NATAL PRESS

divulgação

lapiscientesc

No corredor principal da 22ª Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN – Cientec, crianças de 6 a 10 anos têm se destacado. O estande é o da Escola Lápis de Cor e nele os alunos da instituição fazem experiências, interagem com os visitantes através de jogos, contam histórias em inglês e explicam temas vistos em sala de aula de forma lúdica, como fração, energia, densidade, educação financeira e ações relacionadas ao desenvolvimento sustentável.


Semio Dutra, aluno do 5º ano, é um dos responsáveis por falar sobre os estudos de educação financeira aos visitantes do espaço e garante que está gostando de participar do evento. "Eu acho muito legal participar porque aqui eu explico o meu conhecimento para as pessoas e eu acho que elas estão entendendo e estão gostando", disse Semio.


Na visão dos professores, o desafio de explicar diferentes conteúdos para um grande público é algo bastante proveitoso para as crianças, que não deixam de aprender durante esse processo. "É mais significativo quando eles tentam passar o que eles entenderam para as pessoas. É uma experiência muito boa para o aluno colocar a mão na massa e exercitar esses assuntos de forma prática, pois quando eles explicam, eles também reforçam o aprendizado", ressaltou Renata Souza, professora do 5º ano da Escola.


Os assuntos tratados no estande estão ligados ao tema integrador da Escola em 2016 – Biodiversidade Marinha: condição necessária para a manutenção da vida no planeta terra, bem como ao tema central desta edição da Cientec: "Nós no Planeta". Em 2016, a Cientec conta com 80 estandes, divididos em quatro pavilhões, onde ocorrem seminários, oficinas, apresentações de dança, música e exposição de pôsteres.  



Twitter