NATAL PRESS

 appgourmet

Receitas desenvolvidas pelo chef francês Claude Troisgros, guia de restaurantes, cardápio, promoções e delivery. Essas são as opções que o usuário terá à disposição com o Tim Gourmet. O aplicativo, já disponível para Android e, até o final do mês, para iOS, foi desenvolvido em parceria com a Movile  e agrega a plataforma de delivey iFood.

fapernok

Há uma grande demanda para a realização de eventos científicos, tecnológicos e de inovação no Rio Grande do Norte. É o que se pode observar a partir da análise das informações referentes ao Edital 02/2015, cujo resultado acaba de ser divulgado pela Fundação e Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN). Foram 44 propostas aprovadas, que receberão conjuntamente o valor R$ 150 mil, oriundos de Emendas Parlamentares. A solenidade de assinatura dos contratos será no dia 15 de setembro (terça), às 14h, na Escola de Governo (EGRN), no Centro Administrativo. A expectativa é que os recursos sejam repassados aos coordenadores beneficiados até o final de setembro.

As propostas aprovadas serão apoiadas com valores que variam entre R$ 1 mil e R$ 8.897,00, de acordo com o que foi estabelecido pelo Comitê Assessor de FAPERN, formado por pesquisadores das quatro instituições de ensino superior públicas do Estado (UFRN, UERN, IFRN e Ufersa). A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) é a instituição organizadora do maior número de propostas aprovadas (22) e maior valor investido pelo Edital (R$ 69.988,00). A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) tiveram o mesmo número de propostas aprovadas (8), com valores de R$ 33.342,00 e R$ 27.420,00 respectivamente. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) teve duas propostas aprovadas, com o valor de R$ 10,5 mil. Ainda foram aprovadas propostas da Uni-RN, UnP e Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont.

Os eventos serão realizados de outubro de 2015 a setembro de 2016 em Natal, Caicó, Mossoró, Macaíba, Pau dos Ferros e Santa Cruz. Foram contempladas as áreas de Administração (1), Anatomia (1), Arquitetura e Urbanismo (1), Artes (1), Automação (1), Ciência e Tecnologia (1), Ciências agrárias (2), Ciências Ambientais (1), Ciências Econômicas (1), Ciências Exatas e da Terra (1), Ciências Humanas (1), Educação (4), Educação Matemática (1), Engenharia Biomédica (Neuroengenharia) (1), Engenharia da Computação (1), Farmácia (1), Filosofia (1), Física da Matéria Condensada e Astrofísica (1), Fisioterapia (1), Geociências (1), Geologia (1), Gestão De Negócios (1), História (1), Interdisciplinar (4), Interprofissionalidade em Saúde (1), Linguística (3), Psicologia (1), Recursos Naturais (1), Saúde Pública (1), Serviço Social (1), Toxicologia (1), Turismo (2) e Zoologia(1).


SERVIÇO: ASSINATURA DOS CONTRATOS REFERENTES A 44 PROPOSTAS DE EVENTOS CIENTÍFICOS PELO GOVERNO DO ESTADO
Data: 15/09/2015 (TERÇA)
Hora: 14H
Local: Escola de Governo – Centro Administrativo

PROPOSTAS APROVADAS
XXVII CONG BRASILEIRO DE ANATOMIA e III ENCONTRO DAS LIGAS ESTUDANTIS DE MORFOLOGIA
VII Seminário Projetar 2015
XXII Congresso Nac da Assoc Bras de Educ Musical Tema -Educação musical: formação humana, ética e produção de conhecimento
XII SBAI - Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente
VII Simp Bras de Meio Ambiente e Desenv Sust do Semiárido e I Cong de Agroecologia no Semiárido
Ia SEMANA DE DEBATES DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ANIMAIS DA UFERSA “CONTRIBUIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE DO SEMIÁRIDO POTIGUAR ”
I Congresso Potiguar Interdisciplinar
III SEMINÁRIO DE AÇÕES AFIRMATIVAS, DIVERSIDADE E INCLUSÃO SOCIAL e III FÓRUM DE ACESSIBILIDADE
V Feira De Ciências Do Semiárido Potiguar
IV SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UERN: cooperação acadêmica no ensino e na pesquisa em educação.
II Seminário Potiguar: Educação, Diversidade e Acessibilidade – uma questão de efetivação de Direitos
IV Seminário De Escritas E Leituras Em Educação Matemática – SELEM
3ª SEMANA DE ELETROQUÍMICA AMBIENTAL
V Jornada Heidegger – O Amor Originário
XXXIII Encontro de Físicos do Norte e Nordeste
I Encontro Internacional de Fisioterapia na Saúde da Mulher: A prática baseada em evidência
XXVI SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO NORDESTE
DIÁLOGOS DE PESQUISA/ RESULTADOS DE PESQUISAS REALIZADAS PELA UNIVERSIDADE POTIGUAR PARA A SOCIEDADE.
V Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades
III Semana De Ciência, Tecnologia E Inovação Da Uern – III SCTI/UERN 2015
I Semana de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura - I SEPEC
VII Seminário Internacional do Grupo Discurso & Gramática XX Seminário Nacional do Grupo Discurso & Gramática Tema: Variação e Mudança na Pesquisa Construcional
I Seminário do Grupo de Pesquisa em Estudos do Texto e do Discurso
II Colóquio Internacional Ferdinand de Saussure – publicação do CLG e herança
II Seminário Marx Hoje: Pesquisa e Transformação Social
I Simpósio de Pesquisa do Programa de Pós-graduação em Ciências Naturais
V Reunião de Pesquisa em Saúde Bucal Coletiva
9th Congress of Toxicology in Developing Countries (IX CTDC) e do XIX Congresso Brasileiro de Toxicologia
XII Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo
I Seminário Internacional deInovação e Uso de Tecnologia no Turismo
V Seminário da IAGRAM

Semana Integrada Da Escola De Gestão E Negócios – Unp – Mossoró (Sieg)
XI Congresso de Iniciação Científica do IFRN
EPOCA - Escola Potiguar de Computação
II Encontro Regional de Narrativas (Auto) Biográficas – ERNAB: Povos do Campo: Memórias, Saberes, Tradição
1°Encontro de Computação do Oeste Potiguar (ECOP)
I Jornada da Saúde do Seridó
O Ensino de economia ontem, hoje e amanhã
II Simpósio de Neuroengenharia do Instituto Santos Dumont
5º workshop da Rede de Nanotecnologia Farmacêutica da Capes e 4ª Escola do Programa de Pós-Gradução em Nanotecnologia Farmacêutica
Vulnerabilidades Climáticas: O Brasil no século XXI
VIII Colóquio de Extensão da UERN II Fórum de Extensão do Oeste Potiguar
I Seminário Estadual Serviço Social e Direitos Sociais
Listening for Aquatic Mammals in Latin America - LAMLA

INSTITUIÇÃO - Nº Propostas Aprovadas Valor Aprovado (R$)

IFRN
2
10.500,00

Inst de Ens e Pesq Alberto Santos Dumont
1
2.550,00


UERN
8
27.420,00
UFERSA
8
33.3342,00

UFRN
22
69.988,00

UNI-RN
1
3200,00

UNP
2
3.000,00

Total
44
150.000,00



PERÍODO
Nº DE EVENTOS A SEREM REALIZADOS
Outubro 2015
14
Novembro 2015
14
Dezembro 2015
4
Março 2016
1
Abril 2016
1
Maio 2016
2
Julho 2016
1
Agosto 2016
6
Setembro 2016
1

LOCAL DE REALIZAÇÃO DO EVENTO - Nº DE EVENTOS A SEREM REALIZADOS
Caicó
3
Macaíba
1
Mossoró
14
Natal
23
Pau dos Ferros
2
Santa Cruz
1

TITULAÇÃO
Nº DE APROVADOS
Mestrado
7
Doutorado
30
Pós Doutorado
7

FAIXA
Nº DE APROVADOS
1
10
2
13
3
14
4
7

As inscrições para a 1ª Feira de Talentos dos Servidores da UFRN e para a I Mostra de Trabalhos Científicos PROGESP: Melhoria nos Processos de Trabalho podem ser feitas até esta sexta-feira, dia 11 de setembro de 2015.

Ambas as atividades são promovidas pela Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP), com o intuito de revelar talentos e valorizar a produção científica dos servidores (docentes e técnico-administrativos) da UFRN.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3342-2296, opção 4, e 99474-6674 ou ainda pelo e-mail <">viveremharmonia@reitoria.ufrn.br>;.

Um encontro “científico e político”. Foi o que se viu na manhã desta quinta-feira, 20, a abertura do II Encontro de Hipersônica, no auditório Professor Otto de Brito Guerra da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, conforme considerou a reitora Ângela Maria Paiva Cruz.

Em torno do assunto instituições militares, civis, educacionais e de pesquisa interessadas em um novo marco na área espacial para o Nordeste do país: um futuro Polo Aeroespacial do Nordeste, em Natal, cidade que dispõe das Bases Naval e Aérea, aeroportos internacionais, o Centro de Lançamento de Foguetes (CLBI), Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (INPE).

Apenas um terço dos países do mundo possui agência espacial. Tal dado ilustrou as vantagens da cidade para se tornar referência em estudo aeroespacial. Para Jorge Marinho, coordenador do evento juntamente com professor Gilvan Borga, “isso possibilita mais soberania e mais segurança ao país”, conforme expôs para mais de 150 jovens estudantes, a maioria com menos de 25 anos de idade.

“Só precisamos juntar esse potencial que há em Natal para explorarmos novas parcerias. Será um grande avanço, a partir dessa iniciativa. Em 20 anos, vamos olhar esse como um momento histórico”, afirmou o Coronel Marcos Aurélio Alcântara, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE - Nordeste).

Papel da UFRN

Imbuída do espírito do século XXI – o da velocidade e dos avanços tecnológicos - o engajamento da UFRN é estratégico nesse processo. Além de colaborar para o Projeto PHiLO (Plataforma Hipersônica de Lançamento Orbital), em parceria com vários órgãos, a instituição deve ofertar um curso de pós-graduação em Engenharia Aeroespacial.

“É sabido que há, na alma potiguar, um forte interesse pelas questões concernentes a este seminário”, disse a reitora Ângela Paiva Cruz, ao recepcionar os participantes do encontro.

Protagonismo do ar

Adjetivo relativo a velocidades que correspondem a um número de Mach igual ou superior a 5 (isto é, a 15ºC, cerca de 6.000 km/h), a palavra hipersônica está para o RN como um diferencial, dada a posição geográfica privilegiada da capital. Trata-se de um ponto no continente sulamericano que possibilita a mais curta distância para o continente europeu e fica na mira do continente africano, favorecendo pousos e decolagens de aeronaves. Desfruta também, Natal, de ventos que ajudam no lançamento de veículos aeroespaciais.

O legado do professor, guarda-livros, comerciante e deputado federal Augusto Severo de Albuquerque Maranhão, também ilustra o protagonismo potiguar no ar. Em 12 de maio de 1902, o macaibense lançou-se aos céus de Paris em seu Pax, um balão construído para voar. Morreu num incêndio durante a empreitada, mas a experiência serviu à pesquisa nessa área e até hoje é um destaque e inspiração potiguar.

cientecd

A Coordenação da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) anuncia que o prazo para a submissão de trabalhos em estandes, pôsteres e demais áreas, foi prorrogado até o dia 23 de agosto, domingo.

Segundo a coordenação, problemas ocorridos no funcionamento do Sistema Integrado de Festão de Eventos (SIGeventos) impossibilitou a consolidação da inscrição em alguns casos. Assim, a coordenação justifica que a prorrogação visa atender os interessados que ainda não efetivaram suas inscrições.

As inscrições estão abertas, também, ao público externo, exceto para a apresentação em estandes, restrita à comunidade universitária. A lista com os procedimentos necessários para a submissão de trabalhos está no site do evento: www.cientec.ufrn.br.

Outros eventos ainda podem ser incluídos na programação da CIENTEC e os interessados devem solicitar as informações sobre a proposição desses eventos pelo e-mail; Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Todos os números e e-mails para contato com a Coordenação da CIENTEC estão disponíveis no site.

O Instituto Internacional de Física (IIF) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebe, nesta sexta-feira, dia 14 de agosto, o professor Christophe Royon, da Universidade do Kansas (EUA), que apresentará um seminário sobre estudos da estrutura de prótons no Grande Colisor de Hádrons (LHC) no CERN (acrônimo em francês para Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire).

O evento internacional será realizado no auditório do Departamento de Física Teórica e Experimental (DFTE) da UFRN, a partir das 10h, com entrada livre.

Christophe Royon é um dos mais proeminentes especialistas em Física de partículas no mundo e realizou contribuições acadêmicas em diferentes campos de pesquisa ao oferecer uma melhor compreensão do papel das partículas subatômicas na matéria de nosso Universo.

Seu trabalho no CERN, assim como em outros colisores de partículas, segundo os organizadores do evento, ajudou no desenvolvimento de novas tecnologias para pesquisa em Física aplicada, como na detecção de aeronaves e melhores equipamentos de imagens em Medicina, e suas contribuições acadêmicas também são de fundamental importância para a Física teórica, a exemplo de sua atuação na busca pelo Bóson de Higgs.

O professor Royon possui várias posições permanentes em programas e instituições de ensino e pesquisa do mundo e é conselheiro científico no Brasil por meio do Programa Ciências Sem Fronteiras.

A comunidade científica local está sendo convidada para participar da programação, em especial professores e pesquisadores em nível de pós-graduação com interesses relacionados à Física teórica.

Mais informações podem ser encontradas no IIF pelo telefone: (84) 3215-9220.

A Oi apresentou ontem, na ABTA 2015, feira e congresso de TV por assinatura, realizado em São Paulo, dois serviços inovadores de TV por assinatura. Um deles é o Oi Play, serviço de TV Everywhere que chega para oferecer a flexibilidade e a mobilidade compatíveis com as demandas dos clientes do mundo contemporâneo. Com a nova funcionalidade, os clientes da Oi TV podem assistir ao conteúdo de diversos programadores onde e quando quiserem, por qualquer dispositivo (smartphone, tablet ou computador) com conexão à internet. O serviço não tem custo adicional para o consumidor e oferece programação ao vivo e on demand.

O outro serviço é o Pen VR, que permite a gravação do conteúdo dos canais através de pen drive com memória de 8 Gb, conectado à entrada USB do aparelho da Oi TV. O Pen VR, que tem lançamento previsto para novembro, oferece também as funcionalidades de Live Pause, agendamento de gravação, gravação de série/episódio e lista de conteúdos gravados.

O Instituto do Cérebro (ICe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza em 17 de agosto, às 14h, o simpósio “Sleep, Memory and Development”, na biblioteca do ICe 1. O evento é gratuito e o público-alvo é a comunidade universitária.

O encontro contará com palestras ministradas pelo neurocientista e diretor do ICe, Sidarta Ribeiro, abordando o tema “Memory, Sleep and Dream”; pelo especialista em sono, memória e consciência da University of Salzburg, Manuel Schabus, sobre “Information processing in altered states of consciousness”; e pela especialista em bases neurobiológicas do desenvolvimento cognitivo e do aprendizado da University of California at Berkeley, Silvia Bunge, discutindo sobre “Reasoning: brain mechanisms, development, and platicity”.

Para participar, não é necessário realizar inscrição. Basta dirigir-se ao local do evento no horário previsto. Em caso de dúvidas, as mensagens devem ser enviadas para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

O Laboratório de Sismologia (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) registrou um novo tremor de terra no dia 25 deste mês, no município de Caruaru, Pernambuco.

O evento ocorreu às 18h42, hora local, e foi descrito como forte por parte das pessoas que se comunicaram com o LabSis logo após a ocorrência do sismo. O tremor também foi registrado em várias das estações da Rede Sismográfica do Nordeste (RSISNE).

No mês de fevereiro deste ano, entre os dias 3 e 8, foram registrados diversos tremores em Caruaru. Depois a atividade diminuiu e reapareceu nos dias 30 de junho e 1º de julho, período em que foram registrados 4 novos tremores.

Porém, o tremor registrado no último dia 25 foi mais intenso que os anteriores registrados neste ano e alcançou 3.3 graus de magnitude na escala Richter.

O epicentro deste evento está localizado praticamente no limite dos municípios de Caruaru e Bezerros e trata-se de uma área epicentral onde antes não havia ocorrido sismos dessa magnitude.

Segundo o LabSis, dada a localização do evento registrado no último sábado, próxima ao Lineamento Pernambuco, é possível que esteja ocorrendo a reativação de um trecho do mesmo, o que já aconteceu em outras localidades como São Caetano e Belo Jardim.

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – Cade instaurou, nesta quinta-feira (23/07), processo administrativo (PA 08700.008098/2014-71) para apurar supostas condutas anticompetitivas em licitações para aquisição de equipamentos e materiais de informática. Entre os equipamentos estão desktops, notebooks, tablets, lousas interativas e projetores.

Estão sendo investigadas as empresas Caleb G. Kieling & Cia. Ltda., Enge Áudio Comércio e Sonorização Ltda. ME, I 9 Soluções em Tecnologia e Informática Ltda. ME, Líder Suprimentos para Informática Ltda., MS Equipamentos e Assistência Técnica Ltda., Multicomp Informática Ltda., Positivo Informática S/A, Proxyline Informática Ltda., S&V Equipamentos para Escritório Ltda., Somaq Assistência e Equipamentos Ltda., além de 18 pessoas físicas.

A investigação teve início a partir de documentos remetidos ao Cade em junho de 2014, referentes à “Operação Licitação Mapeada”, conduzida pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina.

A Superintendência apurou indícios de que a política nacional de vendas da Positivo Informática poderia gerar efeitos anticompetitivos especialmente em licitações para aquisição de equipamentos e materiais de informática. A ação incluiria uma divisão geográfica de mercado associada a um mapeamento e reserva de oportunidades, por meio da qual a Positivo concederia uma autorização para determinado revendedor participar de uma licitação e impediria que aqueles não autorizados estivessem em concorrências reservadas para outros revendedores.

Os que não cumprissem este tipo de acordo tinham recusado o fornecimento de produtos, entre outras punições. Como a Positivo participava diretamente de licitações – concorrendo, portanto, com seus revendedores –, há indícios de que tal política criaria dificuldades a concorrentes ou conluios entre eles.

A Positivo ainda teria centralizado e repassado informações comerciais sensíveis entre revendedores, influenciando a adoção de condutas uniformes entre concorrentes. Alguns deles, que supostamente exigiriam proteção ao revendedor mapeado para determinada licitação, também são investigados, como a S&V, revendedora da Positivo em Santa Catarina.

Atuação regional – A Superintendência-Geral do Cade também encontrou indícios robustos de cartel em licitações destinadas à aquisição de equipamentos e materiais de informática nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Previamente às concorrências, as empresas S&V, revendedora da Positivo na região, e MS fechariam acordo com as firmas Líder, Proxyline, Somaq e Caleb Ltda. As empresas combinavam quem cederia, quem participaria das licitações ou quem daria cobertura àquela previamente designada para vencer o certame. O objetivo era falsear e restringir a livre concorrência e simular uma competição que de fato não existia entre elas.

Com a instauração do processo administrativo, os acusados serão notificados para apresentar defesa. Ao final da instrução processual, a Superintendência-Geral opinará pela condenação ou arquivamento e remeterá o caso para julgamento pelo Tribunal Administrativo do Cade, responsável pela decisão final.



Twitter