NATAL PRESS

Comece estudar ainda este ano! O Educa Mais Brasil está inscrevendo estudantes interessados em bolsas para faculdades. Em todo o Brasil são ao menos 500 mil oportunidades disponíveis, o auxílio chega a 70% de desconto. As vagas abrangem cursos de graduação e pós-graduação, presenciais e a distância (EAD), em faculdades como Estácio, Unopar, Unip, Anhanguera, Uniasselvi, entre outras. No Rio Grande do Norte são mais de 15 mil oportunidades. Confira as bolsas em Natal.

“A bolsa de estudo é uma forma viável de formação e preparação para o mercado de trabalho, justamente porque traz mais segurança financeira: ao ser contemplado o estudante utiliza o desconto concedido sem ter que acumular dívidas futuras”, explica Andréia Torres, diretora de Expansão e Relacionamento do programa.

Os interessados nas vagas devem acessar o site www.educamaisbrasil.com.br , escolher o nível de escolaridade pretendido, buscar pela cidade de interesse, modalidade, curso ou instituição. A diretora ainda ressalta: “Para concorrer à bolsa não é necessário ter feito o Enem, nem comprovar renda ao programa”.

A aprovação pode ser consultada pelo Portal do Aluno, no site do programa ou na central de atendimento: para Capitais e Regiões Metropolitanas 4007-2020 ou para demais localidades 0800 724 7202 (também disponível para WhatsApp).

 

Programas do Governo

O Educa Mais Brasil é um programa de inclusão educacional privado, onde os estudantes também podem obter informações sobre outras alternativas de ingresso no ensino superior, como os programas do governo: Enem, Sisu, Prouni e FIES.

 

Debates sobre as necessidades e planos para a educação brasileira aconteceram na última quinta-feira, 12, durante a Conferência Estadual Popular de Educação. O evento reuniu representantes da sociedade civil, agentes públicos, entidades de classe, professores, gestores, estudantes e pais de alunos no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde abordaram o tema central “Implementar os planos de educação é defender uma educação pública de qualidade social, gratuita, laica e emancipadora”.

A abertura da conferência contou com a presença da reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, que frisou a importância de espaços para discutir a educação do futuro e a formação para a cidadania. “Conhecimento técnico e humanismo devem estar consolidados nas pautas das nossas escolas e universidades para formarmos o cidadão pleno”, defendeu a reitora, ao reforçar que o evento proporciona relevantes contribuições para qualificar a educação que o país precisa.

A iniciativa é uma convocação do Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE), em defesa da democracia no país e das vozes da sociedade civil organizada por meio dos movimentos sociais e das entidades educacionais, a fim de reafirmar o compromisso com uma educação verdadeiramente transformadora. O próximo passo será a Conferência Nacional Popular de Educação (Conape), marcada para 24 a 26 de maio em Belo Horizonte, Minas Gerais.

 

Neste sábado (07), a biblioteca do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte vai prestar uma homenagem ao escritor infanto-juvenil com atividades de contação de história (Emília no Parque da Cidade), pintura de máscaras da turma do Sítio e exposição de obras literárias de Monteiro Lobato, a partir das 15 horas, em comemoração ao mês de aniversário do escritor.

O escritor brasileiro Monteiro Lobato morreu em 1948, aos 66 anos de idade, mas a sua biografia ficou imortalizada através das suas obras literárias, sendo “O Sitio do Pica-Pau Amarelo” a de maior destaque na literatura infantil. Nascido em Taubaté/SP, no dia 18 de abril de 1882, ele foi registrado com o nome de José Renato Monteiro Lobato. O universo retratado em suas obras são os vilarejos e a população do Vale do Paraíba, quando da crise do café.

A história “Emília no Parque da Cidade” foi escrita pela funcionária da biblioteca, Bárbara Luana e será contada por todas as funcionárias da biblioteca, Lorena Sabrina, Larissa Ícaro, Aline Melo, além da própria autora do texto. “É uma história sobre a Emília, que vem ao Parque da Cidade e se perde. Na trilha, ela encontra Guigui, um sagui, e ele começa a conversar com a Emília e diz quais são as normas no Parque, que é uma Unidade de Conservação e de Preservação e tem regras para que as pessoas saibam conviver pacificamente com os animais e plantas, dentro do objetivo da educação ambiental desenvolvido no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte”, explica a bibliotecária, Samya Maia, coordenadora da biblioteca do Parque.

A exposição permanecerá aberta aos visitantes até o dia 21 de abril, quando haverá nova apresentação dos mamulengos na contação de história e demais atividades.

 

 

No dia 06 de abril acontece a primeira de uma série de sessões de cinema e ciclos de debate promovidos durante o ano pelo projeto de extensão O Jornalismo visto pelo Cinema. O evento é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O projeto é composto por duas ações: um evento e um produto de extensão. Além de se constituir como um ciclo semanal de exibição e debate de filmes sobre o jornalismo, o projeto pretende produzir uma publicação com a produção textual dos professores e alunos participantes do processo.

Os temas debatidos são: O jornalismo Heroico como Construção Simbólica; O jornalismo como um Discurso com duas Fontes Conflitantes; O jornalismo como Mediação e Visibilidade; O jornalismo e a Questão de Gênero e A Ética Jornalística.

O primeiro evento conta com a exibição do filme The Post – A Guerra Secreta, do diretor Steven Spielberg, seguida de um ciclo de debate com a participação dos professores  Marcelo Bolshaw e Ruy Rocha.  O evento tem início às 17h, e acontece no auditório 1 do Departamento do curso de Comunicação Social.

O professor Ricardo Ojima, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), é um dos 14 componentes do Conselho Consultivo do Fundo de População das Nações Unidas no Brasil. O grupo, formado por pessoas reconhecidas nacional e internacionalmente nas áreas em que atuam, toma posse na próxima quarta-feira, 31 de janeiro, em São Paulo, em evento fechado ao público.

 

O Fundo de População das Nações Unidas, agência da Organização das Nações Unidas (ONU), é líder em temas de demografia, juventude e saúde sexual e reprodutiva. O principal objetivo do Conselho é constituir um espaço plural, de incentivo e apoio à identificação, articulação e proposição de estratégias para o Fundo de População da ONU.

 

Ricardo Ojima

Doutor em Demografia pela Unicamp, é professor da UFRN, onde coordena o Programa de Pós-Graduação em Demografia. Presidente da Associação de Estudos Populacionais, suas pesquisas se concentram nos temas urbanização, mobilidade espacial, teoria demográfica e mudanças ambientais.

 

Eletricidade e movimento. Este é o tema da 3ª oficina criativa do projeto de extensão OCA (Oficinas de Ciências e Arte), do Instituto do Cérebro (ICe), em parceria com o Museu Câmara Cascudo (MCC). A atividade acontece neste sábado, 18, das 9h ao meio dia, na sala de Biologia do Parque das Ciências (localizado no "quintal" do MCC). A atividade é aberta ao público, mas voltada especialmente para alunos do ensino médio da rede pública de Educação (a partir dos 14 anos).

Coordenada pelo professor Claudio Queiroz, a oficina vai discutir o que é a eletricidade, suas aplicações e desafios nos dias atuais e como ela vem sendo utilizada para movimentar as coisas do mundo. Para isso, serão realizadas algumas experiências, além da construção de objetos geradores e consumidores de eletricidade utilizando sucata eletrônica.

O objetivo da oficina, iniciada em setembro, segundo o professor Cláudio, é aproximar o "fazer ciência" das pessoas, promovendo uma educação científica e artística de forma prática e divertida. Os interessados em participar devem realizar suas inscrições através do e-mail do Parque da Ciência: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Serviço:

Oficina Criativa: Eletricidade e Movimento.
Dia 18, das 9h às 12h.
Local: Parque da Ciência/Museu Câmara Cascudo.
Av. Hermes da Fonseca, 1398, Tirol.

 

O Centro Acadêmico Berilo Wanderley (CABW) promove no dia 14 de novembro um ciclo de debates com o tema Os desafios do jornalismo na era digital. De acordo com a organização, o evento tem a proposta de discutir quais as perspectivas de mercado com a imersão do jornalismo nas plataformas digitais, em especial, após o fim da versão impressa do Novo Jornal.

 

O debate vai reunir professores do departamento, profissionais que atuam no mercado e os estudantes do curso. Palestram a professora e jornalista Michelle Ferret, o repórter Rafael Duarte, da Agência de reportagem Saiba Mais, a jornalista Cledivânia Pereira, editora-executiva da Tribuna do Norte e a repórter Natália Noro, do Novo Jornal. O evento é aberto a todos os interessados e tem início às 19h, no auditório Departamento de Comunicação Social (Decom).

A preparação educacional vem sendo cada vez mais fundamental à frente do grande impacto da educação brasileira que cresce todo ano, como o reflexo da evasão escolar e o alto custo mensal nas escolas particulares. Por isso, semear a importância da educação básica de qualidade é a alternativa para modificar esse cenário, porém este investimento tornou-se um desafio aos pais quanto às condições de arcar com a mensalidade integral.

 
Entendendo essa realidade e com compromisso de fazer o mundo melhor por meio da educação, o Educa Mais Brasil em parceria com mais de 18 mil instituições de ensino em todo país, entre elas escolas particulares, torna a educação básica acessível. “Uma das maiores preocupações dos pais é a de não poder oferecer aos seus filhos um ensino qualificado que os impulsionem para um futuro promissor. Com esse benefício, o programa facilita o acesso à escola, aumentando as oportunidades para crianças e jovens”, explica a diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, Andréia Torres.

 
Para 2018, o programa de inclusão educacional já está com as inscrições abertas e disponibiliza bolsas de estudo com 50% de desconto em todo o Brasil. Só para o Rio Grande do Norte, estão sendo ofertadas mais de 15 mil oportunidades e Natal está entre as cidades contempladas com possibilidades de matrículas para Berçário, Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

 
Os pais ou responsáveis podem realizar a inscrição do candidato por meio do site www.educamaisbrasil.com.br/educacao-basica. As vagas são para quem não possui condições de pagar o valor integral da mensalidade. Em caso de dúvidas ou mais informações consultar a central de atendimento pelos telefones 4007-2020 para Capitais e Regiões Metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidades.

 

Saiba mais sobre o Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil já beneficiou mais de 450 mil alunos em todo o país durante os seus 15 anos de atuação e também concede bolsas de estudo de até 70% de desconto para Graduação, Pós-Graduação, Cursos Técnicos, Idiomas, Preparatório para Concursos, Cursos Profissionalizantes, EJA – Educação para Jovens e Adultos e Pré-Vestibular/Enem. Além disso, dispõe do portal “E+B Educação” https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao com informações sobre cursos, carreiras, dicas e notícias na área de educação.


Na próxima sexta-feira (10), a Escola Lápis de Cor promove a I FLIARTELC – Feira Literária e Artística da Escola Lápis de Cor.  A Feira reunirá diversas linguagens artísticas com o objetivo de aproximar ainda mais os alunos dos livros e do hábito de leitura, além de diversos e diferentes modos de expressão por meio da arte, valorizando, assim, autores, artistas e acadêmicos de nosso país. As apresentações ocorrerão das 8h às 11h30, para os alunos do turno matutino e das 14h às 18h para o turno vespertino.


Os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais irão vivenciar o melhor da literatura infanto-juvenil e expressão artística por meio de uma programação que envolve exposições dos projetos literários, no II Vernissage, bem como apresentações de peças teatrais e a I Mostra de curta-metragem.


A FLIARTELC contará com stands de livros e jogos educativos para divulgação e aquisição dos alunos e seus convidados, como também a participação de convidados que realizarão apresentações artísticas, oficinas, sessão de contação de histórias, teatro, dança, shows musicais e momentos de muita interação entre os alunos.


Estes são alguns dos nomes confirmados na primeira edição da FLIARTELC:

* Cia Marmitaria de Teatro (Grupo de animações, teatro e arte circense);

* Gláucia Lima (Autora do livro Minijardins: uma Terapia para a Vida, Pós Master em Programação Neurolinguística – PNL - e Life Coach);

* Ivan Cabral (Chargista, ilustrador e quadrinista, autor do livro: Humor Sustentável, Uma Coletânea de Charges sobre o Meio Ambiente e Mestre em Educação);

* Josivan Alves (Contador de histórias e interpreta vários personagens dos quais ele faz releitura de obras literárias);

* Marise Costa (Professora da UFRN, procuradora do município e autora de livros sobre meio ambiente e urbanismo, dentre os quais, os livros infantis: " A casa do telhado branco" e "A história das minhocas");

* Manoel Cavalcante (poeta escritor, autor de livros infantis);

* Mel Costa (Cantora mirim);

* Valiene Oliveira (Palestrante e autora do livro: O Poder de Gui e Sofy);

* Vinícius Viramundos (Violeiro, contador de histórias, escritor de diversos livros de literatura infanto juvenil e compositor).

Tendo como principal proposta a discussão sobre “a voz dos que são silenciados, ou seja, o discurso e a autoria daquelas e daqueles que pertencem a grupos minoritários”, o Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, promove de 8 a 10 deste mês, a IV Semana de Letras da UFRN, com o tema: “As Entrelinhas do Silêncio”. O evento é voltado para os estudantes e professores de letras do Rio Grande do Norte, principalmente os discentes da UFRN. Inscrições pelo sigaa, abertas até o dia 08.

 

Para mais informações sobre o evento, acesse: https://ivsemanadeletrasufrn.tumblr.com/?og=1

Serviço:

IV Semana de Letras da UFRN – As Entrelinhas do Silêncio

Local: Instituto Ágora - UFRN

Data: 08, 09 e 10/11

Programação:

DIA 08.11.17

17h-  Credenciamento

18h30 - Mesa de abertura

19h - Mesa-redonda com Profª Conceição Flores, Profª Ana Santana e Profª Rosanne Araújo

DIA 09.11.17

8h - Grupos de trabalhos

14h - Minicursos

18h - Mesas-redondas

DIA 10.11.17

9h - Oficinas

14h - Minicursos

18h - Palestra com o Prof. Marcos Bagno

 



Twitter