NATAL PRESS

Filosofia de ponta – de estoque – ou não, podemos concluir quem tem oras que sim, tem oras que não. Tato que viciar em algo que não leva a nada não deve ser uma constante. Porém, não custa dizer que seja de tarefas das mais difíceis assim. O que também leva a observar o ponto de onde se partiu talvez até para não se perder nas contas! Falei? Um, dois, três...

Coisa que por hora ainda persista a dura e inevitável missão de se encontrar a agulha fincada no palheiro, talvez (idem) acolhamos, ´´mas onde diabos está escondido o tal palheiro? Só não duvidamos que surpresas costumam também ser sempre bem vindas. Tanto que por parte do governo o índice de repetições taxativas de que vamos crescer alguns ´´zeros/vírgula alguma coisa´´ neste começo de ano turbulento de 2017 é o de sempre. Nossos ilustres ministros Elizeu&Henrique andam iluminados na projeção que é uma coisa na onda (há quem aposte) de operações tapa buraco quando tudo parecer mais estar é descendo ladeira abaixo. As decisões pesadas, amiúdes, ficam por conta do gesticulador/mímico do Michel Temer tão decisivo na hora de nomear novo ministro Supremo. Mas quem, se a denúncia pesa na balança federal?

Voilá! Dente por dente, dentadura por dentadura – postiça, né! E isso é fórmula básica daqueles que parecem não estar apontados em nenhuma ´´Operação´´ e que querem tirar o pescoço debaixo da guilhotina da pagadora de propinas, a Odebrecht bem como a Petrobras , OAS, entre outras. Infelizmente, não temos muito para onde fugir quando a malha fina de tributos tem de ser paga pelo acuado contribuinte ou que ainda falam em ´´Cofres Públicos´´. Arrecadar dos pobres para dar aos ricos sempre foi preciso, não fujamos à quebra de regras, por favor. Somos uma democracia que não escapa às desigualdades sociais, hã!?

O sistema continua falido, a maquina emperrada em pleno emendar século 21, quando o montante de atrasos somados: Saude, Educação, Segurança, Moradia, etecetera, coisa e tal passam sempre batidos. Ou que se vivemos o transe de fusão de ´´Alcatraz versus Alcaçuz´´ quantas autoridades de governo já não sabiam do pavio aceso de quadrilhas organizadas? Parece mesmo, isto sim, que não crescemos quando as coisas ficam (?) mais fáceis! Os desafios continuam para que tenhamos progresso!

Agora se os dias parecem mesmo virar séculos quando andamos em círculos, onde está (centrada) a saída de emergência em andamento? Apelemos para algum recall de grau menos progressivo de Mr Magoo com o que mais de vergonhoso e desastroso que vivemos a pão e água? Wow! O Brasil precisa voltar a crescer! Michel Temer não pode cair na prórpia armadilha! O Mc Donald Trump está no mais alto poder mundial! Vai que ele resolva apertar algum botão, bom!

Pois sim, com o recesso dos nossos ministeriáveis mais apontados, apostamos em alguma ´´folga´´ no andamento da corrupção frente a Lava Jato. Com a morte do Ministro Teori Zavascki soa nos ar e bem alhures sobre uma possível teoria da conspiração! Como se isso já não existisse por aqui desde então, lá longe, muito longe, muito além, bem além e de quem mais promete mostrar serviço – já devidamente encomendados aqueles de outrora, no poder, encharcados de lágrimas encomendadas! E vamos lá, minha gente, circulando – e de olhos super abertos!

Celso Fernandes, jornalista, escritor. Colunista de Moda, TV e Literatura. Assessoria de imprensa. Blog:
Follow me: http://twitter.com/celsocolunista  
www.facebook.com/celsocolunista



Twitter