NATAL PRESS

A conferência A Medição da Mensagem e a Recepção na Pesquisa em Comunicação é o tema da aula inaugural do semestre 2018.2 do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia (PPgEM), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), bem como também marcará a abertura do I Seminário do PPgEM.

O duplo evento será conduzido pelo professor Ángel Rodríguez Bravo, da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB), na Espanha, no Auditório I do Labcom, do Departamento de Comunicação Social da UFRN, no dia 28 de agosto, das 19h às 21h. Um dos responsáveis pela proposta e formulação do acordo entre a UFRN e a UAB, assinado em setembro de 2017, o professor Juciano Lacerda considera um marco para a concretização da parceria a presença do pesquisador espanhol.

“O projeto prevê uma cotutela entre o doutorado de Comunicação Estratégia da UAB e o PPgEM na UFRN. A partir daí, alunos de ambos os países passam a ter a possibilidade de dupla titulação, com uma intensidade maior em termos de intercâmbio. Esse processo de cotutela está em análise no âmbito da Secretaria de Relações Internacionais aqui da UFRN”, afirmou. Outras informações sobre a Conferência podem ser obtidas no endereço .

UAB e UFRN

O início da aproximação entre as duas instituições aconteceu no biênio 2015-2016, inicialmente com a presença na UFRN do pesquisador espanhol Nicolás Loríte-Garcia para proferir oficina e disciplina dentro do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia. No ano seguinte, foi a vez do professor Juciano Lacerda estar na UAB proferindo palestras. Ambos momentos são fruto de pesquisas desenvolvidas em conjunto pelos grupos de pesquisa Processos Comunicacionais: epistemologia, midiatização, mediações e recepção (ProcessoCom/Unisinos), Pesquisa Pragmática de Comunicação e da Mídia (Pragma/UFRN) e MigraCom/UAB e foram viabilizados através de editais de internacionalização da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e da Secretaria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (SRI) da UFRN , com o apoio do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA).

No dia 29 de agosto, às 19h, acontece o lançamento do livro/e-book Depoimentos para uma História da Imprensa Potiguar, uma coletânea de uma série de entrevistas realizadas por estudantes do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

No projeto idealizado e coordenado pela professora Socorro Veloso, os estudantes entrevistaram jornalistas como: Cassiano Arruda Câmara, Albimar Furtado, Osair Vasconcelos e  Ana Maria Cocentino, reunindo depoimentos sobre a história da imprensa potiguar. 

O e-book será lançado em parceria com o selo Máquina, da Editora Tribo e faz parte da série Jornalismo Potiguar, sendo o segundo volume da coleção. O evento acontece no auditório do prédio do Departamento de Comunicação Social.

Cerca de 30 estudantes estrangeiros, de dez nacionalidades, desembarcam em Mossoró no dia 22 de agosto trazendo cultura e suas experiências para quem sonha em viver um intercâmbio. É o Global Village que, pela primeira vez, será realizado na Capital do Oeste no Campus da Universidade Potiguar, integrante da rede Laureate. O evento é gratuito aberto ao público interessado, contando com a promoção da AIESEC, entidade de atuação internacional de liderança jovem e parceira da UnP.

Alemanha, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Itália, Paraguai, Peru, Sérvia e Turquia são algumas das nações de origem dos intercambistas que estão no Rio Grande do Norte participando de atividades desenvolvidas pela AIESEC. Durante o Global Village, em Mossoró, eles apresentarão objetos de seus países, como bandeiras, roupas típicas e algumas comidas. O evento acontece das 17h às 20h30.

“Será uma feira intercultural e a programação durante o evento terá alguns jogos e apresentações culturais”, explica o Diretor de Marketing da AIESEC em Natal, Túlio Xavier. Durante o evento, haverá um momento de interação dos estudantes locais com os estrangeiros, através da dança. Em junho, a AIESEC realizou a segunda edição do evento na capital potiguar.

SOBRE A AIESEC
A AIESEC é um movimento de liderança jovem com a missão de alcançar a paz mundial e o total preenchimento das potencialidades humanas.

Reconhecida pela Unesco como a maior organização formada e gerida por jovens do mundo, a AIESEC se faz presente em 126 países, engajando cerca de 70 mil jovens voluntários ao redor do globo que trabalham pela geração de oportunidades de intercâmbio, para o desenvolvimento de liderança jovem, vislumbrando o atingimento da paz e preenchimento das potencialidades humanas.

Atualmente, a AIESEC já tem escritórios em todas as regiões do Brasil e, em Natal, conta com seu espaço no setor do Global Office – Empregabilidade e Internacionalidade da UnP.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) conquistou na semana passada a sétima carta-patente, aprovada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e intitulada “Redução aluminotérmica do Ta2O5”. O trabalho aprovado foi submetido pelo professor do Departamento de Física Teórica e Experimental, Uilame Umbelino Gomes, em 27 de julho de 2005, e consiste no processo alternativo de produção do tântalo, que é um metal de alto valor devido às propriedades que o englobam, como resistência à corrosão, alto ponto de fusão e ebulição, além de boa condutividade térmica e elétrica.

O metal costuma ser usado na regulação do fluxo de eletricidade nos circuitos integrados da indústria eletrônica. Contudo, na técnica de aluminotermia convencional, o alumínio reage por meio do fornecimento de calor pela queima de um elemento resistivo. Já no processo alternativo, proposto pelo docente Uilame, é utilizado o plasma como fonte energética para redução aluminotérmica.

A mudança traz como benefício a diminuição dos custos de produção, pois são eliminadas etapas como a hidrogenação, moldagem e desidrogenação. De acordo com o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da Pró-Reitoria de Pesquisa, a UFRN registrou até essa quinta-feira, 16, um total de 200 pedidos de patente, com sete solicitações concedidas; 38 pedidos de marcas, sendo 20 o número de aprovações; e 141 pedidos de programa de computador, tendo alcançado 140 concessões

De iniciativa da vereadora Professora Eleika, a Câmara Municipal de Natal realiza, nesta terça-feira (14), uma Sessão Solene para a entrega da Medalha Câmara Cascudo, que visa reconhecer e valorizar os estudantes da rede pública de Natal que se destacam através de desempenho escolar, em atividades esportivas, em manifestações artísticas e/ou culturais ou em trabalho de voluntariado. A honraria foi concedida por meio Decreto Legislativo nº 1354/2017, de autoria do mandato da Professora Eleika, conforme publicação no Diário Oficial do Município do dia 28 de junho de 2017.

Para a vereadora Professora Eleika, autora da homenagem, a honraria é o reconhecimento da dedicação do estudante. “É preciso divulgar e, mais do que isso, parabenizar os bons exemplos que a escola pública nos presenteia porque é possível, sim, ser um aluno brilhante também na rede pública”.

A autora da proposta explica que a homenagem leva o nome do potiguar Luís da Câmara Cascudo por entender que ele é uma importante personalidade que se destacou em várias áreas e que leva, ainda hoje, o nome do Rio Grande do Norte para todos os continentes. 

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, atento à grave situação exposta pelo Conselho Superior da Capes, em ofício 245/2018 GAB/PR/Capes, emitido no último 1º de agosto, externa sua enorme preocupação face à iminente possibilidade de veto ao orçamento aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019 para o financiamento do sistema nacional de pós-graduação, pesquisa, formação dos profissionais da educação básica e a cooperação internacional.

As restrições orçamentárias impostas à Capes provocam graves danos à qualidade, à manutenção e ao crescimento da pesquisa e da pós-graduação no país e comprometem a educação como um direito previsto na Constituição Federal. Contudo, não é uma situação isolada, haja vista o ensino superior público já sentir o reflexo da Emenda Constitucional nº 95, que instituiu o teto nos gastos públicos e que já apresenta um cenário de profundos cortes para a manutenção das instituições de ensino superior.

Diante desse cenário de cortes orçamentários apontado pela Capes e preocupados com os seus impactos para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico e social do país, o Consepe da UFRN defende, enfaticamente, a revisão da política de contenção de gasto público e, para garantir minimamente a execução das ações previstas pelas instituições de ensino superior, a sanção da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019, com a manutenção do artigo 22 da LDO.

 

verônica macedo

Na próxima terça-feira (14), às 18h30, a Câmara Municipal de Natal realiza uma Sessão Solene para a entrega da Medalha Câmara Cascudo, que visa reconhecer e valorizar os estudantes da rede pública de Natal que se destacam através de desempenho escolar, em atividades esportivas, em manifestações artísticas e/ou culturais ou em trabalho de voluntariado. A honraria foi concedida por meio Decreto Legislativo nº 1354/2017, de autoria da Vereadora Professora Eleika, conforme publicação no Diário Oficial do Município do dia 28 de junho de 2017.

Para a vereadora Professora Eleika, autora da homenagem, a honraria é o reconhecimento da dedicação do estudante. “É preciso divulgar e, mais do que isso, parabenizar os bons exemplos que a escola pública nos presenteia porque é possível, sim, ser um aluno brilhante também na rede pública”.

A autora da proposta explica que a homenagem leva o nome do potiguar Luís da Câmara Cascudo por entender que ele é uma importante personalidade que se destacou em várias áreas e que leva, ainda hoje, o nome do Rio Grande do Norte para todos os continentes. 

Representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Rio Grande do Norte (Iphan-RN) se reuniram na tarde desta terça-feira, 24, na sede estadual do órgão de preservação do patrimônio cultural brasileiro, com o intuito de discutir soluções para a restauração do antigo prédio da Faculdade de Direito, localizado no bairro da Ribeira, na capital potiguar.

A reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, explicou que a universidade está seguindo os trâmites legais para a restauração do prédio e afirmou que a intenção da instituição de ensino é encontrar uma solução plausível para preservação do patrimônio, até que o processo licitatório de construção seja finalizado. Os recursos para a obra estão garantidos através do PAC Cidades Históricas.

O superintendente substituto do Iphan, Márcio Alekssander Granzotto Kuntze, disse compreender a dificuldade da UFRN em finalizar a licitação, já que o estado tem pouca opção de mão de obra capacitada para restauração e que nenhuma empresa conseguiu atender aos requisitos básicos da seleção. Contudo, considera que a única forma de proteger o patrimônio é ocupando-o.

Da reunião, ficou acertada uma visita à antiga Faculdade de Direito por equipes dos dois órgãos, na manhã da próxima segunda-feira, 30, além da elaboração de um termo de compromisso com propostas e prazos.

 

A Câmara Municipal de Caicó realiza Sessão Solene de entrega de título de cidadão caicoense e da Comenda Vila do Príncipe, nesta sexta-feira, 20, no Centro Cultural Adjuto Dias, a partir das 18h30. Serão agraciados com o título de cidadã e cidadãos caicoenses os professores Ângela Maria Paiva Cruz e José Daniel Diniz, respectivamente reitora e vice-reitor da UFRN; Alexandro Teixeira Gomes, vice-diretor do Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES/UFRN); Ubirathan Rogerio Soares assessor acadêmico do CERES/UFRN; Lourival Andrade Júnior, professor do Departamento de História do CERES/UFRN; e Marcos Vinícius Pereira Júnior, professor do Departamento de Direito do CERES/UFRN.

 

O título de cidadão caicoense é concedido aos que, não tendo nascido na cidade, distinguiu-se com contribuições no cenário sócio-cultural-administrativo da comunidade. Já a Comenda é destinada especialmente a figuras nativas de Caicó que prestam algum serviço a cidade. neste ano, o servidor aposentado do CERES/UFRN, José Dutra de Oliveira será um dos agraciados.

 

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abriu nesta segunda-feira, 9 de julho, edital para concurso público de provimento de cargo técnico-administrativo em educação com um total de 69 vagas. As inscrições devem ser feitas de 23 de julho a 20 de agosto.

 

O edital de número 016/2018 traz informações sobre os cargos de Analista de Tecnologia da Informação, Arquiteto e Urbanista, Bibliotecário-Documentalista, Enfermeiro, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica, Farmacêutico, Jornalista, Médico/Endoscopia Peroral, Médico/Oftalmologia, Médico/Psiquiatria, Psicólogo Escolar, Técnico em Assuntos Educacionais, Tecnólogo/Formação Secretariado, Tecnólogo/Formação Marketing, Zootecnista, Assistente em Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem e Assistente de Aluno.

 

Já o edital de número 017/2018 tem detalhes para Desenhista Técnico/Área Comunicação Visual, Desenhista Técnico/Área Webdesigner, Técnico em Artes Gráficas, Técnico em Eletromecânica, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Operador de Luz.

 

Com provas previstas a serem aplicadas no dia 30 de setembro, o valor da taxa de inscrição do concurso varia de R$ 50 a R$ 80, conforme o cargo. Os interessados devem efetuar inscrição no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve).

 



Twitter