divulgação

Lars von Trier está com volta. E trazendo consigo os mais característicos ingredientes: o escândalo e a polêmica. Seu novo trabalho conta a trajetória de um serial killer. Mas, ele não é um assassino comum: ele mata as pessoas de forma impiedosa e requintada como se tivesse criando uma obra de arte. Após surpreende público e crítica no Festival de Cannes, “A Casa que Jack Construiu” estreia nesta 5ª feira, dia 1º, no Cinema de Arte do Cinépolis Natal Shopping. Em exibição na sala VIP com o mesmo preço da sala comum.

Produzido com 8,7 milhões de euros, é o 14º longa do dinamarquês Lars von Trier, 62, um dos mais polêmicos cineastas da atualidade por suas obras capazes de provocar amor e ódio feitas a partir de Dançando no Escuro (2000) e seguindo-se a Dogville (2003), Manderlay (2005),AntiCristo (2009), Melancolia (2011) e os 2 volumes de Ninfomaníaca (2014).

SINOPSE

EUA, anos 1970. Ao dar uma carona noturna a uma mulher, o arquiteto Jack a mata. O inesperado prazer o leva a executar, ao longo de 12 anos, dezenas de pessoas com o prazer de estar criando uma obra de arte e os expõe os corpos num grande frigorífico para apreciá-los. Tempos depois, ele confessa os crimes a um desconhecido, Virgílio, em uma jornada rumo ao inferno.

 

FICHA TÉCNICA

THE HOUSE THAT JACK BUILT

DINAMARCA-FRANÇA- SUÉCIA-ALEMANA, 2018

Direção: LARS VON TRIER

Elenco: Matt Dillon, Uma Thurman e Bruno Ganz. Suspense.  1h35 minutos. 18 anos. California Filmes.

 

SERVIÇO

CINEMA DE ARTE/CINÉPOLIS NATAL SHOPPING – sala 5

EM EXIBIÇÃO A PARTIR DE 1º DE NOVEMBRO

DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA – 20h

SÁBADOS E DOMINGOS – 14h