NATAL PRESS

Após reunião realizada na tarde da última sexta-feira (16) entre a procuradora da república Caroline Maciel e o superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) no RN, Usiel Vieira, o Ministério Público Federal (MPF/RN) publicou nota cobrando melhorias estruturais no Aeroporto Internacional Augusto Severo. Nos últimos meses, de acordo com o comunicado, os usuários do aeroporto têm enfrentado dificuldades com a existência de goteiras e a má conservação dos fingers (pontes que ligam as salas de embarque às aeronaves).

A despeito das informações divulgadas pelo MPF/RN, o superintendente da Infraero reconhece a existência de um problema na impermeabilização do telhado do aeroporto, agravado após o último período chuvoso, mas afirma que a questão das pontes de embarque se trata de um equívoco. “Temos, sim, esse problema com as goteiras, inclusive já iniciamos o processo de reparo na cobertura do terminal, com a substituição de telhas antigas e o reforço na impermeabilização. A obra está orçada em R$ 127,7 mil e os recursos já foram liberados. Quanto aos fingers, não entendi o motivo de ter sido divulgada tal informação, já que as quatro estruturas de que o Augusto Severo dispõe estão em pleno funcionamento. Não emitirei juízo de valor, sei que o Ministério Público está fazendo o papel dele, que é investigar, mas realmente não há problema algum com as estruturas”, esclarece Usiel Vieira. “Durante a reunião na semana passada, o MP solicitou um laudo técnico sobre o atual estado dos equipamentos, com um prazo de 30 dias para entrega. Se o laudo sequer está pronto, não há como afirmar que existe qualquer avaria no material”, finaliza.

Fonte: www.jornaldehoje.com.br

FOTO: FRED VERAS

alt
ABERTURA DA CONVENÇÃO DO CDL

A cidade de Mossoró sediou, mais uma vez, a Convenção Estadual de Comércio e Serviços. A noite de abertura do evento foi marcada pelas palavras do Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró, Alexandrino Lima e do Presidente da Federação do Comércio do Rio Grande do Norte, Marcelo Rosado, que destacaram os 50 anos da entidade e a importância dela para o desenvolvimento do comércio e de Mossoró. Alexandrino aproveitou a noite para homenagear os ex-presidentes da CDL Mossoró que começaram a história da entidade e do movimento lojista na capital do oeste.

O presidente da Confederação Nacional do Comércio Lojista (CNDL) Roque Pellizzaro, destacou que a Convenção do Rio Grande do Norte serve de reverencia para as convenções nacionais devido a grade dos palestrantes e a força do movimento lojista do RN na Confederação.

A solenidade de abertura do evento foi prestigiada por políticos, empresários e formadores de opinião. A Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini; a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina; e o Ministro da Previdência Social Garibaldi Alves Filho, além de vereadores mossoroenses e representantes de entidades de classe.

A palestra de abertura do evento foi comandada pelo jornalista Cassiano Arruda, que falou sobre os acontecimentos ligado ao movimento lojista no Brasil e no Rio Grande do Norte nos últimos 50 anos.

Painéis empresariais e cases de sucesso marcam segundo dia

O segundo dia da XVI Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte teve inicio com um painel empresarial apresentado pelo advogado e tributarista André Macêdo e o consultor de empresas Astênio Araújo, que abordaram planejamento tributário e lucro.

No decorrer da manhã outro painel empresarial, dessa vez apresentado pelo facilitador e consultor de Varejo e Serviços, Fred Alecrim, e o doutor em engenharia de produção Kleber Nóbrega. De maneira prática e explicativa Fred falou de como superar as expectativas dos consumidores, criar diferenciais, conquistar e cativar o cliente. Nessa mesma linha, Nóbrega falou em serviços, do diferencial deles no sucesso de uma empresa e a diferenciação entre prestação de serviço e atendimento.

A especialista em comércio exterior Angela Hirata apresentou o case de sucesso das sandálias Havaianas. A trajetória do começo da marca, a mudança de perfil do produto, dos consumidores até a conquista do mercado internacional.

A tarde de seminário teve continuidade com a palestra do consultor de segurança, ex-integrante do BOPE, e comentarista Rodrigo Pimentel com o tema ‘Construindo uma Tropa de Elite’. A palestra de encerramento da XVI Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte foi proferida pela administradora Angelina Basílio, que falou sobre Gestão de Negócios. A organização do carnaval. Angelina é a presidente da Escola de Samba Rosas de Ouro, tradicional agremiação do carnaval de São Paulo.

Parcerias

A XVI Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte foi uma realização da FCDL/RN e da CDL Mossoró e contou com a parceria do Governo do Estado do RN, Prefeitura de Mossoró, Governo Federal, Banco do Nordeste, FIERN, SEBRAE-RN,FECOMÉRCIO-RN, Sesc e SENAC.

alt

O empresário Abdon Gosson (FOTO), vice presidente da ABAV/RN, está comemorando mais uma vitória obtida por sua agência, a Arituba Turismo. A Emirates Airlines, principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, enviou comunicado no qual reconhece a Arituba Turismo como a empresa campeã na venda de destinos exóticos na região.

Como prêmio ao desempenho da Arituba, a companhia aérea árabe convidou representantes da empresa para viajar com destino aos Emirados Árabes e Indochina, com todas as despesas pagas.

A diretora Financeira da Arituba, Fairuz Gosson, viajará nos próximos dias para Bangkok, Cambodja, Laos e Vietnan. Já a gerente-geral da agência, Mirella Meireles, já se encontra fazendo turismo nas cidades de Dubai e Abu Dhabi.

A Emirates Airline, mais conhecida como Emirates, tem como base o Aeroporto Internacional de Dubai, de onde opera quase 700 voos semanais, rumo aos seis continentes.

alt

A Moura Dubeux está lançando uma campanha voltada para o Dia dos Pais, que oferece benefícios exclusivos e descontos no valor total do imóvel. Até o dia 11 de agosto, os clientes que procurarem a Central de Vendas, localizada na Avenida Rui Barbosa, no Tirol, ou a loja da MD no Natal Shopping, terão descontos especiais em empreendimentos prontos, em obras ou em fase de lançamento, que fazem parte da ação promocional. Entre as opções estão os edifícios residenciais Jardins de Lagoa Nova, Geraldo Pinho, Jerônimo Costa, Alice Grilo, Firenze e Abel Pereira.

alt

“Curtindo Tendências. Inovando Serviço” é o tema da XVI Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte que acontecerá nos próximos dias 16 e 17 deste mês na cidade de Mossoró. O evento é uma realização da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Norte (FCDL-RN) e CDL Mossoró. As palestras e painéis acontecerão no Teatro Dix-Huit Rosado.


A Convenção Estadual é um evento já conhecido nacionalmente e conta com o apoio da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e as demais Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN. Fazendo parte da programação da convenção, acontece a tradicional reunião de presidentes das CDLs potiguares e o Seminário de SPC, que é voltado para os executivos e representantes jurídicos das entidades.

Reunindo sempre grandes nomes da política, do empresariado e do entretenimento em geral, com reconhecimento nacional, a convenção também é um grande encontro para debates e discussões acerca do panorama econômico do estado e do país.

Os palestrantes

Para esta edição, a Convenção Estadual leva para a capital do oeste nomes como: Cassiano Arruda (Jornalista), Rodrigo Pimentel (Tropa de Elite), Angela Hirata (Havaianas), Kléber Nóbrega (Especializado em Serviços), Angelina Basílio (Rosas de Ouro), Fred Alecrim (Consultor), André Macêdo (Tributarista) e Astênio Araújo (Consultor).

Confira a programação

Veja abaixo a programação completa da XVI Convenção Estadual do Comércio e Serviços do RN:

Sexta-feira (16.07.2013)

14h – Abertura da secretaria: Credenciamento e retirada de material;
19h – Boas vindas aos convencionais e convidados;
19h30 – Solenidade de abertura;
20h30 – Palestra: Cassiano Arruda;

Sábado (17.08.2013)

09h – Painel Empresarial I
· André Macêdo – Planejamento Tributário: Uma ferramenta de gestão empresarial;

· Astênio Araújo – Palestra: “Quem mexeu no meu dinheiro”;

10h30 – Intervalo
10h40 – Painel Empresarial II
· Fred Alecrim – Palestra: “Superando a expectativa através da construção de serviços campeões”;

· Kléber Nóbrega – Palestra: “Falando em Serviços”;

12h20 – Intervalo para o almoço;
14h30 – Palestra: Ângela Hirata – Case das Havaianas;
15h45 – Coffee Break;
16h – Palestra: Rodrigo Pimentel – Construindo uma tropa de elite;
17h30 – Palestra: Angelina Basílio – Gestão de Negócios. A organização do Carnaval;

Inscrições e informações

As inscrições para a XVI Convenção do Comércio e Serviços do RN já estão abertas no valor de R$ 200,00 para os associados as CDL de qualquer município do Estado e estudantes, e R$ 250,00 para não associados. Os interessados já podem entrar em contato com a FCDL/RN ou com a CDL Mossoró, através dos telefones (84) 3211-8842 ou (84) 3422.0300.

Parcerias

A XVI Convenção do Comércio e Serviços do RN é uma realização da FCDL/RN e da CDL Mossoró. Para esta edição, o evento conta com a parceria do Governo do Estado do RN, Prefeitura de Mossoró, Governo Federal, Banco do Nordeste, FIERN, SEBRAE-RN, FECOMÉRCIO-RN, Sesc e Senac.

alt 

Empreendimento tem localização estratégica e serviços diferenciados


Desde sua inauguração, a sede da Amil em Natal — localizada na esquina das avenidas Prudente de Morais e Apodi, no bairro do Tirol — vem se tornando uma importante referência para os clientes que preferem atendimento pessoal. No local, é possível solicitar indicações de profissionais e serviços credenciados, esclarecer dúvidas, pagar boletos, fazer novos contratos de plano de saúde da Amil, entre inúmeros outros serviços.

Para a Diretora Médica da Amil no Rio Grande do Norte, Eva Rodrigues, a nova sede permite que a empresa esteja ainda mais próxima de seus clientes. “O atendimento personalizado com os beneficiários é um de nossos diferenciais e, neste novo espaço, temos uma estrutura projetada especialmente pensada para o contato pessoal”, destaca ela.

Na nova sede funciona também o Programa Amil de Qualidade de Vida (PAQV), que desenvolve iniciativas de prevenção de doenças e promove a saúde e o bem-estar, beneficiando não só clientes como também os funcionários da companhia. As ações realizadas na nova sede identificam precocemente os riscos relacionados a doenças cardiovasculares e ao diabetes. "Isso possibilita melhorar a qualidade de vida das pessoas, encaminhando-as para um acompanhamento médico especializado e permanente, caso necessitem", destaca a diretora médica da Amil.
Diferenciais

A nova sede da Amil Natal tem 1.800m² de área e três andares, possuindo também um auditório com capacidade para 65 pessoas, onde são realizados treinamentos, eventos, palestras. O projeto é assinado pela arquiteta potiguar Cypriana Pinheiro, responsável pela idealização dos ambientes funcionais, modernos e voltados para o bem-estar dos clientes. A acessibilidade de pessoas com necessidades especiais também é garantida em todos os ambientes.

Geração de emprego e renda no interior do estado. É essa a proposta no programa Pró-Sertão, lançado nesta manhã (08) pelo Governo do RN.

Presentes na solenidade estavam prefeitos e empresários, que vão desenvolver um trabalho conjunto de acordo com as vocações industriais de cada município. Ao longo de quatro anos, o projeto prevê a instalação de 360 fábricas de pequeno porte no interior do Rio Grande do Norte.

A indústria Guararapes se prepara para fixar 300 pequenas facções têxteis, e a Hering, outra empresa do setor, pretende instalar 60 unidades fabris no RN. A previsão inicial é de que o Pró-Sertão consiga gerar aproximadamente 20 mil empregos diretos, produzindo 150 mil peças por dia. De acordo com levantamento feito pelas instituições parceiras, o RN pode atingir, no período de 2013 a 2018, uma ampliação mercadológica significante no setor de confecções.

Maior rapidez, rígido controle de qualidade e menor custo final são algumas das vantagens que têm feito o sistema de pré-fabricados de concreto ganhar espaço na construção civil potiguar. A tecnologia utiliza peças previamente produzidas numa fábrica e posteriormente transportadas para os canteiros, onde são montadas. A industrialização do processo é capaz de reduzir em até 20% o tempo de construção dos empreendimentos, mas o número pode variar de acordo com a tipologia e dimensão do serviço.

“O sistema também diminui os encargos trabalhistas dos empreendedores porque as peças são fabricadas em parques fabris. Isso diminui a quantidade de funcionários especializados nos canteiros das obras, lembrando que hoje há uma grande dificuldade de mão de obra no setor”, explica o engenheiro Vitor Almeida, diretor da T&A Pré-Fabricados, uma das líderes do segmento no País que tem atuado no mercado do Rio Grande do Norte.

Com peças produzidas com precisão para cada projeto, a tecnologia apresenta um grande benefício ambiental, uma vez que não utiliza formas de madeira para moldá-las e ainda elimina a geração de entulhos nas obras. No Estado, mais de quinze obras já foram executadas pela T&A utilizando a técnica, entre shoppings, supermercados e condomínios.

Atualmente, a T&A está fornecendo lajes alveolares para a Arena das Dunas. No final do ano passado, a empresa concluiu a montagem da estrutura da ampliação do Natal Shopping, que tem área de mais de 14.500 m². Outros empreendimentos executados com a tecnologia foram o Midway Mall, o Call Center Guararapes, o edifício-garagem do Praia Shopping e a ampliação do Centro de Educação Integrada (CEI), além de algumas lojas do supermercado Nordestão.

CURSO DE PRÉ-FABRICADOS – Os pré-fabricados de concreto serão tema de curso promovido no dia 06 de agosto, no CREA-RN, pela Associação Brasileira de Construção Industrializada de Concreto (ABCIC). O instrutor Carlos Franco, diretor da empresa Cal-FAC Engenharia e Consultoria (SP), fará uma abordagem completa sobre a tecnologia. Informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone (11) 3763-2839 ou através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Em função da gravidade do quadro econômico nacional com expectativas de quedas nas projeções de Produto Interno Bruto (PIBs) para o exercício de 2013, o Rio Grande do Norte, assim como os demais estados e municípios brasileiros, enfrenta crise financeira. Para detalhar os motivos que obrigaram o Governo do Estado a adotar um conjunto de medidas de redução de gastos, o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues, concedeu entrevista coletiva à imprensa na tarde desta quarta-feira (31), no auditório da Governadoria. Obery estava acompanhado do Consultor- geral do Estado, José Marcelo, do Controlador-geral do Estado, Anselmo Carvalho e do Secretário de Comunicação, jornalista Edílson Braga.

Inicialmente, o Secretário fez uma breve exposição sobre a crise porque passam o País, os Estados e os Municípios e analisou os cortes que atingiram o orçamento dos três Poderes, TCE Ministério Público. Segundo Obery, os cortes promovidos não foram surpresa para nenhum dos Poderes, “até porque a governadora Rosalba Ciarlini se reuniu, individualmente, com o deputado Ricardo Motta, com o desembargador Aderson Silvino, com o Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis, com o presidente do TCE, Paulo Roberto. Também várias reuniões com equipes técnicos de todos os órgãos e poderes analisando a situação financeira do Estado.”

O Secretário de Planejamento disse que o Rio Grande do Norte vem enfrentando, desde o ano passado, uma situação de frustração de receita na ordem de 5,3%. Isso, segundo Obery Rodrigues, obrigou o Governo do Estado a adotar, de acordo com as previsões legais da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei de Diretrizes Orçamentárias, “um conjunto de medidas com vistas a adequar a programação financeira ao quadro concreto de frustração de receitas do Estado, principalmente, das duas principais fontes que compõem a receita do Tesouro do Estado, o ICMS e o FPE”.

De acordo com o Secretário de Planejamento, as projeções orçamentárias são feitas de acordo com informações passadas pela Secretaria do Tesouro Nacional. “Fizemos o planejamento com relação ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), aplicando o índice do Rio Grande do Norte, que era de 4,17%, alcançando o valor de R$ 3,88 bilhões. Porém, a receita orçada com base nas informações da Secretaria do Tesouro Nacional não se realizou neste primeiro semestre”, pontua o titular do Planejamento.

Em maio, o Governo Federal publicou um decreto reduzindo a expectativa do FPE em 8,1%, o que dificultou o planejamento feito. Na última semana, foi publicado outro decreto de reprogramação financeira por parte do Governo Federal, reduzindo ainda mais a transferência do FPE, agora em 12%.

Com a situação de crise que alcança todos os estados da Federação, o RN foi obrigado, em função da frustração de receita, a adotar medidas de readequação do orçamento. Entre as principais medidas adotadas estão a contenção de despesas com pessoal, suspensão da concessão de gratificações, revisão de todos os contratos de locação de veículos, proibição da contratação de cargos comissionados, controle nos gastos com diárias e passagens aéreas. Além disso, todos os órgãos estão levantando, individualmente, as reduções que podem ser feitas de acordo com as especificidades de cada um.

O empreendedorismo potiguar formal está crescendo. Em pouco mais de três meses de atuação, o Programa Mão Amiga mobilizou 1.835 empreendedores autônomos informais da Grande Natal. Mais de 500 deles já solicitaram o financiamento para se estruturar e sair da informalidade. Desse total, 348 operações foram liberadas, totalizando R$ 450 mil; 79 processos estão em tramitação.

A meta do programa Mão Amiga é atender 1.700 contratos na primeira fase, com valor máximo de R$ 1.500. O objetivo do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Sedec), em parceria com a Agência de Fomento (AGN), é fomentar a economia do estado através do apoio financeiro ao empreendedorismo potiguar.

Para isso, um dos diferenciais do programa Mão Amiga é a agilidade. Voltado para pessoas que têm o desejo de abrir o próprio negócio, mas não possuem crédito, o programa também oferece capacitação e suporte para que elas possam prosperar na atividade e crescer.

Nos primeiros três meses de atuação na Grande Natal, 929 empreendedores receberam capacitação através dos agentes de crédito, e cerca de 600 se cadastraram. O apoio, concedido através de incentivo financeiro e capacitação, é destinado a qualquer comerciante, de qualquer ramo de atividade, desde que seja para gerar renda.
O programa Mão Amiga conta com o investimento inicial de R$1,3 milhão. Parte dos recursos será destinada para a bonificação dos juros que será concedida ao empreendedor que pagar o empréstimo em dia. “Alguns fatores como a bonificação de juros zero para o cliente que pagar em dia e a própria característica do programa em atender um nicho de clientes que não tem acesso a outros tipos de financiamentos são justificativas para o sucesso do Mão Amiga”, destaca João Augusto Melo, diretor-presidente da AGN.

Os interessados em obter outras informações sobre o programa Mão Amiga devem se dirigir à sede, que fica na Avenida Hermes da Fonseca, 1009, ou podem solicitar a visita de um agente de crédito na comunidade, através dos telefones: 3232-0824, 3232-0651, 3232-6107, 3232-6108 e 3232-6106.



Twitter