NATAL PRESS

divulgação

Um grupo de amigos, composto por mais de 20 integrantes de diferentes profissões, preparam ‘A Corrente do Bem’. A iniciativa está na 1ª edição e levará ações gratuitas de saúde e cidadania em São José do Mipibu, na Grande Natal. O evento será realizado no dia 1º de dezembro no Instituto Pio XII, Centro da cidade, das 9h às 12h30, e tem o apoio da Paróquia de Sant’Ana e São Joaquim.

As atividades são diversificadas e voltadas para todas as idades. Para participar, basta se inscrever na secretaria paroquial informando nome completo, endereço e telefone. O atendimento para as inscrições é das 8h às 11h e das 14h às 17h, até o dia 31 de novembro. As vagas são limitadas e cada atividade possui lista de suplência.

A programação contará com orientações profissionais para pessoas em busca do primeiro emprego; palestras motivacionais e de autoimagem; jogo voltado para o autoconhecimento; roda de conversa; terapia infantil; avaliação nutricional; orientação e aplicação de flúor; atividades físicas para idosos; recreação infantil, exercício laboral e de relaxamento; aferição da pressão arterial; teste rápido de glicose; repasse de informações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs); atendimento pediátrico, fonoaudiológico e fisioterapêutico.

Também estarão disponíveis um espaço jurídico para orientar a população sobre assuntos diversos como direitos da família, registros de paternidade, questões imobiliárias e sucessões hereditárias; espaço contábil para tirar dúvidas de empreendedores acerca de questões financeiras, e espaço da beleza para asseio da barba e cortes de cabelo masculino e feminino.

Idealização
‘A Corrente do Bem’ é idealizada pela graduanda de psicologia Paulla Azevedo, de 44 anos, e já conta com a mobilização de cerca de 50 pessoas, entre profissionais e demais voluntários de São José de Mipibu. Para realizar a iniciativa, ela se inspira no filme norte-americano que dá nome ao projeto, lançado no ano 2000. Na obra, um professor de estudos sociais incentiva os alunos a colocarem em prática uma ideia que transformasse o mundo para melhor. Até que um jovem consegue criar um plano de ação que se transforma em uma onda de bondade nacional.

“Nossa meta é provar para as pessoas que quando desejamos realizar verdadeiramente uma ação do bem, unindo forças, podemos impactar positivamente a vida de milhares de outras pessoas. Juntos somos mais”, lembra a idealizadora.



Twitter