NATAL PRESS

alt

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) destacou nesta terça-feira (26), no plenário da Câmara dos Deputados, a fala da Presidenta Dilma Rousseff que defendeu mais uma vez, em visita a Pernambuco ontem, a destinação de 100% dos royalties do petróleo para a educação.

“A Presidenta destacou, inclusive, o quanto esses recursos são necessários para promover a valorização do professor brasileiro, até porque a grande maioria dos Governadores e Prefeitos queixa-se de que não tem dinheiro suficiente para pagar e para valorizar o Magistério”, disse a deputada. “Daí a importância da iniciativa que a Presidenta tomou mandando a esta Casa a Medida Provisória 592/12, determinando que todos os royalties sejam destinados à educação”, completou.

Fátima ainda fez um apelo que a Câmara aprove o mais rápido a MP 592/12, lembrando que o prazo dela vence em maio, e
informou que a matéria está associada ao Plano Nacional de Educação, na medida em que vai assegurar que as metas do PNE sejam alcançadas. “Precisamos valorizar nossos professores e garantir a destinação de 10% do PIB para educação, conforme estabelece o Plano Nacional da Educação, que está em análise no Senado”.

IFRN
Na reunião ordinária da Comissão Especial destinada a promover estudos e proposições para a reformulação do Ensino Médio dessa terça-feira (26), a deputada Fátima Bezerra (PT) entregou para o secretário de Educação Tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antônio, cópia do requerimento de indicação aprovado por unanimidade na Comissão de Educação, que solicita uma nova unidade do Instituto Federal de Educação Tecnológica, no município de Mossoró, Estado do Rio Grande do Norte.

Fátima adiantou convite para que o MEC possa participar de audiência pública a ser realizada em Mossoró, que vai discutir a expansão do IFRN na cidade.

Mais de 250 estudantes do ensino médio de nove municípios da Região do Sertão Central e os universitários de Ciência e Tecnologia tiveram a oportunidade de conhecer as instalações da Ufersa Angicos, como participantes do Seminário sobre Perspectivas de Engenharia Civil na Região do Semiárido. A abertura contou com a participação do reitor da Ufersa, professor José de Arimatea de Matos. O Seminário tem como proposta levar aos jovens informações sobre a atuação e o campo de trabalho do engenheiro.

“E a Universidade contribuindo para o desenvolvimento d região, promovendo a valorização do curso de Engenharia Civil”, afirmou o professor da Ufersa Aerson Barreto, coordenador do Seminário. Durante todo o dia, os estudantes vão receber informações sobre a atuação desse profissional, bem como a estrutura que a Ufersa oferece para essa formação superior.

Ao falar aos estudantes secundaristas, o reitor da Ufersa, José de Arimatea de Matos, ressaltou a importância do jovem focar a sua atenção para o ingresso no ensino superior. Tomando como base dados do IBGE, ele afirmou que 163 mil jovens com idade entre 15 e 24 anos não estão na escola. “Esse número mostra que de cada 4 jovens 1 se encontra nesta condição”, frisou, adiantando que a região do Sertão Central as condições são ainda piores.

Para o reitor, a instalação da Ufersa Angicos representa uma nova oportunidade para os estudantes que não mais precisam se deslocar em grande distância para cursar o ensino superior de qualidade. “A Ufersa Angicos foi criada para oferecer oportunidades de mudança de vida”, afirmou, Na ocasião, o professor Arimatea anunciou a construção de um restaurante universitário nas dependências do Campus.

Engenharia Civil é o curso mais novo da Ufersa Angicos tendo sido iniciada a primeira turma nesse semestre. Segundo a coordenadora do curso, a professora Marcilene da Nóbrega, a turma conta com 17 alunos matriculados sendo a sua maioria da região. A professora apresentou o curso da Ufersa aos estudantes secundaristas. “Para estudar na universidade tive que deixar a minha cidade, Assu, para morar num grande centro. Hoje, vocês não mais precisam sair da sua região para se formar em engenharia civil”, exemplificou.

A ascensão social por meio da educação também foi compartilhada pelo diretor da Ufersa Angicos, professor Joselito Medeiros. “Estamos aqui para mostrar as perspectivas de um futuro melhor que a Ufersa oferece para a juventude”, afirmou. Para o professor, o profissional de engenharia civil tem hoje muita visibilidade e oportunidades para ingressar no mercado em qualquer parte do país. “É importante que vocês estudantes do ensino médio busquem as informações para uma boa escolha para o futuro profissional”, aconselhou o professor.

Encantados com as instalações da Ufersa Angicos, a visita ao campus só fez aumentar o sonho de ingresso na Universidade. Esse é o caso do estudante Francisco Elvis Barbosa, de Pedro Avelino. “Estrutura muito boa e quero ingressar na Ufersa”, afirmou. Já Juliana Camila da Silva, de Fernando Pedrosa, considerou o Seminário de grande importância. “Tenho certeza que vai me ajudar a decidir pela engenharia civil”, disse.

Ainda em dúvida entre Civil e Petróleo, Thales Barbosa, de Lajes, achou interessante o que ouviu sobre a profissão do engenheiro civil. Segundo ele, no próximo semestre vai cursar Gestão Ambiental no IF Ipanguaçu. “Gostei da Ufersa e quero fazer o curso superior aqui”, afirmou.

Quem também vai optar pela Ufersa Angicos no Enem/Sisu é o estudante de Afonso Bezerra, Gabriel Vitor Pereira Matias. “Gostei e fiquei bem interessado pelo curso”, considerou, mas antes de entrar na Universidade ele disse que vai fazer curso profissionalizante em máquinas agrícolas. O Seminário é uma realização da Ufersa Angicos, em parceria com a Escola Estadual Francisco Veras e, com o apoio do CNPq, Vale e Ministério da Ciência e Tecnologia.

O primeiro momento do Seminário foi finalizado com a palestra “O que se estuda em Engenharia Civil”, ministrada pelo professor Alexandre Bertine, da Universidade Federal do Ceará. Na ocasião, o professor comentou que a partir da última década as perspectivas de trabalho na área de Engenharia Civil têm aumentado significativamente e explanou sobre as funções do Engenheiro Civil. “O Engenheiro Civil projeta, planeja e executa, fiscaliza e supervisiona a construção”, frisou.

O Curso de Especialização em Direito Internacional do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas, até sexta-feira, 29 de março.

São oferecidas 44 vagas, sendo 4 reservadas aos servidores efetivos e ativos do quadro da UFRN. O Curso tem duração de 12 meses e carga horária de 360 horas, com mensalidade de R$ 350.

Interessados em participar devem preencher formulário de inscrição disponível no site: http://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf , pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 80 e entregar toda a documentação necessária na Secretaria do PPGD, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, na Sala 14, no CCSA, Campus Central da UFRN.

Mais informações no site: http://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/programa/portal.jsf?id=404 ou pelo telefone (84) 3215-3487/9459-7083.

Pelo segundo ano consecutivo, alunos da rede estadual do Rio Grande do Norte foram destaque na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – FEBRACE, realizada pela Universidade de São Paulo – USP. Com a pesquisa sobre o uso da Cera de Abelha no Revestimento de Frutos, um grupo de estudantes da zona rural de Apodi, foi classificado em primeiro lugar nas categorias Empreendedorismo e Ciências Agrárias, durante a 11ª edição da feira, que ocorreu entre os dias 12 e 14 de março.

Os alunos potiguares também foram convidados para publicar a pesquisa na revista Inciência e para apresentá-la na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia. O trabalho foi desenvolvido por Antonio Torres Geracino, Francisco Jociel Fernandes e Huguenberg de Oliveira Santos, que cursam o Ensino Médio na Escola Estadual professora Zenilda Gama, de Apodi. A orientação foi da professora Antônia Gidélia da Costa Oliveira.

Durante o período de desenvolvimento da pesquisa, ocorrido em 2012, os estudantes conseguiram comprovar que o uso da cera de abelha, como revestimento, proporciona um prolongamento na vida útil dos frutos pós colheita. Este ano, para representar o Rio Grande do Norte, na 11ª FEBRACE, foram expostos nove trabalhos. Do total, oito fazem parte da rede estadual e foram selecionados através do projeto Ciências para Todos no Semiárido Potiguar, realizado pela Secretaria de Estado da Educação, em parceria com a Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA, e com a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.

A FEBRACE é considerada a maior feira de ciências e engenharia voltada para estudantes pré-universitários do país. O investimento do Governo do Estado com passagens, hospedagem e alimentação, para que os oito grupos de estudantes da rede pudessem participar da feira, foi de oitenta mil reais.

“Mais uma vez, estamos muito satisfeitos com os resultados. Acompanhei de perto a apresentação desses projetos nas feiras regionais e posso dizer que eles foram bem elaborados e não ficam devendo a nenhuma iniciativa semelhante em outras redes. Com o esforço dos nossos professores e a parceria com as universidades, os alunos do Estado estão cada vez mais envolvidos nos projetos de iniciação científica e os resultados estão aparecendo. Nossos estudantes estão de parabéns.”, concluiu a secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho.

Mais de 300 projetos de estudantes do ensino básico foram expostos durante a 11ª FEBRACE. Os finalistas foram selecionados entre 1.898 trabalhos apresentados em 65 feiras afiliadas em todo o país. Do Rio Grande do Norte, oito projetos científicos de estudantes e professores da rede estadual de ensino foram apresentados:

A PALMA FORRAGEIRA COMO MATÉRIA PRIMA NA FABRICAÇÃO DE PRODUTOS CASEIROS: UMA ALTERNATIVA DE SUSTENTABILIDADE PARA O SEMIÁRIDO
Ana Clara de Morais Punes, Francisco de Assis de Oliveira Júnior, Valter Trajano dos Santos, Solange Batista da silva (Orientador)
Escola Estadual Mariana Cavalcanti, LUIS GOMES, RN

ANÁLISE EMPÍRICA DA DIMINUIÇÃO DO NÍVEL DE POLUIÇÃO DA ÁGUA COM A TÉCNICA DE ELETROFLOCULAÇÃO
Jonas Medeiros de Paiva, Marcondes Matheus de Morais Silva, Flávia Kaline de Paiva Silva, José Everton Pinheiro Monteiro (Orientador) e Jorgia Vanessa Alves Dias (Coorientador)
Escola Estadual 11 de Agosto, UMARIZAL, RN

CAPTAÇÃO E REAPROVEITAMENTO DE FUMAÇA NA HIDROPONIA
Francisca Maiane da Silva, Francisco Neilson de Souza, Richard Ramon de Medeiros, Carlos Antônio Barros e Silva Júnior (Orientador)
Escola Estadual Rui Barbosa, TIBAU, RN

COMPARAÇÃO DO RENDIMENTO DO BIODIESEL A PARTIR DOS ÓLEOS RESIDUAIS DE FRITURA
Daniel Sátiro Silva, Rayomara Radna de Araújo Pereira, Ana Yasmim De Oliveira e Lindeberg Ventura Sousa (Orientador)
Centro de Educação Integrada Professor Eliseu Viana, MOSSORÓ, RN

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL: NEWTON E O PESO DOS CORPOS
Jéssica Milena Alves Gomes, Aleksander Rafael Silva e José Everton Pinheiro Monteiro (Orientador)
Escola Estadual 11 de Agosto, UMARIZAL, RN

LAVA JATO SUSTENTÁVEL
Francisco Caio Dantas, Pedro Henrique de Oliveira Medeiros, Mateus Emanuel Eufrásio da Fonseca e Francisco Adalberto Lopes (Orientador)
Escola Estadual Silvestre Veras Barbosa, ESPÍRITO SANTO DO OESTE (PARAÚ), RN

O USO DA RASPA DA CASCA DO JUAZEIRO NO TRATAMENTO DENTÁRIO
Thais de Oliveira Almeida, Taianny de Oliveira Almeida, Francisco Paulo Ramon Rocha Paiva, Maria do Socorro de Sousa Freire Costa (Orientador)
Escola Estadual Moreira Dias, MOSSORÓ, RN

USO DE CERA DE ABELHA NO REVESTIMENTO DE FRUTOS
Antonio Tôrres Geracino, Francisco Jociel de F. Fernandes, Huguenberg de Oliveira Santos, Antônia Gidélia da Costa Oliveira (Orientador), Wallace Edelky de Souza Freitas (Coorientador)
Escola Estadual Professora Zenilda Gama Torres, APODI, RN

LONDRES
Os projetos O uso da raspa da casca do juazeiro no tratamento dentário e Análise empírica da diminuição do nível de poluição da água com a técnica de eletrofloculação também foram premiados com vagas oferecidas pela Rede Programa Olimpíadas do Conhecimento (REDE POC).

Os dois trabalhos serão apresentados no LIYSF - London International Youth Science Forum (www.liysf.org.uk), a ser realizado de 24 de julho a 7 de agosto de 2013, no Imperial College, em Londres. O LIYSF oferece oportunidade única de participação em um evento internacional, responsável por atrair estudantes jovens, que desenvolvem projetos científicos no mundo todo.

Segue até a próxima sexta-feira (22), o período de inscrições para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego – Pronatec, realizado pela Secretaria de Estado da Educação, em parceria com o MEC. Até o início da manhã desta quarta-feira (20), cerca de 12 mil estudantes haviam se cadastrado para concorrer a uma das 11.272 vagas ofertadas nos cursos profissionalizantes.

O programa é voltado para estudantes da rede estadual, que estão cursando Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos - EJA. Os cursos de Formação Inicial e Continuada tem carga horária de 180 a 360 horas. Já os cursos Técnicos Profissionalizantes tem carga horária de 800 a 1.200 horas.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, através do site www.pronatec.rn.gov.br, onde está disponível a lista completa com todos os cursos oferecidos. Segundo a subcoordenadora de Educação Profissional, da SEEC, Suerda Nascimento, os cursos mais procurados são o de auxiliar administrativo, operador de computador, programador de web, editor de imagens e editor de animação.

Após a inscrição, os candidatos selecionados devem procurar as instituições onde os cursos serão ministrados para efetuar a matrícula, entre os dias 8 a 12 de abril. É necessário apresentar CPF, comprovante de residência e declaração da escola onde estuda. As aulas estão previstas para começar até o final de abril.

Para a secretária de estado da Educação, Betania Ramalho, o Pronatec é fundamental para o desenvolvimento de uma nova escola, porque concilia Educação Escolar com Ensino Profissionalizante. "Além disso, é um passo importante para a Escola de Tempo Integral, pois os cursos serão oferecidos no contra turno, onde os estudantes que têm suas aulas normais pela manhã, poderão participar do Pronatec à tarde ou à noite", conclui a secretária.

No Rio Grande do Norte, a Secretaria de Estado da Educação e o Ministério da Educação realizam o Pronatec em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, através da Escola Agrícola de Jundiaí, Escola de Enfermagem e Escola de Música; com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR, Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – SENAT e com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN.

Os cursos são oferecidos em 32 municípios polos. São eles: Alexandria, Assu, Caicó, Carnaúba dos Dantas, Ceará-Mirim, Currais Novos, Encanto, Florania, Francisco Dantas, Itajá, Jucurutu, Macaíba, Martins, Maxaranguape, Marcelino Vieira, Mossoró, Natal, Parnamirim, Pau dos Ferros, Patu, Pendências, Portalegre, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São José do Mipibu, Rafael Fernandes, Riacho de Santana, Rio do Fogo, Touros e Vera Cruz.

A seguir, a lista dos cursos oferecidos:

Cursos de Formação Inicial e Continuada – FIC, com carga horária de 180 a 360 horas (Divididos por área)

AMBIENTE E SAÚDE
Agente Comunitário de Saúde
Agente de Combate às Endemias
Agente de Desenvolvimento Socioambiental
Agente de Higiene e Beleza Animal
Atendente de Nutrição
Balconista de Farmácia
Cabeleireiro
Cabeleireiro Assistente
Cuidador de Idoso
Cuidador Infantil
Depiladora
Higienista de Serviços de Saúde
Manicure e Pedicure
Maquiador
Massagista
Monitor Ambiental
Monitor do Uso e Conservação dos Recursos Hídricos
Recepcionista em Serviços de Saúde
Vendedor de Produtos e Serviços Ópticos

CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS
Ajustador Mecânico
Caldeireiro
Desenhista Mecânico
Eletricista Industrial
Lixador
Mecânico de Automóveis Leves
Mecânico de Máquinas de Usinagem
Mecânico de Máquinas Industriais
Mecânico de Motores a Diesel
Operador de Sonda de Perfuração
Plataformista
Retificador Mecânico
Torneiro Mecânico
Traçador de Caldeiraria

INFRAESTRUTURA
Almoxarife de Obras
Arrumador e Conferente de Cargas
Desenhista da Construção Civil
Eletricista de Linhas Elétricas de Alta e Baixa Tensão
Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão
Operador de Empilhadeira
Operador de Retroescavadeira
Operador de Tratamento de Águas e Efluentes
Porteiro e Vigia

DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL
Agente de Projetos Sociais
Auxiliar de Secretaria Escolar
Contador de Histórias
Espanhol Básico
Francês Básico
Inglês Básico
Introdução à Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras css Português)
Língua Brasileira de Sinais (Libras) - Básico
Monitor de Transporte Escolar
Recreador

INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
Administrador de Banco de Dados
Desenhista de Produtos Gráficos Web
Instalador e Reparador de Redes de Computadores
Montador e Reparador de Computadores
Operador de Computador
Programador de Sistemas
Programador Web

TURISMO, HOSPITALIDADE E LAZER
Agente de Informações Turísticas
Cerimonialista e Mestre de Cerimônias
Condutor Cultural Local
Monitor de Recreação
Organizador de Eventos
Recepcionista de Eventos
Recepcionista em Meios de Hospedagem

GESTÃO DE NEGÓCIO
Agente de Desenvolvimento Cooperativista
Agente de Inspeção de Qualidade
Almoxarife
Auxiliar Administrativo
Auxiliar de Pessoal
Auxiliar de Recursos Humanos
Auxiliar Financeiro
Operador de Supermercados
Promotor de Vendas
Recepcionista
Representante Comercial
Vendedor

PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN
Assistente de Produção Cultural
Cantor Popular
Confeccionador de Bijuterias
Costureiro
Editor de Animação
Editor de Vídeo
Músico de Banda
Músico de Orquestra
Regente de Banda
Regência de Coral

PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA
Padeiro

Cursos Técnicos Profissionalizantes – TEC, com carga horária entre 800 e 1.200 horas.
Técnico em Podologia
Técnico em Logística
Técnico em Secretariado
Técnico em Recursos Humanos
Técnico em Secretário
Técnico em Transações Imobiliárias
Técnico em Panificação
Técnico em Vestuário
Técnico em Mecânica
Técnico em Eletrotécnica
Técnico em Edificações
Técnico em Automação Industrial
Técnico em Petróleo e Gás
Técnico em Segurança no Trabalho

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA – divulgou a relação dos candidatos convocados para preencher as vagas oferecidas na Terceira Lista de Espera do SiSU 2013.1. Os convocados (ou representante por procuração) devem comparecer na próxima quarta-feira, dia 20 de março, das 8h às 18h, no campus em que se inscreveram e apresentar os documentos exigidos.

A documentação entregue pelos candidatos será analisada pela banca e no próximo dia 22 de março será divulgado o resultado da convocação, de acordo com a ordem de classificação e com as vagas disponíveis, e ainda levando em consideração a reserva de cotas. Nesta fase, os candidatos cotistas que não conseguirem vaga na modalidade da cota, também concorrem às vagas disponíveis na ampla concorrência, de acordo com sua nota na classificação geral da lista de espera.

DOCUMENTAÇÃO - Os convocados devem apresentar o original e a cópia da seguinte documentação: RG; CPF; Certidão de Nascimento ou de Casamento; Título de Eleitor; Comprovante de votação na última eleição; Carteira de Reservista Militar (para homens); Certificado de Conclusão de Ensino Médio; Histórico Escolar Completo; além de duas fotografias 3x4, iguais e recentes.

Já os candidatos cotistas, além da documentação citada, devem apresentar a documentação especificada no Edital 003/2013 da Comissão Permanente de Processo Seletivo – CPPS da UFERSA para cada caso, como, Autodeclaração de pertencer ao Grupo PPI (Preto, Pardo ou Indígena); comprovar ter cursado ensino médio integralmente em escola pública e comprovantes de rendimento. A documentação completa, detalhes e modelos de declarações podem ser acessados no seguinte endereço eletrônico: http://www2.ufersa.edu.br/sistemas/concursos/publico/exibir_concurso/54

A Secretaria de Relações Internacionais (SRI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou nesta segunda-feira, 18, o Edital para a seleção dos estudantes de graduação no Programa de Bolsas Luso-brasileiras.

O Programa faz parte do Plano de Apoio ao Ensino Superior (PAES) no eixo de mobilidade internacional e é uma parceria entre a Instituição e o Banco Santander, por meio do projeto Santander Universidades.

Desde sua criação em 2007, já foram contemplados 54 estudantes da UFRN, que ficaram durante seis meses em universidades de ponta portuguesas.

Serão disponibilizadas oito bolsas para alunos matriculados nos cursos regulares de graduação da UFRN, presenciais ou a distância, cada uma no valor de € 3.300, durante o período total de estadia do aluno.

As inscrições estarão abertas entre os dias 22 de março e 24 de maio de 2013. Os interessados devem realizar primeiro uma pré-inscrição pelo site do Santander: www.santanderuniversidades.com.br/bolsas . O candidato também deve realizar a sua inscrição junto a SRI, através do site www.sri.ufrn.br, e enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

A secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, voltou a receber os coordenadores do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte – SINTE/RN. A nova audiência ocorreu no final da tarde desta terça-feira (06), no gabinete da SEEC. Entre os assuntos levantados, foi discutida a formação de uma comissão para revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do magistério e os benefícios que estão lendo liberados pelo Governo para a categoria, como as promoções verticais e horizontais.


Na ocasião, também ficou acertado que novas audiências acontecerão nas próximas semanas, para que secretaria e sindicato possam colocar em prática as atividades acordadas. Ao sair da reunião, a coordenadora geral do sindicato, professora Fátima Cardoso, avaliou o encontro como “muito produtivo”. Já a secretária Betania Ramalho ressaltou que esse foi o governo que mais atendeu às reivindicações da categoria, beneficiando os professores do Estado. “E o diálogo continuará aberto, para que possamos avançar ainda mais.”


Além do corpo a corpo com os professores, que a secretária tem feito em visita às escolas de todo o Estado, em 26 meses de gestão, 24 audiências oficiais foram realizadas com os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, quase uma audiência por mês, na média. A penúltima delas ocorreu no último dia 27 de fevereiro, quando Betania Ramalho convidou os coordenadores do SINTE para reunião, em que respondeu aos 31 itens da pauta de reivindicações aprovada em assembleia.

alt

A reitora Ângela Paiva Cruz está em Brasília, onde participou durante a manhã desta terça-feira, 5, de reuniões da Diretoria Executiva da Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) com o presidente da Câmara dos Deputados Federais, Henrique Eduardo Alves, e com o presidente do Senado, Renan Calheiros.

À tarde, a reitora participou de audiência da ANDIFES com o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Jorge Rodrigo Messias.

A agenda da reitora Ângela Paiva prevê para esta quarta-feira, 6, audiências com a secretária substituta da Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (SESU/MEC), Fernanda Nogueira, com o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Álvaro Toubes Prata, e com o secretário Executivo do MEC, Henrique Paim.

A Secretaria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (SRI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) informa que a International Virtual Fair será realizada no dia 18 de março. O evento é direcionado para todos os estudantes e pesquisadores que tenham interesse em fazer sua pós-graduação no exterior, nas modalidades doutorado, doutorado sanduíche ou pós-doutorado, com bolsas do Programa Ciência sem Fronteiras.


Transmitida por vídeo conferência, a abertura do International Virtual Fair será às 9h30, com uma palestra sobre o Ciência sem Fronteiras a ser apresentada por Manoel Barral Netto, diretor de Cooperação Institucional do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A partir das 10h, serão realizadas ainda apresentações sobre diversas universidades do mundo, como a National University of Singapore (Cingapura), University of Virginia e Ohio University (Estados Unidos da América) e University of Calgary (Canadá).

No dia do evento, os inscritos devem se conectar com o e-mail e senha usados no cadastramento. Os interessados em participar, devem se registrar no site: www.virtualcenterbrazil.com/march2013.



Twitter