NATAL PRESS

Aline Barbosa, 14 anos, é assistida pela instituição desde 2002. Após seu nascimento, convive com uma doença genética chamada epidermólise bolhosa, doença que causa bolhas e feridas pelo corpo, além de também ter a deficiência de Glicose-6-Fosfato Desidrogenase, mais conhecida como G6PD, que se trata de uma carência nessa enzima – seja por não tê-la em quantidade suficiente, ou por que ela não funciona como deveria. 

Quando tinha 3 anos, Aline perdeu os dedos das mãos e dos pés devido à evolução da epidermólise bolhosa, o que não a impede de caminhar nem de tocar lindamente o seu teclado, em que demostra significativamente sua desenvoltura musical.

A falta de um computador em sua casa não impediu que ela batalhasse por seu sonho. Com uma rotina intensa de estudos e muita dedicação, Aline dispensou cotas e obteve sua classificação no 19º lugar no curso de informática do IFRN. A paciente mora em Macaíba e todos os dias passa por uma grande jornada para alcançar seus objetivos. Como força e vontade não faltam nessa pequena guerreira, Aline ainda participa constantemente de atividades desenvolvidas na Casa Durval Paiva dentro da Classe hospitalar/Domiciliar. Lá a paciente recebe acompanhamento na realização das atividades escolares e participa dos projetos desenvolvidos pelo setor, os quais são presentes diariamente na sua vida.

Sobre a Casa Durval Paiva

Há 23 anos, a Casa Durval Paiva atende à criança e ao adolescente com câncer e doenças hematológicas crônicas e seus familiares durante e após o tratamento, buscando a cura, contribuindo para o resgate da cidadania, dignidade e a qualidade de vida. Nesse período, a instituição já beneficiou 1.517 pacientes. Hoje, a Casa possui 1.102 pacientes cadastrados, sendo que 540 estão em tratamento. Saiba mais sobre o trabalho da Casa em: http://www.casadurvalpaiva.org.br/

 



Twitter