NATAL PRESS

O Grupo Eleva Educação está à procura de candidatos para se tornarem diretores escolares em colégios espalhados pelos estados de Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso e Brasília. Os profissionais selecionados precisam ter concluído o Ensino Superior (bacharelado ou licenciatura) e apresentar disponibilidade para assumir o cargo a partir de agosto de 2019. É necessário potencial para liderar pessoas, entusiasmo por aprender e ensinar e identificação com a missão do grupo: transformar vidas e o Brasil por meio da educação. As inscrições para a Escola de Diretores Eleva devem ser realizadas, exclusivamente, no site (no qual também se encontra o edital completo do concurso): www.escoladediretoreseleva.com – experiência prévia na área não é um pré-requisito.

O que é a Escola de Diretores?

A Escola de Diretores é um programa para formar diretores de excelência para as escolas do grupo Eleva. Os candidatos selecionados no processo vão passar por formação intensiva nos seguintes assuntos: liderança e cultura; tomada de decisão; conhecimentos pedagógicos, administrativos e vendas. Os cursos serão ministrados pelos maiores especialistas do grupo.

As inscrições estão abertas no site www.escoladediretoreseleva.com no período entre 11 de março e 12 de abril, e, após etapas de entrevistas com os candidatos, o resultado do processo sairá nos dias 24 e 25 de junho, com início das atividades no grupo Eleva em agosto.

Confira o manifesto publicado pelo Eleva Educação:

O Grupo Eleva nasceu com o propósito de ser o vetor da mudança para a educação no Brasil. Trabalhamos diariamente para transformar positivamente as vidas dos alunos que passam pelos nossos colégios e proporcionar o que há de melhor em termos de conhecimento: dentro e fora de sala de aula. Ao longo desses quase seis anos de história, além de ensinar milhares de crianças e jovens, aprendemos que melhorar o rumo da educação no país só se faz possível com o engajamento de pessoas entusiasmadas, capacitadas, com foco irrestrito à comunidade escolar e que saibam trabalhar em equipe.

O diretor escolar é uma figura distinta, pois precisa reunir todas as características acima e muitas mais. É ele o responsável pelo funcionamento orgânico da escola: o cérebro que rege as ações e mantém intacta a saúde do colégio.

Em busca de ampliar nossa atuação pelo país, abrimos o segundo processo seletivo para a Escola de Diretores do Eleva. Procuramos profissionais com brilho nos olhos e potencial para liderar pessoas, que acreditem na mudança e queiram participar ativamente dela.  Temos por intenção formar diretores escolares alinhados à cultura de excelência que compõe o DNA Eleva. As vagas se destinam às nossas escolas concentradas, atualmente, nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Brasília e Rio Grande do Norte. 

Você está pronto para o desafio? Então confira os detalhes no edital do concurso. E se inscreva para participar do processo. Venha liderar escolas e transformar vidas. Seja um diretor Eleva!

Escola de Diretores Eleva
Inscrições: 
www.escoladediretoreseleva.com entre 11/03 e 12/04
Estados contemplados: RJ, MG, MS, PR, SC, MT, DF e RN

coaching não é um fenômeno recente, nem fruto da modernidade. É um processo pedagógico antigo, criado e utilizado por Sócrates na Grécia Antiga. Embora ainda seja relativamente pouco disseminado nas organizações e nos programas de desenvolvimento das lideranças.

Para entender a metodologia gostaria de elucidar a sua história. Você já ouviu falar em Maiêutica?  É uma linha filosófica elaborada por Sócrates no século IV a.C., que procura dentro do Homem a verdade. Através de questões simples, inseridas dentro de um contexto determinado, ela possibilita ao homem o conhecimento de si mesmo.

A famosa frase “conhece-te a ti mesmo” dá início à jornada interior da humanidade, na busca por um caminho que conduz à prática das virtudes morais. É como um iceberg: o que conhecemos seria a ponta a emergir sobre a imensa quantidade de coisas que estão submersas. O papel do coachingé auxiliar as pessoas a conectarem a imensa quantidade de fatos que não conseguimos enxergar e não conhecemos.

coaching ganhou visibilidade com Timothy Gallwey, professor de tênis, que aborda a prática esportiva como um jogo interior. Gallwey desenvolveu uma metodologia diferenciada para ajudar as pessoas a aperfeiçoarem sua capacidade de jogar tênis. Seu método partia do princípio da habilidade inata que o corpo humano possui de aprender a movimentar-se.

coaching no Brasil é um tema relativamente novo, porém com muitos vieses sobre a sua metodologia e aplicação. Mas o seu crescimento é constante, especialmente nos grandes centros, onde se concentram também as grandes empresas e organizações.

O papel do coaching no desenvolvimento organizacional e da liderança é potencializar o aprendizado e ajudar na eliminação dos estereótipos na gestão de pessoas. Nesta nova era da informação o trabalho é menos físico e muscular e muito mais cerebral, mental, relacional e inclusivo.

Entendo e acredito que o coaching potencializa os programas de treinamento e desenvolvimento. Vale a pena lembrar que não são excludentes e nem concorrentes, mas sim complementares na estratégia do fortalecimento das competências empresariais.

coaching aliado aos programas tradicionais de liderança como a Universidade Corporativa, o MBA, entre outros programas, é um caminho virtuoso. Ainda mais se for internalizado e praticado, pois a teoria sozinha não resolve problemas, nem traz resultados. 

coaching acelera, aumenta a curva de aprendizagem dos líderes através de sua metodologia, além de questionar e impulsionar a aplicabilidade de novos conhecimentos, novas ideias e comportamentos, seja frente a sua equipe, pares e superiores.

Neste espaço individual e personalizado também é trabalhado o alinhamento dos valores, visão e missão organizacionais e pessoais, potencializando novos hábitos para novas competências. Aqui o centro é o profissional e a pessoa: “o movimento é de dentro para fora”. Por isso, via de regra é impactante e gera valor agregado de imediato. 

Outro fator importante a destacar no cenário atual é a diversidade, um valor exigido na sociedade e reconhecido pelas organizações. As pessoas não se veem como commodities, há um incentivo social e cultural em defesa da singularidade.

O líder-coach é sem dúvida o líder do futuro. Mais humanizado, mais eficiente em criar equipes de alta performance e com plenas capacidades de atuar na nova Industria 4.0.

Coaching e indústria 4.0

A indústria 4.0 é um conceito que engloba as principais inovações tecnológicas dos campos de automação, controle e tecnologia da informação em processos de manufatura. A partir de Sistemas Cyber-Físicos, Internet das Coisas e Internet dos Serviços, os processos de produção tendem a se tornar cada vez mais eficientes, autônomos e customizáveis.

Diante desta realidade: se a “Internet das Coisas” é customizável, seria um contrassenso não trabalhar com métodos customizáveis no desenvolvimento e fortalecimento dos líderes. Aqui, novamente o coaching ocupa um rol importante de protagonismo para atender esta realidade que já chegou. Onde a colaboração, senso crítico e flexibilidade são competências chaves.

As organizações inovadoras em gestão de pessoas, já consideram o coaching como ferramenta para o desenvolvimento de seus colaboradores, consequentemente, o crescimento de seu negócio.

 

*Artigo por: Tânia Ludovico, coaching empresarial e executiva de RH na innovativa Executivos Associados.

Ana Maria da Costa

A primeira reunião dos Conselhos Regionais de Turismo do Rio Grande do Norte ocorreu na manhã hoje (19) com o Polo Serrano, no município de Serrinha dos Pintos/RN, na sede da prefeitura municipal. As reuniões que começaram hoje vão até o fim do mês, contemplando os cinco polos do estado.

Na pauta debatida, a apresentação da portaria do Ministério do Turismo, que trata sobre o remapeamento e traz as novas regras para os municípios que desejarem compor o Mapa do Turismo; também foi apresentado o funcionamento do Cadastur; a exposição do calendário de participação em eventos turísticos da Setur/RN e Emprotur e também a apresentação do calendário de eventos que irão ocorrer nas cidades do Polo Serrano. A implementação da sinalização turística do Polo Serrano, que está em andamento com recursos do Banco Mundial através do projeto Governo Cidadão, também foi discutida. A previsão de término da sinalização acontece em março deste ano.

A secretária de turismo do RN, Ana Maria da Costa; a subsecretária de turismo, Solange Portela e a chefe do financeiro da Setur, Mércia Motta conduziram a reunião de hoje. Para a titular da pasta, esse é sempre um momento importante de troca com os municípios: “fiquei completamente encantada com a região do Polo Serrano. Participar dessas reuniões traz a dimensão dos desafios de interiorizar o turismo no RN, sabemos que a comunidade precisa participar ativamente e que as prefeituras de cada polo precisam trabalhar unidas, afinal quanto mais atrativa for cada região, mais tempo conseguiremos que os turistas permaneçam no destino.”

Anderson Santos

Com o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN) e Governo Cidadão via empréstimo com o Banco Mundial, os cerca de 250 artesãos, que participaram da Feira Internacional de Artesanato (Fiart), venderam R$ 660.584,00 mil em produtos, nos 10 dias do evento. A Fiart foi realizada no Centro de Convenções de Natal, entre o dia 31 de janeiro e 03 de fevereiro.

Foram mais de 7 mil produtos vendidos de todas as tipologias como Esculturas, brinquedos, pinturas, roupas, objetos decorativos, utensílios, cama, mesa e banho. O espaço do Governo ocupou uma área de 1.400 metros quadrado, com seis salões de mestres e cerca de 50 estandes.

“Esse número dm mais espaços de comercialização para que o artesão comercialize na sua região e que ele ganhe autonomia financeira. O Proarte-RN vai buscar atuar na interiorização do artesanato, de modo articulado a interiorização do Turismo, para que nosso artesanato seja ainda mais valorizado, dentro e fora do estado”, ressaltou a secretária da Sethas-RN, Iris de Oliveira.

Esse ano foram beneficiados artesãos de 44 municípios, 43 associações, 05 cooperativas, 12 empreendimentos solidários, além de instituições públicas como a Fundase-RN com artesanato dos socioeducandos, o "Projeto Tranforme-se" com artesanato produzido pelas internas da penitenciária João Chaves e a Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecafes).

Atualmente, o artesanato potiguar consolida-se como uma fonte de renda para famílias que buscam melhorias nas condições socioeconômicas. Buscando incentivar essa cadeia produtiva, o Programa do Artesanato do Estado do Rio Grande do Norte (Proarte-RN), atua na valorização, divulgação e comercialização dos trabalhos realizados por artesãos independentes, associações, cooperativas e grupos de produções dos 167 municípios. O programa também incentiva a participação dos artesãos potiguares em feiras, exposições e eventos, realiza o cadastro dos artesãos e emite a Carteira Nacional do Artesão.

ivanízio ramos

 
 
Os investidores responsáveis pelo projeto Eco Estrela apresentaram à governadora Fátima Bezerra e o secretariado do Governo do RN o plano de investimentos do grupo em Baía Formosa. O projeto é o maior investimento em turismo no Rio Grande do Norte, aproximadamente 1,5 bilhão de dólares e geração de mais de quatro mil empregos diretos e indiretos.
 
Ana Maria da Costa, titular da pasta estadual de turismo, participou da reunião junto com a governadora Fátima Bezerra; o vice governador Antenor Roberto, o secretário de desenvolvimento econômico, Jaime Calado; o superintendente do Idema Leonlene Aguiar; o secretário de segurança pública, Francisco Canindé de Araújo; o diretor-adjunto da Fundação José Augusto Lima e o secretário de infraestrutura, Gustavo Coelho.
 
˜Precisamos buscar cada vez mais investidores para o Rio Grande do Norte, a cadeia produtiva do turismo gera emprego e renda de forma muito eficaz. Porém isso precisa ser feito dentro de todos os tramites legais e ambientais. Essa foi uma primeira visita oficial do grupo polonês, que pretende investir no município de Baía Formosa, à nova gestão do Governo do RN˜, explicou Ana Maria da Costa.

ivanízio ramos

"Com o voo, queremos alavancar o turismo em parceria com a Prefeitura do Natal e o trade turístico. Queremos não só fortalecer o turismo sol e mar, mas ir além disso. Queremos, nesse contexto, trabalhar a interiorização do turismo, a gastronomia, o turismo de aventura", disse Fátima, ao receber nesta quinta-feira (07) diretores da empresa Corendon Airlines. O voo foi lançado em janeiro, durante a feira Vakantibeurs, em Utrech, na Holanda.

As operações da rota têm previsão de início para o dia, 3 de novembro, com duas frequências semanais e 360 passageiros a cada sete dias. “O acordo firmado com a empresa estabelece o trajeto por 6 meses, inicialmente. Todavia, vamos trabalhar com empenho para que este voo seja efetivado e o Rio Grande do Norte volte a ser um dos principais destinos de férias de verão dos europeus. Nosso grande objetivo é conseguir reabrir e restabelecer esse mercado”, destacou Ana Maria da Costa, secretária de Turismo.  

O presidente da Corendon, Atilay Batu, informou que a empresa já possui 100 reservas para o primeiro voo. “A nossa ideia não é deixar o voo apenas por seis meses, queremos continuar operando. E para isso, contamos com o apoio do Governo e demais atores do setor”, disse Batu. “Nós devemos estar unidos no mesmo propósito para fortalecer a economia do Estado”, defendeu José Odécio Júnior, da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - ABIH.

Ainda na tarde desta quinta-feira, a Governadora esteve reunida com representantes da Inframerica, administradora do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, com o objetivo de aumentar a malha aérea do estado. “O potencial turístico do Rio Grande do Norte é indiscutível, entretanto é preciso uma força-tarefa para tornar o Estado mais atrativo aos turistas nacionais e estrangeiros. Esta mudança passa pela ampliação na oferta de voos e redução de tarifa, que hoje é uma das mais altas do Nordeste”, enfatizou Fátima.  Foi definida a criação de um grupo de trabalho, entre os técnicos do Governo e a Inframerica para estudar um novo benefício, com relação ao querosene da aviação.

 

Iniciativa analisará os cenários tributários de 2019 e é voltada para profissionais contábeis e estudantes da área

O Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte (CRC-RN) está com inscrições abertas para a palestra “Cenários Tributários 2019: Riscos e Oportunidades”. São oferecidas 200 vagas. Os interessados podem ser inscrever no site www.crcrn.org.br/cursos. A capacitação dá direito a certificado de horas complementares e é voltada para profissionais contábeis e estudantes da área.

A qualificação está agendada para o dia 21 de fevereiro, das 9h às 12h, no auditório do Centro de Tecnologias do Gás & Energias Renováveis (CTGAS-ER), em Lagoa Nova, zona Sul de Natal. A palestra será presidida pelo professor e auditor fiscal de tributos estaduais do Estado de Goiás, Edgar Madruga. Ele é coordenador de MBA em Contabilidade e Direito Tributário da BSSP Centro Educacional de Goiânia (GO).

Além de capacitar, o CRC-RN pretende intensificar a solidariedade dos participantes. Por isso, contadores e estudantes poderão fazer a doação de um quilo de alimento não perecível no dia da palestra. Os itens arrecadados serão distribuídos para instituições sem fins lucrativas potiguares.

A Secretaria Estadual de Tributação (SET) anunciou nesta sexta-feira, 1º, que vai iniciar uma operação de cobrança dos maiores devedores do estado. A ação deverá notificar inicialmente cerca de 1.000 contribuintes em todo o Rio Grande do Norte. Juntos os débitos fiscais em aberto chegam a R$ 130 milhões. A operação vai contar com o trabalho de 74 Auditores Fiscais e integra as estratégias de recuperação da capacidade financeira do Rio Grande do Norte.

Nesse ciclo de cobrança, os contribuintes serão visitados e intimados por Auditores Fiscais para a regularização dos débitos. Após a notificação, eles terão um prazo de 15 dias corridos para pagar as dívidas e apresentarem os comprovantes de quitação. Caso isso não ocorra no prazo estipulado, o contribuinte será autuado, sujeitando-se à aplicação de penalidades estipuladas pela Lei 6968/1997, a chamada Lei do ICMS. "Os contribuintes podem procurar as unidades regionais de tributação para efetuar o pagamento à vista ou parcelado até 60 meses", disse o secretário de tributação, Carlos Eduardo Xavier.

Além disso, o Estado poderá também aplicar a esse contribuinte o regime especial de fiscalização e todas as medidas decorrentes da cobrança do crédito tributário, como protesto em cartório, inscrição em dívida ativa e restrição ao patrimônio por meio da penhora bancária, de bens e leilão judicial.

Ainda dentro do ciclo de cobrança, serão enviadas notificações aos devedores que possuem débitos menores, por meio eletrônico, através do Domicílio Tributário Eletrônico (DTE), o qual permite o envio de mensagens e avisos importantes para o celular ou e-mail do contribuinte.

Os devedores também poderão negociar seus débitos junto ao Centro Judiciário de Solução de Conflitos (CEJUSC Fiscal Estadual), instituído pelo Convênio de Cooperação Técnica n° 28/2018, celebrado entre o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte e a Secretaria de Estado da Tributação no ano passado.

Esta é a segunda força tarefa anunciada pela SET para aumentar a arrecadação do Estado. A primeira está relacionada a operações de fiscalização itinerantes de combate à sonegação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que começaram na semana passada na praia da Pipa, no município de Tibau do Sul.

aldair dantas

O Governo do RN renova adesão ao Programa de Equalização do Preço do Diesel para Embarcações Pesqueiras, conforme orientado pela Secretaria Especial da Aquicultura e da Pesca da Presidência da República, e estabelece a isenção do ICMS para cerca de seis milhões de litros de diesel que deverão ser adquiridos este ano pela frota cadastrada e aprovada pelo sistema. A cota anual de óleo diesel destinada ao abastecimento das embarcações inseridas no programa foi estabelecida pelo decreto de número 28.699, publicado no dia 24 de janeiro no Diário Oficial do RN.

O combustível distribuído para os 78 barcos beneficiados pelo programa será comercializado com redução de 17% sobre o valor final, por cada litro de diesel. Considerando que o insumo representa cerca de 30% do custo total do barco, a isenção do imposto tem gerado um impacto bastante positivo no faturamento de empresas, cooperativas e proprietários de barcos. A indústria pesqueira, uma das vocações naturais do nosso estado, representou 5,5% das exportações praticadas pelo RN, em 2018.

O programa foi desenvolvido para ampliar o grau de competitividade dos barcos brasileiros que atuam em área internacional, onde o combustível revendido é mais barato do que no Brasil. O presidente do Sindicato da Indústria da Pesca do Estado do Rio Grande do Norte (SINDIPESCA), Gabriel Calzavara, aponta a renovação do benefício como bastante positiva para o setor, uma vez que a pesca propicia empregos e renda para a população. “Com a equalização do preço do diesel, temos como aumentar o faturamento principalmente na produção que é exportada”, afirmou. 

No RN, o governo concede isenção plena do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços (ICMS), gerando um impacto social ainda maior. Todos os proprietários de barcos pesqueiros podem solicitar o benefício, desde que estejam com as licenças atualizadas. Infelizmente, as embarcações contempladas representam apenas uma parte da frota pesqueira do RN e beneficia principalmente os polos de Natal e Areia Branca.

Como a medida prevê a compra de no mínimo cinco mil litros por vez, esse fato inviabiliza a adesão de cooperativas e colônias de pescadores que não têm estrutura de tanques para armazenamento e bombas para abastecimento. Quanto a isso, o Governo do RN, através da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE) tem buscado recursos junto ao Governo Federal para melhorar as condições dos demais polos pesqueiros do RN. Detalhes sobre o decreto podem ser consultados na versão online do DOE no endereço https://bit.ly/2sU6xBn.

Quer saber mais sobre criptomoedas? É o chamado dinheiro eletrônico, nicho de mercado que vem crescendo a cada ano e foi tema até no Fórum Econômico Mundial. Para desmistificar esse assunto, será realizado hoje no Sebrae/RN, às 19h, o evento "Investimento em Criptomoedas", promovido pela empresa Dibs.digital.

A palestra, que será ministrada pelo CEO da Dibs.digital e MBA em Administração e Marketing, Rafael Mendonça, vai abordar as novas formas de investimento e explicar como o mercado de criptomoeda está atuante na nova economia. O evento é gratuito e tem vagas limitadas. Os interessados podem se inscrever no site: https://www.sympla.com.br/investimento-em-criptomoedas__447708 e obter mais informações pelo whatsapp 84 3345-6326.



Twitter