NATAL PRESS

O Instituto do Cérebro (ICe), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), recebe, nesta segunda, 8, um grupo de 37 estudantes intercambistas de 11 países, como Rússia, Turquia, Malásia, África do Sul e México, para conhecer a estrutura e os trabalhos desenvolvidas pelos pesquisadores da unidade.

A visita técnica faz parte de um programa de incentivo à ciência e tecnologia promovido pela ONG AFS Brasil e a British Petroleum, empresa global de energia, e acontece, simultaneamente, em vários países. 

Segundo Eduardo Cerqueira, coordenador do ICe e orientador da visita, esta é a segunda vez que acontece a parceria, a primeira foi ano passado. Ele também acrescentou que neste ano de 2019 os alunos demonstraram um interesse, em particular, pelos projetos das áreas de biociências e genética. 

Uma das alunas do grupo, que é do México e está pela primeira vez no Brasil, disse ter adorado a passagem pelo Instituto do Cérebro. Ela relata que já veio na intenção de aprender mais sobre a área de biomédica e “tudo relacionado ao cérebro” e elogiou  a estrutura, os projetos desenvolvidos e as explicações científicas dos pesquisadores.



Twitter