NATAL PRESS

No final da manhã desta quarta-feira a governadora Rosalba Ciarlini recebeu em seu gabinete oficial o prefeito da cidade de Natal, Carlos Eduardo. A reunião convocada pela própria governadora teve o objetivo de discutir a execução das obras do projeto ‘Sanear Natal’, contemplado pelo Programa do Governo do Estado ‘Sanear RN’. Este é a primeira grande parceria entre Estado e Prefeitura e pretende sanear pelo menos 80% da cidade.

“Essa é a hora de darmos as mãos, nós e a prefeitura, para sanear a capital potiguar que possui apenas 32% do seu território saneado. Queremos atingir a meta dos 100%, mas por enquanto os projetos de esgotamento beneficiam pelo menos 80% da cidade, e por isso precisamos dessa parceira para dar agilidade às obras”, enfatizou a governadora.

Segundo a governadora os recursos aplicados já estão assegurados pelo PAC 2, um valor total de R$ 700 milhões. “Vamos entrar nessa primeira etapa que é a de licenciamentos e de pequenas desapropriações para o início dessas obras, que vão beneficiar não só a saúde, como meio ambiente, qualidade de vida e que vai garantir uma sustentabilidade muito grande para o turismo e para novos investimentos na cidade de Natal”, completou Rosalba.

O prefeito Carlos Eduardo assegurou que a partir de amanhã o setor jurídico da prefeitura já estará reunido com os secretários municipais e com a Caern para definir responsabilidades e assim começar as primeiras obras. “Natal tem um contrato de concessão com o governo que vence em 2015 e esse contrato prevê que o Estado devolva a cidade completamente saneada. Por isso, eu acredito que essa meta será atingida, até porque a governadora e eu vamos atuar em conjunto e vamos acompanhar todas as providencias para que a gente possa garantir que Natal conquiste esses 100% de saneamento”, afirmou o prefeito.

Nesta terça-feira (02) o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, assinou a ordem de serviço para o inicio das obras de construção de um túnel de drenagem no entorno da Arena das Dunas. O objetivo é levar as águas das lagoas e áreas próximas até o seu destino final: o Rio Potengi. O benefício tem custo aproximado em R$ 200 milhões e faz parte do complexo de obras da Copa do Mundo devendo ter a sua primeira parte concluída até maio de 2014. A construtora Queiroz Galvão será a responsável pela execução dos serviços que começarão na próxima semana. As intervenções constam da limpeza e urbanização de cinco lagoas: a de São Conrado em Dix-Sept Rosado, duas do Centro Administrativo (que serão interligadas por meio de nova tubulação com diâmetro superior ao existente); e duas da Cidade da Esperança.

Essas cinco lagoas serão interligadas a um túnel com 4.500m de extensão e diâmetro medindo 2,20 a 3,00m que será construído a partir das lagoas do Centro Administrativo. O túnel segue adiante passando pela Av. Jerônimo Câmara até chegar a Av. Interventor Mário Câmara - onde haverá uma bifurcação - com um braço saindo para a Lagoa de São Conrado e outro para as lagoas da Cidade da Esperança. O percurso prossegue na Av. Jerônimo Câmara até a Rua dos Caicós, pegando a Rua Miguel Castro a esquerda em direção ao Rio Potengi.

O prefeito destacou a representatividade da assinatura da ordem, lembrando que o Governo Federal mostrava muita preocupação com Natal, pois a capital potiguar era a única sede da Copa do Mundo de 2014 que não havia iniciado nenhuma obra de mobilidade urbana. Com a construção desse túnel de drenagem 28 pontos de alagamento existentes na cidade serão resolvidos, deixando para a população o verdadeiro legado com o evento da Copa do Mundo de 2014.

Carlos Eduardo mostrou muito otimismo para a obtenção dos R$ 74 milhões para a realização da segunda etapa da obra. O chefe do executivo municipal vai reforçar os contatos com o governo federal para garantir recursos: “Já temos uma sinalização muito clara para a conquista desse dinheiro e espero assinar a ordem de serviço para essa segunda etapa no mês de junho”, disse.

Os serviços dessa 2ª etapa incluem a limpeza e urbanização das lagoas do Preá e dos Potiguares, em Nova Descoberta e a drenagem da Rua Dr. José Gonçalves, por trás do Nordestão da Salgado Filho. Essas áreas, por sua vez, serão interligadas a um túnel com 3.500m de extensão e diâmetro de 1,80 a 2,20m que será construído para se integrar ao da primeira etapa no cruzamento das ruas São José e Jerônimo Câmara.

O secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Rogério Mariz, reforçou a importância do momento para a cidade, enfatizando o trabalho desenvolvido pelos técnicos da prefeitura para viabilizar o inicio da obra: “Nós corremos contra o tempo para garantir essa intervenção que vai solucionar definitivamente os problemas históricos de alagamento nesses pontos. O titular da Semopi acredita que o trânsito não será muito afetado com o início das obras, visto que a metodologia que será utilizada nos serviços prevê poucas intervenções nas vias que serão contempladas com as obras.

O prefeito aproveitou a solenidade da assinatura da ordem de serviço pra anunciar a aprovação junto ao Governo Federal do Projeto de Urbanização Integrada do Bairro do Planalto, Zona Oeste da cidade. Serão aplicados nesse projeto R$ 196 milhões de reais. A Urbanização integrada prevê a drenagem e pavimentação de ruas e a construção de escolas e creches na comunidade.

A prefeitura do Natal também apresentou projeto semelhante para a Urbanização do Bairro Lagoa Azul na Zona Norte e aguarda aprovação do projeto nos órgãos federais: “Até o final deste ano e o inicio de 2014 a cidade vai receber investimentos na ordem de R$ 1,2 bilhão de reais que contribuirão para a retomada da auto-estima do cidadão natalense”.

Carlos Eduardo também informou que o município de Natal, a partir do dia 19 de abril, vai ingressar no Movimento Brasil Competitivo (MBC). O MBC é uma organização não governamental que visa contribuir expressivamente para a melhoria da competitividade das organizações privadas e da qualidade e produtividade das organizações públicas, de maneira sustentável, elevando a qualidade de vida da população brasileira. “Com essa iniciativa teremos a oportunidade de modernizar a administração municipal, como também temos a chance de firmar parcerias em busca de financiamentos para aplicar nos projetos da gestão” falou.

O chefe do executivo municipal encerrou seu discurso, agradecendo a contribuição do Tribunal de Justiça, do Ministério Público Estadual, do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte e da Câmara Municipal de Natal na pessoa do seu presidente, o vereador Albert Dickson presente ao evento.

A ordem de serviço para a obra de construção do túnel no entorno da arena das dunas será assinada pelo prefeito Carlos Eduardo, nesta terça-feira (2), às 15h30, no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão. O túnel objetiva levar as águas das lagoas e áreas próximas até o Rio Potengi, solucionando o problema de alagamento em vários bairros da cidade. A obra tem custo aproximado em R$ 200 milhões e faz parte do complexo de obras da Copa do Mundo.

Com recursos oriundos do Governo Federal, os serviços de drenagem serão divididos em duas etapas, com a primeira orçada em R$ 126 milhões e a segunda, em R$ 74 milhões. Os trabalhos serão executados por empresas contratadas e serão fiscalizados pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi).

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove o I Congresso Internacional de Publicidade e Propaganda e o III Encontro da Rede Latino-americana de Pesquisadores em Publicidade (RELAIP). O evento tem como tema central “Perspectivas da Publicidade na Ibero-América” e será realizado nos dias 3, 4 e 5 de abril, no Auditório da Reitoria.

Na quarta-feira, 3, às 19h, acontece a abertura do congresso com a presença da presidente da RELAIP, Mónica Baquero Gaitán, e da reitora da UFRN Ângela Paiva Cruz. Na solenidade, será feita a entrega do prêmio Mandacaru à melhor peça publicitária. A proposta é contemplar as melhores peças e cases dos estudantes e das agências do mercado natalense.

Entre os convidados do evento estão os professores Eneus Tridade Barreto Filho, do Departamento de Relacões Públicas, Propaganda e Turismo da Universidade de São Paulo (USP); Isabel Cristina Torres Estrada, da Universidad Pontificia Bolivariana Medellín (Colômbia); a reitora da Universidad Central Bogotá, Ingrid Zacipa Infante; o professor Ivan Coelho, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e o analista de sistemas Thiago Garcia, da Universidade Potiguar (UnP).

alt

O Padre Carlos Sávio Ribeiro, do clero da Arquidiocese de Natal, atualmente residindo em Brasília, onde é assessor da Comissão para a Juventude, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, teve um encontro com o Papa Francisco, no último dia 26 de março, no Vaticano. Na ocasião, Padre Sávio entregou ao Papa um kit da Jornada Mundial da Juventude, contendo uma camisa e uma revista, produzida pelo grupo ‘Jovens Conectados’, ligado à CNBB, mostrando o trabalho que a Igreja Católica, no Brasil, realiza junto à juventude.

O Padre disse ao Papa que será uma alegria recebê-lo, no mês de julho, no Brasil, para a Jornada Mundial da Juventude. Ele conta que o Santo Padre manifestou alegria e disse: “Que bonito! Quero participar de tudo, com muita intensidade”. O Papa também adiantou que a revista o ajudará a entender o trabalho da Igreja junto à juventude, no Brasil. No final da conversa, o Papa abençoou o padre e disse: “Continue firme e nos veremos no Brasil”.

Para o Padre Sávio, o encontro com o Papa significou renovação do compromisso sacerdotal e reforçou a opção de se dedicar ao trabalho com os jovens, no Brasil. “Participar da primeira Semana Santa do pontificado do Papa Francisco foi uma grande graça. As atitudes dele e o modo simples e atencioso para com as pessoas me comoveram bastante”, destaca. Ele retorna nesta segunda-feira, ao Brasil.

Padre Sávio é sacerdote há oito anos, e há cerca de três reside em Brasília, onde é assessor para a juventude, na CNBB. Ele também faz parte da coordenação da Jornada Mundial da Juventude, que será realizada no Rio de Janeiro, em julho deste ano, e que contará com a presença do Papa Francisco.

Foto: Alex Régis

alt

O prefeito Carlos Eduardo se reuniu com o corpo técnico do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), ocasião em que solicitou ao órgão a licença ambiental necessária para dar a ordem de serviço referente à construção do túnel de drenagem da Arena das Dunas, que vai interligar o sistema de drenagem das águas pluviais entre as zonas Sul e Oeste da capital.

A meta da Prefeitura é eliminar as enchentes nos bairros de Lagoa Nova, Nova Descoberta, Dix-Sept Rosado, Candelária, Bom Pastor, Cidade da Esperança e Nazaré, além de urbanizar as lagoas do Centro Administrativo, São Conrado, da Cidade da Esperança, dos Potiguares, do Preá e o reservatório de primeiras chuvas. Com a obra, serão eliminados 23 pontos críticos de alagamentos em diversas ruas das zonas Sul e Oeste.

Conforme a diretora técnica do Idema, Ivanosca Rocha Miranda, o órgão emitirá o parecer ainda hoje e entregará a licença ambiental à Prefeitura na próxima segunda-feira (1° de abril). De posse da licença, a Prefeitura apresentará o documento à Caixa Econômica Federal para liberação de R$ 194 milhões oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do governo federal. “Sem a obra, não teríamos a Copa do Mundo em Natal. Seria um prejuízo incalculável para a cidade. É preciso correr contra o tempo porque a Copa é uma oportunidade única e não se sabe quando Natal terá outra oportunidade igual”, observou o prefeito Carlos Eduardo.

A construção do túnel de drenagem no entorno da Arena das Dunas levou a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) a contratar a empresa Start Pesquisa e Consultoria para elaborar os estudos ambientais, atendendo a uma solicitação do Ministério Público, visando à melhoria nas águas que atualmente são lançadas no rio Potengi. Hoje o sistema funciona com bombas, e no novo projeto a água passará a escoar por gravidade, evitando os alagamentos constantes em períodos chuvosos.

O Estudo de Impacto Ambiental do Túnel Arena das Dunas foi apresentado no último dia 5 de março, em audiência pública realizada no auditório do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGÁS), em Lagoa Nova, mostrando uma série de pontos que justificam a sua viabilidade. Entre eles, a área de influência, que foi expandida para contemplar também a parte do estuário, local onde vai cair a água da drenagem. A reunião desta quarta-feira no Idema contou, ainda, com a presença do secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Rogério Mariz; procurador Geral do Município, Carlos Castim, e representantes da empresa Start.

O Pleno do Tribunal de Justiça definiu o dia 17 de abril como a data em que ocorrerá a votação para que sejam escolhidos os nomes dos juízes que formarão a lista tríplice para concorrer a vaga de desembargador, que está em aberto com a aposentadoria compulsória do desembargador Rafael Godeiro, que aconteceu no dia 1º de fevereiro. A promoção que escolherá o novo integrante da Corte Potiguar de Justiça seguirá o critério de merecimento.

As inscrições dos magistrados foram encerraradas no dia 18 de fevereiro e eram feitas no próprio Tribunal de Justiça, por meio de requerimento dirigido à Presidência. Para a apuração do merecimento, o juiz precisa ter dois anos de exercício na 3ª Entrância (a mais alta no 1º grau de jurisdição) e integrar a primeira quinta parte da lista de antiguidade entre os concorrentes.

Foto: Elisa Elsie

alt

 Em aproximadamente 60 dias os motoristas já poderão trafegar pelo novo prolongamento da avenida Prudente de Morais. Essa foi a previsão estabelecida pela governadora Rosalba Ciarlini durante a visita ao trecho da primeira etapa das obras da via, realizada na manhã desta quarta-feira (27), junto com o diretor do DER, Demétrio Torres. Já estão prontos 4,7 quilômetros de vias em pista dupla, e uma ponte sobre o rio Pitimbu. Neste momento, estão sendo finalizados os serviços de sinalização do trecho. Nesta primeira parte também está em andamento a construção de dois túneis em trechos que cruzam o conjunto Cidade Satélite, nas avenidas dos Caiapós e Tamanduateí.

Atualmente a capital potiguar possui uma única via de acesso, a BR 101, que não dá a vazão ao volume de veículos que por lá trafegam. A obra vai desafogar o trânsito existente, criando uma nova entrada na cidade. A Av. Prudente de Morais é a via estrutural que atravessa toda a extensão da cidade, paralela à Av. Senador Salgado Filho (continuação da BR-101) por onde trafegam boa parte dos sistemas de transporte coletivo urbano e intermunicipal. Devido ao posicionamento da Prudente e de sua proximidade com a BR-101, seu prolongamento representará essa nova possibilidade de acesso entre os municípios da região Sul e Oeste do Estado e o Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, à região central de Natal.

Segundo Rosalba Ciarlini a obra esteve parada devido a problemas contratuais e pendências com o Ministério Público. No início de sua gestão, apenas 40% do prolongamento estava feito, e mesmo assim o projeto não contemplava a construção dos túneis. “Nós estamos fazendo um esforço muito grande para que essa obra ande. Desde que assumimos, sabíamos da importância desse projeto, que inclusive já tem uma parte em uso, que é a parte baixa do túnel que foi aberto. Sem esses túneis, a via não teria a mesma funcionalidade que terá. Em 60 dias abriremos a Prudente para a passagem de carros”.

A segunda etapa da obra, que contemplará um complexo viário com viaduto sob a BR-101 (Parnamirim/RN), deverá ficar pronta em 12 meses. A intervenção completa no prolongamento da Prudente de Morais conta com recursos da ordem de R$ 60 milhões.

“Esta obra é fundamental para o desenvolvimento da nossa cidade, porque ampliará o acesso à capital, um grande avanço para cidade”, avaliou o diretor do DER, Demétrio Torres.

Foto: Alex Régis

alt

As obras do Mercado Modelo das Rocas devem ser iniciadas em junho. Esforços neste sentido estão sendo empreendidos pela Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur). A agilidade na execução das obras atende a determinação do prefeito Carlos Eduardo de que o novo e moderno equipamento público seja inaugurado e entregue a população até junho de 2014. As obras estão orçadas em R$ 2,8 milhões e contam com recursos federais provenientes do Ministério do Turismo.

O anúncio das obras foi feito pelo prefeito Carlos Eduardo na manhã desta quarta-feira, 27, durante visita ao Mercado do Peixe que passou por ampla reforma na estrutura física. “Encontramos este mercado caindo aos pedaços. Fizemos uma reforma emergencial para colocar em ordem tudo que estava completamente desarrumado. O bom é que conseguimos fazer no prazo de chegar a Semana Santa com um mercado decente para atender a população”, frisou o prefeito.

Segundo revelou na ocasião, o próximo passo da sua administração é viabilizar a construção do Mercado das Rocas. “O esforço todo agora será iniciar em junho a retomada da construção do nosso mercado modelo que foi paralisada na gestão anterior. Acredito que o mesmo seja feito entre seis a oito meses e assim poderemos entregar a obra oficialmente em junho de 2014”. A unidade está sendo erguida no mesmo local onde funcionava o antigo mercado do bairro próximo a Praça Irmã Vitória e ao pátio da feira livre.

MERCADO DO PEIXE
O titular da Semsur, Raniere Barbosa, informou que a reforma do Mercado do Peixe consiste em duas etapas, sendo a primeira para dar condições de imediato funcionamento e a segunda, que será executada em 2014, compreende a climatização da parte superior e a construção de um deck para o Rio Pontegi. De acordo com ele, a Semsur recebeu o mercado completamente depredado, inclusive, com processo em andamento para ser interditado pela Coordenadoria de Vigilância Sanitária (Covisa).

“A situação era caótica, com teto danificado, paredes sujas e esburacadas, elevadores quebrados, precisando de dedetização, iluminação sem manutenção, parte hidráulica e hidro sanitária destruídas, enfim, em total abandono”. Para dar condições de receber a população nesse período da Semana Santa, ressaltou que a Semsur fez um trabalho de reparos na estrutura física que incluíram os seguintes benefícios: pintura interna e externa, revisão na rede elétrica e nas instalações sanitárias, troca de extintores e de ventiladores, colocação de tampas de caixas de gordura, recuperação do teto em PVC e na parte de paisagismo, bem como dedetização em todo o ambiente, entre outras ações.

O Mercado do Peixe funcionará das 6h às 18h, de segunda a sábado e aos domingos de 6h ao meio-dia, informou o diretor do Departamento de Feiras e Mercados, Jonas Gregório Mendes. De acordo com ele, o mercado conta atualmente com uma estrutura de câmara frigorífica para conservação do pescado que é fornecida aos permissionários pela Colônia dos Pescadores Z4, uma praça de alimentação e 26 boxes. Além da variedade de peixe, também são comercializados, mariscos, lagosta, camarão e outros tipos de frutos do mar.

PRAÇA DO PÔR DO SOL
A Semsur também fez melhorias na Praça do Pôr do Sol, situada em frente ao Mercado do Peixe, que anualmente recebe os feirantes que trabalham nas Rocas e em algumas feiras livres da cidade. A praça, que recebeu limpeza e pintura, abriga cerca de 20 feirantes que contam com a infraestrutura da Semsur de bancas e tendas. O movimento no local cresce neste período do ano pela procura acentuada dos diversos tipos de pescado bem como pela sua localização próxima ao mercado.

O prefeito Carlos Eduardo aproveitou a oportunidade e visitou também aquele espaço sendo recebido com aplausos pelos feirantes. Para José Antônio Soares, que há 40 anos trabalha nas feiras do Alecrim, Carrasco, Cidade da Esperança, Lagoa Seca e Pirangi, é boa, importante e gratificante a iniciativa da Semsur na Praça do Pôr do Sol. “Melhora a qualidade da feirinha que fica mais adequada e higiênica para atender ao consumidor. É só na administração de Carlos Eduardo que esta feira acontece. E isso é muito bom porque é mais uma oportunidade de melhorar a nossa renda”.

Raniere Barbosa acrescenta que as ações realizadas pela Semsur ampliam a procura do consumidor pelo pescado principalmente neste período do ano. “Atendendo aos permissionários e feirantes, oferecemos melhorias tanto no Mercado como na Feira da Praça com uma estrutura adequada para que todos possam atender a clientela com mais conforto e segurança. Tudo isso junto permite, inclusive, que eles ampliem o lucro nas vendas”.

Para comemorar o Dia Nacional do Graffiti a Central Única das Favelas do RN – CUFA/RN promoverá um grande Mutirão na Comunidade do Mosquito, nesta quarta feira, dia 27 de março, a partir das 10:00h. A ação contará com a participação dos grafiteiros Pardal, Bones, Carcará e dos artistas do Coletivo de Graffiti da ZN. O espaço estará aberto para os demais grafiteiros/grafiteiras que quiserem participar.

Durante todo o dia os grafiteiros irão produzir um painel com 50 metros de extensão que vai colorir a Comunidade do Mosquito, usando o máximo de cores, proporcionando uma grande tela ao ar livre que ficará exposta por tempo indeterminado.

O objetivo da ação, segundo Silmara Rodrigues Coordenadora da CUFA/RN, é “alertar para a importância da arte do graffiti e a valorização dos artistas, além de promover uma grande ação artística para a Comunidade do Mosquito que será presenteada com essa enorme tela que deixará um visual bonito e agradável para a Comunidade.”

O Mutirão de Graffiti conta com o patrocínio da loja Comjol e das Tintas Iquine, e com o apoio do Barraco de Tinta.

Sobre o Dia Nacional do Graffiti

O Dia do Graffiti é comemorado em 27 de março, para homenagear o artista italiano Alex Vallauri, que morreu no dia 27 de março de 1987, vítima do HIV. Ele é o pioneiro nesta arte no Brasil, chegou a São Paulo na década de 1960 e mostrou seu trabalho em espaços públicos.

Serviço: Mutirão de Graffiti – Dia do Graffiti

Local: Comunidade do Mosquito (próximo a Ponte de Igapó)

Horário: A partir das 10:00h

Contato: Silmara Rodrigues

Tel: 8711-5620/8107-9561

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Twitter