NATAL PRESS

Information about the software behind Joomla!

Atletas da Sadef representam o RN no Regional de Bocha

 

divulgação

Competição acontece sexta e sábado, em Natal



Setenta e três atletas de 5 Estados do Nordeste – Bahia, Ceará, Paraíba e Pernambuco, além dos anfitriões, os potiguares. O Campeonato Regional de Bocha vai reunir todo esse pessoal, esse fim de semana, em Natal, no Colégio das Neves.

A Sadef – Sociedade Amigos do Deficiente Físico, entra na disputa com 7 atletas. Nessa reta final, os treinos foram intensificados. “Treinamos 4 dias por semana, 2 horas por dia. Nossa rotina foi direcionada aos fundamentos e regras do bocha, ou seja movimentação de boxe, colar, abrir e fechar, além de parar de arremessar  os bocha, caso não haja necessidade”, conta o técnico da equipe de bocha da Sadef, Alexsandro Raimundo da Silva.

A competição é organizada pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (Ande), e é a mais importante dessa modalidade no Nordeste. Até porque é seletiva para o Campeonato Brasileiro, que acontece no fim do ano, em São Paulo, com a participação dos melhores atletas da bocha do país. Na etapa de Natal, os 3 melhores em cada categoria tem vaga garantida no Brasileiro.     

“Nossa equipe ainda está em formação. Mas acredito que alguns dos nossos jogadores vão dar trabalhar, e chegar pelo menos às fases eliminatórias”, avalia o técnico da Sadef.

CAMPEONATO REGIONAL DE BOCHA
Sexta e Sábado, a partir das 9h30
Colégio das Neves

ATLETAS DA SADEF/RN
Marcela Xavier de Lira         BC1
Stefani Maria Inacio             BC1
Marcos Rodrigues Marinho         s/classe
José Amaro da Silva Júnior         s/classe
Higor Augusto de M. Nelson        BC3
Nadia Nascimento de Oliveira     s/classe
Ursula Maria Varela Leocardio     s/classe

Sobre a Bocha
A Bocha é considerada a modalidade mais “democrática” entre as do paradesporto, já que é acessível inclusive para pessoas com grau severo de comprometimento motor. Ela pode ser jogada individualmente, em duplas ou em equipes, e é mista – homens e mulheres competem juntos e igualmente. A bocha está presente em mais de 50 países em todo o mundo.

Regras
São 13 bolas – seis azuis, seis vermelhas e uma branca – todas confeccionadas com fibra sintética e cerca de 280g. O objetivo é aproximar o maior número de bolas coloridas da branca, que, é conhecida como Jack. Para isso, é preciso habilidade e eficiência, além, é claro, das técnicas e táticas adequadas. São quatro classes, de acordo com o grau da deficiência do atleta. Em metade delas, os atletas contam com a ajuda de um auxiliar.

 

Semut dá novo prazo para regularização de parcelamentos dos tributos municipais

 

divulgação

​A Secretaria Municipal de Tributação alerta os contribuintes que negociaram suas dívidas de tributos e que não deram continuidade ao pagamento das parcelas negociadas que foi estendido o prazo de regularização para o dia 22 próximo. São cerca de 4,6 mil contribuintes que deixaram de pagar as parcelas por três meses e correm risco de terem a negociação cancelada.

 Segundo o secretário Municipal de Tributação, Ludenilson Lopes, o prazo para cancelar o parcelamento devido ao não cumprimento por parte dos contribuintes, venceu no fim de abril. No início do mês de maio foram enviadas correspondências a todos os 4.688 contribuintes passíveis de cancelamento do parcelamento, dando prazo até o fim de maio. Devido à paralisação dos caminhoneiros e suas conseqüências para a população, a Semut estendeu o prazo para a regularização, ficando a nova data para o dia 22 de junho. 

“Nossa intenção não é que ninguém perca o parcelamento, mas que mantenha, pois a perda dificulta muito a regularização posteriormente”, afirma o secretário de Tributação. No caso do contribuinte perder a negociação ele não terá mais direito aos descontos oferecidos quando foi negociada a dívida tributária e realizado o parcelamento.
 

Durante o mês de maio, depois de alertados, cerca de 17% apenas, 528 contribuintes prestes a perder a negociação, regularizaram sua condição junto à Secretaria Municipal de Tributação. Do total de parcelas que deixaram de ser pagas pelo contribuinte em negociação, o Município deixou de arrecadar em torno de R$ 9 milhões, referentes aos três meses em atraso, e recuperados cerca de R$ 700 mil com a regularização em maio. 

 

 

Projeto “Quartas Clássicas” faz apresentação nesta semana no Teatro Riachuelo com convidado italiano

 

 

Com 1º lote de ingressos esgotado, projeto abre 2º lote nesta quarta-feira (30), a partir das 12h, na bilheteria do Teatro

 

Vários sons e talentos em um só lugar! Com 42 anos de história e 60 profissionais envolvidos, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, através do projeto “Movimento Sinfônico - Quartas Clássicas” segue com o mesmo compromisso de sempre: fazer a música tocar a sua alma. Nesta quarta-feira (30), véspera de feriado, acontece o III Concerto Oficial da temporada 2018 do projeto, no Teatro Riachuelo, às 20h, com entrada gratuita.

 

Regida pelo maestro Linus Lerner, a OSRN se prepara para dividir o palco com o renomado violinista italiano, Emmanuele Baldini. Sendo atual spalla da OSESP – Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Baldini tem uma curiosidade musical inesgotável e ávida paixão pela música. Após uma renomada trajetória como violinista, embarcou na carreira de maestro, fundando o Quarteto OSESP.  

 

Para o repertório da noite, composições de Johan Strauss, com Abertura da Operetta ‘O Morcego’; Felix Mendelssonh, em Concerto para Violino Op.64, Mi Menor e Dvorak Antonin, na Sinfonia nº 8 Op.88, Sol Menor. Será mais uma apresentação repleta com o melhor da música clássica, aliada aos talentosos integrantes da OSRN, que a transformam no maior e mais antigo grupo de música do Estado.

Com o 1º lote de ingressos esgotado, nesta quarta-feira (30), dia da apresentação, o projeto distribui ingressos do 2º lote, na bilheteria do Teatro Riachuelo, a partir das 12h. Lembrando que, nesse caso não é necessário fazer cadastro, basta apresentar o documento na bilheteria e retirar até duas entradas. Para os que fizeram a reserva pelo site (1º lote) a distribuição acontece até amanhã (29), na Galeria Fernando Chiriboga, no Midway Mall, das 10h às 22h.

 

O projeto “Quartas Clássicas” conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Natal, Lei Djalma Maranhão, Unimed Natal, Governo do RN, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Cosern e CEI Mirassol.  Apoio: Camarões, Poti Restaurante,Restaurante La Cachette, Galeria Fernando Chiriboga, Hotel Red Roof Inn, Aquária Natal Hotel, G7 Comunicação e Lado A. Apoio cultural Teatro Riachuelo e Opus; parceria Inter TV Cabugi; e a realização é da M.A.P.A. Realizações Culturais.

 

Mais informações sobre o convidado no link abaixo:

Emmanuele Baldini - emmanuelebaldini.com/

 

Serviço - Projeto Movimento Sinfônico – Quartas Clássicas

 

Data: 30 de maio de 2018 (quarta-feira)

Local: Teatro Riachuelo, 3º piso do Midway Mall.

Horário: 20h

Entrada gratuita

Audiência Pública debate "Por que a maioria das crianças em unidades de acolhimento não pode ser adotada?"

internet

Das 86 crianças que estão em instituições de acolhimento em Natal, apenas 13 podem ser adotadas. Há 140 casais na fila de espera

 

 

Quatro a cinco anos. Esse é tempo médio que se leva desde que são identificadas crianças em situação de vulnerabilidade até a destituição do poder familiar. Este e outros temas relativos à adoção foram discutidos em audiência pública, promovida pela vereadora Nina Souza, na Câmara Municipal de Natal, na tarde desta sexta-feira, 25. Vários representantes de instituições voltadas ao atendimento desse público e organismos estatais marcaram presença. 

“Temos muitas crianças em redes de acolhimento. É necessário que a gente consiga uma família substituta para crianças em situação de violação de direitos. Toda a sociedade precisa abraçar essa causa”, pontuou a vereadora Nina Souza. 

Segundo Michelly Bezerra dos Santos, assistente social da 2ª vara da Infância em Natal, até a última sexta-feira haviam 140 casais na fila de adoção, 86 crianças em instituições de acolhimento e apenas 13 aptas à adoção.

“O que está acontecendo que os 86 abrigados não estão aptos à adoção?”, foi o questionamento do advogado André Franco, presidente da comissão de direito da família da OAB-RN e vice-presidente do instituto Brasileiro de Direito da Família. 

LENTIDÃO - Conforme Franco, o gargalo está na lentidão do processo judicial “que começa quando se detecta algum sinal de violência e vulnerabilidade da criança. Esse processo pra destituir autoridade parental vai demorar de quatro a cinco anos”.

Durante esse período, crianças e adolescentes com sinais que sofreram violência ficam em unidades de acolhimento até que todo o trâmite judicial seja concluído. Tempo de espera longo demais pra quem precisa de um novo lar e uma nova família. 

Quando a criança está pronta pra ser adotada, surge outro problema. Em Natal, por exemplo, mais de 70% das crianças habilitadas à terem um novo lar têm acima de sete anos e as famílias que querem adotar um filho ainda priorizam bebês e crianças pequenas. 

Perfil que as instituições que trabalham com a causa está tentando mudar através de cursos preparatórios de adoção. “Estamos quebrando estigmas de adoção de crianças maiores e adolescentes. Nossa experiência diária nos mostra que é possível ser família em qualquer idade”, pontuou a assistente social Michelly Bezerra. 

NOVO LAR - Paulo Matias pôde comprovar isso. Junto com seu companheiro resolveu adotar uma criança maior de sete anos. “A adoção mudou a minha vida, meu filho é o melhor filho que alguém poderia ter. Aprendi mais com ele do que ensinei e volto pra casa porque tenho ele me esperando. Ele já tem meu nome e é herdeiro de tudo que tenho”. 

O advogado Bruno Saldanha, presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB no RN,  enfatizou que a instituição apoia todas as medidas “pra zerar essa lista de crianças e adolescentes que estão aguardando definição de suas vidas” e defendeu  um 

orçamento público para subsidiar o trabalho da assistência social.

A audiência pública contou ainda com a participação de Roberto Teixeira, presidente do Projeto Acalanto, Maria José Medeiros, a Zezinha, que representou a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), e o vereador Preto Aquino (Patriotas).

SOLUÇÃO - Um Projeto de Lei do Senado, o PLS 394/2017, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), pretende simplificar o processo de adoção, considerado lento. A ideia é evitar que as crianças envelheçam sem conseguir uma nova família. A proposta está em fase de consulta pública. Até agora, das 672 pessoas que opinaram sobre o PLS, 58% foram contra a mudança que facilita o processo de adoção. O projeto ainda está aberto à votação.

Na próxima semana a vereadora Nina Souza irá protocolar um projeto na Câmara de Natal que visa instituir a Semana Municipal de Incentivo À Adoção da Criança e do Adolescente. 

 

Parte do forro do teto desaba sobre plateia no Cinépolis Natal Shopping
 
 


Os espectadores que estavam na sessão das 19h, do dia 24, na sala 03, da rede Cinepolis no Natal Shopping, passaram por uma cena de forte suspense. Na vida real, infelizmente! No meio do filme, com um forte barulho, Parte do forro do teto despencou sobre uma senhora, atingindo sua poltrona com significativa violência.

Acesas as lanternas dos telefones, pode ser vista a gravidade do caso. Além da espécie de alcatifa do forro, caiu, também, uma peça de metal que, sem sombra de dúvidas, caso atingisse a cabeça da vítima, traria danos talvez mortais.

Para aumentar a indignação de todos, o gerente chegou ao local e tentou minimizar dizendo que "Foi nada não. Caiu só sobre uma fila que não tinha ninguém". Infeliz pronunciamento! Todos se revoltaram diante do descaso e teve gente que pediu que houvesse uma interdição na parte na qual houve o acidente até que se veja toda a estrutura do local.

Em resposta à reclamação, a rede Cinépolis limitou-se a distorcer a verdade e, para piorar, teve a falta de educação e ousadia de oferecer "duas cortesias" aos infelizes espectadores. 

VIII Teste Seletivo para estagiários da DPE/RN entra na última semana de inscrições

 

 

 

Os estudantes de direito têm apenas mais uma semana para se inscrever no VIII Teste Seletivo para estagiários da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN).  O prazo se encerrará na segunda-feira, 4 de junho. As inscrições custam R$ 40,00 e devem ser feitas no núcleo sede para o qual o candidato irá concorrer.

 

A seleção tem como objetivo formar cadastro de reserva para os núcleos de Mossoró, Pau dos Ferros, Currais Novos, Santa Cruz, Macaíba, São Gonçalo, Ceará-Mirim e Caicó.  Para se inscrever o estudante precisa apresentar uma declaração comprovando estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em direito, cópias do RG e CPF, duas fotografias 3x4 recentes e o comprovante do pagamento da taxa de inscrição em original ou cópia autenticada na forma indicada no edital do certame.

 

As provas serão realizadas no dia 24 de junho de 2018, das 9h às 13h, nas cidades-sedes dos núcleos para as quais os candidatos efetivaram sua inscrição em locais a serem divulgados no site da DPE/RN. O teste seletivo consistirá em uma única prova objetiva, contendo 60 questões de múltipla escolha cujo conteúdo foi apresentado no edital.  O gabarito preliminar da prova será afixado nos locais onde se realizaram as inscrições e no site www.defensoria.rn.def.br, até 48 horas após a realização do certame.

 

Serviço:

Inscrições: 04/05/ a 04/06 das 08h às 13h

Locais de inscrição:

Núcleo de Mossoró, localizado na Rua Francisco Peregrino, 418, bairro Centro, Mossró/RN;

Núcleo de Caicó, localizado na Rua José Evaristo de Medeiros, 800, bairro Penedo, Caicó/RN;

Núcleo de Currais Novos, Avenida Coronel José Bezerra, s/n, bairro Centro, Currais Novos/RN, CEP 59.380-000, ponto de referência: em frente ao hotel tungstênio;

Núcleo de Pau dos Ferros, localizada na central do cidadão, na Avenida Vereador Gaudêncio Jerônimo de Souza, n° 1730, bairro Zeca Pedro, Pau dos Ferros/RN;

Nucleo de Santa Cruz, localizada no Fórum Municipal Dr. Jonas de Oliveira Leite, na Rua Lourenço da Rocha, 122, Centro, Santa Cruz/RN;

Núcleo de Ceará-Mirim, localizada no Fórum Desembargador Virgílio Dantas, 1º andar, na Avenida Luís Lopes Varela, 551, Centro, Ceará-Mirim/RN;

Núcleo de São Gonçalo do Amarante, localizada no Fórum Desembargador Ivan Meira Lima, na Avenida Vereador Aildo Mendes da Silva, 1072, Samburá, São Gonçalo do Amarante/RN;

Núcleo de Macaíba, sala da defensoria pública na central do cidadão - Av. Jundiaí, 69-139, Macaíba/RN.

HUOL cadastra 170 pacientes de cirurgia bariátrica para pesquisa

 

A partir da próxima segunda-feira, 28, o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abrirá vagas para um programa de pesquisa que inclui tratamento da intolerância alimentar que pode surgir após a cirurgia de redução de estômago conhecida como Bypass Gástrico em Y de Roux. Serão 170 voluntários selecionados e os interessados precisam fazer cadastro através do site. 

Os interessados devem preencher alguns critérios mínimos, como possuir todos os dentes ou ter no máximo dois elementos dentários ausentes; apresentar vômitos ou regurgitação (como uma baba) mais de duas vezes na semana; e ter mais de dois anos da realização da cirurgia. Os selecionados serão contatados pelo hospital e não entrarão nas filas de atendimento em saúde, tendo atenção assegurada pelo programa de pesquisa.

A coordenadora da pesquisa é a fonoaudióloga Cynthia Godoy, que explica que os episódios de vômitos podem decorrer de um problema simples, mas que gera consequências delicadas: a má mastigação.

“O vômito repetitivo pode advir de uma deglutição feita sem mastigação correta, desencadeando problemas variados, desde condicionamento psíquico do paciente, até problemas dentários e do sistema digestivo, causados pelo ácido gástrico”, destaca a especialista.

Pacientes de todas as localidades do Rio Grande do Norte podem realizar o cadastro.

 

Natal tem atividades dentro da campanha "Maio Amarelo"

 
 
Maio ganhou a cor amarela por ser o mês da prevenção ao acidente de trânsito e é por isso que o natalense tem visto várias ações sobre o tema na rua. Dando continuidade, à programação do Maio Amarelo, a Prefeitura do Natal – por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), vai realizar a 1ª Corrida Maio Amarelo na Ponte Newton Navarro.
 
A corrida acontecerá no sábado (26), e será aberta ao público, sem necessidade de inscrição prévia. A concentração começará às 15h, na Praia do Forte, com largada às 16h e percurso de 4km.
 
Durante a concentração, os corredores contarão com a banda Leão de Judá, tocando swingueira e reggae para animar, e em seguida o aquecimento para a corrida será realizado pela consultora de saúde Leila Maia. Também haverá ação de promoção à saúde em parceria coma Faculdade Estácio de Sá. A expectativa da STTU é que o evento reúna cinco mil pessoas.
 
O evento é uma realização da Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana e em parceria com as secretarias municipais de Turismo, Esporte e Lazer, Saúde, Segurança, Governo e a Fundação Cultural Capitania das Artes. Como apoiadores, estão a Polícia Militar e a Faculdade Estácio de Sá. Já como patrocinador, conta com a BBN Telecom, Helume Engenharia, Trekking 4 Estações e Trekking do Sertão.
 
 
PILOTAGEM CONSCIENTE
 
Ainda no sábado (26), às 8h, será realizado Curso de Pilotagem Consciente no estacionamento do Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte da cidade. As inscrições para os motociclistas são gratuitas e podem ser realizadas por meio do whatsapp (84) 3232 9128. 
 

FNF divulga tabela do Campeonato Potiguar Sub-19 Loterias Caixa 2018

Canindé Pereira/América FC

Competição começa dia 23 de junho, com 13 clubes participantes. Edição deste ano dará vaga aos três primeiros colocados na Copa SP de Futebol Júnior 2019

 

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol divulgou nesta quarta-feira (23) a tabela do Campeonato Potiguar Sub-19 Loterias Caixa 2018. A competição contará com a presença de 13 clubes, divididos em quatro grupos, e terá início no dia 23 de junho.

Participam do campeonato os seguintes clubes: ABC, Alecrim, América-RN, Assu, Atlético Potiguar, Corintians, Força e Luz, Mossoró, Palmeira, Parnamirim, Potiguar de Mossoró, Santa Cruz de Natal e Visão Celeste.

Os jogos serão realizados nos estádios Frasqueirão e Juvenal Lamartine, em Natal; Nazarenão, em Goianinha; Edgarzão, em Assú; e Nogueirão, em Mossoró.

A primeira rodada começa no dia 23 de junho. Às 9h, acontece o duelo entre Visão Celeste e Parnamirim, no Estádio Juvenal Lamartine. Às 15h30, novamente no JL, será a vez de Alecrim x Palmeira. Também às 15h30, mas no Estádio Frasqueirão, ABC e Atlético Potiguar fazem as estreias. No dia 24 de junho, a rodada tem complemento com o jogo Potiguar de Mossoró x Assu, às 16h, no Estádio Nogueirão, em Mossoró.

Participantes

Grupo A: ABC, Atlético Potiguar, Corintians e Força e Luz

Grupo B: América-RN, Parnamirim e Visão Celeste

Grupo C: Alecrim, Palmeira e Santa Cruz de Natal

Grupo D: Assu, Mossoró e Potiguar de Mossoró

Regulamento

 

 

O Campeonato Potiguar Sub-19 Loterias Caixa 2018 terá na primeira fase o formato com três grupos formados por três equipes e um grupo com quatro integrantes. Os clubes farão os confrontos diretos em cada chave e as duas melhores equipes de cada grupo avançarão à segunda fase do Estadual. Os oito classificados serão divididos em dois grupos, com quatro times em cada. Os dois melhores de cada grupo se classificam para as semifinais. O campeão, o vice-campeão e o terceiro colocado do torneio serão os representantes do Rio Grande do Norte na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019.

“De onde vem o caos” e “Terra Pura” são clipes em destaque no Som sem Plugs

 

 

sarah wollermann

Temporada 2018 já produziu com os artistas potiguares Ângela Castro e Mago da Silva

 

 

Com mais de cinco anos em atividade em prol da valorização e propagação do cenário musical do Rio Grande do Norte para o mundo, via internet, o projeto Som sem Plugs - SSP já produziu quase 300 audiovisuais envolvendo cerca de 100 artistas potiguares da capital e do interior do estado. Para a temporada 2018, os últimos lançamentos realizados pelo projeto foram: “De onde vem o Caos” com Mago da Silva e “Terra Pura” de Ângela Castro & Buena Onda.

 

 

O primeiro da temporada foi “Terra Pura”, no qual a cantora e compositora com 15 anos de carreira, Ângela Castro, contou com a participação de Gabriel Souto (baixo e produção musical), Zé Caxangá (guitarra e teclado), Sílvio Franco (bateria), além do trio de metais composto por Gilberto Cabral (trombone), Isaque Santos (saxofone) e Vandinho Trompete (trompete). A produção foi às margens do Rio Potengi, nas instalações do Porto de Natal. O resultado é de ‘encher’ os ouvidos com música boa. Confira em www.youtube.com/watch?v=4sNWymaoTJw.

 

 

O clipe de Mago da Silva também teve como cenário o Rio Potengi, aliado ao mar e as encantadoras paisagens da Redinha, nas proximidades na Ponte Newton Navarro. “De onde vem o caos”, de Mago da Silva, traz um mix de ritmos em melodias inéditas e contou com a presença de músicos como, Diego Brasil (violão e voz), Dinei Teixeira (percussão e voz) e Amaro Trompa (trompete). Veja vídeo completo em www.youtube.com/watch?v=LK9SOfYyRVs&t=19s. O artista tem a musicalidade em sua história desde criança.

 

Além desses, outros artistas, em seus mais variados ritmos, serão lançados nas plataformas digitais (redes sociais, sites e canal no YouTube), pelo projeto Som sem Plugs, ainda neste ano. O SSP conta com o patrocínio da Cosern, grupo Neoenergia, através da  Fundação José Augusto - FJA e a Lei Câmara Cascudo  de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

 



Twitter