O combustível do amor
Eu acho ser a verdade
Que aliada à liberdade
O torna alicerçado
Dando ao amante e ao amado
Asas para voar
O prazer sempre é voltar
O outro é seu complemento
Que tem a cada momento
Motivos para ficar

A confiança, a renúncia
Favorece a convivência
O amor na sua essência
É mais que uma aliança
O excesso de cobrança
Não leva a lugar nenhum
Não há motivo algum
Pra ciúme em demasia
O segredo é a harmonia
Para uma vida em comum

Tudo é subjetivo
Não existe regras no amor
E não me venhas por favor
Com segredos, nem receitas
Não existe fórmulas perfeitas
Para a arte de amar
É compreender, renunciar
Valorizar cada momento
O diálogo é o alimento
E o ouvir mais que falar

Conviver em harmonia
A relação não desgasta
O malfazejo afasta
Quem só pensa positivo
Tem que ser compreensivo
Entender, ter humildade
Plantar pra colher verdade
Ter confiança, sem medo
Se a vida tiver segredo
O nome é simplicidade.