NATAL PRESS

alt

Proposta pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) do Ministério da Educação, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza audiência pública sobre a obrigatoriedade do ensino da música na Educação Básica. O encontro, que estava previsto para o dia 28 de maio, foi transferido para o dia 7 de junho, no Praiamar Natal Hotel. O horário da programação também foi alterado e será divulgado posteriormente.

O Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulga as normas para o Exame de Proficiência em Língua Estrangeira no site http://www.comperve.ufrn.br/conteudo/proficiencia/20132/informacoes.php.

O exame é aberto a pessoas que pretendem ingressar ou alunos que já ingressaram em cursos de pós-graduação da UFRN e de qualquer outra universidade, de acordo com as regras dos programas a que pertencem ou para alunos estrangeiros que estudam no Brasil.

As inscrições são realizadas na página da COMPERVE a partir das 8h do dia 3 de junho até às 23h59 do dia 17 de junho. Para se inscrever, o candidato deve, obrigatoriamente, ter Cadastro de Pessoa Física (CPF), documento de Identificação e preencher todos os campos do Formulário de Inscrição. A taxa de inscrição será no valor de R$ 50.

Mais informações sobre as normas e a inscrição podem ser acessadas no site da COMPERVE ou no telefone (84) 32119203.

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) participa do Expo Milset Brasil, que acontece no período de 20 a 24 de maio em Fortaleza, Ceará. Trata-se de um evento de porte global do Movimento Internacional para o Recreio Científico e Técnico (MILSET), realizado na Fábrica de Negócios do Hotel Praia Centro, que tem por finalidade reunir projetos de cunho científico de alunos do Ensino Fundamental, Médio e Superior.

Nesta edição, a EAJ é representada com o projeto denominado Identificador Audível de Locais e Objetos (IALO), dos estudantes Renato Higor do Nascimento, Uilma Natali e Deyvison Guedes, sob orientação do professor Josenalde Barbosa de Oliviera. Eles estão no evento expondo a ideia na Fábrica de Negócios do Hotel Praia Centro.

Os alunos do Curso Técnico em Informática da EAJ participam de feiras de ciências relevantes desde o ano de 2005, entre elas, a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia (MOSTRATEC) e a MILSET. O projeto exposto no evento internacional em Fortaleza, esteve presente também na Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN (CIENTEC) no ano passado.


Dispositivo


O dispositivo oferece maior autonomia para os portadores de necessidades especiais do sistema visual. A pessoa recebe um fone de ouvido e um controle remoto, e com isso aponta para o stand simulando a procura de algo naquele espaço como portas e janelas.

De acordo com o professor orientador Josenalde Oliveira, os transmissores captam o sinal e transformam a mensagem visual em áudio. O equipamento transmite assim em áudio, qualquer objeto que for apontado pela pessoa indicando o que está presente no local.

Esse equipamento é ideal para locais públicos que exigem orientação visual como os corredores de supermercados, lojas, museus e repartições públicas facilitando a locomoção de maneira independente, promovendo assim maior autonomia com o dispositivo de mapeamento espacial de ambientes.

Termina na próxima segunda-feira, dia 27, às 23h59min (horário de Brasília), o prazo para realizar a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), pré-requisito para os estudantes que desejam contratar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Segundo o FIES Brasil, programa que presta consultoria gratuita aos alunos que desejam contratar o financiamento, a exigência do exame é para estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e que ainda não tenham realizado a prova. O resultado do Enem também permite ao candidato a participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no Programa Universidade para Todos (ProUni) e no Ciência sem Fronteiras.

A taxa de inscrição é de R$ 35 e deve ser paga até o dia 29. Estão isentos os candidatos que concluíram o ensino médio em 2013, matriculados em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar da Educação Básica e o participante com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Serviço:
Site FIES Brasil: http://www.fiesbrasil.com.br/
Inscrição Enem: http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem/

alt

Ate a próxima sexta-feira (24), os 458 estagiários do Curso Superior de Pedagogia, que prestam serviço nos Centros de Educação Infantil do Município de Natal, estarão recebendo seus salários referentes ao mês de abril.

A informação é do coordenador Geral de Administração e Finanças da Secretaria Municipal de Educação, George Câmara de Souza, garantindo que o depósito no valor de cerca de 236 mil reais foi feito hoje(21) na conta do Instituto Evaldo Lodi(IEL), a quem os estagiários estão vinculados.

Ele disse que o atraso no repasse do pagamento se deu a problemas burocráticos, mas a Secretaria de Educação está trabalhando para que o pagamento se dê até o quinto dia útil do mês subseqüente. E citou o mês de maio, como exemplo, cuja previsão é ser pago até o dia cinco do próximo mês.

Os organizadores da 5ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) reunirão na próxima semana (27/05), pesquisadores de cinco universidades federais para participarem da elaboração de um curso online, cuja temática será o Ensino de História da África. A formação será oferecida aos professores do ensino fundamental e médio que participarem da olimpíada como orientadores de equipes.

Pela região Centro Oeste, o historiador Giovani José da Silva, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Representando a região Nordeste, Maria Thereza Didier, da Universidade Federal de Pernambuco. A região Norte será representada por Aldrin Figueiredo, da Universidade Federal do Pará. Pela região Sudeste, virá o pesquisador Marcelo Mac Cord, da Universidade Federal Fluminense. E representando a região Sul, José Rivair Macedo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Na Unicamp, o curso será elaborado pelos historiadores do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH/UNICAMP), Lucilene Reginaldo, Iara Lis Schiavinatto e José Alves de Freitas Neto. Além de contar com a participação da Coordenação da Olimpíada, representada pelas historiadoras Cristina Meneguello e Alessandra Pedro. Todos os professores do encontro são especialistas em ensino e/ou História da África.

Poderão participar da formação apenas os professores participantes da 5ª ONHB, que estiverem orientando uma ou mais equipes de estudantes. O curso terá duração de 45 horas e ao final, os participantes receberão certificado online com assinatura digital, emitido pelo IFCH/UNICAMP, atestando o aproveitamento no curso.

Sobre
O curso de formação continuada é uma experiência piloto inédita, que visa responder às demandas apresentadas pelos professores que participaram das edições anteriores da olimpíada. A iniciativa parte do desejo dos organizadores de ampliar o curso de formação já oferecido a um pequeno grupo de professores, após a fase presencial de cada edição da ONHB.

Informações

www.olimpiadadehistoria.com.br

Camila Delmondes

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

(19) 9281 0354/ (19) 2121 3412

O Parque Tecnológico de Mossoró tem assegurados recursos na ordem de R$ 21 milhões para a sua instalação nas dependências da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Entendimento nesse sentido foi tratado durante reunião realizada nesse sábado, 18, entre o reitor da Ufersa, professor José Arimatea de Matos, e o deputado federal, Betinho Rosado. Na ocasião, o deputado afirmou que os recursos serão provenientes de emendas de bancada, através do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

A ideia da Universidade vir abrigar e gerenciar o parque tecnológico de Mossoró foi bem aceita pelo reitor, José de Arimatea. “Essa iniciativa é uma forma de gerar emprego e renda com base na formação tecnológica, que é uma das metas da universidade com os cursos de engenharias, além de ser uma forma de incentivar a criação de empresas juniores, a exemplo do que ocorreu em Campina Grande que conta com o seu parque tecnológico hoje consolidado”, frisou o reitor.

Para Universidade Federal Rural do Semi-Árido vir a receber o Parque Tecnológico, o reitor Arimatea de Matos deve apresentar documento comprovando o interesse, bem como a cessão do terreno. A ideia inicial é nas dependências do Campus Leste da Ufersa Mossoró. A construção do Parque Tecnológico ficará sob a responsabilidade da Prefeitura de Mossoró, no valor de R$ 15 milhões, e o gerenciamento do equipamento será da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Outros R$ 6 milhões estão garantidos para os custeios. Também serão parceiros do Parque Tecnológico a Universidade do Estado Rio Grande do Norte e o Instituto Tecnológico – IF-Mossoró.

O projeto será composto por um complexo de quatro prédios – Administração, Informática, Incubadoras e Novas Empresas. A intensão é de que o pré-projeto seja encaminhado até o final desse mês. Já o projeto executivo ficará sob a responsabilidade da Prefeitura. “O parque tecnológico é uma necessidade na Mossoró de hoje. Tenho a certeza de que em cinco anos teremos investimentos de R$ 300 milhões em empresas de base tecnológica na cidade”, afirma Betinho Rosado. O deputado acredita que ao gerar centenas de empresas, o parque tecnológico poderá transformar Mossoró na capital do petróleo em terra. “Assim como o Rio de Janeiro é no mar, Mossoró poderá se tornar referência mundial em extração de petróleo em terra”, justifica.

CVT – Os investimentos provenientes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação vão além do Parque Tecnológico de Mossoró, o deputado Betinho Rosado também apresentou a proposta para a construção de quatro Centros Vocacionais Tecnológicos – CVT’s, sendo três no município de Apodi, e um na cidade de Cruzeta.

Para a construção e custeio dos equipamentos serão garantidos recursos na ordem de R$ 3,4 milhões. Segundo o deputado, a Ufersa ficará responsável pela operacionalização dos CVT’s de Apodi, nas áreas de apicultura, irrigação e aquicultura e, a UFRN pelo CVT de Cruzeta, na área de cerâmica. Com as obras dos CVT’ serão investidos R$ 2,8 milhões, ficando R$ 600 mil para custeio.

O Centro Vocacional Tecnológico é uma unidade de ensino e de profissionalização, para a difusão do acesso ao conhecimento científico e tecnológico. Está direcionado para capacitação tecnológica da população, como uma unidade de formação profissional básica, de experimentação científica, de investigação da realidade e prestação de serviços especializados, levando-se em conta a vocação da região.
Cada CVT dispõe de estrutura composta por um centro de informática, prédio administrativo, biblioteca multimídia, laboratórios e auditório. “As duas propostas são viáveis, temos o interesse nessas parcerias e vamos prosseguir nessas propostas. Vamos levar ao conhecimento dos Conselhos Universitários e, certamente, teremos a aprovação devido à importância do parque tecnológico para a universidade e para a cidade de Mossoró, bem como o volume de recursos que ele trará para a região”, afirma o reitor da Ufersa, José de Arimatea.

A reunião do reitor da Ufersa, José de Arimatea, com o deputado federal, Betinho Rosado, foi acompanhada pelo vice-reitor, professor Francisco Odolberto de Arújo; pelo pró-reitor de planejamento, George Bezerra Ribeiro; pelo professor da UFRN, Carlos Alberto Paskocimas e, pelo engenheiro eletricista, Ronaldo Cruz.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) por meio do Núcleo Interdisciplinar em Diversidade Sexual, Gênero e Direitos Humanos (Tirésias) realiza nos dias 8, 15 e 22 de junho, o curso de capacitação “Gênero e Diversidade Sexual: Educação para o Respeito às Diferenças”.

Coordenado por Berenice Bento, professora do Departamento de Ciências Sociais e coordenadora do Núcleo Tirésias, o curso tem como público alvo professores das escolas públicas municipais de Natal, que trabalham com alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

O encontro acontece no Praiamar Natal Hotel e tem o objetivo de promover conhecimento e conscientizar os professores, para que seja criado no ambiente escolar, um lugar de respeito à toda diversidade humana.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site: nucleotiresias.ufrn.br, até o dia 5 de junho. Mais informações: 3215-3433.

alt

Na última sexta-feira (17), a diretoria do Senar/RN e membros da Secretaria da Educação de Natal se reuniram na escola João XXIII, no bairro do Alecrim, e formaram uma parceria para a aplicação do curso de Hortas Orgânicas nas escolas municipais.

Na ocasião, o presidente do Sistema Faern/Senar, José Álvares Vieira, acompanhado do superintendente do Senar, Luiz Henrique Paiva, conversaram com a direção da escola e com o secretário adjunto da Educação, George Câmara, sobre a formatação do curso. “Debatemos a melhor forma para a aplicação do curso nas escolas. Com ele, os nossos educadores irão mostrar, passo a passo, como se plantar e cuidar de uma horta para os alunos. Depois disso, os alimentos plantados servirão para a própria cantina das escolas contempladas com o curso”, afirmou José Vieira.

De acordo com o superintendente do Senar, Luiz Henrique Paiva, o curso abrangerá toda a organização de uma horta e servirá para inserir as novas gerações na atividade rural.

“Será um retorno desses garotos as nossas verdadeiras origens. Com o curso, eles terão contato com a produção e com a realidade do campo. Fora isso, aprenderão como se alimentar de maneira mais saudável”, finalizou o superintendente do Senar.

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Programa de Atualização Pedagógica (PAP), vai realizar a mesa-redonda “Docência no Ensino Superior: Desafios da Prática”, no dia 28 de maio, às 9h, no auditório da Reitoria. Durante o evento, serão lançadas ainda duas publicações: Caderno de Monitoria I e a Coleção Pedagógica 11.


No debate, serão discutidas e apresentadas as lições e os saberes de professores com experiência no ensino superior. O objetivo é refletir sobre a atuação didática, a postura profissional e a ética do docente, além de compartilhar as lições e experiências adquiridas na trajetória de formação, da monitoria e do exercício do ensino. Ao final da mesa-redonda, os participantes poderão avaliar os resultados, em função das expectativas e metas de suas atividades.


As publicações que serão lançadas neste dia são da PROGRAD, em parceria com a Editora Universitária (EDUFRN). São elas: “Caderno de Monitoria I - Relato de Experiências/Projetos premiados 2011” e a “Coleção Pedagógica 11 – Docência Universitária: Lições de Experiência”.


Haverá também a abertura da Chamada Pública para a Coleção Pedagógica 12: Tecnologias da Informação e Comunicação no Ensino Superior.


Inscrição


O evento destina-se aos docentes da UFRN e será aberto aos alunos que participam do programa de monitoria e ao público externo. As inscrições podem ser realizadas pelos professores, no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). Já os demais interessados devem preencher a ficha disponível no site da PROGRAD ou solicitá-la pelo e-mail do PAP: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..



Twitter