NATAL PRESS

 

A governadora Fátima Bezerra entregou oficialmente, nesta terça-feira (21), a iluminação do acesso sul ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, localizado em São Gonçalo do Amarante. A solenidade de inauguração foi realizada no entroncamento da BR-304 com participação de autoridades políticas, representantes de motoristas de aplicativos e da sociedade civil.

"Esta obra foi uma das prioridade do nosso governo, tendo em vista a sua relevância para o desenvolvimento do nosso Estado. É a porta de entrada para o Rio Grande do Norte que agora está devidamente iluminada garantindo segurança e conforto para os turistas e para a nossa população", reforçou Fátima.

O trecho, que liga a BR-304, em Macaíba, até a rotatória que dá acesso ao aeroporto, tem 12 km de extensão. Para a iluminar a via, foram implantados 254 postes e 23 transformadores com investimento de R$ 1,1 milhão, viabilizados por meio de crédito entre o Governo do RN e a Caixa Econômica Federal (CEF). A obra, que estava sob responsabilidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SIN) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), teve execução da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) e funcionava, desde o último dia 14 de janeiro, em fase experimental.

Durante a solenidade, o secretário de Infraestrutura, Gustavo Coelho, enfatizou o empenho do Estado na iniciativa. "O Governo do RN trabalhou incansavelmente no intuito de destravar burocracias e entregar esta obra ainda na alta estação. Ressalto o trabalho realizado em conjunto da Secretária de Infraestrutura, DER, Cosern e Caixa que tornou possível a conclusão desta obra, agora em sua plenitude", pontuou.

A iluminação do acesso sul, importante obra aguardada pelo setor turístico, foi executada em etapas - à medida em que ocorria a conclusão de uma etapa, um trecho era energizado. "Agora nós podemos trabalhar à noite e na madrugada com segurança e o turista tem uma melhor impressão do Estado com a via iluminada", destacou Deca Bolonha, vice-presidente do Sindicato de Turismo do Rio Grande do Norte (SindeTur).

Também com sentimento de gratidão, motoristas de aplicativos que participaram da inauguração comentaram sobre a obra. "Temos muito a agradecer à governadora pela celeridade no processo de entrega desta obra. Para nós, motoristas que trafegamos diariamente por aqui, significa muito, não só para nossa segurança como também para a dos passageiros”, disse Anísio Barbosa, representante da Cooperativa dos motoristas autônomos de aplicativos.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio de Medeiros, também destacou a importância da iluminação para o município que será o responsável pela manutenção e consumo de energia elétrica. "O governo se empenhou para entregar a iluminação do acesso sul ainda no período de alta temporada, quando o RN recebe o maior volume de visitantes do ano", ressaltou.

Além das autoridades já citadas, também estiveram presentes na solenidade: senadora Zenaide Maia; deputado estadual Sandro Pimentel; vice-governador Antenor Roberto; prefeito do município de Macaíba, Fernando Cunha o superintendente da Inframérica, Ibernon Gomes; presidente da Cosern, Luiz Antônio Ciarlini; vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva; vereador de Natal Maurício Gurgel, vereadores dos municípios de Macaíba e São Gonçalo do Amarante; representantes do trade turístico e dezenas de motoristas por aplicativos, além de gestores estaduais - Jaime Calado (Desenvolvimento), Coronel Araújo (Segurança Pública), Manoel Marques (DER), Solange Portela (sub-secretária de Turismo), Rafael  Varela (vice-presidente da Emprotur).

Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pela segurança hídrica potiguar. Segundo os dados apresentados no Relatório da Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios Potiguares divulgado nesta segunda-feira (20) a barragem Marechal Dutra, também conhecida por Gargalheiras, recebeu 3.274.877 m³ com as recentes chuvas, o que corresponde a 7.37% da capacidade total do manancial que é de 44.421.480,38 m³. No último relatório divulgado no dia 15 de janeiro o Gargalheiras estava seco e desde 2014 o reservatório não atingia o atual volume acumulado.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do Estado, com capacidade para 2,37 bilhões de metros cúbicos, atualmente está acumulando 545.117.848 m³, o que corresponde a 22,97% da sua capacidade total. Para efeito comparativo, no mesmo período de janeiro de 2019, o acumulado da barragem era de 488.983.467 m³, o que correspondia a 20,37% da capacidade total do manancial.

Já a barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do Estado com capacidade para 599.712.000 m³, atualmente acumula 112.309.805 m³, em termos percentuais, 18,73% da capacidade máxima do manancial. No início de 2019, a barragem estava acumulando 133.033.498 m³, percentualmente, 22,18% do volume total de acumulação do reservatório.

O açude Umari, com capacidade para 292.813.650 m³, atualmente está acumulando 84.495.083 m³, percentualmente, 28,86% do volume total do reservatório. No mesmo período do ano passado o manancial acumulava 101.217.140 m³, percentualmente, 34,57% da capacidade total do reservatório.

O acumulado total das reservas hídricas superficiais do Estado atualmente é de 969.501.102 m³, percentualmente, 22,15% da capacidade total das bacias estaduais que é de 4.376.444.842 m³. No mesmo período de janeiro do ano passado as reservas superficiais do RN acumulavam 948.744.506 m³, percentualmente, 21,67% da sua capacidade total.

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, 11 estão com volumes inferiores a 10%, considerado nível de alerta, percentualmente, o número corresponde a 23,40% dos mananciais monitorados. Já os secos são 7, percentualmente, 14,89% dos reservatórios monitorados. Em janeiro de 2019 os mananciais com menos de 10% acumulados eram 9, percentualmente, 19,14% dos reservatórios monitorados. Já os secos eram 8, percentualmente, 17,02% dos mananciais monitorados. 

ipem

 

Os medidores de velocidade da BR-101 em de Natal, São Gonçalo do Amarante e São José de Mipibu, e da BR-406 em Ceará-Mirim foram verificados nos dias 14 e 16 de janeiro, pelo Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte - IPEM/RN. A verificação é feita anualmente para analisar se o equipamento está em conformidade com as especificações regulamentadas pelo Inmetro.

A verificação periódica do funcionamento correto dos medidores de velocidade é fundamental, pois os equipamentos são importantes para a segurança no trânsito, pois delimitam o limite máximo de velocidade que poderá ser atingido por um veículo em determinada via pública. As verificações têm validade de um ano e devem ser solicitadas pelas empresas ou órgãos administradores dos radares antes do término desse período.

De acordo com o subcoordenador operacional do IPEM/RN, Kaner Daladier Chaves, a verificação é realizada com cinco passagens sobre a faixa do medidor com um veículo especial, equipado com um cronotacógrafo, que compara a velocidade fornecida pelo radar eletrônico com a do veículo onde está instalado o equipamento. “Somos responsáveis por fazer a verificação inicial, quando o radar é instalado, e uma verificação anual em todos os medidores de velocidade. Após a inspeção, os medidores são lacrados para garantir que continuem funcionando corretamente e apresentem registros válidos e confiáveis”.  

Em caso de dúvida, o site www.servicos.rbmlq.gov.br/instrumento pode ser consultado para atestar quais radares estão aptos ao funcionamento. Caso o cidadão desconfie de alguma irregularidade também pode denunciar ao IPEM/RN pelos seguintes contatos: 0800-281-4054, com ligação gratuita; e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo whats app 84 98147-9433.

 

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos. O relatório volumétrico divulgado nesta segunda-feira (13) demonstra que após as últimas chuvas os principais reservatórios do Estado tiveram pequeno acréscimo nos seus volumes, o que é positivo tendo em vista que a quadra invernosa para o interior do RN tem início efetivamente em fevereiro.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, principal reservatório do Estado, com capacidade para 2.37 bilhões de metros cúbicos de água, atualmente acumula 552.626.936 m³, percentualmente, 23,29% do seu volume total. No último dia 8 de janeiro o reservatório estava com 547.370.574 m³, correspondentes a 23,07% da capacidade total do manancial.

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do Estado, com capacidade para 599.712.000 m³, atualmente acumula 113.407.749 m³, percentualmente 18,91% do seu volume total. No último relatório divulgado o manancial apresentava exatamente o mesmo volume acumulado.

O reservatório Umari, com capacidade para 292.813.650 m³, atualmente acumula 84.627.797 m³, percentualmente 28,9% da sua capacidade total. No dia 8 de janeiro o manancial estava com 83.167.935 m³, correspondentes a 28,4% do seu volume total.

O reservatório Santa Cruz do Trairi, localizado em Santa Cruz, com capacidade para 5.158.750 m³ e que se encontrava seco, está acumulando 304.790 m³, correspondentes a 5,91% da sua capacidade total.

O açude Dourado, localizado em Currais Novos, foi outro reservatório que apresentou pequeno crescimento do seu volume em comparação com a última semana. O manancial, que possui capacidade para 10.321.600 m³, atualmente está acumulando 389.416 m³, percentualmente, 3,77% da do seu volume total. Já no dia 8 de janeiro estava com 220.815 m³, percentualmente, 2,14% da sua capacidade.

O acumulado das reservas superficiais totais atualmente é de 976.813.706 m³, correspondentes a 22,31% da capacidade hídrica do Estado, que é de 4.376.444.842 m³ de metros cúbicos. No último relatório o acumulado era de 970.394.715 m³, correspondentes a 22,17%.

Dos 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos monitorados pelo Igarn, atualmente, 10 estão com volumes inferiores a 10% de sua capacidade, o que em termos percentuais corresponde a 21,2%. Já os secos são 7, percentualmente,  14,89%. 

 

O Governo do Estado está promovendo 2.676 praças militares, uma das maiores promoções da história da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Passam à graduação de Subtenente 228 policiais, mais 200 à graduação de 1° Sargento, 198 à graduação de 2° Sargento, 395 à graduação de 3° Sargento e 1.655 Soldados à graduação de Cabo PM. As promoções asseguram o direito à evolução na hierarquia da Polícia Militar.

A governadora Fátima Bezerra disse que as promoções valorizam os militares estaduais e se somam ao esforço do Governo para a redução da violência e da criminalidade como vem ocorrendo. "Estamos trabalhando muito para promover a segurança pública em nosso Estado. E este esforço inclui também a valorização profissional, como as promoções, além do fornecimento de viaturas, equipamentos, cursos de aperfeiçoamento e investimentos em tecnologia", destacou.

Ela lembrou ainda da sanção, no ano passado, da Lei de reestruturação da carreira dos policiais e bombeiros militares, proposta pelo próprio Governo do Estado. Entre as alterações foi o aumento salarial para a categoria de forma gradativa e a redução do tempo para as promoções. “Essas foram as primeiras promoções de praças após a Lei, mais uma meta que estamos cumprindo. Estamos fazendo todos os esforços para valorizar nosso sistema de segurança e levar paz à população”, afirmou a governadora.

O cabo Oseas agradeceu a oportunidade de ascensão na carreira miliar. “Após 10 anos de serviço prestado à sociedade potiguar, galguei a promoção que tanto esperava. É imensa a alegria e agradeço, primeiramente, a Deus, ao Governo do Estado e ao comandante da minha Corporação", disse.

O quadro de oficiais da Polícia Militar do RN também teve promoções efetivadas recentemente. No último dia 27 de dezembro de 2019, 86 oficiais foram promovidos aos postos de capitão, major, tenente-coronel e coronel – dois coronéis, 12 tenentes coronéis, 23 majores e 49 capitães.

O comandante da Polícia Militar, coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior, explica que a efetivação das promoções respeita um direito dos policiais e é também "um estímulo que certamente resultará em melhores serviços prestados à toda a população do Estado”, declarou o Comandante Geral, que administrativamente é responsável pela assinatura dos atos de promoção.

Por causa das fortes chuvas que caíram na madrugada e na manhã desta quinta-feira (09.01), em Natal, o prefeito Álvaro Dias convocou uma reunião com representantes de diversas secretarias municipais e acionou o Plano de Contingenciamento Municipal, além de instalar o Gabinete de Crise. Na ocasião, os representantes das pastas fizeram um balanço da situação e relataram providências para minorar os transtornos que as chuvas causaram na cidade.

Foram mapeados 22 pontos de alagamentos na cidade, a maioria causada por obstrução de galerias. “Formei uma comissão permanente para acompanhar os pontos cruciais causados pelas chuvas. No período da tarde, vamos visitar esses pontos. Já iniciamos a limpeza de várias galerias e o aterramento da rua Bariri, no conjunto Gramoré. Pedimos a colaboração da população para não jogar lixo nas vias públicas”, informou Álvaro Dias.

 O prefeito disse, ainda, que as fortes chuvas não estavam previstas para o período, uma vez que são esperados 60 milímetros no mês de janeiro e choveu 115 milímetros em 24 horas: “Fomos pegos de surpresa, mas já caímos em campo e estamos tomando as providências necessárias para mitigar os transtornos causados”. Participaram da reunião representantes das secretarias de Serviços Urbanos, Segurança Pública e Defesa Social, Trabalho e Assistência Social, Defesa Civil Municipal e a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

 Os pontos mais delicados se encontram na rua Bariri, no Gramoré; na rua Dr. Euclides da Cunha, no bairro Pitimbu, e no Baldo, onde o muro da Cosern desabou. A Defesa Civil quadruplicou o efetivo do plantão. Ao invés de uma, agora são quatro equipes que estão nas ruas durante o dia e serão mantidas à noite e na madrugada.  

 De acordo com o secretário de Obras e Infraestrutura, Tomaz Neto, das 23 lagoas com sistema de bombeamento na capital, apenas duas transbordaram, sendo uma no conjunto Santarém, por causa de um curto-circuito, e a outra na Cidade da Esperança. “De uma maneira geral, tem muito lixo nas galerias. Há metralha também. A construtora está aterrando o buraco na rua Bariri, no Gramoré, e também no Pitimbu”, ressaltou o secretário.

 O cidadão que quiser solicitar a intervenção da Defesa Civil, deve ligar para o número 190, no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde há agentes para direcionar a ocorrência ou através do telefone direto da equipe de plantão (84) 98827 3714. A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população e preservar vidas.

 

divulgação

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN) irá empossar, nesta sexta-feira (10), o Defensor Público-Geral do Estado para o biênio 2020/2021. O cargo será ocupado pelo atual gestor da instituição, o defensor público Marcus Vinicius Soares Alves. A solenidade de posse acontecerá, às 10h, na Escola de Governo do Estado.

O Defensor Público-Geral do Estado foi escolhido para conduzir a DPE/RN através de voto direto da categoria e teve o nome confirmado pela governadora Fátima Bezerra. A nomeação para o cargo foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 05 de dezembro de 2019.

O defensor público Marcus Vinicius Soares Alves é graduado em direito e pós-graduado em gestão pública. No seu primeiro biênio à frente da instituição, cinco unidades de atendimento foram abertas e 10 novos membros foram integrados à Defensoria Pública que passou a contar com 70 defensores públicos estaduais, distribuídos em 14 núcleos de atendimento.

O Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) é o órgão do Governo do RN responsável pela gestão técnica e operacional dos recursos hídricos potiguares. Sendo assim suas atividades existem o constante deslocamento de colaboradores para garantir a manutenção e otimização das informações e dados sobre as reservas hídricas do RN.

O setor Técnico e de Planejamento do Igarn na busca por recursos e aperfeiçoamento das atividades desenvolvidas criou uma metodologia de gestão que tornou possível atingir as metas de gestão tanto do planejamento estratégico quanto, acordadas junto a Agencia Nacional de Águas (ANA), por meio do convênio do Progestão, para garantir o melhor desempenho de cada meta e na redução de despesas operacionais, sobretudo com diárias.

A nova gestão do Instituto criou uma planilha de monitoramento semanal e mensal das metas que juntamente com reuniões realizadas com as equipes de trabalho organiza as melhores rotas e divisão de pessoal para cada ação realizada pelo Instituto, o que propicia melhorias tanto nas questões que envolvem deslocamento de pessoal, quanto na economia de viagens e diárias. 

O resultado tem sido a evolução na integração das ações dentro das equipes do Igarn, a redução do retrabalho e a economia com diárias na comparação entre os anos de 2019 e 2018. Em números exatos, o gasto com diárias caiu quase três vezes saindo de R$ 462.752,50 para R$ 186.025,00.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
 
NOTA À IMPRENSA


A Secretaria de Estado da Administração informa que, após reunião realizada na última sexta-feira, 03, a Comissão Especial do Concurso Público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte deliberou os seguintes encaminhamentos a respeito dos 153 candidatos desclassificados do certame em razão de problemas na apresentação de documentos:

1- Haverá prazo até dia 07 de janeiro para as solicitações de revisão de documentos na Secretaria da Administração;

2- Quem foi eliminado somente por certidão de crimes eleitorais e militares serão reintegrados ao processo no dia 07 de janeiro. A lista está publicada no Diário Oficial do último sábado, 04;

3- Os demais casos serão analisados e respondidos até dia 10 de janeiro;

4- No dia 14 de janeiro sairá a lista final com a classificação dos 1.000 candidatos para o Curso de Formação e a lista dos excluídos por inconsistência na reapresentação de documentos. Ainda no dia 14, será divulgada a lista com os nomes dos novos candidatos chamados para as vagas que restarem. Estes terão que apresentar toda documentação, de acordo com o edital, para integrar ao Curso de Formação.

 
SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO 

 

 Foto: Cícero Oliveira

Williane Silva - Ascom/Reitoria
 
 

Com o intuito de incentivar o uso de energias sustentáveis, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu um recurso no valor de R$ 1.943.010, via Termo de Execução Descentralizada (TED) do Ministério da Educação (MEC). A verba será utilizada no projeto de instalação de sistemas de microgeração de energia solar fotovoltaica no Campus Central. Os sistemas ficarão na Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM) e no Instituto Metrópole Digital (IMD), localizados no Campus Central. Contudo, outros setores da UFRN, na capital e no interior, estão sendo analisados para verificar se possuem estrutura adequada para futuras instalações do sistema de energia solar.

Leia mais



Twitter