NATAL PRESS

alt

Após o período carnavalesco e o descanso da Semana Santa, o projeto Costeira Viva será implementado para dar vida à Via Costeira – o principal corredor turístico de Natal e um espaço praticamente morto à sociedade natalense.

A data da estreia foi definida na manhã desta segunda-feira (18), durante reunião na Secretaria de Estado do Turismo (Setur). O projeto visa tornar a avenida Dinarte Mariz, conhecida como Via Costeira um local mais atrativo aos turistas e, sobretudo, ao natalense.

O projeto visa interditar uma faixa da avenida, das 16h às 20h, durante todos os domingos, com estreia dia 7 de abril, para reservar um espaço de lazer, prática de esporte e entretenimento ao natalense ou turista. Tudo com vista para o mar de Ponta Negra.

“A intenção é dar vida a um local pouco usado pela sociedade natalense. Que a Via Costeira possa servir de ponto de encontro para caminhadas, diversão, lazer e convivência; que esta via expressa possa ser devolvida com vida ao natalense”, comentou o titular da Setur, Renato Fernandes.

O secretário também frisou a importância da movimentação no local. A consequência natural será o melhoramento da infraestrutura da via, com investimentos em mais linhas de transporte público e aumento da segurança da população que transita pela Via Costeira. “Tudo se traduz em mais conforto à população”.

Neste projeto piloto, a proposta inicial prevê interdição da faixa voltada à praia, no trecho do Centro de Convenções ao Hotel Pestana (2,5 quilômetros). Vários parceiros participam do projeto, a exemplo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), que ficará responsável pela distribuição de água aos participantes.

Ainda está em aberto a participação de organizações e entidades, além de shows culturais. “A intenção é que novos atrativos surjam à medida que o projeto se concretize. Este é apenas um primeiro momento”, ressaltou Renato Fernandes.

A parceria entre a Setur com hotéis da região permitirá o uso de parte das vagas de estacionamento deles aos frequentadores do Costeira Viva. Além disso, o estacionamento do Centro de Convenções de Natal, com capacidade para mil veículos, também será disponibilizado.

Participaram da reunião representantes da Abrasel, do Corpo de Bombeiros, Fundação José Augusto/Secultrn, Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), e dos hotéis Imirá Plaza e Vila do Mar. A Polícia Militar, o Comando de Polícia Rodoviária Estadual e o Samu também farão parte do projeto, para orientar e proporcionar total segurança aos caminhantes.

Principal corredor turístico
A Praia da Costeira, como é chamada a faixa oceânica às margens da Avenida é pouco frequentada pelo natalense. Já foi verificado em estudos que a presença de hotéis, a ausência de transporte público eficiente e a insegurança inibem a presença do natalense no local.

“Por essas e outras queremos movimentar a Via Costeira com este projeto para que ela se torne não só um corredor turístico ou um parque hoteleiro, mas uma via pública para o lazer do natalense e, porque não, também do turista”, lembrou o secretário.



Twitter