NATAL PRESS

Representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Rio Grande do Norte (Iphan-RN) se reuniram na tarde desta terça-feira, 24, na sede estadual do órgão de preservação do patrimônio cultural brasileiro, com o intuito de discutir soluções para a restauração do antigo prédio da Faculdade de Direito, localizado no bairro da Ribeira, na capital potiguar.

A reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, explicou que a universidade está seguindo os trâmites legais para a restauração do prédio e afirmou que a intenção da instituição de ensino é encontrar uma solução plausível para preservação do patrimônio, até que o processo licitatório de construção seja finalizado. Os recursos para a obra estão garantidos através do PAC Cidades Históricas.

O superintendente substituto do Iphan, Márcio Alekssander Granzotto Kuntze, disse compreender a dificuldade da UFRN em finalizar a licitação, já que o estado tem pouca opção de mão de obra capacitada para restauração e que nenhuma empresa conseguiu atender aos requisitos básicos da seleção. Contudo, considera que a única forma de proteger o patrimônio é ocupando-o.

Da reunião, ficou acertada uma visita à antiga Faculdade de Direito por equipes dos dois órgãos, na manhã da próxima segunda-feira, 30, além da elaboração de um termo de compromisso com propostas e prazos.

 

A Câmara Municipal de Caicó realiza Sessão Solene de entrega de título de cidadão caicoense e da Comenda Vila do Príncipe, nesta sexta-feira, 20, no Centro Cultural Adjuto Dias, a partir das 18h30. Serão agraciados com o título de cidadã e cidadãos caicoenses os professores Ângela Maria Paiva Cruz e José Daniel Diniz, respectivamente reitora e vice-reitor da UFRN; Alexandro Teixeira Gomes, vice-diretor do Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES/UFRN); Ubirathan Rogerio Soares assessor acadêmico do CERES/UFRN; Lourival Andrade Júnior, professor do Departamento de História do CERES/UFRN; e Marcos Vinícius Pereira Júnior, professor do Departamento de Direito do CERES/UFRN.

 

O título de cidadão caicoense é concedido aos que, não tendo nascido na cidade, distinguiu-se com contribuições no cenário sócio-cultural-administrativo da comunidade. Já a Comenda é destinada especialmente a figuras nativas de Caicó que prestam algum serviço a cidade. neste ano, o servidor aposentado do CERES/UFRN, José Dutra de Oliveira será um dos agraciados.

 

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abriu nesta segunda-feira, 9 de julho, edital para concurso público de provimento de cargo técnico-administrativo em educação com um total de 69 vagas. As inscrições devem ser feitas de 23 de julho a 20 de agosto.

 

O edital de número 016/2018 traz informações sobre os cargos de Analista de Tecnologia da Informação, Arquiteto e Urbanista, Bibliotecário-Documentalista, Enfermeiro, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica, Farmacêutico, Jornalista, Médico/Endoscopia Peroral, Médico/Oftalmologia, Médico/Psiquiatria, Psicólogo Escolar, Técnico em Assuntos Educacionais, Tecnólogo/Formação Secretariado, Tecnólogo/Formação Marketing, Zootecnista, Assistente em Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem e Assistente de Aluno.

 

Já o edital de número 017/2018 tem detalhes para Desenhista Técnico/Área Comunicação Visual, Desenhista Técnico/Área Webdesigner, Técnico em Artes Gráficas, Técnico em Eletromecânica, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Operador de Luz.

 

Com provas previstas a serem aplicadas no dia 30 de setembro, o valor da taxa de inscrição do concurso varia de R$ 50 a R$ 80, conforme o cargo. Os interessados devem efetuar inscrição no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve).

 

 

O Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas (DLLEM), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza, nos dias 2 e 3 de julho o II Encontro de Língua e Cultura Hebraica da UFRN. O evento acontece no auditório do Instituto Ágora, localizado no Setor de Aulas II da Universidade.

 

O tema desta edição é Vivendo o judaísmo na Galut: como o judeu vive as práticas judaicas?, e o objetivo é divulgar a importância da língua e da cultura hebraica no Rio Grande do Norte, bem como aprofundar os estudos sobre história, tradição e cultura judaicas no estado. Serão realizadas atividades como conferências, mesas-redondas e um minicurso.

 

O encontro é direcionado para estudantes, professores, pesquisadores e demais interessados na temática. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no local, no primeiro dia do evento ou, por meio da página do Sigaa. A programação completa pode ser conferida na página oficial do evento no Facebook.

 

Os representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na Sociedade de Engenheiros de Petróleo (SPE) receberão o Prêmio Capítulo Estudantil de Excelência 2018, que será concedido durante a conferência anual da SPE na cidade de Dallas, capital do Texas, nos Estados Unidos. A conquista inédita foi comunicada ao vice-reitor da UFRN, José Daniel Diniz de Melo, que recebeu os estudantes Henrique Borges e Edney Rafael Viana na manhã desta segunda-feira, 18, no Gabinete da Reitoria.

O prêmio tem como objetivo reconhecer os capítulos estudantis - grupos de alunos - que desempenham iniciativas excepcionais para o cumprimento da missão do SPE, órgão internacional que normatiza operações de petróleo e incentiva o trabalho conjunto entre indústria, pesquisa e universidades. Nesse sentido, o capítulo SPE da UFRN realizou 22 eventos gratuitos de 2017 ao primeiro semestre de 2018, com a abordagem de assuntos diversos que envolvem o mercado do petróleo.

O grupo é composto por 14 alunos dos cursos de Engenharia de Petróleo, Química do Petróleo, Engenharia Química e Ciência e Tecnologia.

 

 

Setores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) se reuniram com o reitor em exercício José Daniel Diniz Melo e a cineasta Carla Camurati, a fim de discutir parceria para execução de projeto sobre audiovisual como ferramenta para educação infantil, na tarde desta segunda-feira, 11, no Gabinete da Reitoria.

As propostas para o projeto piloto “4ª Linguagem” foram apresentadas pela cineasta da Copacabana Filmes, Carla Camurati, e pela professora da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Carmen Migueles. O encontro também contou com a participação da coordenadora pedagógica do Núcleo de Educação da Infância (NEI-UFRN), Milene dos Santos Figueiredo, que mostrou o projeto de extensão universitária “Prática Cineclubista na Escola da Infância” e o esboço das atividades desenvolvidas em prol da proposta da parceria.

Para Carla Camurati, a UFRN tem estrutura para produzir e construir algo transformador para a educação infantil, começando com atividades em Natal e ampliando para o Brasil posteriormente. “O mundo está mudando e a educação precisa acompanhar essa mudança”.

O reitor em exercício falou que a UFRN tem vários trabalhos na área e sugeriu que os pesquisadores se reúnam com a cineasta para traçar os pontos convergentes e, em seguida, elaborar um projeto com objetivos, metas, orçamento e resultados.

Estiveram presentes ainda representantes do Departamento de Comunicação (Decom), Centro de Educação (CE), Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan), Secretaria de Gestão de Projetos (SGP) e do Instituto Metrópole Digital (IMD).

 

O Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas (DLLEM) da Universidade do Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove, de 13 a 15 de junho, a 32ª edição do Bloomsday, evento que comemora a literatura e cultura irlandesas.

Realizado desde 1986 em Natal, o Bloomsday, inicialmente voltado para a obra do escritor irlandês James Joyce, passou a abranger outros temas da cultura e literatura irlandesas e inglesas. O evento é anualmente organizado por pesquisadores integrantes do Grupo de Pesquisa em Estudos Irlandeses/CNPq e esse ano, conta com parceria de membros do comitê local da Associação de Professores de Língua Inglesa, a BRAZ-TESOL.

A programação terá o professor John Corbett da Universidade de São Paulo (USP), como ministrante da conferência de abertura intitulada Intercultural Correspondences: mapping an international literary community, a participação dos alunos da graduação em Inglês do DLLEM e da Pós-Graduação em estudos da Linguagem (PPGEL), além dos professores bolsistas do Instituto Ágora.

 

Oportunidades são para os Campi Natal e Mossoró e Polos Caicó, Currais Novos e Limoeiro do Norte


Seguindo o cronograma de cada semestre, a Universidade Potiguar abre Processo Seletivo de Docentes para 2018.2. As oportunidades de ingressar como professor da maior universidade privada do Norte-Nordeste são para cursos de Graduação e Pós-Graduação, nos Campi de Natal e Mossoró e nos Polos Caicó, Currais Novos e Limoeiro do Norte. A inscrição pode ser feita no site vagas.laureate.net até o dia 22 de junho e titulação mínima exigida está descrita em cada vaga.

Aqueles que têm interesse em se candidatar a mais de uma vaga, devem sinalizar os códigos de cada uma das oportunidades no momento de preenchimento do formulário de inscrição. A seleção terá duas etapas: Triagem de Currículos e Banca Examinadora.

As etapas de seleção podem iniciar durante o período de inscrição.

No primeiro passo do processo, será realizada a seleção dos currículos. Os aprovados serão convocados para a exposição de aula didática com tema a ser divulgado por e-mail, com antecedência mínima de 24 horas. Uma banca examinadora terá o papel de analisar a performance dos candidatos.

Os selecionados farão parte da única Universidade privada do estado e com tradição de mais de 35 anos. A Instituição é integrante da Laureate International Universities e oferece mais de 100 cursos em Graduação, Pós-Graduação e Cursos Técnicos. A rede global líder em Ensino Superior no mundo conta com mais de um milhão de estudantes matriculados em 60 instituições presenciais e on-line, em 25 países.

Para fazer sua inscrição acesse vagas.laureate.net.

Clique nos documentos abaixo para ver as vagas disponíveis.

Seleção Docente 2018.2 - Escola Técnica Potiguar Mossoró

Seleção Docente 2018.2 - Polos Caicó, Currais Novos e Limoeiro do Norte
Seleção Docente 2018.2 - Campus Mossoró
Seleção Docente 2018.2 - Campus Natal

O assunto é polêmico e pertinente. As vezes, o que pode parecer uma brincadeira ou uma zoeira, na verdade passa a esfera da diversão e se torna em algo perturbador. Segundo os psicólogos, o assédio moral e até mesmo sexual pode está camuflado em palavras e expressões que, talvez para muitos, soem como algo corriqueiro, comum de se ver. Mas Assédio não é comum e não pode passar em branco. Foi essa a temática da Mesa Redonda iniciada nesta terça, dia 05, na Ufersa em Mossoró.

A programação do “Assédio em Pauta” está sendo direcionada a toda a comunidade acadêmica da Universidade. As ações começaram pelo campus sede e devem seguir para Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros. A iniciativa de se debater o assunto foi da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, em parceria com a Ouvidoria e com a Comissão de Ética da Ufersae com o Centro de Referência em Direitos Humanos, que em março realizou uma grande pesquisa sobre “O que querem as mulheres”, no âmbito da Universidade. Em Mossoró, a Mesa Redonda aconteceu no Auditório da Reitoria e foi aberta pela Reitora em Exercício, Vânia Porto, e também pelo Pró-Reitor Adjunto de Gestão de Pessoas, Esaú Castro.

A professora Vânia lembrou que a Ufersa tem mecanismos de combate ao assédio em todas as suas formas e que é preciso relatar e denunciar o problema. “Pedimos que quando souberem algum caso dessa natureza, relatem na Ouvidoria o mais rápido possível, não sejam tolerantes com esse tipo de violência. Esse tipo de conduta é inaceitável”, pediu a Reitora em exercício.

O ouvidor da Ufersa, Antonio Wilton de Morais Junior, está participando de todas as Mesas Redondas mostrando a importância do trabalho da Ouvidoria e a sua contribuição para acompanhar todas as denúncias que chegam com o absoluto respeito e sigilo que são necessários nesses casos. “A Ouvidoria é um órgão de controle social e de participação institucional muito importante. Enfatizamos que as pessoas que se sintam prejudicadas, assediadas, que procurem a Ouvidoria e relatem. A gente está aqui também para mostrar as características do Serviço de Ouvidoria e dar as garantias aos usuários que nos procuram”, relatou Wilton.

Representando a Comissão de Ética da Ufersa, o professor José Albenes Bezerra Júnior, destacou as atribuições do setor. “Dentre as funções da Comissão de Ética, destacam-se a função punitiva, educativa e é nesse momento que a comissão entra nessas discussões para trazer mais conhecimento sobre o que é o assédio, como fazemos para identificar e o que fazer diante dessas situações”, esclareceu.

Além dos setores de acompanhamento e controle, as Mesas Redondas do “Assédio em Pauta” também conta com o serviço de psicologia de todos os campi. A mediação do evento está por conta da Diretora de Desenvolvimento de Pessoal da Progepe, Rannah Munay.

A capacitação Competência Comunicativa: a arte de comunicar-se em Público, da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas até 4 de junho e é voltada para servidores da instituição de ensino.

O curso presencial será realizado nos dias 4, 5, 6, 11, 12 e 13 de junho, das 8h30 às 11h30. O objetivo é oferecer conceitos básicos da oratória, no contexto pessoal e profissional, além de abordar o medo de falar em público, mostrar formas de planejamento de apresentações, entre outros temas.

As aulas, ministradas por Juliana Vieira de Almeida, serão expositivas e dialogadas, com trabalhos em grupo, debates, simulações, estudos de caso, entre outras atividades.

 



Twitter