NATAL PRESS


Cinco, quatro, três, um
Começa o horário eleitoral
E logo um cara de pau
Adentra a casa da gente
Faz a pose de decente
E o seu discurso professa
Esquece a vida pregressa
Diz pensar no bem comum
Mas é apenas mais um
A nos encher de promessa

Usa frases de efeito
Compra depoimentos
Vídeos mostrando momentos
Sorrindo abraçando o povo
Como pode ele de novo
Querendo nos enganar
Eu não me deixo abalar
Analiso cada proposta
O meu voto é uma aposta
Um dia hei de acertar

Quem sabe o povo não cansa
De acreditar em promessa
Quem sabe o povo não cessa
De vender sua consciência
E enxerga a deficiência
Da nossa educação
E que certas “bolsas” são
Na verdade uma esmola
Que nossa moral assola
E promove a corrupção

Cansei das velhas “raposas”
Eu não quero errar de novo
Quero o despertar do povo
Para uma nova nação
Abaixo a corrupção
O político incompetente
Vamos fazer diferente
Ser rigoroso de fato
E só escolher o candidato
Após uma análise concludente.



Twitter