A operadora – líder em cobertura LTE – manteve compromisso de ativar a tecnologia imediatamente após a liberação da faixa

 

 

 

  Líder na cobertura 4G no Brasil, a TIM continua expandindo a sua atuação e começa a ativar a rede de quarta geração na frequência de 700 MHz em Natal. A cidade é a segunda do Nordeste e a quarta do país a ser contemplada com a nova faixa, ampliando de forma significativa sua capacidade, a cobertura indoor e outdoor na capital potiguar, garantindo evolução da experiência de uso dos clientes.

 

Apesar de o desligamento da TV analógica em Natal estar previsto para maio de 2018, segundo cronograma do Governo, a faixa de 700 MHz já começa a ser utilizada pela TIM graças ao plano de mitigação de interferências realizado junto à Anatel. Com o objetivo de antecipar a ocupação da faixa nas localidades onde o sinal analógico não possui canal ocupando a frequência, como ocorreu em Teresina (PI), em abril deste ano, por exemplo.  

 

 “A TIM atua novamente como protagonista ao ativar de imediato a nova frequência em Natal, após liberação pela Anatel. A exploração da faixa de 700 MHz é estratégica para o contínuo incremento do desempenho da rede 4G e expansão da banda larga móvel. A frequência tem um alcance de cobertura bastante superior ao da faixa de 2600 MHz, principalmente em ambientes fechados”, ressalta Ageu Guerra, gerente de Engenharia de Redes da TIM Nordeste.

 

“Com essa nova infraestrutura, já estamos preparados para oferecer o serviço de voz sobre LTE (VoLTE), que passará por um período de teste e irá oferecer menor tempo de estabelecimento de chamadas , voz mais nítida e menor consumo de bateria”, completa Ageu Guerra.

 

Vale ressaltar que todos os aparelhos do portfólio atual da TIM já operam na frequência 700 MHz. As ofertas de dados da operadora se mantêm, sem qualquer reajuste de preços por conta da nova tecnologia.

 

A TIM adquiriu o direito de operar na frequência de 700 MHz após vencer um dos lotes do leilão de faixas promovido pela Anatel em setembro de 2014. O investimento da empresa foi de R$ 2,85 bilhões nessa aquisição.

 

A operadora alcançará, até o final do ano, 2.000 cidades e 90% da população urbana com sua tecnologia de quarta geração. De acordo com seu plano industrial para o triênio 2017-2019, a empresa investirá R$ 12 bilhões no país.

 

Sobre a TIM

 

A TIM tem como missão conectar e cuidar de cada um e para que todos possam fazer mais. Sua assinatura – “Evoluir é fazer diferente” – destaca a evolução da empresa no país e sua postura inovadora e pioneira.

 

Tendo como base o Plano de Investimentos, focado, sobretudo, em infraestrutura de rede, e seguindo os pilares de inovação, qualidade e experiência do usuário, a TIM continua a liderar diversos movimentos, apostando cada vez mais em uma robusta rede de dados combinada com a oferta de serviços digitais inovadores do mercado.

 

A operadora é líder disparada na cobertura da tecnologia 4G no país. Em 2016, a companhia mais que triplicou o número de cidades conectadas, somando duas vezes mais locais cobertos do que a segunda colocada.

 

A TIM também é líder em práticas de governança e ainda a única empresa do setor de telecomunicações no Novo Mercado da BM&FBOVESPA, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, além de ser a empresa do setor há mais tempo a fazer parte também do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Vale ressaltar também as iniciativas do Instituto TIM (www.institutotim.org.br), que buscam criar e potencializar recursos estratégicos para a democratização da ciência e inovação no Brasil.

Para mais informações, acesse www.tim.com.br, www.twitter.com/timbrasil ou www.facebook.com/timbrasil.