NATAL PRESS

O Projeto de Emenda Constitucional (PEC 37), que tira dos Ministérios Públicos Estadual e Federal o poder de investigação criminal, estará em debate no programa Grandes Temas, da Televisão Universitária (TVU), na segunda-feira, 22 de abril. O projeto está sendo chamado de PEC da impunidade e encontra-se em tramitação no Congresso Nacional ainda sem data para votação. O programa Grandes Temas vai ao ar às 20h, com apresentação do jornalista Ednaldo Martins.

A Secretaria de Mobilidade Urbana vai interditar neste domingo, dia 21, a partir das 6h, trecho da marginal da BR 101, no sentido compreendido entre o Posto Planalto e o Natal Shopping, no bairro da Candelária, para o trabalho de sondagem que será realizada pela equipe da Companhia de Águas e Esgotos do RN para detectar tubulações da rede de drenagem no local.

A intervenção faz parte da obra de ampliação da infraestrutura de esgotamento sanitário e que deverá contemplar cerca de 1,2 quilômetros de tubos que integrarão a rede coletora de esgotos na região.

“Nesta primeira etapa da obra a intervenção será apenas no domingo, dia 21. Na segunda etapa, prevista para o próximo dia 2 de maio, teremos uma intervenção maior com previsão de conclusão dos trabalhos em 30 dias”, destaca Carlos Eugênio, Diretor do Departamento de Fiscalização de Trânsito da Semob.

A SEMOB recomenda que os condutores respeitem a sinalização dos desvios, reduzam a velocidade e se necessário pedir informações proceda de forma a não atrapalhar a fluidez no trânsito. Mais informações sobre o assunto por meio do telefone (84) 8139 5536.

alt

O juiz Ibanez Monteiro tomou posse na manhã desta quinta-feira (18) como desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. A cerimônia aconteceu no gabinete do presidente, desembargador Aderson Silvino, e contou com a presença dos demais membros da Corte Potiguar, secretários do TJRN, juízes, advogados e familiares do novo desembargador.

O desembargador Aderson saudou o novo membro da Corte Estadual de Justiça falando da satisfação de tê-lo no TJRN, e destacou que Ibanez Monteiro compõe a elite da magistratura potiguar. “É uma prazer ter vossa excelência como integrante desta Corte. O senhor compõe a elite da nossa magistratura e vem dando uma grande contribuição para a Justiça. Tenho certeza que continuará fazendo o mesmo como desembargador”, destacou o presidente do TJRN.

A cerimônia teve início com a leitura do Termo de Compromisso feita por Ibanez Monteiro. Em seguida, o secretário geral do TJRN, Wlademir Capistrano, leu o Termo de Posse, que foi assinado pelos membros titulares do TJRN. Ao final, a toga foi entregue ao novo desembargador pelas mãos de sua esposa, Teônia Monteiro.

Já empossado desembargador do TJRN, Ibanez Monteiro, agradeceu a escolha do Tribunal e 'justificou' a rapidez da posse. “Agradeço o reconhecimento do meu trabalho. Fiquei muito feliz e satisfeito com a forma como aconteceu a votação. Escolhi uma posse simples porque representa o meu estilo de ser. Não foi pela pressa de ocupar o cargo. A pressa vem a partir de agora, para começar a trabalhar. Estou chegando ao TJRN para continuar me dedicando e me empenhando para melhorar cada vez mais o Poder Judiciário do TJRN”, disse.

Estiveram presentes na cerimônia de posse os desembargadores Saraiva Sobrinho, Amaury Moura Sobrinho, Expedito Ferreira, Cláudio Santos, Amílcar Maia, Virgílio Fernandes, João Rebouças, Judite Nunes, Vivaldo Pinheiro e Dilermando Mota; os juízes convocados Assis Brasil, Gustavo Marinho, Ada Galvão e Eduardo Pinheiro; o juiz auxiliar da presidência Fábio Filgueira, o magistrado Cornélio Alves - que ficou em segundo lugar na eleição, a procuradora de Justiça Darci Oliveira e advogados amigos do desembargador Ibanez Monteiro.

ELEIÇÃO
O juiz Ibanez Monteiro da Silva foi eleito, pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN),na sessão da última quarta-feira (17), para ocupar a vaga de desembargador, aberta após a aposentadoria do desembargador Rafael Godeiro. Juiz titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Ibanez Monteiro chega ao TJRN promovido pelo critério de merecimento, concorrendo com outros 14 colegas de toga.

O novo desembargador obteve a pontuação final de 92,43 pontos, segundo os critérios dos 12 magistrados com direito a voto. Ele liderou a lista tríplice, que foi composta ainda pelos juízes Cornélio Alves, que somou 90,90 pontos; e Francisco Seráphico, que contabilizou 89,73 pontos.

Fonte: TJRN

alt

A recuperação do calçadão da Praia de Ponta Negra se concretiza com a instalação, nesta quinta-feira (18) do canteiro de obras por parte da empresa executora dos serviços. A construtora Camillo Collier já organizou os containers que abrigarão a parte administrativa da obra, como também providenciou a chegada dos equipamentos e veículos do tipo escavadeiras e retro-escavadeiras que serão utilizados pelos operários. Toda essa estrutura está acomodada nas proximidades do Hotel Praiamar.

As pedras usadas para formarem o paredão de proteção contra as marés começam a chegar a Natal nesta quinta-feira. O secretário-adjunto da secretaria municipal de Obras e Infraestrutura (Semopi), Caio Múcio, explica que é necessária a formação de um estoque dessas pedras para finalmente agrupá-las na extensão da areia, conquistado esse lastro, a expectativa é que na próxima quarta-feira (24) as primeiras pedras sejam depositadas na praia. Os operários irão trabalhar em turno de seis horas, respeitando as tábuas de marés.

O inicio dos trabalhos vai provocar a interdição de uma parte da Avenida Erivan França. Já nesta quinta-feira, até o termino da obra que tem a previsão de duração de cinco meses, não será mais permitida à subida de veículos no trecho final da via. Atualmente, a movimentação de carros e motos na avenida a beira-mar é feita em mão única, mas durante esse período de interdição da ladeira que permite a saída da praia, o trafego de veículos será feito em mão dupla. Os agentes de trânsito da secretaria municipal de Mobilidade Urbana (Semob) estarão no local para orientar motoristas e a população.

O secretário adjunto entende que a interdição do trecho vai provocar transtornos nesse primeiro momento, mas ele acredita na rápida adaptação da população e dos motoristas.

A data-base de 1.300 servidores da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), sendo 800 garis e 500 servidores da área administrativa, esteve nesta quarta-feira (17) em discussão entre a Prefeitura de Natal, representada pelo secretário chefe do Gabinete do Prefeito, Sávio Hackradt, e o presidente da Urbana, Jonny Costa, e o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Higienização e Limpeza do Rio Grande do Norte (Sindlimp/RN), representada pelo presidente Fernando Lucena.

O percentual de 6% correspondente à reposição da inflação proposto pelo Sindicato foi aceito pela Prefeitura, que pagará os valores em três parcelas, mais uma quarta parcela correspondente à correção da inflação, nos meses de maio, junho, julho e agosto.

Como se trata de dissídio coletivo, haverá amanhã, 18, uma nova reunião no Ministério Público do Trabalho para que o acordo seja efetivado. A data-base dos servidores é março e desde o início de fevereiro que há tentativas para um acordo de reajuste salarial para os servidores da Urbana.

“Natal não precisa de greve. Chegamos a um acordo levando em conta a capacidade da Urbana e a expectativa dos trabalhadores. Estamos tentando equilibrar a situação da empresa”, disse o presidente da Urbana, Jonny Costa. Atualmente, a folha de pagamento da Urbana chega a R$ 4 milhões.

alt

Os participantes da 51ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, realizada de 10 a 19 de abril, em Aparecida (SP), publicaram, ontem, uma nota sobre a seca no Nordeste. A nota demonstra a solidariedade dos bispos do Brasil pelo sofrimento dos que amargam as consequências da seca que assola a Região Nordeste.
A Assembleia reúne mais de 350 bispos de todo o Brasil. Da Arquidiocese de Natal participam o Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, e o Arcebispo emérito, Dom Heitor de Araújo Sales.


Abaixo, a nota, na íntegra:

Sede de água e de justiça

“Eu estava com fome, e me destes de comer;
estava com sede, e me destes de beber” (Mt 25,35)

Nós, bispos do Brasil, reunidos em Aparecida–SP, na 51ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, de 10 a 19 de abril de 2013, expressamos nossa solidariedade aos irmãos e irmãs castigados pela maior seca que atinge a região do semiárido nos últimos 40 anos. Fazemos nossos seus sofrimentos e suas dores e nos unimos à sua luta pela superação deste fenômeno, secular e cíclico, que ameaça a vida e o desenvolvimento integral da população. Trata-se de mais de 10 milhões de pessoas diretamente atingidas, em 1.326 municípios, segundo dados da Secretaria da Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional (SEDEC/MI).


Os bispos do Nordeste, por várias vezes, assinalaram as consequências de ordem social, econômica, moral e ética provocadas pela seca tais como: a) Migração forçada com a consequente desarticulação e desintegração da família, que fica exposta à máxima penúria; b) tráfico humano, que conduz ao trabalho escravo; c) instrumentalização da extrema vulnerabilidade das pessoas para fins eleitoreiros, em total desrespeito aos valores éticos; d) agravamento da situação econômica relegando milhares de famílias à miséria; e) dizimação da produção agrícola e agropastoril com a morte de rebanhos inteiros, comprometendo o presente e o futuro dos pequenos e médios produtores, além de seu endividamento; f) colapso no abastecimento de água nas áreas urbanas; g) risco de se perderem conquistas econômicas e produtivas fundamentais acumuladas nos últimos dez anos.

O clamor do povo do Nordeste, acolhido pela Igreja, ecoa em documentos históricos como o de Campina Grande, em 1956, e o de João Pessoa - “Eu ouvi o clamor do meu povo (Ex 3,7)” - em 1963. Além disso, a Igreja tem realizado diversas campanhas de doações, promovido inúmeras ações solidárias de apoio às famílias mais atingidas pelo flagelo da seca e participado na luta pela execução de políticas públicas como a construção de cisternas de consumo e de produção.

Apoiamos as “Diretrizes para a convivência com o Semiárido”, lançadas em recente seminário realizado, em Recife-PE, pela Igreja Católica e vários movimentos sociais e sindicais, exigindo que sociedade e governos não pensem no Nordeste apenas em ocasião de seca.

A seca no semiárido é um fenômeno cíclico que se repete sistematicamente. Entretanto, o ciclo de secas “não pode nos fazer pensar que o semiárido brasileiro seja apenas um condicionamento climático e, a longa estiagem, sua intempérie. O semiárido é, antes de tudo, um conjunto de condições próprias de um bioma e, desse modo, exige-nos um novo olhar e a construção de iniciativas diferenciadas” para a convivência nesta região onde vivem 46% da população nordestina e 13% da população brasileira, representando 11% do território nacional. Os 25 milhões de pessoas que aí habitam, aguardam medidas estruturais que facilitem a convivência com esse ecossistema.

Reconhecemos que os Governos têm desenvolvido importantes ações neste momento crítico por que passam os atingidos pela seca. São, no entanto, ações mitigadoras e emergenciais que não resolvem o problema, presente em todo o polígono da seca.

Somente com decidida vontade política e efetiva solidariedade, será possível estabelecer ações que tornem viável a convivência com o semiárido, mesmo no período da seca. Como pastores solidários aos nossos irmãos nordestinos, reivindicamos:
a) A definição e a aceleração de políticas públicas e institucionais permanentes que garantam segurança hídrica e alimentar, incentivando o uso de tecnologias adaptadas à realidade climática da região para captação, armazenamento e distribuição das águas das chuvas;
b) Democratização do acesso à água com a construção de sistemas simplificados de abastecimento de água;
c) Ações estruturantes como a revitalização e preservação dos rios, lagoas, ribeiras, riachos e da floresta nativa; construção de cisternas de placas e de cisternas “calçadão”; perfuração e equipamentos de novos poços tubulares;
d) Interligação de bacias hidrográficas e de recursos hídricos; construções de diversos tipos de armazenamento de água, bem como de adutoras e canais, para o consumo humano, animal e a produção de alimentos;
e) Ampliação e universalização da aplicação dos recursos financeiros e técnicos a partir do protagonismo das populações locais e de suas organizações, no campo e na cidade;
f)Conclusão urgente das numerosas obras cuja paralisação tem causado graves prejuízos econômicos e sociais;
Que Nossa Senhora Aparecida, cuja casa nos abriga durante a 51ª Assembleia da CNBB, alcance para todos os irmãos e irmãs do Nordeste a força renovadora da esperança, que nasce do coração do Cristo Ressuscitado, vencedor do mal e da morte.

Aparecida, 16 de abril de 2013.

Cardeal D. Raymundo Damasceno de Assis
Arcebispo de Aparecida
Presidente da CNBB

Dom José Belisário da Silva
Arcebispo de São Luís do Maranhão – MA
Vice-presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, fez um pronunciamento na 51ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, na tarde de ontem, segunda-feira, por ocasião da aprovação da nota de solidariedade dos Bispos do Brasil ao povo nordestino que vive as consequências da seca que assola toda a região. Ele ressaltou a solidariedade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB ao povo do Nordeste. “Precisamos estar coesos na defesa e implementação de projetos estruturantes e permanentes que garantam os recursos hídricos necessários para a convivência com o semi-árido”, enfatizou o Arcebispo.

A 51ª Assembleia Geral da CNBB acontece na cidade de Aparecida (SP), no período de 9 a 19 de abril, reunindo mais de 350 bispos de todo o Brasil. Da Arquidiocese de Natal, participa também o Arcebispo emérito, Dom Heitor de Araújo Sales.

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Semsur, realizou a limpeza e a manutenção dos cemitérios públicos da cidade. Os trabalhadores da secretaria fizeram a retirada do lixo, reforçaram a pintura e revisaram a iluminação. O serviço contemplou os cemitérios de Pajuçara, Ponta Negra, Redinha, Igapó, Alecrim, Nova Descoberta, Bom Pastor I e II.
A limpeza foi realizada em parceria com a Companhia de Serviços Urbanos de Natal, Urbana, e contou com o trabalho de 40 funcionários, que se dividiram em quatro equipes de 10 homens para realizar a mutirão, cujo resultado foi o recolhimento de aproximadas três toneladas de lixo.

O diretor do departamento de cemitérios da Semsur, Kellington Gama, afirma que “a situação em que se encontravam os cemitérios era de total abandono. Entretanto, conseguimos realizar a limpeza de todos os oitos”, ressalta.

Kellington Gama acrescenta que plano de ação continuará durante os próximos quinze dias, com a pintura dos meios-fios e limpeza das quadras. “As próximas ações têm como objetivo deixar os campos-santos prontos para o dia das mães, período de grande movimentação. A Semsur realizará uma programação específica para a data”, declara.

A Semsur reestabeleceu a manutenção permanente dos equipamentos, com a contratação dos profissionais que exercem atividades de conservação, tais como, coveiros e zeladores. Além disso, também foram contratados agentes de segurança-armada, para atuar nos cemitérios, e assim evitar as ações de vandalismo.

alt

A Jetair Turismo, empresa especializada em turismo religioso, está com pacote montado para o 7º Congresso Espírita do Rio Grande do Sul, a ser realizado na cidade de Gramado, no período de 4 a 6 de outubro, com o pacote alcançando o período de 3 a 10 para quem puder se alongar mais ou, de 3 a 7, para quem ficar mais restrito ao evento, incluindo ainda tour em Gramado, Canela, Vinhedos e Nova Petrópolis, além da passagem aérea e hospedagem.

Parte da renda do pacote vai ser destinado para as ações humanitárias da Casa do Bem e, a Jetair Turismo, atende pelos fones 3222-4265, 9407-8195 – e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

alt

"Porque a vida só se dá pra quem se deu, pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu".

Vinícius de Moraes

Por Minervino Wanderley


A raça humana, por sua própria multiplicidade, guarda significativas diferenças entre si. Nesse rol, existem indivíduos que pertencem a uma classe que podemos denominá-la de especial. São aqueles que, apesar dos obstáculos surgidos ao longo das suas caminhadas, não se entregam e, às vezes, por suas proporções, podemos até dizer que até teimam continuar vivendo. São os obstinados pela vida, que extraem dessas adversidades suprimentos necessários para sedimentar seus passos.

Mas essa eutanásia às avessas tem uma razão de ser: dentro de cada um desses seres, bem lá dentro, bate um coração ávido pelo simples prazer de estar vivo. São os que sabem valorizar o nascer de um novo dia como se fosse um novo começo. São aqueles que, através de simples gestos, espontâneos e habituais, deixam brotar seu amor pelo próximo, injetando nos menos providos, por meio de sua sabedoria, doses de ânimo e coragem.

Martha Wanderley Salem foi um exemplo de uma pessoa especial. Ela não sucumbiu ante os entraves e tampouco debitou ao destino sua situação. Sua vontade de vencer os desafios colocou-a como participante do jogo da vida, não permitindo que ela fosse simplesmente uma espectadora. As desventuras solidificaram seus sentimentos, abrindo espaço para que seu espírito solidário emergisse, e que sua voz sempre fosse plena de entusiasmo e de incentivo aos necessitados. Uma pessoa, na sua mais pura essência, DO BEM.

Dona Martha foi, sem dúvidas, alguém que teve um verdadeiro "Caso de Amor" com a Vida.



Twitter