NATAL PRESS

Está chegando a Natal a Puro Game, uma empresa que oferece jogos educativos de qualidade e de baixo custo, com conteúdo diferenciado para escolas públicas e privadas. Acreditando que os jogos são uma nova forma de experiência cultural, capaz de educar, entreter e despertar sentimentos nos jogadores, a Puro Game oferece em seu portal uma página personalizada para as escolas, que serve como um canal de comunicação entre a instituição de ensino e seus alunos. 

Aprender matemática, português, geografia, lógica, química e inglês agora ficou muito mais fácil e divertido.

Mais informações:
(84) 9946-1617 | (11) 3674-7207 | (11) 95859-8233

A reitora ngela Paiva Cruz, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abriu a solenidade do Seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte, na manhã desta segunda-feira, 8, no auditório do Praiamar Hotel, falando sobre a importância da Educação Básica e Profissional para o Desenvolvimento do RN.

Mais do que isso, frisou, é importante a educação de qualidade e por isso a Universidade tem criado, ao longo de seus 55 anos, alternativas de formação a partir do ensino infantil, abrindo um leque de possibilidades formativas.

Valendo-se de números, a reitora da UFRN afirmou que neste ano de 2013 foram matriculados no ensino básico e profissionalizante na UFRN 4.407 alunos, além das quase 20 mil vagas disponibilizadas por meio do PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), ofertados pela Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Escola de Enfermagem de Natal (EEN), Escola de Música (EMUFRN) e Instituto Metrópole Digital (IMD).

“Vivemos, assim, uma nova realidade formativa que definitivamente democratizou o ensino na Universidade e sem perder o foco da valorização de uma educação superior em cursos de graduação e pós-graduação de qualidade, a UFRN traz também a chance para crianças e jovens de todas as faixas econômicas iniciarem sua formação já com a perspectiva concreta de inserção no mercado de trabalho”, afirmou ngela Paiva.

Ela fez um mapeamento das escolas que oferecem ensino técnico e profissionalizante, citando número de alunos, de cursos e de municípios beneficiados e concluiu afirmando que o “esforço do governo federal e estadual, de docentes, de alunos e servidores técnicos das universidades, do Instituto Federal de Educação e a efetiva participação do Sistema S (SESI, SESC e SENAI) haverá de resultar no fortalecimento da educação básica e tecnológica, essencial ao desenvolvimento do RN”.

Entre as autoridades presentes na solenidade de abertura estavam a Secretária de Educação Betânia Ramalho, representando a governadora Rosalba Ciarlini; o prefeito Carlos Eduardo, o deputado federal Henrique Eduardo Alves; o ministro da Previdência Garibaldi Alves Filho; o presidente da FIERN, Amaro Sales; o presidente do FECOMÉRCIO, Marcelo Fernandes Queiroz; além de professores, gestores da educação e políticos locais.

A Secretaria de Estado da Educação está se adequando à nova legislação federal que trata da jornada de trabalho dos professores da Educação Básica. Apesar da Lei Nº 11.738 ter sido criada em 2008, as novas regras só foram consideradas válidas no início de 2013, quando o Supremo Tribunal Federal encerrou o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade Nº 4.167, sobre o terço da hora atividade.

Até a definição da lei federal, vigorava o que estabelece o Plano de Cargos e Carreiras do Magistério Estadual, segundo o qual, da jornada de 30 horas semanais do professor, 24 seriam para atividades em sala de aula e 6 horas seriam destinadas para atividades de planejamento. Com a nova lei, um terço da jornada de trabalho deve ser destinada ao planejamento, logo, os professores da rede estadual teriam 20 horas em sala de aula e 10 horas para planejamento.

“Quanto mais tempo o professor tiver para planejar sua aula, melhor para o aluno e para o processo de ensino e aprendizagem. Essa sempre foi a nossa defesa, tanto que o Rio Grande do Norte não subscreveu a Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrada por alguns estados sobre a lei federal. Nós reconhecemos a importância e a validade do terço da hora atividade. Se não implantamos antes foi porque aguardávamos uma definição do STF e porque ainda estávamos resolvendo problemas mais urgentes, como o da falta de professores nas escolas”, ressaltou a secretária de Estado da Educação, Betania Ramalho.

Betania Ramalho afirma que desde que tomou conhecimento da decisão do STF, a secretaria vem se organizando para se adequar à nova jornada. “Isso vem sendo feito com planejamento e organização, pois não é possível readequar a carga horária de 10 mil professores do dia para a noite, sem prejudicar os alunos. A solução que encontramos foi dar continuidade ao reordenamento da rede, otimizando o número de turmas abertas e a utilização de horas suplementares”.

Na prática, para adequar a jornada de trabalho dos professores, está sendo feito um estudo caso a caso, professor por professor, em um trabalho conjunto da equipe de Recursos Humanos do órgão central da secretaria, com as Diretorias Regionais de Educação. Com o reordenamento, nos casos em que houver necessidade, o professor poderá ficar com uma carga superior a 20 horas semanais em sala de aula e será remunerado por isso, através da concessão de horas suplementares.

A expectativa da secretária é que até o final de julho, todos os professores já estejam adequados à nova jornada de trabalho definida pela legislação federal. “Como o trabalho está sendo feito caso a caso, para não prejudicar o andamento das aulas, dia após dia mais professores estarão adequados, com um terço da jornada destinado a atividades de planejamento. Até agora, dos 10 mil professores em sala de aula, cerca de quatro mil já estão adequados a essa nova realidade. Os demais serão adequados nos próximos dias.”

Betania Ramalho informa ainda que o novo Sistema Integrado de Gestão da Educação – SIGEDUC, tem contribuído decisivamente para o reordenamento. “Sem o SIGEDUC seria quase impossível realizar esse trabalho, pois quando chegamos à secretaria não sabíamos nem onde estavam lotados os servidores, quanto mais a carga horária dos professores. Agora, todas as escolas do estado já estão trabalhando com o novo sistema, que nos dá acesso instantâneo às cargas horárias e locais de trabalho dos professores.”

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) convoca os candidatos aprovados na segunda chamada do processo seletivo para reocupação de vagas residuais para o período letivo de 2013.2. Os alunos aprovados devem efetuar as matrículas até 21 de julho.

Ao todo, 18 alunos foram selecionados para um total de 13 cursos, sendo eles Administração (1), Ciências Contábeis (1), Ciências Econômicas (1), Ciência e Tecnologia (6), Letras – Língua Portuguesa e Literaturas (1), Pedagogia (1), Turismo (1), Engenharia Civil (1), Ecologia (1), Educação Física (2), Farmácia (1), e Comunicação Social – Publicidade e Propaganda (1).

As matrículas em disciplinas serão, obrigatoriamente, feitas pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) e os candidatos que não as realizarem terão seus cadastros anulados e perderão a vaga.

Para conferir o edital, basta acessar a página da PROGRAD: www.prograd.ufrn.br/documento.php?id=104453452.

3ª Chamada
Nesta chamada serão disponibilizadas as vagas para 2013.2 que não foram ocupadas anteriormente no processo seletivo. Dessa forma, as graduações disponíveis são Gestão de Políticas Públicas (Natal), com uma vaga, e Enfermagem (Santa Cruz), com duas vagas.

O cadastramento deverá ser feito apenas no dia 10 de julho, das 8h às 11h e das 14h às 17h, na PROGRAD, localizada no Campus Central da UFRN. As normas para 3ª chamada estão disponíveis no seguinte link: www.prograd.ufrn.br/documento.php?id=104453452.

Estão abertas até esta quinta-feira, 4, as inscrições para o processo seletivo para o cargo de professor substituto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com o objetivo de cobrir a demanda de vagas já existente nos seguintes Campi: Natal, Currais Novos, Macaíba e Caicó, além de suprir o quadro de reserva para vagas surgidas dentro do prazo de validade do edital.

As inscrições devem ser efetuadas de forma presencial, exclusivamente, na secretaria da Unidade de Lotação correspondente e a homologação será divulgada no dia 8 de julho, no quadro de avisos da unidade e na página da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP): www.progesp.ufrn.br.

A seleção ocorre de 9 a 12 de julho, com taxa no valor de R$ 13 a ser pago com guia de recolhimento via Banco do Brasil. Mais informações e o edital no endereço eletrônico: http://www.progesp.ufrn.br/concurso.php?id=104979810.

Matrícula dos alunos regulares da UFRN começa nesta quarta-feira, 3


Começa nesta quarta-feira, 3, a matrícula dos alunos regulares para o segundo semestre de 2013 da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O processo seguirá até 21 de julho, por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA).

No mesmo período, os estudantes poderão solicitar via SIGAA (www.sigaa.ufrn.br) o requerimento para matrícula dos alunos especiais e o ensino individualizado. O período letivo 2013.2 será iniciado no dia 29 de julho.

Disciplinas de Férias

As aulas das disciplinas de férias 2013.3 da UFRN também começam nesta quarta-feira, 3 de julho.

alt

O Ministério da Educação autorizou a criação de mais 60 vagas para o curso de Medicina na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), que serão implantadas no futuro Campus da cidade de Assú. As novas vagas serão escalonadas em dois anos seguintes, sendo a primeira turma com 30 alunos já em 2016, e mais 30 vagas no ano seguinte, 2017.

Com a boa notícia, a Universidade passará a contar com 120 vagas para Medicina até 2017. Isso por o Governo Federal já havia liberado em meados de maio deste ano as primeiras 60 vagas para atender o Campus Central, em Mossoró, sendo 30 entradas também em 2016 e outras 30 vagas no ano seguinte.

O professor José de Arimatea de Matos repassou a informação de Brasília, complementando que o novo campus de Assú estará em funcionamento concomitante com as novas vagas de Medicina na cidade. “A região do Vale do Assú realiza um antigo sonho com a chegada da Universidade. A nova Unidade da Ufersa irá funcionar como um Centro de Saúde, assim como em Mossoró”, ressalta o professor.

O próximo passo da Universidade será a elaboração do orçamento necessário para implantação do curso pela Pró-reitoria de Planejamento. A planilha de investimentos será incorporada ao Orçamento do Ministério da Educação para contemplar uma estrutura dotada de biotérios, sala de aula, sala para professores, laboratórios, auditórios, acervo bibliotecário e recursos humanos – docentes e técnicos. “Todos os esforços serão feitos pela Universidade para acelerarmos as solicitações do MEC”, garantiu o magnífico.

Os graduandos irão ingressar no Curso através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para entrada em 2016, de modo que os candidatos deverão obrigatoriamente prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2015.

Medicina em Assu será o 33º curso presencial da UFERSA, que já conta hoje com 20 graduações no Campus Central, 5 em Angicos, 4 em Caraúbas e 2 em Pau dos Ferros. A UFERSA também já recebeu a autorização para a implantação do curso de Educação do Campo, que deverá ser implantado em Mossoró.

“A conquista da Ufersa reflete a política de interiorização das ofertas de vagas do Ensino Superior por parte do Governo Federal, sobretudo na área da Saúde, que é um setor prioritário nas reivindicações da sociedade. Ganha o Rio Grande do Norte e principalmente o interior”, defende o reitor José de Arimatea de Matos.

A lista com a II chamada do Sisu já está disponível no site da Ufersa. As matrículas serão realizadas nos dias 5, 8 e 9 de julho. Das 219 matrículas efetuadas na I chamada, 126 foram na Ufersa Mossoró, 31 na Ufersa Angicos, 35 na Ufersa Caraúbas e, 27 na Ufersa Pau dos Ferros.

Os candidatos devem ficar atentos a Lista de Espera. O prazo para confirmar interesse em participar da seleção começa hoje, 01, e segue até o dia 12 de julho. O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 19 de julho.

Será iniciado na próxima quarta-feira, 3, o período de matrícula dos alunos regulares para o segundo semestre de 2013 da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O processo seguirá até 21 de julho, por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA).

No mesmo período, os estudantes poderão solicitar via SIGAA (www.sigaa.ufrn.br) o requerimento para matrícula dos alunos especiais e o ensino individualizado. O período letivo 2013.2 será iniciado no dia 29 de julho.

Disciplinas de Férias

Já o período de matrícula para as disciplinas de férias 2013.3 da UFRN está aberto até às 23h59 desta segunda-feira, 1º de julho, pelo SIGAA. As aulas serão iniciadas no dia 3 de julho, próxima quarta-feira.

A Conferência Estadual de Educação do Rio Grande do Norte (COEED-RN), que é uma parceria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com o Fórum Estadual de Educação (FEE-RN), será realizada nos dias 27 e 28 de agosto de 2013, no Hotel Pirâmide.

O evento tem como objetivo realizar uma ampla mobilização junto à sociedade civil para a construção coletiva das políticas educacionais e, dessa forma, preparar-se para a Conferência Nacional de Educação (CONAE 2014), que ocorrerá em Brasília, em fevereiro de 2014, coordenada pelo FEE.

A COEED contará com a participação de estudantes, professores, gestores, pais, entidades sindicais, movimentos sociais e conselhos estaduais e municipais envolvidos com a Educação Básica, Profissional e Superior.

Os participantes foram eleitos delegados durante as 18 Conferências Intermunicipais de Educação, realizadas entre os dias 21 de maio e 26 de junho de 2013, em nove municípios polos (Natal, João Câmara, Macau, Mossoró, Santa Cruz, Nova Cruz, Caicó, Pau dos Ferros, Currais Novos), envolvendo todos os municípios do Estado do Rio Grande do Norte.

Contará também com delegados indicados pelas entidades nacionais de educação, movimentos da diversidade, Ministério Público, Sistema Legislativo, entre outros setores organizados e representantes da sociedade civil.

As inscrições para contratar o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) no segundo semestre de 2013 começam na próxima segunda-feira, 1º de julho. Para tanto, é necessário que o candidato já esteja matriculado em uma instituição de ensino superior não gratuita participante do programa.


Segundo o FIES Brasil, programa que presta consultoria gratuita aos alunos que desejam contratar o financiamento, não podem se inscrever no Fies os alunos que estejam com a matrícula acadêmica trancada, que já tenham sido beneficiados ou que estejam inadimplentes com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC). Os estudantes cujo percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita seja inferior a 20% ou que possua renda familiar mensal bruta superior a 20 salários mínimos também ficam impossibilitados.

A inscrição no Fies pode ser realizada em qualquer período do ano, sendo que de janeiro a junho, para o financiamento relativo ao 1º semestre, e de julho a dezembro, para o financiamento relativo ao 2º semestre do ano. Para mais informações sobre a contratação do Fies acesse: www.fiesbrasil.com.br



Twitter