NATAL PRESS

Já está disponível para download o aplicativo de passeios e transportes turísticos terrestres uTUR. A ferramenta é uma startup genuinamente potiguar e nasce com a proposta de revolucionar o modo de fazer turismo no Brasil. A novidade está liberada gratuitamente para celulares com sistema Android e IOS. O app também opera na versão desktop. Para mais informações, acesse: www.utur.com.br.

Inovação é a marca registrada do aplicativo. Além de disponibilizar mapa com a rota programada, o usuário pode acompanhar em tempo real o trajeto que está fazendo e, antecipadamente, ter comunicação direta com os envolvidos, podendo assim obter todas as informações sobre o motorista e veículo que serão utilizados.

O uTUR conta com excursões privativas e compartilhadas para os principais cartões postais do Nordeste. Entre os pontos turísticos, estão passeios pela Praia da Pipa e pelas Dunas de Genipabu, ambas no Rio Grande do Norte, e city tour em João Pessoa com pôr do sol na Praia do Jacaré, na Paraíba.

De acordo com o sócio-proprietário, William Wehby, o aplicativo possui diferenciais competitivos inovadores que garantem segurança, conforto e praticidade aos usuários. “Nós garantimos passeios e motoristas classificados através de avaliação do cliente, além de acompanhamento em tempo real, do início ao fim da excursão”, afirma.

O novo app atua exclusivamente com passeios e city tours, com interação total com todas as operadoras de turismo do país. Em breve, os usuários contarão com serviços de transfer privativos e compartilhados do aeroporto e de outros destinos para o local em que ficarão hospedados.

Demis Roussos

 

Como resultado da missão liderada pela cônsul geral da China no Brasil, Yan Yuquing, que trouxe um grupo de 30 dirigentes de empresas e empresários daquele país  ao Rio Grande do Norte no início deste mês, a governadora Fátima Bezerra recebeu nesta sexta-feira, 26, em audiência, o vice-presidente da SPIC - State Power Investment Corporation, estatal chinesa do setor energético que no Brasil possui a hidrelétrica de São Simão, em Minas Gerais e dois parques eólicos na Paraíba.

A empresa chinesa planeja investir R$ 4 bilhões na região Nordeste, sendo R$ 2 bilhões no Rio Grande do Norte. A SPIC já possui escritório no RN e 15 funcionários; e quer investir na produção de energia eólica e solar. A estatal chinesa também pretende instalar um centro de desenvolvimento e aperfeiçoamento de tecnologia no Rio Grande do Norte e uma fábrica de produtos e insumos para a geração de energia.

“O Rio Grande do Norte é o melhor lugar do Nordeste para investirmos. Nosso negócio é explorar a geração de energia eólica e solar. Também somos fabricantes de produtos e insumos para os parques de energia e queremos instalar uma fábrica aqui”, afirmou o vice-presidente da SPIC , Anjian Lu, que estava acompanhado do diretor chefe de tecnologia da SPIC,  David Yang e do gerente geral, Steven Ang Zou.

A estatal chinesa quer iniciar os investimentos no RN ainda este ano e vai contar com a agilidade do Governo do Estado na liberação de licenças ambientais e incentivos. “Os investidores são muito bem-vindos. O nosso estado é rico em recursos naturais, mas precisa de investimentos para transformá-los em emprego, renda e riqueza para o nosso povo”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

A governadora também destacou que o momento é propício para os novos investimentos. “Estamos implantando uma política inteligente de incentivos.  Queremos atrair mais e mais investimentos para gerar desenvolvimento econômico e desenvolvimento social”.

Na reunião ficou definido que o Governo do Estado e a SPIC vão assinar um termo de compromisso definindo as atribuições das partes e estratégias para viabilizar os investimentos. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômica – Sedec está trabalhando na redação do termo. O secretário da Sedec, Jaime Calado, registrou que “o RN tem capacidade para produzir 25 giga watts em energia eólica. Hoje o nosso Estado é o maior produtor do país com 4 giga watts e 162 parques que apresentam lucratividade superior acima do esperado. Temos ainda muito a crescer”.

 

A Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte e a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) participam a partir do dia 29 de julho da edição 2019 do Meeting Brasil. O evento é uma oportunidade para que representantes do turismo brasileiro fortaleçam e divulguem seus produtos, atrativos e destinos turísticos para os principais operadores e agentes de viagens da América do Sul.

Nesta edição, as cidades visitadas serão Montevideo (29/7), no Uruguai; Buenos Aires (31/7), na Argentina; Assunção (2/8), no Paraguai; Bogotá (5/8), na Colômbia, e Lima (7/8), no Peru. “Em cada cidade participaremos de rodadas de negócios com um público selecionado, apresentando e reforçando todas as potencialidades do destino Rio Grande do Norte”, declara a gerente de Promoção Internacional da Emprotur, Nayara Santana.

Para a secretária de Turismo, Aninha Costa, o fortalecimento dos contatos com os países da América do Sul, principais emissores internacionais de turistas para o estado, é fundamental para a geração de negócios. 

“Esse contato direto e pessoal nos permite apresentar o destino com uma riqueza maior de detalhes, principalmente no que diz respeito às potencialidades de cada um dos cinco polos turísticos do RN, rico em opções que vão além do turismo sol e mar, já consolidado aqui no estado”, enfatiza a secretária.

A definição das cidades participantes do evento é realizada por meio do estudo da economia local, crescimento do turismo, interesse do mercado no Brasil e também do trade turístico do nosso país nestes lugares.

As gerente e subgerente de Promoção Internacional da Emprotur, Nayara Santana, e Priscila Feola, representarão o Rio Grande do Norte no evento. A participação no Meeting Brasil 2019 é uma iniciativa do Governo do Estado por meio da Secretaria de Turismo (Setur RN) e da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), com recursos do Projeto Governo Cidadão mediante acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

A Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGNRN) iniciou o diálogo com o Instituto Metrópole Digital (IMD) sobre a criação de instrumentos, via Agência, para fomentar e financiar desenvolvimento de startups no estado.

A primeira reunião realizada nesta semana tratou, especialmente, das características dos projetos hoje abrigados em fase de pré-incubação e incubação no IMD, necessidades mais frequentes nos estágios iniciais dos projetos e outras questões relacionadas ao desenvolvimento das startups. A Agência tem conduzido estudos e o diálogo com o setor em busca da criação de instrumentos de apoio ao segmento.

Segundo a diretora-presidente da Agência, Márcia Maia, a ideia é que a partir dessa aproximação inicial, seja possível dar um primeiro passo para a construção de um eixo com linhas de financiamento que contemplem a Política Estadual de Estímulo a Startups, criada através da Lei Nº 10.325, de 09 de janeiro de 2018.

"Hoje existe um instrumento legal para o estímulo ao setor, mas que no governo anterior, foram suprimidos justamente os trechos da lei que tratavam sobre financiamento ao segmento. Hoje, através da Agência e com um diálogo maduro e multilateral, podemos buscar preencher em parte a lacuna deixada pela sanção parcial do projeto", afirmou Márcia Maia.

Além da diretora-presidente da AGN e o assessor técnico, Fernando Varela, participaram da primeira reunião sobre o tema, a gerente operacional do Inova Metrópole, Raquel Maciel, o diretor-adjunto, Rodrigo Romão e o assessor contábil, Cleber Ferreira.

Programa Microcrédito

Parte do Sistema Nacional de Fomento (SNF), a AGN-RN é uma instituição financeira administrada pelo Governo do Estado e responsável pela gestão do programa de Microcrédito para o empreendedor no Rio Grande do Norte. Em 2019, mais de 2 mil empreendedores foram beneficiados e mais de 3 mil empregos foram garantidos no estado através da política de fomento à economia.

Atualmente, a Agência discute com diversos setores da economia potiguar a ampliação do programa para atender novos segmentos, como a cultura, arranjos produtivos locais (APLs), economia criativa e as startups. O Microcrédito do Empreendedor está presente em mais de 130 municípios e a meta é alcançar os 167 até o final do ano.

divulgação

 

A Evolux® Sistemas conquistou nesta quinta o prêmio de Melhor Empresa Para Trabalhar no Rio Grande do Norte. A premiação foi promovida pelo guia Great Place To Work em parceria com a Tribuna do Norte.

A empresa potiguar que desenvolve uma suíte de ferramentas para atendimento por voz (Call Centers) já possui o selo de certificação GPTW há dois anos. Este ano concorreu pela primeira vez aos rankings, ficando com a 14ª posição nacional entre as empresas com até 99 funcionários e em 1º lugar no ranking Regional (que abrange as empresas do Rio Grande do Norte).

Essas empresas se destacam em termos de clima organizacional, remuneração, benefícios, oportunidade de crescimento, infraestrutura, transparência na gestão e autonomia dos colaboradores. 

Para Gustavo Diógenes, CEO da Evolux® , a disputada certificação é apenas o começo: "Já estamos empolgados com o próximo ciclo de melhorias que vamos implementar buscando atingir níveis cada vez mais altos de excelência."

O GPTW avalia empresas em mais de 60 países através das pesquisas Trust Index (respondida pelos funcionários) e Culture Audit (relatório de práticas organizacionais). Sobre os resultados da empresa, o gestor elenca a transparência da gestão, forte cultura organizacional e preocupação com a qualidade de vida dos colaboradores como principais pontos para a conquista.

 

Caminho a seguir

Para o empresário, se tornar uma empresa certificada e rankeada (duas vezes) pelo GPTW não é como uma receita de bolo. Vários fatores devem ser pensados e trabalhados para que esse resultado seja alcançado, começando pela direção e chegando a cada colaborador, para que todos trabalhem alinhados e em busca dos mesmos objetivos.

"É essencial o total comprometimento da direção e de todas as lideranças da empresa. Tudo começa nas camadas estratégicas, mas não pode parar ali. É necessário que isso se espalhe até que atinja cada pessoa envolvida na empresa. Envolver todos com os objetivos estratégicos e o propósito da empresa. Mostrar as expectativas de forma clara, e acima de tudo, nunca se deve faltar com a transparência."

divulgação

 

Na noite de ontem (18), foi realizada a solenidade de abertura do curso “Conoce Español”, o primeiro de uma série de formações, que serão realizadas por meio de parceria entre o Núcleo de Estudos e Pesquisa de Espanhol como Língua Estrangeira (NUPELE) do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Secretaria de Turismo do Estado (SETUR), com apoio da Associação Brasileira das Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN). O evento aconteceu no Campus Central do IFRN.

Compuseram a mesa principal o secretário de Educação, Getúlio Marques Ferreira, representando a governadora Fátima Bezerra; a subsecretária de Turismo, Solange Portela; e o presidente da ABIH-RN, José Odécio. Além dos anfitriões, o reitor do IFRN, Wyllys Farkatt Tabosa; o diretor geral do Campus Central, Arnóbio Araújo, e a coordenadora do NUPELE, Maria Velasco, que recepcionaram os alunos e representantes do Governo.

Em seu discurso de abertura, o reitor Wylys Farkatt falou sobre a alegria de cada vez mais poder ampliar as perspectivas na formação de pessoas. “Tenho certeza de que este projeto será lotado de pleno êxito e de que ele é apenas a ponta do iceberg, porque ainda vamos realizar vários projetos em parceria com o Governo do Estado, que tem se mostrado aberto, disponível e propositivo em relação a ações dessa natureza”, comemorou. 

O secretário de educação e ex-professor do IFRN, Getúlio Marques, respondeu prontamente ao reitor, afirmando que “o Governo do Estado está à disposição para auxiliar no que for preciso para dar continuidade a esse excelente projeto”. Além disso, comemorou o fato de está voltando ao instituto. “Fico muito feliz por está voltando a minha casa para celebrar um curso tão importante para o turismo do RN”, completou. 

A subsecretária de Turismo, Solange Portela, direcionou os cumprimentos aos alunos que aceitaram o desafio. “Parabenizo os alunos que estão aqui, pois conheço as dificuldades de trabalhar o dia inteiro e vir se dedicar ao estudo no turno da noite”. A subsecretária também enfatizou a importância do idioma para o turismo local. “Falar o idioma espanhol é imprescindível para atender bem o turista que nos visita, pois o maior fluxo dos viajantes internacionais que chegam ao estados é oriundos da América do Sul”, concluiu.

A ABIH-RN, parceira constante nas ações de promoção desenvolvidas pela SETUR e EMPROTUR, ressaltou a importância da qualificação para o setor. “Somos parceiros do estado em diversas ações de divulgação e não podemos deixar de apoiar quando se trata de capacitação, porque acreditamos que a mão de obra qualificada é a forma que temos de avançar com o turismo no estado.  Não existe desemprego no turismo, falta mão de obra qualificada. É de extrema importância ações como essa de integração entre escola, Secretaria e iniciativa privada, para promover a inclusão através do emprego e formação” enfatizou o presidente da Associação, José Odécio.

 

O Partage Norte Shopping anuncia a chegada de nove novas operações ao seu mix, que deixam o equipamento ainda mais completo. Nas áreas alimentícia, pet, acessórios, beleza, moda e artesanato, as marcas estão inaugurando suas primeiras unidades na Zona Norte da cidade.

“A chegada destas novas lojas e restaurantes comprova o excelente campo de investimento que o Partage Norte Shopping representa na região. A diversificação do mix de operações proporcionará mais qualidade e conforto aos nossos clientes”, conta Júlio Macedo, diretor de Gestão e Marketing da Partage Shopping.

Com inauguração próxima, a RN Pet vem coroar a transformação do empreendimento em Pet Friendly. Trazendo o que há de mais novo no mercado pet, a loja contará com consultório veterinário, serviço de banho e tosa, além de produtos como ração, acessórios, medicamentos, roupas e brinquedos. Atrelado a um serviço de altíssima qualidade, a unidade do Partage Norte Shopping vai dispor de um mix completo no que se refere ao segmento Pet. A operação funcionará no 1º piso, ao lado da Ricardo Eletro.

No setor alimentício, o Shopping assinou contrato com Lug’s Fast Gourmet, que traz a novidade do “frango no balde” + batata belga + chopp puro malte, e a conceituada Pizzaria Reis Magos, aumentando e diversificando as opções da Praça de Alimentação. Recentemente, o Partage inaugurou a Parmeggio, especializada em massas.

Diversificando as opções de moda para os clientes, o Partage ganha mais duas marcas, Taco e TNG. Mais que uma varejista de moda, a TNG se denomina como um espírito jovem de roupas, voltadas para o público masculino. Presente há quase 30 anos no mercado, a Taco se intitula democrática, básica e acessível, para homens, mulheres, adolescentes e crianças. As lojas ficarão localizadas no 2º piso do Shopping, próximo à Lojas Americanas.

No campo dos acessórios, a Libellule desembarca, no 1º piso do Shopping, recheada de novidades, desde o nome (antiga Pratas’Art) ao novo público, se preparando para inaugurar a primeira unidade na Zona Norte. Especializada na comercialização de joias em prata, a marca está no mercado há 14 anos.

Já inauguradas, Touti Cosméticos, Maria Pitanga Açaiteria e Balaio de Gato Azulejos completam o time das novidades.

 

Expansão

Com a inauguração da primeira etapa, marcada para novembro deste ano, o Partage Norte Shopping anuncia mais uma marca para a sua expansão. Aumentando o campo de serviços, o empreendimento passará a contar com a Laser Clínica. O grupo é referência em depilação e clareamento a laser, tornando-se destaque no mercado de depilação, pelo serviço indolor.

 

Serviço:

Novas operações PNSN

Endereço: Av. Doutor João Medeiros Filho, 2395 – Potengi;

Telefone: (84) 3674.8200 | 98189.8899 (WhatsApp);

Redes Sociais: @partagenatal

Site: www.partagenatal.com.br

image.png

Por João Moura 

O Departamento de Inovação e Empreendedorismo (DIE), a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPEG), o Programa de Capacitação e Treinamento – InovAÇÃO e o Sindicato dos Técnicos-Administrativos da UERN (SINTAUERN) irão promover nos dias 1° e 2 de agosto a oficina “Prototipagem de Novos Negócios”, voltada para técnicos-administrativos da UERN.

A oficina será ministrada pelos professores Frank Felisardo e Vinícius Claudino e terá espaço no auditório da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FAFIC), no Campus Central.

As inscrições podem ser feitas neste link.

divulgação

 ROADSHOW.jpg

 

A Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte e a Empresa Potiguar de Promoção Turística (EMPROTUR) estão apoiando e participando de mais um Road Show com fins de divulgação dos principais atrativos turísticos dos cinco polos do estado. As atividades se iniciam nesta segunda-feira (15) e alcançarão as quatro maiores cidades da Paraíba e de Pernambuco durante toda a semana. 

Nessa nova edição, o Road Show acontece junto com workshops e rodadas de negócios voltados para operadores e agências de viagem multimarcas. Até o dia 18 de julho, a caravana do RN passará pelas cidades de Recife e Caruaru, em Pernambuco, e João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba. Os workshops devem promover o destino RN para mais de 200 agentes de viagens e as rodadas de negócio servirão para um contato mais próximo com esclarecimento de possíveis dúvidas.

De acordo com Aninha Costa, titular da pasta do turismo no RN, os road shows de caráter regional são importantes também para intensificação do trabalho de interiorização do turismo no estado. “Apresentamos as belezas naturais de nosso litoral, mas também temos a oportunidade de apresentar aos agentes dessas cidades o potencial dos outros polos turísticos, destacando o turismo religioso, de aventura, ecológico e de contemplação, por exemplo. Com esse estreitamento de laços, eles se sentem motivados e preparados para vender ainda mais o nosso destino”, relata.

A Secretaria de Turismo está sendo representada pelo Subgerente de Articulação Nacional da Emprotur, Kayo Feitosa.

O Road Show é realizado pela Associação Brasileira de Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), com apoio do Governo do Estado via SETUR e Emprotur, Prefeitura do Natal, Sebrae/RN, Fecomércio-RN e ASHTEP/Preserve PIPA.

A BlinDog, empresa vinculada à incubadora Inova Metrópole, do Instituto Metrópole Digital (IMD), recebeu na semana passada, após participar do programa de TV Shark Tank, um investimento de 300 mil reais.

Especializada em produtos tecnológicos para cachorros, a BlinDog alcançou reconhecimento no programa, gravado em maio pelo canal Sony, por meio do empresário João Appolinário, presidente e fundador da Polishop.

As sócias Luana Wandecy e Natália Dantas comemoraram a conquista e comentaram acerca da participação no programa TV Shark Tand. Sobre o investimento, acrescentaram que ele representa uma meta alcançada. “Foi tenso, emocionante e surpreendente até para nós. Mas foi realmente o que a gente queria, nosso foco era João Appolinário e conseguimos. Ficamos muito satisfeitas com o resultado”, conta Luana Wandecy.

Perfil empreendedor

As sócias Luana e Natália contaram ainda que, para ganhar reconhecimento no programa, é preciso mais do que um produto que chame atenção. Segundo elas, é necessário também ter um bom perfil empreendedor. “Apesar de no programa só aparecerem 15 minutos de negociação, conversamos por uma hora com os investidores. A todo tempo era pergunta sobre Luana e Natália, sobre o nosso perfil como empreendedoras. Você pode ter um produto extraordinário, mas sem um bom perfil, fica difícil negociar”, explica Luana Wandecy.

Para as sócias, a participação da startup no Shark Tank foi positiva não apenas pelo investimento. A visibilidade gerada pelo programa, que além da Sony é televisionado pela rede Bandeirantes, era outra fato motivador. ”Só estar lá já foi um grande passo. Mas não era só o investimento em si, a gente estava se lançando para o mercado”, concluiu Natália Dantas.

Negociações

Programa que oferece a oportunidade de empresas de todo o Brasil fecharem acordos com os grandes investidores do mercado (sharks), o Shark Tank contou com uma negociação acirrada para a BlinDog.

Após a apresentação de seu produto – uma coleira criada para auxiliar cachorros cegos – e das sócias da startup abordarem temas como faturamento e mercado – a BlinDog finalizou as negociações com Appolinário, que ofereceu 300 mil reais por 33% da empresa. “No final, ele decidiu investir em nós, com a condição de que não ficássemos só com um produto, mas criássemos uma linha de pets, a ser disponibilizada em todas as lojas Polishop”, conta Luana Wandecy.



Twitter