NATAL PRESS

O professor Dr. Alex Augusto Gonçalves, Chefe do Laboratório de Tecnologia e Controle de Qualidade do Pescado (LAPESC/DCAN/UFERSA) do curso de Engenharia de Pesca foi convidado pela INFOFISH (FAO/ONU) para ministrar o curso de Tecnologia do Pescado e Controle de Qualidade do Pescado no Wuxi Aquaculture Training Centre (Freshwater Fisheries Research Center - Chinese Academy of Fishery Sciences) nos próximos dias 07 e 08 de maio na cidade de Wuxi, Jiansu, China. O curso faz parte do projeto “Promotion of Processing and Marketing of Freshwater Fish Products: Bangladesh, India, Indonesia, Pakistan and Sri lanka”, o qual o professor foi convidado para atuar como especialista em Tecnologia do Pescado.

 “É uma grande satisfação e reconhecimento internacional pelo trabalho que venho desenvolvendo ao longo da minha carreira como docente/pesquisador, e com certeza será uma ótima oportunidade de parceria entre as instituições, principalmente no que tange a projetos de pesquisa”, frisou o professor e pesquisador.

Para o professor Alex Augusto, dessa forma, o curso de Engenharia de Pesca da Ufersa passa a ter reconhecimento internacional, com possibilidade de intercâmbio entre pesquisadores, como já vem fazendo o Centro de Pesquisa em Ciências do Mar (Chinese Academy of Fishery Sciences) com parcerias com outras instituições brasileiras.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está recebendo avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC), com a finalidade de regulamentar os novos cursos da instituição.

A comissão avaliadora já realizou visitas aos cursos de Geografia (Educação a Distância – EaD -Natal), Teatro, Administração Pública (EaD – Polo Natal), Engenharia Florestal (Escola Agrícola de Jundiaí - EAJ), Engenharia Florestal (EAJ), Física (EaD – Polo de Surubim – PE), Turismo (Natal), e Zootecnia (EAJ).

A coordenadora da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UFRN, Renata Archanjo, falou sobre a importância dessa avaliação institucional: “A avaliação institucional é importante para o reconhecimento da instituição, visando também ao planejamento futuro das ações da universidade”.

Ainda segundo a coordenadora da CPA, “a regulamentação dos cursos pelo MEC é fundamental para o crescimento da instituição”.

Esta semana estão sendo avaliados os cursos de Geografia (EaD – Polo Lajes) e Ciências Biológicas (EaD – Polos Luís Gomes e Extremoz). Também passarão pela avaliação de reconhecimento os cursos de Física (EaD – Polo de UFAL – Maceió /AL) e Gestão em Sistemas e Serviços em Saúde (Natal).

Aqueles que precisam de uma bolsa de estudo para ingressar em uma instituição de ensino superior ou em uma escola privada já podem realizar suas inscrições. O Educa Mais Brasil está disponibilizando mais de 120 mil vagas em todo o Brasil para o segundo semestre deste ano.

Para concorrer a uma das bolsas é necessário que, conforme condição socioeconômica informada no momento da inscrição, o candidato não tenha condições financeiras de arcar com a mensalidade integral. Além disso, exclusivamente para as cursos de graduação, o candidato precisa estar há pelo menos 6 meses sem estudar.

Esses critérios são justificados pelo objetivo do programa que, segundo Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, é “fortalecer o setor educacional do país, sendo uma importante alternativa para estudantes que antes não tinham perspectiva de ingressar no ensino superior ou em uma escola de qualidade”.

As bolsas de estudo são de 50% para cursos do ensino superior presenciais e ensino básico. Já para os cursos EAD a porcentagem é de 30% a 45%. As inscrições são realizadas gratuitamente através do site www.educamaisbrasil.com.br, lembrando que as vagas são limitadas e a seleção é realizada enquanto houver processo seletivo nas instituições parceiras.

10 anos - Neste semestre o Educa Mais Brasil completa 10 anos de atuação no cenário educacional do país. Durante essa década, o programa beneficiou mais de 180 mil estudantes e formou parceria com mais de 2.600 instituições de ensino, entre universidades, centro universitários, faculdades e escolas. Hoje, o Educa Mais Brasil está presente em mais de 600 municípios de todos os estados, disponibilizando bolsas de estudo de até 50% para o ensino básico e cursos de graduação e pós-graduação, nas modalidades presencial e a distância (EAD).

Para mais informações acesse www.educamaisbrasil.com.br ou entre em contato com a central de atendimento 0800 724 7202/ 0800 724 7775.

arquivo

alt

O Departamento de Comunicação (DECOM) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove o minicurso de Telejornalismo na Fronteira de 13 a 17 de maio, no auditório B do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), no horário das 19h às 22h.

O curso será ministrado pelo professor Marcelo Canci, do Departamento de Comunicação e do Programa de Mestrado em Comunicação da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) e está aberto para alunos de graduação em Rádio e Televisão, Jornalismo, da Pós-Graduação de Estudos da Mídia (PPgEM), profissionais da área de televisão, professores e demais interessados no assunto.

São 90 vagas e haverá certificação para aqueles que tiverem 100% de participação.

As inscrições podem ser feitas pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) no seguinte link: https://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/extensao/consulta_extensao.jsf.

Quem não está cadastrado no SIGAA deve entrar em contato com a professora de Comunicação do DECOM Maria Érica de Oliveira Lima, através do email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Segundo os organizadores, o minicurso tem como objetivo proporcionar aos acadêmicos informações a respeito da comunicação existente em áreas de fronteira; debater conceitos e teorias sobre território, fronteira, circulação e processos de comunicação existentes em áreas que agrupam a convivência de grupos populacionais de dois países em uma mesma região fronteiriça.

Além disso, ainda segundo os organizadores, o minicurso via discutir os fluxos comunicacionais e as atividades jornalísticas que ocorrem em áreas fronteiriças e propiciar novas discussões e reflexões sobre telejornalismo fronteiriço.

As professoras Maria Érica de Oliveira Lima e Miriam Moema Filgueira Pinheiro coordenam o evento que tem o apoio do DECOM e da UFRN.

A Conferência Nacional de Educação (CONAE) 2014 foi lançada na tarde desta quinta-feira, 18, no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Participaram do evento autoridades locais como secretários de Educação dos municípios norte-rio-grandenses e 22 entidades representativas. A conferência foi organizada pelo coordenador do CONAE, professor Francisco das Chagas Fernandes, e pela professora e diretora do Centro de Educação da UFRN (CE), professora Márcia Gurgel.

No decorrer da conferência de abertura, Francisco Fernandes apresentou um panorama geral da empreitada que os fóruns intermunicipais terão nos meses de maio e junho deste ano. Ele pôs em destaque que a realização dos fóruns é uma conquista, pois se trata de um momento aberto para o diálogo a fim de delinear políticas que desdobrem-se em redes de ensino municipal estadual e federal. No total acontecem 18 conferências intermunicipais que juntas têm o objetivo de conseguir desdobrar metas e planos que se articulem com os planos de educação dos municípios, estado e da União.

Fernandes destaca que neste ano a novidade do evento é a formação das conferências livres que incentivam uma maior participação dos mais distintos segmentos da sociedade civil. Ele chama a atenção para a questão da aprovação do Pano Nacional de Educação (PNE), que está para ser votado no Congresso Nacional. O plano serve para conferir a situação da educação do País de quatro em quatro anos.

Foi destacada também a organização do cronograma dos fóruns intermunicipais, locais, atividades, quantidade de delegados, temas, abordagens e das políticas de gerenciamento das atividades ao longo dos encontros. Tanto o coordenador Francisco Fernandes quanto a diretora Márcia Gurgel apresentaram os planos dos sete eixos que nortearão o andamento de todas as atividades.

Esses sete eixos, segundo os educadores, são temas que abordam a realidade e as características de cada local onde irá acontecer as conferências intermunicipais, sendo também as diretrizes básicas na formação das temáticas a serem discutidas e implementadas em outros fóruns.

Neste ano, as conferências acontecem no período de 22 de maio a 26 de junho nos municípios pólos de Caicó, Currais Novos, João Câmara, Macau, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Pau dos Ferros e Santa Cruz. A UFRN atuou na realização dos projetos desses trabalhos educacionais.

Em uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (19), a governadora Rosalba Ciarlini anunciou a convocação de 1.200 professores para a rede pública de ensino do Rio Grande do Norte. A princípio, 600 profissionais terão os nomes publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) até o próximo dia 27 de abril deste ano. Os demais serão convocados em até 60 dias, o que garante mais agilidade ao processo de admissão e direciona os professores para suprir a necessidade das escolas em todas as regiões do estado.

A primeira metade dos educadores será distribuída para todos os cinco polos do RN, entretanto os aprovados para o Polo 1 serão encaminhados prioritariamente para as escolas da Zona Norte da capital potiguar e os convocados para o Polo 4 serão direcionados para a região de Angicos, da 8ª Diretoria Regional de Educação (DIRED).

De acordo com a governadora Rosalba Ciarlini, a convocação dos professores “atende uma demanda urgente porque todos os 1.200 educadores estão substituindo os profissionais que se aposentaram ou que não se apresentaram na última convocação feita”, falou a governadora lembrando o aumento de 76,7% concedido ao setor que já tem 3.500 professores convocados por concurso público desde 2011.

A secretária de Estado da Educação e da Cultura, Betânia Ramalho, lembrou o esforço do Governo do RN para realizar o primeiro concurso desde 2005. “Tivemos a responsabilidade e um grande peso para reordenar tudo isso. Então, estamos fazendo a convocação e diagnosticando onde está a maior demanda de professores para direcionamento imediato”, disse.

Texto: Artur Dantas

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com a Aliança Francesa de Natal, criaram o Café Philosophique, projeto criado com o objetivo de resgatar o sentido original dos cafés filosóficos franceses propondo aos participantes, de um lado, uma iniciação à tradição filosófica e, de outro, o exercício da reflexão filosófica em língua francesa.

São encontros quinzenais, na Aliança Francesa, nas segundas, quartas e sextas-feiras de cada mês, às 17h. Segundo o professor do Departamento de Filosofia da UFRN, Sérgio Dela-Sávia, a ideia surgiu em conversas com pessoas ligadas da própria Aliança. “Vimos a necessidade de criar um espaço de debate, aberto à comunidade francófona de Natal”, diz o professor.

Sérgio Dela-Sávia também explica o papel de um café filosófico. “Eles são espaços de debates abertos e não professoral, que possibilita aos participantes o aprofundamento de diversas questões de interesse comum, segundo um programa definido previamente e em acordo com cada participante”, ressalta, acrescentando ainda que a entrada para o projeto é franca.

A Secretaria de Estado da Educação comunica que adiou para as 11h da próxima sexta-feira (19) a coletiva de imprensa em que será anunciada a quarta convocação de professores aprovados no concurso da Educação. Essa quarta chamada será a maior, em número de convocados, e deverá suprir as necessidades de cargas horárias abertas nas escolas do Estado.

alt

A Secretaria de Estado da Educação preparou uma programação especial para os dias 17 e 18 de abril, em comemoração à Semana Nacional do Livro Infantil. Das 8h às 11h, durante os dois dias, haverá, no auditório Angélica Moura, debates, palestras, apresentações culturais e exposições, com a participação de professores, especialistas em leitura e alunos das escolas estaduais. O auditório fica no primeiro piso do prédio da secretaria.

O Dia Nacional do Livro Infantil foi escolhido, em 2002, em homenagem ao escritor brasileiro José Bento Monteiro Lobato, nascido em 18 de abril de 1882. Monteiro Lobato foi um dos maiores autores da Literatura Infanto-Juvenil brasileira. Destacou-se na literatura infantil com a publicação da história A menina do nariz arrebitado, que teve grande repercussão. Em seguida, montou a maior obra da literatura infanto-juvenil: O sítio do pica pau amarelo, que foi transformado em seriado para a televisão nos anos oitenta e no final dos anos noventa.

Um dos pontos fortes da programação da Semana do Livro Infantil é a apresentação do texto base do Plano Estadual do Livro e da Leitura. No último dia 11 de abril, a Secretaria de Estado da Educação abriu consulta pública para o documento, elaborado preliminarmente por técnicos da secretaria, com o apoio de especialistas da UFRN, UERN e Instituto Kennedy. O texto está disponível no site www.educacao.rn.gov.br e os interessados podem fazer o download e encaminhar suas sugestões para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Com a chamada pública, o governo abre o documento-base para alterações e sugestões de todos aqueles que desejam contribuir de alguma forma, sejam leitores, escritores, bibliotecários, livreiros, desenhistas, ou a sociedade em geral. A sociedade civil terá até o dia 11 de maio para opinar. Até lá, serão realizadas audiências públicas e fóruns, para discutir o tema.

Para a secretária Betania Ramalho, a importância da leitura na formação social de um indivíduo deve ser o norte de toda a política de letramento de um país, de um estado e de um município, pois é através desta prática social que se desenvolve a criticidade, condição indispensável para o exercício da cidadania.

Nesse contexto, a finalidade do Plano Estadual do Livro e da Leitura é envolver todas as disciplinas do currículo no campo das práticas leitoras, onde cada professor assuma o papel de formar leitores através de atividades, seja no livro didático, seja no espaço da biblioteca, seja em outros meios discursivos.

A principal dimensão do plano é o estabelecimento de princípios e orientações teórico-metodológicas para a realização dos Programas de Leitura e do Livro no Estado, através da integração e fomento das diversas atividades formativas que possam nortear a prática pedagógica docente, em todas as áreas do conhecimento, com a finalidade de desenvolver nos estudantes uma competência leitora crítica.

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO LIVRO INFANTIL

QUARTA-FEIRA, 17 DE ABRIL

Local: Auditório Angélica Moura (SEEC)

Exposição temática: Mundo literário infantil lobatiano

8h – Solenidade de abertura

8h15 – Apresentação Artística Literatura de Cordel

Exposição do cordel O lagarto do Falhiço

Cordelista Marcos Medeiros

Exposição do cordel A cura da humanidade

Cordelista Rariosvaldo Oliveira

9h – Apresentação da versão preliminar do documento base do Plano de Leitura e do Livro do Rio Grande do Norte – PELLRN

Profa. doutoranda Rejane Souza

9h15 - Palestra: A importância de Monteiro Lobato no universo da literatura infantil e juvenil

Profa. e escritora Salizete Freire

9h45 – Mesa redonda A literatura infantil e juvenil em terras potiguares

Escritores potiguares - José de Castro, Rosa Régis, Flauzineide Machado

Mediadora: Profa.Dra. Rouseane da Silva Paula

11h – Encerramento

15h - Inauguração da Biblioteca Prof. Genar Pereira Local: E. E. Manoel Villaça)

QUINTA-FEIRA, 18 DE ABRIL

Local: Auditório Angélica Moura (SEEC)

8h – Apresentação Cultural

Maria das Dores da Silva Timóteo da Câmara

8h30 – Relato de Experiências

E. E. Luis Antônio: Projeto de Leitura (diretora Carmem Lúcia Pereira e coordenadora pedagógica Sheila Alves)

8h40 - Profª Maria Juraci de Araújo – “Juraci e os Escritores Mirins”. Escola Estadual Teônia Amaral.

8h50 – Relato de Experiência: Uma história de sucesso com a leitura e o livro

Danilo Bezerra Vieira

9h - Apresentações

E. E. Josefa Sampaio: Conto e Coral Flauta Doce (professores Roberta Pires e Gabriel Martins)

E. E. Edgar Barbosa: Exposição Projeto Crônicas, Poesias e Canções (professoras Gilmária Chaves, Mª das Mercês Câmara e Selma Regina Silva)

11h – Encerramento

15h – Reinauguração da Biblioteca Getúlio Alves (Local: E. E. Prof. Luís Antônio)

A secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, recebe a imprensa nesta quarta-feira (17), para anunciar a quarta convocação de professores aprovados no concurso da Educação. Essa quarta chamada será a maior em número de convocados e deverá suprir as necessidades de cargas horárias abertas nas escolas do Estado. A coletiva está marcada para às 9h30, na Sala de Reuniões do gabinete da Secretaria de Estado da Educação.



Twitter