NATAL PRESS

alt

Durante a convenção anual da Rede Best Western para a América Latina, realizada no último sábado, dia 25, em Bogotá, o Hotel Majestic de Natal, controlado pelo empresário Abdon Gosson e integrante da Rede Best Western, ganhou o prêmio "Best Of The Best 2012", se destacando como "o melhor dos melhores" hotéis da rede na América Latina. O prêmio de qualidade da Best Western é concedido após análise rigorosa de todos os itens de exigência e qualidade. O Majestic de Natal obteve a maior pontuação entre os concorrentes da América Latina.

“Com apenas um ano de inauguração já levamos o maior prêmio da rede, que é o ‘Best Of The Best 2012’. Para nós, motivo de orgulho e a certeza de que a responsabilidade aumenta a cada dia”, comemora Abdon Gosson.

Localizado em Ponta Negra, na área turística mais nobre de Natal, o Majestic foi construído no estilo clássico, remetendo ao glamour e luxo dos antigos hotéis. Referência em sofisticação e atendimento diferenciado no segmento de hotéis 5 estrelas, o empreedimento foi eleito no início deste ano pelo site TripAdvisor como um dos 25 melhores hotéis do Brasil, ficando em 11º lugar no ranking de avaliação.

Produtores rurais e pecuaristas de todos os estados da região Nordeste participam durante os dias 05 e 08 de junho, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, do XI Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel).

De acordo com os organizadores do evento, um público de mais de 15 mil pessoas é esperado durante os dias do encontro. “No Enel 2013 serão promovidos cursos, minicursos, palestras e leilões. Na área de cursos, o evento terá a participação de técnicos da maior escola de laticínios do Brasil, o Instituto Cândido Tostes, situado em Minas Gerais”, explicou José Álvares Vieira, presidente do Sistema Faern/Senar (instituição participante do Enel 2013).

No evento, será montado também um auditório (com capacidade para comportar até 600 pessoas) onde ocorrerão as conferências de abertura e encerramento do evento. Nesse espaço, também serão estruturadas as salas de capacitações. “Os participantes contarão com uma vasta programação de capacitações práticas e teóricas, palestras, vitrine de lácteos e concurso de queijos regionais, exposição de máquinas, equipamentos, serviços, insumos e embalagens. Além disso, teremos a vaca cenográfica da campanha Leite Legal/ Time Agro Brasil, da CNA”, ressaltou o superintendente do Senar/RN, Luiz Henrique Paiva.

Torneios

No Enel 2013 será promovido também o torneio leiteiro com as raças bovinas de Girolando, Gir, Holandês, Guzerá, Sindi e Mestiça, assim como exposição, julgamento e leilão de animais, tanto bovinos quanto equinos, caprinos e ovinos.

De acordo com o presidente da Faern/Senar, José Vieira, a temática da seca não passará em branco no evento. “Com total certeza, iremos abordar em palestras e cursos o tema da seca. Um problema que se estendeu por todos os estados do Nordeste desde o começo do ano passado”, finalizou Vieira.

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, se reuniu com o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, na última quarta-feira (22), na sede do ministério em Brasília. No encontro, o chefe do executivo municipal solicitou ao gestor federal o parcelamento das dividas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que o município possui. De acordo com levantamentos preliminares feitos pela equipe econômica do município o débito ultrapassa os R$ 200 milhões de reais. O secretário chefe do Gabinete Civil, Sávio Hackradt, e a secretária municipal de Planejamento, Virginia Ferreira, participaram da reunião.

A secretária municipal de Planejamento, Virginia Ferreira, explica que a intenção da gestão municipal é parcelar essa divida por um período de 240 meses. Ela informou que a reunião foi muito positiva e que o ministro do Trabalho, Manoel Dias, se comprometeu a estudar a situação de Natal e autorizar o parcelamento da divida.

Na reunião o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, reforçou o pedido para que a capital potiguar seja contemplada pelo Plano Setorial de Qualificação da Copa do Mundo (PLANSEQ COPA). Este programa do Governo Federal prevê a capacitação técnica para os profissionais que irão trabalhar na Copa do Mundo. Estão inseridos nesse grupo taxistas, trabalhadores do transporte público, hotelaria, bares e restaurantes: “Com essa qualificação os profissionais natalenses que irão atuar no mundial prestarão um serviço de melhor qualidade aos turistas que estiverem aqui”, frisou Carlos Eduardo.

O secretário Chefe do Gabinete Civil, Sávio Hackradt, disse que a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) ficará responsável pela elaboração dos projetos que serão contemplados com os recursos do programa federal: “A partir de julho deveremos iniciar a capacitação dos inscritos no PLANSEQ COPA em Natal”, falou Sávio.

O prefeito Carlos Eduardo se reuniu hoje com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, na sede do banco no Rio de Janeiro para tratar da participação do banco nas negociações com o Movimento Brasil Competitivo que também envolve o BNDES na captação dos recursos que irão bancar a contratação das consultorias que irão atuar junto a Prefeitura. O presidente do BNDES elogiou a iniciativa da Prefeitura de aderir ao MBC e, segundo o prefeito, se mostrou conhecedor da realidade administrativa e financeira deixada no final do ano passado. Luciano Coutinho entrou em contato telefônico com Erick Camarano, diretor presidente do MBC, e o banco irá se juntar ao MBC no trabalho de captar as doações que possibilitarão contratar as consultorias.

Luciano Coutinho estava acompanhado do chefe de Gestão Pública do BNDES, Marcelo Fernandes, que tem vindo a Natal e negociado com o município alguns produtos do banco que atendem as necessidades da Prefeitura na área de gestão e conhece as iniciativas do município para recuperar a cidade.

O prefeito Carlos Eduardo se mostrou confiante de que será possível captar os recursos para realizar os trabalhos de auditoria na folha, melhorar a qualidade do gasto público e incrementar a receita sem aumento de impostos, além da consultoria na reforma administrativa do município. “Acredito que antes dos seis meses da administração, estaremos com essa consultoria trabalhando para fazer a gestão profissional que buscamos a fim de recuperar a capacidade de investimento do município”, disse o prefeito. “É muito importante o apoio do presidente do BNDES que mostrou seu pragmatismo e sua visão de gestão”, completou o prefeito.

Além desse assunto a audiência com o presidente do BNDES serviu para agilizar os passos para que Natal seja contemplado com o PMAT (Programa de Modernização Administrativa) que o banco instituiu e que disponibiliza recursos para várias ações e projetos que têm como foco a melhoria na qualidade dos serviços prestados pelo município.

Outro assunto tratado na audiência com o diretor da área de infra-estrutura social e meio ambiente do banco, Guilherme Lacerda, foi sobre um projeto da Urbana para criar quatro Centrais de Triagem para Material Reciclável, uma em que região da cidade, a fim de garantir uma melhor logística para o trabalho dos catadores antes da comercialização do material reciclável. Já foram feitas oficinas de trabalho com os catadores e os terrenos que poderão receber essas centrais foram identificados. Agora, segundo o prefeito, uma equipe de técnicos do BNDES virá a Natal para visitar os terrenos e auxiliar a preparação da carta-consulta. “É um trabalho interessante que moderniza a relação com os catadores de recicláveis, dá melhores condições de trabalho e, portanto, significa geração de empregos, além do aspecto ambiental que carrega”, diz Carlos Eduardo.

O secretário de estado do Turismo, Renato Fernandes, participou na tarde desta quinta-feira (23) da audiência pública “Desoneração Tributária como Fator de Aumento da Arrecadação e Consolidação do Turismo Potiguar”, proposta pelo deputado Hermano Morais. A audiência contou com presença do trade e representantes dos vários segmentos do turismo potiguar.

Renato Fernandes ressaltou a importância da redução da alíquota – hoje no percentual de 4% - do Imposto de Circulação de Mercadorias e prestação de Serviços (ICMS) – para 2% e também a exclusão da cobrança de 10% do serviço de garçom da base de cálculo do ICMS, considerado dispensável e já retirado por oito estados, mais o Distrito Federal.

“Essa retirada já foi autorizada pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), ou seja, o Estado está livre para adotar essa exclusão. E quanto à redução de 4 para 2% da alíquota de ICMS, outros estados já reduziram e o Rio Grande do Norte precisa seguir esse caminho para se tornar para o turismo potiguar se tornar mais competitivo”, disse o titular da Setur.

O secretário estadual de Tributação, José Airton da Silva, também presente foi enfático ao mencionar a situação financeira delicada do Estado: “Os estudos para atender às reivindicações serão feitos e encaminhados à governadora. É preciso uma alíquota mais justa aos estados. Mas não pode ser agora, embora entenda a importância do pleito”.

Dados apresentados durante a audiência por representantes do segmento de bares e restaurantes enfatizara quem a desoneração solicitada teria um impacto de 0,11% na arrecadação do ICMS pelo Estado. Reunindo outras receitas tributárias, a redução de arrecadação subiria para 0,6 ou 0,7 %.

O turismo potiguar é responsável pela geração de 150 mil empregos diretos. Mas o setor tem enfrentado dias difíceis em âmbito nacional. Segundo dados apresentados na audiência, só no mês de abril o déficit comercial foi de 2,1 bilhões de dólares. No ano de 2013, o montante alcança 5,6 bilhões, evidenciando a preferência do brasileiro pelas viagens ao exterior.

Uma nova audiência dentro da mesma proposta de desoneração tributária, desta vez com foco na redução do percentual de imposto sobre o Querosene de Aviação (QAV), para alavancar a captação de voos para o Estado, foi agendada para o próximo 17 de junho (data ainda passiva de confirmação), também na Assembleia Legislativa do RN.

Também participaram da audiência o presidente da Emprotur, Sandro Pacheco; o representante da secretaria de Desenvolvimento do Estado, Neil Amstrong; vice-presidente nacional da Abrasel, Bob Fong; presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis-ABIH, Habib Chalita; diretor presidente do Natal Convencion Bureau, George Costa; presidente da Abrasel-RN, Max Fonseca; representante do Sebrae, Marília Aranha; e o vice-presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes, Paulo Galindo.

Na próxima segunda-feira (27), às 9 horas, no Centro Municipal de Referência em Educação Aluísio Alves (Cemure), 250 produtores e produtoras da agricultura familiar de Natal e Região Metropolitana (Extremoz, Macaíba, Ceará-Mirim, Touros e Maxaranguape) receberão certificados de capacitação para a implantação da feira popular de agricultura familiar. A entrega dos certificados é promovida pela Empresa de Fomento e Segurança Alimentar (Alimentar), órgão da Prefeitura do Natal.

Estes produtores estarão aptos a fornecerem seus produtos no mercado local e institucional e, em especial, para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A Alimentar, com esta ação, visa a fortalecer as políticas públicas de segurança alimentar e nutricional, no eixo do programa da agricultura urbana e periurbana.

Segundo Valdir Trindade, diretor da Alimentar, “este programa vai além do desenvolvimento da cultura de capacitação, pois teremos também o acompanhamento de funcionários da Alimentar, como técnicos agrícolas, de veterinários e nutricionistas”. O diretor acrescenta que a ação terá como parceiras as secretarias municipais de Serviços Urbanos (Semsur) e de Educação, além do Ministério de Desenvolvimento Agrário (Delegacia RN).

alt

Um detalhamento do índice mensal de inadimplência verificado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que 50,49% do total dos consumidores inadimplentes no mês de abril têm dívidas com valores superiores a R$ 500.

Na avaliação dos economistas do SPC Brasil, este resultado é reflexo das compras de bens duráveis, que na maioria das vezes, são parceladas ao longo de vários meses. “Mesmo com o recente desempenho do mercado de trabalho e a melhora no nível da renda do brasileiro, muitas pessoas acabam por assumir um número elevado de financiamentos e não conseguem cumprir todos os seus compromissos financeiros”, explica a economista do SPC Brasil, Ana Paula Bastos.

Faixa etária

Ao cruzarmos a inadimplência no comércio com a faixa etária do consumidor, constatamos que a maior parte dos cadastros negativos concentra-se nos CPFs de pessoas com mais de 65 anos.

Para a CNDL e o SPC Brasil, isso ocorre, porque muitos idosos se encontram em uma situação em que têm que arcar com altas despesas como remédios e planos de saúde, além das outras despesas rotineiras. “Além disso, a facilidade que aposentados e pensionistas têm para conseguir empréstimos consignados, aliada ao fraco planejamento financeiro, acaba por comprometer uma parcela significativa da renda destas pessoas”, avalia Ana Paula.

Gênero

No quesito gênero, houve um ligeiro equilíbrio. No mês de abril, 53,77% dos inadimplentes foram mulheres, enquanto que 46,23% foram de CPFs de consumidores do sexo masculino. Na visão das entidades, apesar de haver forte disparidade entre o comportamento de homens e mulheres no mês de abri, esse dado mostra a crescente participação das mulheres na vida financeira de suas famílias, dado que muitas delas passaram a serem as principais responsáveis pelas despesas domésticas.

Consultas, registros e cancelamentos no RN

No mês de abril foram realizadas 98.413 consultas ao SPC Brasil no estado do Rio Grande do Norte. Durante os quatro primeiros meses deste ano, 358.121 consultas foram realizadas no RN. O número de registro foi de 215.774 e de cancelamento 217.898 em 2013.

A pesquisa

O SPC Brasil e a CNDL divulgam, desde janeiro de 2013, informações segmentadas sobre o indicador mensal de inadimplência no comércio brasileiro. O aprofundamento da pesquisa informa o percentual da concentração de consumidores inadimplentes por três cortes específicos: sexo, idade e valor da dívida registrada no banco de dados do SPC Brasil. O sistema de consulta envolve mais de 150 milhões de cadastros de pessoas físicas (CPFs), em 800 mil pontos de vendas espalhados por todo o país.

A Emprotur, em parceria com o Natal Convention Bureau, participará da Feira EBS 2013. O evento acontece nos dias 22 e 23 de maio (quarta e quinta-feira próximas), no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

Este ano, a EBS reunirá cerca de 150 expositores. Segundo Marcello Baranowsky, diretor da feira, é esperado cerca de três mil visitantes, organizadores e promotores de eventos das áreas de marketing, comunicação, eventos, recursos humanos, compras, turismo de negócios e incentivo, dentre outras.

Paralelamente à feira, o visitante poderá participar do ciclo de palestras gratuitas, onde especialistas discutirão as tendências da área de eventos com a apresentação de conteúdos e práticas, além de cases de sucesso.

Segundo Sandro Pacheco, presidente da Empresa de Promoções Turísticas (Emprotur),o turismo de eventos é um dos segmentos que mais crescem no Brasil, e com muita propriedade no Rio Grande do Norte.

“Natal tem um diferencial diante outras cidades que é a localização do seu principal Centro de Convenções, ao lado da maior rede hoteleira do estado, diminuindo em muito os custos logísticos dos eventos. Além da cidade ter uma beleza natural impar no Pais”, destacou.

A última edição da Feira EBS gerou mais de R$ 2,5 milhões em negócios a curto e médio prazos, confirmando o potencial do evento e do mercado.

Sol o ano inteiro, belezas naturais de encher os olhos de qualquer visitante, rede hoteleira de excelente capacidade e uma orla marítima invejável. Foram essas características que atraíram um grupo de investidores franceses que deseja construir na capital potiguar uma Marina em mar aberto. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, reuniu-se neste sábado (18), na sede da Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), com consultores e técnicos da empresa interessada na construção do equipamento para conhecer o projeto inicial da obra. O secretário municipal de Turismo, Fernando Bezerril, e o secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Marcelo Toscano, acompanharam a reunião.

A comitiva europeia explicou ao chefe do Executivo municipal que eles possuem muita experiência no assunto, tendo inclusive participado diretamente dos projetos de construção de Marinas na região francesa de Côte d’Azur. A ideia dos investidores é de construir em Natal uma Marina em mar aberto e, de acordo com estudos elaborados pela empresa, a área cogitada para receber a intervenção seria no inicio da Via Costeira, na Zona Leste da cidade.

O projeto apresentado prevê que a Marina receba aproximadamente 450 embarcações de 8 a 15 metros, escola técnica e de manutenção de barcos e um centro de formação de profissionais náuticos. Os engenheiros também informaram que estão muito preocupados com as questões ambientais e reforçaram que o projeto respeita toda a legislação ambiental brasileira.

Carlos Eduardo deu boas-vindas aos investidores e falou sobre a importância de Natal ter uma Marina, lembrando a vocação turística da cidade. O prefeito ressaltou que o Turismo é essencial na capital potiguar, visto que é a atividade econômica que mais gera emprego e renda. Ele ficou empolgado com o que foi apresentado, enfatizando que a cidade vai receber muito bem os turistas que chegarão em suas embarcações e colocou a administração natalense à disposição para colaborar no trâmite do projeto. “A cidade precisa e quer uma Marina de qualidade. Tudo o que tiver ao alcance do município para viabilizar o projeto será feito”, disse Carlos Eduardo.

O secretário Fernando Bezerril enxerga nessa possibilidade a inserção total da capital potiguar no mercado turístico mundial, reforçando que os turistas náuticos têm um grande poder aquisitivo e costumam gastar grandes quantias nos locais onde ancoram suas embarcações. O titular do Turismo natalense está muito confiante na concretização do projeto: “Tenho certeza de que teremos essa Marina”.



Twitter