel Gonçalves, fará uma explanação para imprensa sobre o problema de desaparecimento das abelhas, decorrente do uso indevido de agrotóxicos na agricultura.

As peças da campanha foram criadas pela agência 6P Marketing & Propaganda, de Ribeirão Preto, São Paulo. A campanha conta com o apoio da Confederação Brasileira de Apicultura.

Com investimento de R$ 1,3 milhão do Governo Federal, o prefeito de Serra Negra do Norte, Urbano Faria (PT) inaugurou na sexta-feira (06) o Centro de Educação Infantil Ruy Pereira. Deputada federal Fátima Bezerra (PT) esteve presente na solenidade de inauguração do equipamento que já está em funcionamento com mais de 200 crianças matriculadas.

No discurso, Fátima ressaltou os avanços na educação básica (da creche ao ensino médio) com a instituição do FUNDEB, resultado da política dos governos Lula e Dilma. Relatora do FUNDEB na Câmara, a deputada disse que os ônibus do Caminho da Escola e as creches só foram possíveis graças ao fundo que incluiu a educação básica na área de abrangência do financiamento federal.

Fátima aproveitou a ocasião para citar as boas gestões dos prefeitos Ruy Pereira, Rogério e, agora, Urbano Faria, que possibilitaram Serra Negra do Norte avançar em todas as áreas. Por fim, reconheceu o trabalho do saudoso Ruy Pereira, petista que, em reconhecimento, foi homenageado com o nome da creche.

Participaram da solenidade a deputada estadual Márcia Maia (PSB); prefeito Francisco, de Parelhas; vereador Eraldo e Liki, ambos PT; secretários; demais vereadores e representações sociais.



Twitter