NATAL PRESS

A história de Natal vista pelo olhar de pessoas que se dedicam há vinte anos a estudar o processo de modernização da cidade, assim como sua origem e formação. Toda essa trajetória poderá ser observada na exposição HCUrb/UFRN Vibrantes Caminhos: ideias modernas para a cidade do Natal, que acontece a partir da próxima quarta-feira, 20, no Museu Câmara Cascudo (MCC). A exposição será inaugurada às 19h e pode ser visitada até meados de dezembro. O público terá a oportunidade de fazer um passeio pelos diversos momentos da história da capital potiguar.

O acervo documental (físico e digital) é resultado das investigações do grupo de pesquisa História da Cidade, do Território e do Urbanismo (HCUrb), do Departamento de Arquitetura da UFRN. A narrativa está estruturada a partir de sete setores que representam períodos cujos acontecimentos, perspectivas e ações sobre a cidade se inter-relacionam e unificam, dando certas características peculiares no processo de constituição da cidade.

 A exposição está formatada com as seguintes temáticas e sequências de setores: A gênese da Cidade: Natal Surge…… et Ambula: crescer e conectarLuzes, bondes e mazelasNatal planejada: imaginários e infraestrutura da cidadeNatal na GuerraNatal se movimenta; e A Cidade do passado na Cidade do presente.

O coordenador da exposição, Fred Luna, explica que cada título possui temas que envolvem vários momentos históricos de Natal, como por exemplo a época da Segunda Guerra Mundial, apresentando curtas e entrevistas com moradores, além de documentos relativos ao período. “A exposição traz vários momentos marcantes para Natal, como a chegada da energia elétrica, do saneamento da cidade, passando por material sobre os planos de expansão do município”, ressalta.

Fazem parte da exposição entrevistas, filmagens, imagens, documentos, dados e informações coletadas em diferentes fontes e acervos, que alicerçaram a realização de diversas produções científicas do Grupo. No material constam documentos desde a fundação da cidade, em 1599, ao início da década de 1960.

O Grupo de Pesquisa História da Cidade, do Território e do Urbanismo (HCUrb) foi criado em 1998 e vem, desde então, contribuindo para a construção da historiografia da capital potiguar, do Rio Grande do Norte e, de maneira geral, do Nordeste.

Conta com membros pesquisadores da UFRN e de outras instituições como a UFERSA, IFPB, UFF, UNI-RN, IMED e Rede Estadual de Ensino, e vínculos por meio de assessoria com outras instituições de ensino no Brasil (UFES, UNIFESP, UFPB) e internacionais (UNNdp/Argentina, UNAM/México, UM/Espanha, UB/Espanha, UPV/Espanha, ULR/França). Outras informações sobre o grupo estão disponíveis neste link

A exposição pode ser visitada no Museu Câmara Cascudo da terça-feira à sexta-feira, das 8h30 às 12h e 13h às 17h, e nos sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 18h.​ Nesta quinta-feira, 21, feriado da padroeira de Natal, o MCC  vai funcionar em horário diferenciado, aberto das 8h30 às 12h e 13h às 17h. 

 

Fonte: Hellen Almeida de Agecom



Twitter