NATAL PRESS

Um projeto para planejar o futuro econômico do Rio Grande do Norte, onde todas as informações necessárias para investimentos e negócios possam ser encontradas de forma sistematizada, analisada e trabalhada. Esse é o foco central do MAIS RN que o Governo do Estado lança na próxima segunda-feira (15), às 17 horas, na Escola de Governo, em parceria com a Federação das Indústrias do RN e cerca de 50 empresas que já aderiram ao projeto.

Para viabilizar o MAIS RN, a governadora Rosalba Ciarlini assinará o acordo de cooperação técnica com a Fiern, que será a responsável pela contratação de uma consultoria para dar apoio à construção do banco de dados. O banco de dados reunirá atividades econômicas, dados estatísticos, meio físico, social, infraestrutura e redes de serviços para análise das oportunidades e gargalos com a identificação de ações de Governo.

Dividido em três fases – diagnóstico, mapeamento de oportunidades de negócios e definição de políticas públicas – o MAIS RN definirá as diretrizes de uma política de desenvolvimento sócio - ambiental e econômico para o Rio Grande do Norte com ações a curto, médio e longo prazo.

No lançamento do MAIS RN, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, fará uma apresentação detalhada de todas as três fases que contemplam a elaboração do projeto e um panorama do objetivo do Governo do Estado ao firmar a parceria com o setor produtivo. Para destacar a visão empresarial dentro do MAIS RN, também acontecerá a palestra do diretor do grupo 3 Corações, Pedro Alcântara, com o tema “Planejamento e informação, uma necessidade para o desenvolvimento”.

Durante a segunda-feira (15), das 09h às 16h, na sede da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico uma equipe técnica da Fiern e da Sedec estará a disposição para receber as assinaturas e entrega do Termo de Adesão que será celebrado entre os parceiros e a Fiern.

Divulgação

alt

O publicitário e sócio da Talent, Antônio Lino Pinto, estará em Natal no próximo dia 18 para participar da Oficina Gestão em Agência de Propaganda e promover o lançamento do seu último livro, “Abri minha agência, e agora?”. A Oficina acontecerá a partir das 14h15 no auditório do NEPSA/CCSA, da UFRN, no Setor I do Campus Universitário, e terá duração de três horas. O lançamento do livro ocorrerá ao final da oficina.

Antônio Lino Pinto, além de sócio da Talent, é administrador, com especialização em finanças e contabilidade, diretor do Sinapro-SP, diretor da Fenapro e seu representante no Conselho Consultivo do CENP, e Vice presidente da ABAP. E autor também do livro “Pequenas Agências, Grandes Resultados”, lançado em 2011.

Na oficina que ministrará para empresários, diretores financeiros, contadores, gerentes de RH e estudantes, Antonio Lino abordará assuntos sobre gestão de pequenas e médias empresas, usando agências de publicidade como exemplos práticos. A proposta é dar uma visão geral sobre os principais pontos de impacto na gestão financeira e operacional da empresa.

No livro “Abri minha agência, e agora?”, Lino analisa, em uma linguagem simples, temas como gestão da operação, formas de crescimento, governança corporativa, empreendedorismo, rentabilidade por cliente, controle financeiros, escolha de sócios e a relação entre eles, acordos societários, elaboração e análise de um business plan, entre outros. O livro estará à venda na Cooperativa Cultural, no Centro de Convivência do Campus Universitária.

O evento tem promoção e patrocínio da UFRN, SEBRAE e Sinapro/RN; apoio do Conselho Regional de Contabilidade do RN, Conselho Regional de Economia do RN, Conselho Regional de Administração do RN e cursos de Administração, Contabilidade, Economia e Publicidade da UFRN; realização de PROGRAD, PROEX e Noz Comunicação; e a Coordenação Geral do Departamento de Ciências Administrativas/DEPAD, através da Coordenação do Professor de Marketing e Empreendedorismo, Joacy Medeiros.

alt

A construtora Moura Dubeux abriu uma loja exclusiva no Natal Shopping. O “Espaço MD Natal Shopping”, localizado próximo à Praça de Alimentação, conta com uma infraestrutura completa que prima pelo conforto e qualidade no atendimento ao cliente. Corretores especializados estão à disposição para oferecer todo o leque de empreendimentos da construtora em Natal com condições diferenciadas e facilidades de pagamento.

De acordo com Fernando Amorim, superintendente da MD no Rio Grande do Norte, a proposta é unir os imóveis da construtora aliados à segurança, comodidade e horários mais abrangentes que o mall disponibiliza, inclusive nos feriados. “A MD busca facilitar cada vez mais a venda de imóveis para os clientes e esta nova loja proporciona todas as condições para que possa ser realizado um bom negócio”, destacou Amorim.

alt

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) estima aumento de 4% nas vendas do comércio varejista para o Dia das Mães de 2013, em relação ao mesmo período do ano passado. O número é calculado com base na estimativa de consultas feitas ao banco de dados do SPC Brasil, o Serviço de Proteção ao Crédito, para compras pagas no cheque ou crediário.


“Haverá, sim, um crescimento, mas não tão forte, uma vez que todos os índices de confiança do consumidor se apresentam em patamares relativamente baixos. Além disso, o nível de endividamento do brasileiro inibe o poder de compra por meio do crédito”, disse o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior. Apesar de não ser um crescimento extremamente alto, o número (4%) é considerado bom pela CNDL.

Gasto médio

Comemorado no segundo domingo do mês de maio, o Dia das Mães é a segunda data mais lucrativa para o comércio, ficando atrás somente do Natal. De acordo com a CNDL, o gasto médio do consumidor brasileiro deve ser de R$ 80.

Entre os produtos mais procurados nas lojas durantes as compras estão os itens de vestuário, calçados, bijuterias e acessórios, flores, perfumes, artigos para o lar, além de celulares, CDs e DVDs.

O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte (CORECON/RN) em parceria com a Universidade Federal do Estado (UFRN) promove, no período de 10 a 12 de abril de 2013, a IV Semana de Estudos e Pesquisas em Espaço, Trabalho, Inovação e Sustentabilidade (GEPETIS), trazendo como tema central as Políticas de Subsídios ao Desenvolvimento Regional.

A proposta do GEPETIS é promover estudos e pesquisas, além de promover eventos, cursos de curta, média e longa duração, prestar assessoria e consultoria a órgãos públicos e instituições privadas que necessitem das informações, dados, conhecimentos e pesquisas desenvolvidas pelo grupo. O grupo pretende contribuir com a formação integral dos alunos do curso de economia da UFRN promovendo atividades nas quais os mesmos possam se inserir contribuir e aprender. O Núcleo é composto por professores doutores e mestres com larga experiência em estudos, ensino, pesquisas e consultoria em questões vinculadas ao meio ambiente e ao trabalho. Podem integrar o núcleo de forma permanente ou temporária, professores, alunos de pós-graduação e de graduação, como também profissionais interessados em desenvolver pesquisas e atividades pertinentes a questão sócio-ambiental e do trabalho.
Veja abaixo a programação da IV GEPETIS:

10 de abril
18 h - Credenciamento
19 h - Conferência : Experiências de Políticas Econômicas para o Desenvolvimento Regional
Palestrante: Economista Prof. Doutorando Francisco do Ó Lima - URCA/CE
Coordenador: Economista Prof. Dr. Marconi Gomes da Silva - UFRN
Debatedores: Economista Prof. Dr. Denílson da Silva Araújo (UFRN) e Prof. Dr. Francisco Wellington Duarte (UFRN)
11 de abril
8 h - Apresentação de Trabalhos
19 h - Conferência: Políticas de Subsídio ao Desenvolvimento Regional: o caso do Rio Grande do Norte.
Palestrante: Economista Sr. Rogério Marinho - Secretário de Desenvolvimento do Rio Grande do Norte Natal/RN
Coordenador: Economista Prof. Dr. William Eufrásio Nunes Pereira (UFRN)
Debatedores: Andrielle Mendes Garcia – Jornalista e Dr. Odair Lopes - Economista
12 de abril
8 h - Minicursos
19 h - Conferência: Políticas de Fomento ao Desenvolvimento Regional.
Palestrante: Prof. Dr. Adriano Sarquis Bezerra de Menezes - IPECE.
Coordenador: Prof. Dr. William E. N. Pereira - UFRN.
Debatedor: Economista Airton Soares da Costa – Presidente do CORECON/RN.
20h 30 - Homenagem: Economista Profª Phd. Maria do Livramento de Miranda Clementino - UFRN.
21 h - Coquetel

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Sedec), e em parceria com a Agência de Fomento (AGN), lança nesta sexta-feira (12), às 10h, na Avenida Hermes da Fonseca, 1009 (antiga Residência Oficial), o programa Mão Amiga. Na ocasião, a governadora Rosalba Ciarlini entregará cheques para os trabalhadores autônomos informais que já aderiram ao programa.

Com atuação nesta primeira fase na Grande Natal, o Mão Amiga objetiva apoiar o empreendedorismo potiguar, fomentando a economia do estado. O programa pretende atender 1.700 contratos, com valor máximo de R$ 1.500. A ideia é que o trabalhador autônomo informal possa se estruturar e sair da informalidade.

“Muitos programas de financiamento para microempresários não dão certo porque, além do financiamento, não garante assistência aos empreendedores. Com o Mão Amiga, nós vamos dar oportunidade aos trabalhadores de começar seu próprio negócio, podendo, inclusive, sair da informalidade. A meta é que estas pessoas se convertam em microempresários e que nós continuemos ao seu lado, dando suporte para que eles possam se consolidar e crescer”, pontua a governadora Rosalba Ciarlini.

Para o diretor presidente da Agência de Fomento (AGN), João Augusto da Cunha Melo, o programa é muito importante para a concessão de crédito aos micro e pequenos empreendedores. “Com a ajuda do Governo do Estado, a AGN concederá aos trabalhadores informais todo o suporte financeiro”, afirmou.
O investimento inicial no programa será de R$ 1,3 milhão. Destes, o Governo do Estado já repassou R$ 800 mil, parte destinada à implantação da ação e outra para o Fundo Garantidor. Este último irá subsidiar a bonificação de juros que será concedido para o tomador do empréstimo que pagar em dia.

alt

O Governo do RN, através da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), participa nesta sexta-feira (12), da abertura da 16ª edição da Caprifeira de São Paulo do Potengi às 19 horas, no Parque de Exposições Francisco Bezerra de Brito. O evento prossegue até o próximo domingo (14) com expectativa da presença de cerca de 800 animais sendo caprinos e ovinos, uma vez que todas as baias colocadas à disposição dos criadores já foram comercializadas.

A 16ª Caprifeira de São Paulo do Potengi será aberta pelo secretário estadual de Agricultura, José Teixeira de Souza Júnior e pelo prefeito do Município, Naldinho. Além da exposição e comercialização de animais, durante o evento será realizado o torneio leiteiro estadual e o regional, julgamento de caprinos e ovinos, oficinas temáticas e apresentações culturais.

Ao longo deste ano estão planejados 25 eventos agropecuários e do Agronegócio do Estado e a Caprifeira de São Paulo do Potengi será o ponta pé inicial. Até dezembro serão realizadas outras grandes feiras dentro do circuito, tais como a 40º Exposição Agropecuária do Seridó e torneio letreiro (16 a 18 de maio), a 1ª Caprifeira de Baraúna (21 a 23 de Junho), a 17ª Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada – Expofruit (19 a 21 de julho); a Festa do Bode (2 a 4 de agosto); a Expolajes (23 a 25 de agosto); além do maior evento agropecuário do Rio Grande do Norte: a 51ª Festa do Boi, que ocorrerá de 11 a 20 de outubro, em Parnamirim.

A 16ª Caprifeira é promovida pelo Governo do Estado – através da Sape e suas vinculadas Emparn, Emater, Idiarn –, Prefeitura Municipal de São Paulo Potengi e pela Associação Norte-Riograndense de Criadores de Ovinos e Caprinos (Ancoc).

Programação do evento:

Quinta-feira - 11 de Abril
08h - Início da entrada de animais no parque

Sexta-feira - 12 de Abril
17h – Início das atividades da Exposição com inscrição dos animais para o Torneio Letreiro (nivelamento);
19h – Solenidade Oficial de Abertura da Exposição;
20h – Apresentações culturais:
-- Dança Folclórica,
-- Losa do Acordeon e os Feras do Forró;
22h – FORRORESTA DO BODE-Beto show e Eudes Banda show;
23h59 - Encerramento de entrada dos animais no parque;

Sábado - 13 de Abril
07h – Torneio Leiteiro - Primeira Ordenha;
08h – Recepção das caravanas dos produtores Rurais da Região Potengi;
09h - Início de julgamento: Caprinos e Ovinos;
09h30 - Oficinas Temáticas
--Raças com potencial para o Semiárido
--Uso de alimentação Alternativa para o rebanho
--Gerenciamento de Recursos Hídricos e sistema Agroecológico de Convivência com o Semiárido;
11h - Visita Oficial da comitiva de representantes do Governo do Rio Grande do Norte;
11h30 - Visita das comitivas a UD (Unidade Demonstrativa) de palma adensada e barragem subterrânea;
14h30 - Exposição de animais e visitada aos estandes;
15h - Entrega de mudas nativas da região;
17h - Torneio Letreiro (2ª ordenha);
18h - Apresentaçoes culturais
--Grupos folclóricos
--Maça e Maturi (repentistas)
22h - FORRÓ DA CABRITA
---Ferro na Boneca, Naldinho Ribeiro e Forró Xegado;
Domingo -22 de julho
07h – Torneio Leiteiro (última ordenha);
08h - Visita aos estandes;
09h - Continuação do julgamento: Caprinos e Ovinos;
12h - Entrega de troféus aos expositores e participantes do Torneio Leiteiro Regional e Estadual;
12h30 - Encerramento Oficial da Exposição;
17h-FORRÓ DA CABRA
---Zambumbaê e Forró da Bombação
21h – Encerramento.

O Brazil National Tourism Mart (BNTM) foi criado em 1992 por iniciativa da Fundação Comissão de Turismo Integrado do Nordeste para aproximar o “trade” turístico nacional – hoteleiros, agentes de viagens, operadoras de turismo e companhias aéreas – das operadoras turísticas dos principais mercados internacionais para o Brasil. O objetivo claro do evento – realizado entre esta quarta-feira (10) e sábado (13) – é movimentar o fluxo turístico no País, em especial na Região Nordeste.

A BNTM é realizada anualmente em uma capital nordestina. Natal recebeu o evento em 2011. Neste ano de 2013, Salvador será a bola da vez. E o secretário de estado do Turismo do Rio Grande do Norte, Renato Fernandes, com apoio da Coohotur, estará presente à feira, junto com a gerente de promoções internacionais da Emprotur, Gina Robinson e a gerente de marketing da Emprotur, Eliane Praça. “Vamos lá manter, no âmbito nacional ou doméstico, este meso intercâmbio com relação aos operadores brasileiros”, comentou Renato Fernandes.

Durante os quatro dias da BNTM, a cidade-sede do evento se transforma na “capital das oportunidades” em termos de negócios voltados para o turismo receptivo no Brasil, com a presença de representantes dos nove estados do Nordeste e as principais operadoras do turismo e companhias aéreas do país – palco ideal para estabelecer negócios e parcerias. O evento será realizado no Centro de Convenções de Salvador. A feira é a mais antiga na região, já em sua 22ª edição. Confira a programação completa:

10/04 – QUARTA-FEIRA

20h00 às 23h: Festa de abertura no Centro de Convenções da Bahia, no Salão Baiano de Turismo.

11/04 – QUINTA-FEIRA

9h às 12h20: Rodadas de Negócios.- 2º Piso do Centro de Convenções da Bahia.

10h às 13h: Coletiva de Imprensa no Auditório Mãe Menininha – Centro de Convenções/ Pavilhão “B.

12h20 às 14h: Almoço oferecido a todos os participantes, no próprio 2º Piso do Centro de Convenções da Bahia.

14 às 18h20: Rodadas de Negócios.

19h às 24h: Jantar/Coquetel com show oferecido pelo estado de Pernambuco que será o anfitrião da BNTM/2014. LOCAL: Barra Hall

12/04 – SEXTA-FEIRA

9h às 12h20 : Rodadas de Negócios.

12h20 às 14h: Almoço oferecido a todos os participantes, no próprio 2º Piso do Centro de Convenções da Bahia.

14h às 18h20: Rodadas de Negócios.

13/04 – SÁBADO

PÓS-TUR para hosted buyers e jornalistas

O Cadastur é o Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo. Executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os Órgãos Oficiais de Turismo nos 26 Estados do Brasil e no Distrito Federal, permite o acesso a diferentes dados sobre os Prestadores de Serviços Turísticos cadastrados.

“Essa nova classificação proposta pelo MTUR e pela Embratur criou uma unidade de avaliação de parâmetro internacional. Então é importante a participação de hotéis e pousadas para se nivelar a esse padrão. Sabemos que muitos já possuem este know hall, mas é preciso se inserir na classificação”, ressaltou o secretário de Estado do Turismo, Renato Fernandes.

Para ressaltar a importância desse cadastro aos hoteleiros, agenciadores de viagem, guias de turismo e de parques temáticos, o coordenador de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo, Jair Galvão, fará palestra às 8h desta quarta-feira (10), na seda da ABIH (Rua Major Afonso Magalhães, 127 – Areia Preta).

O principal foco da palestra será a Classificação de Meios de Hospedagem e a tentativa de sensibilizar o empresário do turismo à importância da ficha nacional de registro de hóspede, com a recente criação da ficha online, pelo MTUR. O cadastro é gratuito. O evento é coordenado em parceria entre Setur e MTUR.

O Tesouro do Rio Grande do Norte obteve uma receita bruta, no primeiro trimestre de 2013, de R$ 1.900.290.479,83. Desse valor, foram deduzidos R$ 818.389.361,39 para pagamento de transferências constitucionais aos municípios, de repasses ao FUNDEB/ Educação, União (Pasep) e ao Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi). Descontados os repasses, a receita líquida do Tesouro ficou em R$ 1.081.901.118,44.

Nos meses de janeiro, fevereiro e março, as despesas pagas pelo Tesouro Estadual foram de R$ 1.061.522.571,43. O Tesouro ficou, portanto, com uma disponibilidade de R$ 20.378.547,01 para pagamento de despesas imediatas. No primeiro trimestre, o Poder Executivo transferiu aos Poderes Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas e ao Ministério Público R$ 285.319.922,98. Ou seja, 26,4% da receita líquida, conforme as planilhas enviadas à Secretaria de Planejamento (Seplan), prevendo gastos com pessoal, custeio e investimento.

Pela ordem dos valores, o Tribunal de Justiça ficou com a maior parte dessetotal: R$ 167.243.256,94. A Assembleia Legislativa recebeu R$ 55.275.275,88. Já o Ministério Público ficou com R$ 51.431.721,08. Finalmente, coube ao Tribunal de Contas o repasse de R$ 11.369.669.

Com relação aos valores de custeio, enquanto o Executivo pagou R$ 22.578.407,46, os demais Poderes previram gastos de R$ 37.348.175,42.

Receitas do Tesouro

O acumulado do trimestre identifica duas fontes de receita do Estado: a arrecadação própria (ICMS, IPVA, ITCD, IRRF) rendeu o valor bruto de R$ 1.067.907.807,42 , enquanto as transferências da União, provenientes do Fundo de Participação dos Estados (FPE), IPI de exportação e royalties, basicamente, ficaram em R$ 832.382.672,41.

No demonstrativo dos primeiros três meses, a Receita realizada ficou abaixo da Receita prevista. A arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS), por exemplo, foi de R$ 927.398.051,58 bem abaixo da previsão de R$ 983.527.425,53. Só no ICMS, o Tesouro deixou de arrecadar R$ 56.129.373,95. Outro exemplo de redução de Receita foi observado no Fundo de Participação dos Estados (FPE). Dos R$ 778.058.792,77 previstos, foram arrecadados R$ 756.165.341,39. A redução da arrecadação representou uma queda de R$ 21.893.451,38

O Tesouro pagou despesas com pessoal, custeio, investimentos e restos a pagar, no valor de R$ 695.599.219,44, conforme quadro abaixo:

Relação das despesas:
Pessoal ................................................................... R$ 544.577.012,51
Custeio .................................................................   R$ 22.578.407,46
Investimentos ......................................................... R$ 11.285.344,04
Restos a Pagar ...................................................... R$ 117.158.455,43

Os dados do demonstrativo de receitas e despesas do Tesouro Estadual estão à disposição da sociedade e dos veículos de Comunicaçãonos sites da Seplane do Governo do Estado.



Twitter