NATAL PRESS

Aproveitando a série que está bombando no HBO sobre o acidente em Chernobyl, a escola CEI Zona Sul realizará no próximo domingo (16/05) das 8h às 11h um aulão com o tema “Chernobyl, zona de risco: a maior tragédia nuclear da história”. Dentro da temática será abordada a questão da energia nuclear e todo seu aproveitamento, o perigo na produção e utilização desse tipo de energia, além das circunstâncias de como ocorreu o acidente, seus efeitos e causas, além de uma panorâmica de como se encontra a cidade de Pripyat atualmente e as consequências da radiação após 33 anos do acidente nuclear ter ocorrido. 


A atividade acontecerá no auditório do CEI Zona Sul e será conduzido de forma integrada pelos professores da área de Ciências da Natureza, Natália (Biologia) e Emanuel (Física). O Aulão será aberto para alunos de outras escolas e as inscrições podem ser feitas na Secretaria do CEI Zona Sul ou do CEI Mirassol.

Tragédia em Chernobyl

O acidente de Chernobyl, que aconteceu em 26 de abril de 1986, foi o maior acidente nuclear da história. Essa tragédia ocorreu na Usina V. I. Lenin, localizada na cidade de Pripyat, a cerca de 20 km da cidade de Chernobyl, na extinta União Soviética (atual território ucraniano). Matou milhares de pessoas e contribuiu para apressar o fim da União Soviética. 

Serviço:
Aulão: Chernobyl, zona de risco: a maior tragédia nuclear da história.
Local: Auditório do CEI Zona Sul – Avenida Maria Lacerda Montenegro - Parnamirim
Hora: das 08h as 11h
Valor: R$ 15
Informações: CEI Zona Sul - (84) 3208-8470 / CEI Mirassol - (84) 3089-5620

Assessoria de Imprensa/Salesiano

Best Summit, realizado em São Paulo, reuniu cerca de 1.500 educadores de todo o país. Evento abordou temas como inovação, inclusão e tecnologia educacional

 

Colaboradores dos colégios Salesianos do RN participaram do Best Summit 2019, considerado o maior evento sobre educação bilíngue da América Latina. Realizado em São Paulo, para cerca de 1.500 educadores de todo o país, o encontro organizado pela International School abordou conteúdos relacionados à educação e focados nos desafios reais do cotidiano escolar, tais como bilinguismo, inovação, inclusão e tecnologia, além de descobertas e reflexões sobre a educação brasileira.

Com o avanço da tecnologia, a facilidade na troca de informação e a agilidade na construção de processos digitais, é necessário uma conexão com a nova realidade educacional.

“A presença dos colégios Salesianos neste evento trouxe grandes aprendizados para a nossa instituição. O ensino bilíngue está cada vez mais presente na formação educacional dos nossos alunos e precisamos manter um conteúdo cada vez mais inovador”, disse Ana Patrícia Rufino, coordenadora do ensino bilíngue do Salesiano.

Entre os palestrantes do Best Summit 2019, estiveram presentes Padre Fábio de Melo, que possui livros na área educacional; Marcos Piangers, especialista em novas tecnologias e autor do livro “O Papai é POP”; e Amyr Klink, comandante de embarcações e escritor.

divulgação

Prática pedagógica, a inserção da temática ambiental nos centros de ensino concorre para o resgate da escola como lugar de debate, fundado na reflexão coletiva. Por esse motivo, a Maria Pereira Leite inovou, ao tratar o assunto mediante o experimento de sensações e percepções.

A sala do meio ambiente, coordenada pelos residentes do curso de Geografia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) atuantes na unidade, fez sucesso entre os alunos nessa segunda-feira, 10. Divididos em grupos, estes adentraram o espaço de olhos vendados e pés descalços.

Além da ideia de preservação, o conhecimento dos sentidos está associado ao objetivo da atividade, conforme revelado pela diretora Fátima Marcelino. Segundo a gestora, folhagens, madeira e outros materiais influenciaram na arrumação do recinto, sugerindo realidade. A reprodução de sons de floresta ainda contribuiu à caracterização de floresta.       

Trabalhos confeccionados pelos estudantes sob a instrução dos educadores, relacionados ao tema, também foram dispersos no interior e exterior da sala, comemorativa do Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).  

O Grupo de Pesquisa em Estudos Irlandeses do Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas (DLLEM), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove a 33ª edição do Bloomsday, de 11 a 13 de junho, no Auditório D, do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) e no Auditório Onofre Lopes da Escola de Música. O evento começa às 9h e terá uma leitura dramática de The Playboy of the Western World, no Auditório D. As inscrições podem ser feitas no local.

Realizado desde 1986 em Natal, o Bloomsday, inicialmente voltado para a obra do escritor irlandês James Joyce, passou a abranger outros temas da cultura e literatura irlandesas e inglesas. Na versão 2019, o evento será realizado em parceria com membros integrantes da  UDC - União de Debates Competitivos, EMUFRN - Escola de Música da UFRN e IMWA - Instituto de Música Waldemar Almeida. O Bloomsday é anualmente organizado por professores pesquisadores integrantes do Grupo de Pesquisa em Estudos Irlandeses/ CNPq.

Bloomsday 2019 – 33ª edição

Data: 11 de junho (terça-feira)

09h00 – 10h00: Caoineadh: Ethnopoetic Representation in the Irish Panegyric Tradition (Prof. Marcel de Lima/ UFMG)

10h15 – 11h00:  Synge and the West of Ireland: A Cultural Introduction to "The Playboy" (Prof. Bruce Stewart/ UFRN)

11h00 – 12h00: Leitura dramática de The Playboy of the Western World (alunos DLLEM – Língua Inglesa)

Local: auditório D – CCHLA

 

Data: 12 de junho (quarta-feira)

14h30: Debate em língua inglesa

Local: auditório D – CCHLA

 

Data: 13 de junho (quinta-feira)

10h00: Recital “As canções de Joyce” (Durval Cesetti e Kaio Morais)

Local: Auditório Onofre Lopes (Escola de Música da UFRN)

 

Coordenação: Ana Canan – Bruce Stewart/ Grupo de Pesquisa em Estudos Irlandeses

UFRN/ DLLEM

divulgação

 

Mais de 2 mil pessoas marcaram presença na solenidade que abriu oficialmente, no dia 5 de junho, a programação do XII Congresso Científico e Mostra de Extensão do Campus Mossoró da UnP que traz como tema, em 2019, “O papel da Universidade no cenário regional: desenvolvendo o cidadão e a sociedade”. O evento que acontece até 7 de junho teve como palestrantes na principais dois nomes reconhecidos no cenário nacional: a filósofa Djamila Ribeiro e o cantor e compositor Dorgival Dantas.

Sabor e técnica: componentes da oficina de hambúrguer
Vinte e cinco estudantes de Gastronomia de Mossoró e visitantes do XII Congresso Científico participaram da oficina de hambúrgueres. O lanche que é uma preferência mundial em lanchonetes, tem todo um método de preparo e execução para adquirir um gostinho especial. Da limpeza ao servir, os alunos e visitantes colocaram em prática todas as etapas com o objetivo de agradar o paladar.

Métodos consensuais de resolução de conflitos são tema de workshop
Os estudantes de Direito de Mossoró participaram do workshop “Métodos consensuais de resolução de conflitos”, durante a tarde de 7 de junho. Durante quatro horas, profissionais da área e alunos puderam conversar e abordar de uma maneira eficaz e satisfatória, sobre os métodos consensuais de resolução de conflitos. A intenção do workshop é orientar os alunos para uma prática de solucionar o problema mais rápido e da melhor maneira possível.

Desastre de Brumadinho é abordado em Concurso de Sustentação Oral
No dia 7 de junho, foi realizado o VII Concurso de Sustentação Oral com 10 alunos participantes, dividos em duas equipes: defesa e acusação. O tema escolhido foi o rompimento da barragem no município de Brumadinho – MG. Para participar da competição, os alunos tiveram que – previamente – realizar o curso preparatório, e nesta sexta-feira, enfim, colocar em prática os seus argumentos de defesa e acusação dos engenheiros responsáveis pela obra. 

"Futebol" com bolas de concreto movimenta alunos de Engenharia Civil
Os alunos do 5º período de Engenharia Civil do Campus Mossoró movimentaram a programação da tarde desta sexta-feira, 7 de junho. Foi com a competição de Concrebol, que os seis grupos inscritos na competição, foram avaliados nos seguintes quesitos: peso, regularidade e volume. Concrebol é uma disputa que tem por objetivo testar a habilidade dos alunos no desenvolvimento de uma bola de concreto, e que seja capaz de seguir uma trajetória retilínea. Para a competição ficar ainda mais animada, foi aliado futebol e conhecimento, onde o aluno disparava a bola em direção à trave.

 

João Gilberto

 

O reitor Pedro Fernandes foi recebido nesta terça-feira (4) pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira. Na reunião, o reitor apresentou um relatório sintético de informações sobre a Universidade em geral e sobre o curso de Medicina.

O documento apresenta dados importantes sobre a Instituição, como o número de alunos do Rio Grande do Norte, que corresponde a 86% do total de alunos da UERN. Outro dado importante é o número de alunos oriundos de escola pública, que é de 89%.

O reitor destacou ainda a vocação da UERN para a formação de profissionais na zona Norte de Natal e no interior do Rio Grande do Norte, em especial, a formação de professores da Educação Básica.

O presidente Ezequiel Ferreira destacou a importância do documento apresentado pelo reitor para esclarecer questões em relação à Universidade. “Se não existisse a UERN, onde estariam essas pessoas?”, questionou o presidente.

O reitor apresentou ainda uma proposição de projeto estruturante para a Faculdade de Ciências da Saúde (FACS) para apreciação e possíveis indicações de recursos, objetivando a construção de salas para os ambulatórios e reparo estrutural para garantir e ampliar ainda mais a disponibilidade de serviços de saúde à comunidade em geral.

O curso de Medicina da UERN faz parte da FACS. Por ano, são ofertadas 60 vagas para o curso. Além da graduação, a Faculdade também conta com duas residências, sendo uma médica e uma multiprofissional, três mestrados, dois doutorados e os ambulatórios que oferecem 27 especialidades, sendo o único atendimento público em algumas delas em Mossoró.

Segundo dados da Instituição, 52% dos alunos de Medicina são do Rio Grande do Norte, percentual que deve aumentar com o critério de inclusão regional, sancionado recentemente pela governadora Fátima Bezerra e que será implantado no próximo SiSU.
Presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira afirmou que é solidário à UERN e que é um admirador do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Instituição. “A UERN tem na Assembleia Legislativa um soldado para ajudar no que for possível”.

O reitor Pedro Fernandes avaliou positivamente a reunião. “Foi mais uma oportunidade de falarmos sobre a nossa Universidade. O presidente se mostrou muito atencioso com a UERN e se comprometeu a visitar a Universidade para conhecer nossos projetos e ações em ensino, pesquisa e extensão”.

Acompanharam o reitor a assessora da Reitoria, Cicília Maia, e o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Erison Natécio. Estiveram presentes também a chefe de Gabinete da Assembleia, Larissa Rosado, e o diretor-geral da presidência, Fernando Rezende.

Texto: Luziária Machado

divulgação



No dia dos atos em defesa da educação, promovidos pelos estudantes em todo o Brasil, nesta quinta-feira, 30 de maio, o senador Jean Paul Prates (PT-RN) defendeu que o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) se torne uma política permanente de Estado. O parlamentar quer ampliar a participação financeira da União junto aos Estados e Municípios. 

Durante audiência na Comissão de Educação do Senado, o parlamentar criticou o ministro Abraham Weintraub, que lançou vídeo nas redes em tom de deboche, intimidando os estudantes. “Estamos vivendo protestos nas ruas, nas universidades e nas escolas, mas estamos vivendo também por parte do ministro da educação certos exageros”, criticou. 

“Em vez de construir uma política pública construtiva, ele (Weintraub) se coloca no rol de antiministros, que são aqueles colocados para destruir o setor que deveria cuidar”. Weintraun foi às redes sociais pedir que os pais denunciem professores que estariam “coagindo” alunos da rede pública a participar dos atos. Jean Paul saudou os estudantes pelas manifestações em todo o país em favor da educação. 

Fundeb

O senador participou do ciclo de debates sobre o Fundeb, organizado pela Comissão de Educação do Senado. Hoje, em nome do Fórum de Governadores do Brasil, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, apresentou a proposta dos gestores. 
 
As propostas apresentadas pelos governadores foram incorporadas à PEC 65/2019, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), subscrita por Jean Paul  e outros. “A emenda é uma resposta construtiva e institucional, principalmente pelo momento que estamos vivendo no país”, disse Jean Paul. 

Ele destacou ainda a representatividade de partidos em favor do Fundeb. Além do PT, a proposta tem o apoio de 10 outras legendas. “A PEC garante que o Fundeb seja uma política de Estado na nossa Constituição e não fique dependente do humor dos governos”, ressaltou. 

O Fundeb é a principal política de financiamento da educação nos três níveis – infantil, fundamental e médio. Criado em 2006, por meio de Emenda Constitucional 53/2006 e regulamentado pela Lei 11.494/2007 e pelo Decreto 6.253/2007, o fundo termina em 2020. Vários parlamentares apresentaram propostas no Congresso, com o objetivo de colocar o Fundeb permanente na Constituição Federal.

A Câmara Municipal de Natal aprovou ontem (29), de forma definitiva, o Projeto de Lei nº 038/18, de autoria do vereador Sueldo Medeiros (PHS), que inclui a atividade complementar de robótica no Ensino Fundamental das escolas públicas da capital potiguar. De acordo com a proposição, o município de Natal terá até oito anos para implantar a robótica educacional de forma gradativa em toda a rede municipal de ensino.

“Os alunos da rede pública do nosso município também precisam participar do novo contexto educacional e é nosso papel lutar por isso. Como presidente da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência, Tecnologia e Inovação da Câmara, acompanhei ao longo dos últimos meses a importância da área para a formação de alunos e posterior ingresso no mercado de trabalho”, pronunciou-se o parlamentar.

Sueldo Medeiros também destacou a relevância do PL na vivência interdisciplinar, fato que contribuiu para a aprovação por unanimidade dos vereadores. Segundo ele, com a robótica o aluno aumenta o interesse escolar e desperta a criatividade, além de integrar as diversas disciplinas que compõem a grade curricular.

Com a chancela dos vereadores, o Projeto de Lei segue  para promulgação. Sueldo afirmou que vai procurar o prefeito de Natal Álvaro Dias (MDB) para que a faça a tempo da nova legislação ter efetividade já a partir do próximo ano.

arquivo_abruem

O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Prof. Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto, participou nesta quarta-feira (29) de reunião da Associação Brasileira de Reitores de Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM).

Pedro Fernandes é presidente da Câmara de Pós-Graduação da ABRUEM e está realizando, junto com o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UERN, Prof. Dr. Rodolfo Lopes, e da assessora institucional da UERN, Cicília Maia, um diagnóstico da pós-graduação nas universidades afiliadas à Associação.

Trata-se de um diagnóstico amplo envolvendo as ações de pós-graduação, pesquisa, inovação e internacionalização. Segundo Rodolfo Lopes, “o objetivo é conhecer a distribuição dessas ações em torno das associadas e compreender as potencialidades e necessidades de cada uma delas, de modo a viabilizar o firmamento de parcerias robustas, acordos de cooperação, programas em rede, mobilidade acadêmica, de modo a melhorar o coletivo e dirimir assimetrias”.

O diagnóstico já está em fase bem avançada. Das 46 instituições afiliadas à ABRUEM, 24 já concluíram o envio das informações, e o restante dos dados deverá ser coletado até o dia 7 de junho. O resultado final será apresentado no 65º Fórum Nacional de Reitores da ABRUEM, que acontecerá em São Luís do Maranhão, no segundo semestre de 2019.

“Esperamos que já no próximo Fórum de Reitores, que acontecerá dia 13 de junho, na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com a presença do seu presidente e dos diretores de avaliação, de programas e bolsas, de internacionalização e de educação a distancia, já possamos falar sobre esse diagnóstico, mas esse é um trabalho que será apresentado somente no 65º Fórum, que acontecerá no segundo semestre, no estado do Maranhão”, explicou o reitor.

Na mesma reunião, o reitor Pedro Fernandes propôs a criação da Câmara de Assistência Estudantil da ABRUEM, com o objetivo de discutir temas como assistência estudantil, como alternativas de moradia que algumas instituições têm adotado, de alimentação, de apoio psicológico, creche, transporte, entre outros assuntos de interesses dos estudantes.

Pró-reitor de Assuntos Estudantis da UERN, Erison Torres avalia a criação da Câmara como um instrumento de discussões e socialização de experiências sobre a assistência estudantil entre as universidades públicas estaduais e municipais, sobretudo neste momento de questionamentos sobre a manutenção das políticas de assistência estudantil. “Será mais um instrumento que possibilitará a construção de uma alternativa para as universidades estaduais, e em um cenário de crise, apontando soluções criativas e inovadoras para que possamos pautar a assistência estudantil não só pela democratização do acesso, mas, principalmente, pela garantia de permanência nas universidades”.

“Nós temos algumas câmaras, mas não temos ainda uma específica para tratar dos assuntos da assistência estudantil. A criação de uma câmara como esta acontece geralmente nos fóruns de reitores. Espero que já nesse próximo fórum, possamos discutir a criação dessa câmara”, afirmou o reitor.

A solenidade de abertura da Semana do Meio Ambiente 2019, que acontecerá nesta segunda-feira (3), a partir das 8h, no Parque da Cidade, vai contar com a entrega dos prêmios de redação aos alunos de escolas públicas do município de Natal, que participaram do concurso “Água: um direito humano”. Os estudantes participaram de várias etapas antes da elaboração dos textos, tais como a Ecoblitz nas praias da Redinha e Ponta Negra, seminário temático sobre as implicações do nitrato na água que consumimos e, finalmente, a redação, com o objetivo de estimular as futuras gerações a repensar sobre a importância da água no dia-a-dia, no espaço geográfico que estamos, nos impactos que causamos ao meio ambiente e à nossa saúde e na garantis dos direitos essenciais à vida.

O concurso foi realizado em duas etapas nas escolas municipais Antônio Campos, Emília Ramos, Josefa Botelho e Nossa Senhora dos Navegantes e receberão a premiação o primeiro, o segundo e o terceiro colocados nas modalidades: História em Quadrinhos, para estudantes do 1º ao 3º ano do ensino fundamental; Gênero Poema, para estudantes do 4º e 5º ano do ensino fundamental. Os professores orientadores dos alunos premiados receberão certificados e as escolas participantes receberão banner certificação. O concurso foi promovido pela Prefeitura Municipal de Natal, por meio da Arsban, SME, SMS, Semurb e Guarda Municipal, com apoio da Caern- Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte.

 

Outras informações para a imprensa sobre a Semana do Meio Ambiente no Parque da Cidade, com a jornalista Vilma Lúcia, telefone 99982-7418.

 

Para outras informações sobre o Parque da Cidade ou agendamento de visitas, ligue 3232-3074/3207/3368



Twitter