NATAL PRESS

 

Chegou a grande hora para os selecionados no concurso “Solte a Voz”. A partir do dia 17 de abril, começam as seletivas para encontrar a grande voz potiguar. O Partage Norte Shopping selecionou os 20 participantes que concorrem ao título. As apresentações acontecem todas as terças-feiras, às 19h, na Praça de Alimentação.

 

Os candidatos que vão disputar a primeira eliminatória e tentar encantar os jurados para garantir vaga na próxima fase são: Miguel França, Paulo Daniell, Dirceu Black, João Paulo Soares e Tatiane Pinheiros. Nesta etapa, oito candidatos serão escolhidos para a semifinal, no dia 15 de maio. Destes, cinco irão para a grande final, no dia 22.

 

Toda semana uma atração convidada pela rádio se apresentará ao final das audições, que também acontecem nos dias 24 de abril, 01 e 08 de maio.

 

O campeão do “Solte a Voz” ganhará um iPhone 7 + kit de produtos mahogany e terá uma música reproduzida na 96 FM, o segundo colocado, uma guitarra Fender + kit de produtos mahogany, e o terceiro, um violão Giannini + kit de produtos mahogany.

 

 

Serviço:

“Solte a Voz” – Eliminatória I

Data: 17 de abril de 2018

Entrada: Gratuita;

Local: Praça de alimentação do Partage Norte Shopping Natal;

EndereçoAv. Doutor João Medeiros Filho, 2395 – Potengi;

Horário: A partir das 19h;

Contato: (84) 3674.8200 | 98189.8899 (WhatsApp)

Redes Sociais: @partagenatal

Sitewww.partagenatal.com.br

Após a Copa 2018, viajante potiguar poderá conhecer Rússia e Escandinávia através de pacote promocional

 

divulgação

 

Logo após a Copa do Mundo 2018, o viajante potiguar poderá conhecer a Rússia e países da terra dos Vikings, como Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca, todos localizados na Escandinávia, através de um roteiro exclusivo que a Arituba Turismo está operando, com saída de Natal já marcada para o dia 25 de setembro.

A viagem terá uma duração de 20 dias, período em que o viajante irá conhecer cidades como Moscou (Rússia) São Petersburgo (Rússia), Copenhague (Dinamarca), Oslo (Noruega), Estocolmo (Suécia), Helsinque (Finlândia), entre outros destinos turísticos.

O roteiro, que contempla uma série de visitas a pontos turísticos históricos e arquitetônicos, castelos, igrejas, passeios em ferry boat, estação de esqui, geleiras naturais, catedrais e inclui ainda, hotéis de luxo, serviço de ônibus de luxo além de guia acompanhante.

As reservas podem ser feitas através do fone (84) 3133-3880. O valor do pacote, com todos os seus atrativos e diferenciais, envolve tarifas promocionais, até o final de julho.

A Cidade da Criança, equipamento administrado pelo Governo do Estado, através da Fundação José Augusto, abriga neste domingo (8), a partir das 16h, a apresentação do Conexão Elefante Cultural, com patrocínio da Lei Câmara Cascudo. O projeto está em sua 3ª edição estadual, após circular por alguns municípios do Rio Grande do Norte. O ingresso ao parque custa R$ 1.

Serão apresentados os grupos Clowns de Shakespeare - espetáculo “As Caçadoras de Histórias”, Tropa Trupe – apresentação de “A Lenda do Trapezista Cego” e Entre Nós Coletivo de Criação – com espetáculo “Tromba”.

O Conexão Elefante Cultural  tem o objetivo de popularizar as artes cênicas potiguares, valorizar e incentivar novas ideias e linguagens, promover atividades artísticas e dar novas utilizações aos espaços públicos. Com um corpo artístico de renome, o projeto circula pelos lugares por meio de um caminhão colorido, decorado e carregado de cultura nas áreas da dança, teatro e circo.   

A direção do projeto é de Diana Fontes. Apoio Cidade da Criança - Fundação José Augusto/Centro de Promoção Cultural (CPC) e a realização é da Espaço Vivo Promoções.

 
Serviço

Conexão Elefante Cultural

Data: 8 de abril de 2018

Local: Cidade da Criança - Av. Rodrigues Alves, s/n - Tirol

Horário: 16h

Entrada: R$ 2

 

 

A obra, de autoria de Manoel Cavalcanti Neto, cuja renda será revertida em prol do Hospital Varela Santiago, defende a tese de que o descobrimento do Brasil foi no RN

 

Quem descobriu o Brasil? Quando? Em que local os portugueses chegaram? Bem, essas perguntas são largamente utilizadas quando se quer mostrar que existem questionamentos facílimos de responder sobre a História do Brasil. Qualquer criança do Ensino Fundamental é capaz de levantar o braço e dizer: Pedro Álvares Cabral, em 22 de abril de 1500, na Bahia.

Mas, depois de degustar a obra de Manoel Neto, as respostas possivelmente já não serão as mesmas. Lastreado por uma ampla pesquisa, ele nos mostra que a realidade dos fatos é bem diferente daquela que tanto estamos acostumados a “saber”. Até impostas ao longo do tempo, podemos assim dizer. O leitor, ao se deparar com as evidências expostas através de mapas e outros documentos, ficará com uma sensação de que há muita coisa nebulosa e sem transparência na construção da nossa História. O trabalho nos leva a caminhos nunca antes tão cuidadosamente explorados. 

Por exemplo: Cabral descobriu o Brasil ou veio apenas oficializar o que já havia sido feito por outros exploradores? O que foi visto pelos portugueses foi o Monte Pascoal na Bahia ou a Serra do Cabugi no Rio Grande do Norte?

Nomes como Alberto Cantino, Duarte Pacheco Pereira, João de Barros, Fernão Lopez de Castanheda, Américo Vespúcio, entre outros, passarão a fazer parte deste novo roteiro elaborado a partir do trabalho pioneiro do escritor e pesquisador potiguar, Lenine Pinto.

É de grande relevância a contextualização do nosso descobrimento. Ele nos leva a viajar pelas navegações chinesas, mostra como se chegou ao cálculo da longitude e latitude, a importância das correntes marinhas

na navegação, descreve as características dos povos indígenas, além de expor as ligações familiares entre castelhanos e portugueses e os acordos firmados entre Portugal e Espanha – tudo isso cercado por interesses puramente econômicos.

A dissecação da célebre Carta de Pero Vaz de Caminha, que nada mais é do que nossa “certidão de nascimento”, resulta em uma certeza de que, na realidade, o Brasil começou em terras potiguares. Suas explicações e deduções nos conduzem a isso.

Assim, doravante, quando aquelas perguntas forem formuladas, as respostas já não serão aquelas aprendidas ou, melhor dizendo, colocadas como verdade nos bancos escolares até hoje. O inquirido, se tiver tido o privilégio de ler este trabalho, vai, no mínimo, pedir um tempo maior para se pronunciar. Disso não ficará a menor dúvida. “De Portugal ao Saliente Potiguar”, além de vir a ser uma excelente fonte para pesquisas, traz a verdadeira História até então forçosamente adormecida.

 

*Obs.: toda a renda desta edição será revertida em prol do Hospital Infantil Varela Santiago.*

Data: 15 de marçoLocal: Hospital Infantil Varela Santiago, na av. Deodoro, 518

Hora: 17h

 

arquivo pessoal

 

Orgulho e representação potiguar no exterior. A diretora cênica e produtora cultural, Diana Fontes, recebe convite para fazer parte da comissão julgadora do Festival Internacional de Solos “Tanz Festival” 2018 que acontece de 14 a 18 de março, em Stuttgart, na Alemanha. Ela estará ao lado de renomados nomes da dança como Toula Liminaios. 

O convite foi fruto da parceria feita há cinco anos com o Festival Internacional de Solos, quando Diana trouxe para Natal, através do Encontro de Dança Contemporânea, mais de 10 países, entre eles: Índia, Congo, Dinamarca, Israel, França, Bélgica, Itália, Espanha, USA, Rússia, Finlândia, Canadá, Eslovênia, entre outros.

Com várias realizações culturais no estado no segmento da dança, Diana sempre manteve o objetivo de integrar, difundir, capacitar e lançar a arte desenvolvida no Estado, tanto em território nacional como internacional.

Outras novidades no segmento da dança para o RN

Foi criada uma rede internacional com a Alemanha e o Brasil, na qual o país estará representado por três cidades: Natal-RN, Curitiba-PR e Porto Alegre-RS, com suas respectivas Cias de Dança. A jornada terá início em setembro (02 a 27) com a vinda de três criadores de Israel, um para cada cidade com oficina aberta aos praticantes do segmento e montagem de uma obra com a Entre Nós Coletivo de Criação – companhia do RN.

Em seguida, circulação pelas três cidades, finalizando em outubro com duas semanas das três obras em Israel. Em novembro, a circulação será pela Alemanha. Já em negociação com outros países como o Canadá.

Assim, cheia de novos planos, Diana Fontes parte, neste 2018, levando na bagagem, uma tradição existente há mais de 40 anos no RN: o de ser uma referência no segmento da dança.

Sem a palavra oral, composta com vídeos de animação e trilha sonora especialmente preparada para a apresentação, o grupo potiguar Clowns de Shakespeare traz o espetáculo Abrazo, nesta quinta (1) e sexta-feira (2), no Teatro Municipal Poti Cavalcanti, em São Gonçalo do Amarante, às 19h.

Abrazo inclui em sua composição o serviço de áudio-descrição e visita tátil aos elementos de cena, colaborando, dessa forma, com a acessibilidade de pessoas com deficiência visual, além de se caracterizar por ser compreensível a pessoas surdas. A obra é a segunda parte da trilogia latino-americano dos Clowns de Shakespeare (as outras duas são: Nuestra Senhora de las Nuvens e Dois Amores y um Bicho).

Nesta circulação, Clowns de também realiza oficinas, bate-papos e intercâmbios com grupos locais nas cidades que receberão o espetáculo. Depois de São Gonçalo do Amarante, o grupo segue para Triunfo/PE, nos dias 06 e 07 de março, às 19h, no Theatro Cinema Guarany. E, finalizando a circulação, em Juazeiro do Norte/CE nos dias 13 e 14 de março, também às 19h, no Teatro do Sesc Patativa do Assaré.

Serviço:

Circulação Abrazo – Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare
São Gonçalo do Amarante/RN
Apresentações: 01 e 02 de março, às 19h – Teatro Municipal Poti Cavalcante – R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia). – Ingressos à venda no local.
Oficinas: Adultos: 03 de março – das 9h às 13h – CEEP – Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Ruy Pereira dos Santos – Gratuito
Crianças: 03 de março – das 9h às 12h – CEEP – Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Ruy Pereira dos Santos – Gratuito

 

T

O tradicional restaurante e espaço cultural Paçoca de Pilão, em Pirangi, dá continuidade a alta estação com programação carnavalesca.

Na sexta é o ponto de partida e chegada para o tradicional bloco O Timbu, que sai do Paçoca às 19h em direção ao tradicional Comeu/Morreu e retorna, animado pela Orquestra de Frevo Tropical. Para ganhar a camisa do bloco o folião precisa tomar o “mijo do Timbu”, segundo um dos organizadores, Giovani Junior.

O bloco foi criado em 2005 pelos amigos Paulo Cesar, Giovani Junior (dono do Paçoca), Márcio Cezar e Dilermando Lago e saiu pelas ruas após o relato de inúmeros "causos" do timbu, um roedor, que foi visto na área litorânea de Pirangi, chegando até a formação de uma colônia no cajueiro do restaurante. 

No sábado, domingo, segunda e terça de Carnaval, o Paçoca de Pilão apresenta programação carnavalesca com música ao vivo a partir das 19h, sob a batuta de Analuh Soares, segurança e todo o apoio do restaurante, cobrando para acesso a importância de R$ 20,00.

 

Durante o almoço o restaurante Paçoca de Pilão trabalha com seu cardápio tradicional para todos os clientes, normalmente. Segundo dona Adalva Rodrigues, o serviço de entrega em domicílio continua no período do carnaval, atendendo pelo telefone (84) 3238-2088.

Nesta quinta-feira (25),  aconteceu o lançamento do Bloco “Se Brincar Eu Pego” edição 2018, no Balada Bar de Ponta Negra, com entrada franca e animação por conta de Debinha Ramos & Roda de Bambas. Pelo terceiro ano consecutivo, o bairro de Ponta Negra vai receber o bloco Se Brincar eu Pego para fazer a alegria do domingo de Carnaval em Natal. O bloco é o único que oferece bebidas (água, cerveja geladíssima e whisky) gratuitas durante o percurso do bloco. 

O Bloco Se Brincar eu Pego tem como tradição um repertório marchinhas e muito frevo e este ano conta com o patrocínio da Prefeitura de Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e apoio da Interfort Segurança, Livraria Escola&Escritório, Arituba, Natal Palace Hotel, Armação Propaganda, Unimetais, Platinum, Daya e 94 FM.

A entrada para o lançamento é livre, mas as camisetas para sair no bloco no domingo de Carnaval estão sendo vendidas na Loja Tereza Tinôco (Av. Afonso Pena, 881 – Tirol).

Já pensou em mergulhar numa piscina gigante com mais de 200 mil bolinhas?! Com diversos escorregadores e quase 200m² de espaço para gastar as energias e voltar a ser criança?! É isso que te espera nas férias de verão do Partage Norte Shopping.

O “Bora Bolinha” promete divertir pais e filhos, pois é permitida a entrada de adultos, que voltarão à infância, ao mergulhar entre as milhares de bolinhas coloridas. O brinquedo ficará instalado na Praça de Eventos do empreendimento até 25 de fevereiro.

Com diversos escorregadores coloridos, o evento promete diversão a todo o instante, com um preço acessível. No espaço, podem brincar, simultaneamente, 50 crianças, a partir de 1 ano, sendo indispensável a presença de um adulto (não pagante) com a criança na área de recreação, para os menores de 3 anos.


O tempo de permanência no brinquedo é indeterminado, obedecendo aos seguintes valores:
Ø  30 minutos (tempo mínimo de permanência) - R$ 20
Ø  Até 45 minutos - R$ 30
Ø  Até 60 minutos - R$ 40
Após este período, os valores são fracionados (R$ 1 por minuto).


Esta é a primeira vez que “Bora Bolinha!” desembarca em Natal, que funcionará no Partage Norte Shopping, diariamente, das 10h às 22h (segunda a sábado) e das 14h às 20h (aos domingos e feriados).



Serviço

Bora Bolinha

Data: 11 de janeiro a 25 de fevereiro de 2018;

Local: Praça de eventos do Partage Norte Shopping Natal

Endereço: Av. Doutor João Medeiros Filho, 2395 – Potengi;

Horário: 10h às 22h (seg a sáb) | 14h às 20h (Dom e Feriados)

Telefone: (84) 3674-8200 | 98189.8899 (WhatsApp)

Facebook: partagenatal | Twitter e Instagram: @partagenatal

Site: www.partagenatal.com.br

Parque da Cidade abre exposições de xilogravura e de fotografia neste domingo

divulgação

 

 

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte abrirá, neste domingo (14), duas exposições para os seus visitantes apreciarem: uma de xilogravuras e outra de fotografias antigas da nossa cidade. As exposições seguem abertas até o dia 14 de fevereiro no hall do Centro de Visitantes.

A exposição “Identidade Gravada” é uma compilação das obras produzidas pelo artista visual Erick Lima. Marcadas pela forte expressividade e pela temática da cultura e do modo de vida do povo nordestino, a resistência do povo, as obras trazem uma mostra dos trabalhos xilográficos (matrizes e gravuras) produzidos pelo artista.

 

Erick Lima é artista visual e iniciou a sua carreira no ano de 2007 junto à Casa do Cordel em Natal. Dedicando-se à técnica da xilografia, ele garantiu espaço e reconhecimento como difusor desta arte. Sendo artista e professor, tem levado a xilografia às escolas e motivado novos talentos através de palestras e oficinas. Como propagador da gravura, desenvolveu e executou projetos como a “Xilogravura nas Escolas” e foi ganhador do “Prêmio Cultura Popular do Ministério da Cultura”. A sua arte figura em ilustrações de livros didáticos, folhetos de cordel, discos, peças publicitárias das mais diversas (De granja de ovos ao Google) e nas estampas exclusivas da Bodega do Xilo.

 

O professor e fotógrafo Jerônymo Tinôco também vai expor as suas fotografias numa montagem da Natal antiga e atual. As fotografias mostram como era a capital potiguar nos anos 40, 50, no Século passado. Os mais velhos poderão reviver o passado, buscar na memória as velhas lembranças de tudo o que vivenciou quando jovens. E esse resgate pode ser feito a partir deste domingo no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. "Sempre fui um apaixonado pelas fotos de Natal antiga e presenciei durante anos as mudanças feitas nas suas características, seja de casas, ruas ou edifícios, daí a ideia de comparar, em fotos, essas mudanças, mostrando onde houve preservação ou não, como forma de chamar a atenção para a importância da preservação da nossa história, pois um povo sem memória histórica não existe como povo".

 

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte é um espaço de conhecimento, lazer e de qualidade de vida do natalense, que frequenta o espaço diariamente para diversas atividades. Mas, o Parque da Cidade também é um ponto turístico pela sua beleza arquitetônica, criada na prancheta do renomado arquiteto Oscar Niemeyer e tem despertado a curiosidade dos turistas que visitam a nossa cidade e querem conhecer a obra onde a natureza e o concreto convivem harmoniosamente. Inaugurado em 2008, o Parque da Cidade funciona diariamente das 5h às 18h e oferece vários atrativos durante o ano inteiro para os seus visitantes por meio de eventos promovidos pelos parceiros, apresentações de peças teatrais, de incentivo à leitura, educação ambiental, exposições, etc.

 


Twitter