NATAL PRESS

divulgação



O deputado estadual Francisco do PT apresentou nesta quarta-feira (22), um projeto de resolução que institui a criação da Medalha do Mérito em Direitos Humanos “Marcos Dionísio”, destinada a agraciar pessoas e entidades que comprovadamente tenham oferecido, na área dos direitos humanos, contribuição relevante ao Estado do Rio Grande do Norte.

Subscrito inicialmente por 14 deputados, o projeto de resolução que tem como objetivo instituir a Medalha de Mérito em Direitos Humanos “Marcos Dionísio”, foi tema do pronunciamento do deputado estadual Francisco do PT, nesta quinta-feira (23) de maio, dia em que Marcos Dionísio Medeiros Caldas, conhecido pelos amigos como “Mosquito”, completaria 58 anos de vida.

“Por seus relevantes serviços prestados na luta incansável em defesa das minorias e pelos direitos humanos no nosso Estado e no Brasil, justificamos a presente homenagem e a instituição da Medalha de Mérito em Direitos Humanos - Marcos Dionísio. Em 2017, acometido de um câncer agressivo, Marcos Dionísio faleceu, nos deixando um legado insuperável de dedicação às causas populares e ao direito a vida”, ressaltou o deputado. 

Biografia
 
Nascido em 23 de maio de 1961 em Natal, Marcos Dionísio Medeiros Caldas, conhecido pelos amigos como “Mosquito”, formou-se na UFRN como advogado. Atuou como policial civil e exerceu atividades no Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (NUCAP) no Ministério Público Estadual. Dedicou a vida na defesa das minorias e dos direitos humanos, entendido de forma ampla como direito à vida a condições dignas de existência.

Marcos Dionísio se destacou como um grande mediador de conflitos. Foi presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos e atuou à frente do Comitê Popular da Copa que, através de um processo de valorização social, conseguiu, dentre outras coisas, evitar desapropriações de dezenas de moradores em razão das obras da Copa do Mundo de Futebol de 2014. 

Foi ouvidor da Secretaria de Defesa Social do Estado e coordenador do Observatório da Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte. Destacou-se pela sua corarem e preparo técnico e era reconhecido como um dos maiores analistas da violência e das políticas de segurança pública do Estado. Também desempenhou papel importante na Comissão de Direitos Humanos da OAB.

O Departamento de Marketing do Clube do Povo, em conjunto com a vice-presidência de Responsabilidade Social do clube, realizará mais uma importante ação social, nesta quarta-feira (22), às 10h, no Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade – LBV.
 
A instituição, que fica localizada no bairro de Dix-Sept Rosado, desenvolve programas e projetos que beneficiam crianças, jovens, adultos, idosos e famílias de baixa renda. As ações atendem, principalmente, famílias das comunidades dos bairros Bom Pastor, Cidade da Esperança, Dix-Sept Rosado, Nazaré, Planalto, Quintas, entre outras.
 
Na ação, três atletas do Mais Querido visitarão a LBV, o zagueiro Maurício, o meia Anderson Rosa e o atacante Jefinho. Os craques alvinegros farão fotos, distribuirão autógrafos e ainda realizarão o sorteio de camisas oficiais.
A ação faz parte do trabalho de responsabilidade social que o Maior do RN desenvolve junto à sociedade potiguar. Alguns exemplos, são: o projeto Escolas no ABC, que abre as portas do clube para a visitação de instituições esportivas e de ensino, e também a ação permanente na Escola Casa do Caminho, escola em tempo integral que atende crianças de famílias carentes da Vila de Ponta Negra.

Aos sábados e domingos, das 8h ao meio dia, um grupo de pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e idosos se reúne na Praia de Ponta Negra, na capital do RN, para tomar banho de mar. O que para muitos é algo simples, para esse grupo liderado pela Sociedade Amigos do Deficiente Físico (Sadef-RN) é uma verdadeira conquista, já que a praia da zona sul de Natal é a única em todo o litoral potiguar que dispõe de acessibilidade.

Apesar da falta de atenção a esse público, o Rio Grande do Norte é um dos Estados da Federação que mais tem pessoas com deficiência, seja motora, auditiva, visual, mental ou intelectual. O total, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), é de 882.022 pessoas nessa condição em todo o Estado, o que representa 27,8% da população potiguar.

O programa da Sadef, chamado “Natal Praia Inclusiva”, completou dois anos no último sábado (18), dia marcado por várias atividades na praia de Ponta Negra. “Tem vários casos de pessoas com deficiência que nunca tomaram banho de mar e depois do nosso projeto quase todo final de semana [a pessoa] está lá”, disse o presidente da Sadef-RN, Tércio Tinoco, em entrevista ao Hora Extra da Notícia (91.9 FM) nesta segunda-feira (20).

Pelo projeto, o banhista com deficiência dispõe de cadeiras que flutuam no mar, além de caiaque e stand up paddle. Também são realizadas atividades esportivas como futebol e vôlei para deficientes.

Segundo Tércio Tinoco, a praia de Ponta Negra só está acessível hoje em dia por pressões feitas pelo programa “Natal Praia Inclusiva” durante um ano. Ainda assim, o resultado é pequeno, já que em toda a praia só há uma rampa de acessibilidade perto do morro do careca, onde é realizado o projeto. Os demais acessos são todos por meio de escadaria.

Embora não tenha apresentado os valores, Tércio Tinoco diz que não é caro tornar uma praia acessível: basta se construir uma ou mais rampas de acessibilidade feitas de acordo com as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A SADEF

A Sociedade Amigos do Deficiente Físico é uma associação sem fins lucrativos que realiza atividades como halterofilismo, atletismo, natação, futebol de amputado, badminton, ciclismo, tênis de mesa e tênis de quadra. Hoje já são 200 paratletas de alto rendimento associados à instituição, dos quais 35 estão entre os melhores do país em suas respectivas categorias.

 

Está confirmada para o próximo dia 7 de junho, no Iate Clube de Natal, a realização do “Arraiá do Reviver”, festa junina idealizada pelo Grupo Reviver, que irá destinar toda a arrecadação do evento para fortalecer ações votadas para a prevenção e detecção do câncer de mama, e a aquisição de uma unidade móvel para fazer exames de mamografia no interior do estado. A animação da noitada, que terá início às 20 horas, ficará por contas das Bandas Circuito Musical e Messias Paraguai, além de Davi Castelly e o DJ Dilvan.

Segundo a procuradora aposentada, Idaíza Cavalcanti, o Grupo Reviver precisa que a festa tenha ampla adesão da sociedade, para que a instituição possa continuar fazendo trabalho que desenvolve. “Estamos fazendo entre 1.000 e 1.200 mamografias por mês e esse trabalho tem disso feito com recursos que arrecadamos anos anteriores. A ideia agora é ampliar e expandir as ações para o interior através da aquisição de uma unidade móvel”, explica.

Parceiro na iniciativa, o comodoro do Iate Clube de Natal, advogado Kaleb Freire, disse que toda a estrutura do clube foi disponibilizada para apoiar o São João do Grupo Reviver, que deverá ter a participação da família iateana, através de seu quadro de associados. “Estamos convidando todos os sócios para participar do evento”, disse.

O “Arraiá do Reviver terá muita comida típica e forró para celebrar uma das mais genuínas e tradicionais manifestações culturais. Senhas individuais podem ser adquiridas pelo valor promocional de R$ 60,00 até a próxima sexta-feira, dia 20. No sábado, o ingresso passa a custar R$ 80,00. O bar do Iate Clube estará funcionando normalmente, mas, quem quem quiser, pode levar vinho ou espumante.

O evento  conta com o patrocínio da Office Iluminações, TCM Geradores e agência, complexo de ensino ED/HC e decoração de Clodoaldo Bahia. Os pontos de venda dos ingressos são Iate Clube de Natal, Formule Farmácia de Manipulação. Banca do Tota, Studio Power Plate e com as associadas do Grupo Reviver.

SERVIÇO:

ARRAIÁ DO REVIVER

DIA: 07 DE JUNHO

HORA: 20 hs

LOCAL: IATE CLUBE DE NATAL

INFORMAÇÕES: 84 98768.9577

Diversas famílias de origem portuguesa emigraram para o Brasil entre os séculos XVI e XVIII. Aqui no Rio Grande do Norte, muitas dessas famílias compartilham raízes genealógicas que indicam um antepassado em comum: o judaico. Mas como uma dessas pessoas pode conseguir cidadania portuguesa? No próximo dia 24 de maio, vai acontecer em Natal um evento, das 12h às 14h, no Cascudo Bistro para os interessados descobrirem como seus antepassados podem abrir as portas de Portugal para você.

Expulsos de seu país de origem, o povo judeu originou diversas das mais tradicionais famílias do nosso Estado. E Portugal, reconhecendo esses laços, está concedendo a cidadania portuguesa a quem provar essa descendência.

Nosso evento trará apresentações de um Genealogista, bem como de advogados do Brasil e de Portugal, todos especializados em processos de cidadania por meio das raízes advindas dos judeus sefarditas (da região ibérica).

Você sabia que essa pode ser uma possibilidade real para você? Garanta já seu almoço/palestra.

Mais informações: (84) 99430 0909 ou no https://www.sympla.com.br/re-viva-portugal__532121

elpídio júnior

 

O plenário da Câmara aprovou na tarde desta quarta-feira (15), o Projeto de Lei N° 114/2019 de autoria do vereador Kleber Fernandes (PDT), garantido que o fornecimento do cartão especial de estacionamento para deficientes, autistas, gestantes em gravidez de risco e maiores de 60 anos, para utilização nos estacionamentos públicos e privados, inclusive comerciais do município de Natal, passe a ser de responsabilidade da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). De acordo com o vereador autor do projeto, apesar da cidade já expedir um cartão que garante esse tipo de asseguridade, a lei aprovada busca efetivar os direitos desses grupos de pessoa em sua totalidade. “Vamos garantir segurança jurídica às pessoas beneficiárias da gratuidade ao poderem ter o seu cartão garantido e emitido pela STTU, que é um cartão vinculado a pessoa que faz jus a esse benefício e não ao veículo que a pessoa está utilizando, como prevê a lei estadual em vigor”, ressaltou.
 
O vereador Kleber Fernandes ainda destacou que havia uma má interpretação por parte dos estabelecimentos. “Pela ausência de uma norma municipal existia uma interpretação equivocada de que não haveria validade os cartões confeccionados pela secretaria de mobilidade urbana. Agora teremos a garantia da emissão e penalidade de multa aos estabelecimentos que descumprirem essa norma, então iremos garantir mais tranqüilidade e segurança aos usuários da lei”, Kleber.
 
Integrante da Comissão de Direitos Humanos, Proteção das Mulheres, Idosos, Trabalho e Minorias, a vereadora Eleika Bezerra (PSL), comemorou o Projeto aprovado e destacou ser de muito bom senso e interesse da sociedade. “É um projeto muito lúcido, nós, sobretudo eu como idosa, agradeço por essa iniciativa. Nós idosos agradecemos a responsabilidade dessa lei que vai garantir os nossos direitos”, disse.

divulgação


            O Eco Praça, projeto que visa à reativação dos espaços públicos por meio de ações de cidadania, sustentabilidade e valorização da cultura, dá continuidade as atividades de 2019 e chega à Praia da Pipa, no próximo sábado, dia 18 de maio. A programação será realizada das 15h às 22h, na Praça do Pescador, e contará com diversa s atrações de cidadania e cultura.
            As edições do Eco Praça Sustentabilidade contam, pelo segundo ano consecutivo, com o patrocínio da Cosern e do Instituto Neonergia, por meio da Lei de Incentivo Câmara Cascudo. A renovação de parceria significa que o Eco Praça é reconhecido como uma iniciativa que promove ações que reforçam os costumes e cultura locais e dissemina valores socioambientais que estão alinhados com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas. “Essa é a segunda edição do Eco Praça com o tema Sustentabilidade e mais uma vez pretendemos levar esse assunto, tão vital para toda a humanidade e para nosso planeta, como discussão para comunidade. Dessa vez aportamos pela primeira vez em Pipa e esperamos realizar uma edição linda, cheia de alegria e cidadania”, explica Geraldo Gondim, diretor e idealizador do Eco Praça.
            Além de ter sido contemplado pelo Programa de Patrocínios da Cosern – Instituto Neoenergia, por meio da Fundação José Augusto e da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, o Eco Praça também conta com o apoio da prefeitura municipal de tibau do Sul para esta edição.

SOBRE O ECO PRAÇA

            O projeto Eco Praça é um movimento sociocultural de ocupação e ressignificação criativa de praças e espaços públicos sob a perspectiva de ações colaborativas que englobam arte e cultura, lazer, economia solidária e criativa, educação ambiental, esporte e qualidade de vida, com intervenções lúdicas, promovendo a conscientização socioambiental e transformação desses espaços.
            O Eco Praça incorpora em seu conceito diversas experiências culturais atreladas a discussões relacionadas ao direito à cidade, com o objetivo de despertar na população participante o interesse pela gestão comunitária dos espaços públicos. 
            A ação é idealizada e promovida pelo Instituto Ancestral, organização social autônoma e popular que desenvolve ações afirmativas de caráter cultural, político e eco pedagógico com o objetivo de promover e difundir habilidades para alcançar um modo de vida sustentável.

Serviço:

Eco Praça Sustentabilidade – Edição Pipa
Sábado - 18 de maio – das 15h às 22h
Praça do Pescador – Praia da Pipa
Programação Eco Praça Sustentabilidade – Edição Pipa
15h - Discotecagem com Txio Paulinho (Paulo Souto)
16h - Feira Economia Criativa
16h10 - Palestra sobre Mudanças Climáticas com Kaleb Melo – ONG Climate Reality
17h30 - Circo Tropa Trupe com o espetáculo A Fuga do Espelho
18h - Ação Ambiental (doação de 100 mudas)
19h - Roda de capoeira com o Mestre Gian
19h15 - Oficina de Origami com Kaline Xai
20h30 - Apresentação musical com o artista local Peixinho
21h10 - Show com o Chileno Guerreiro

Doar sangue é um ato de solidariedade, que ajuda a salvar vidas. Devido ao fechamento da unidade da Zona Norte, o Hemonorte aumentou os dias de doação, na unidade móvel do Partage Norte Shopping. O veículo passará a atender, além das terças-feiras, na 2ª e 4ª quintas-feiras do mês de maio, das 8h às 17h, no estacionamento do empreendimento, na Avenida João Medeiros Filho.

Na hora de doar, é necessário passar por uma breve entrevista, que tem como objetivo dar mais segurança aos doadores e pacientes que receberão a doação. É importante a sinceridade nas respostas. Tudo que foi respondido será mantido em sigilo.

 

Requisitos para doar:

Ø  Sentir-se bem, com saúde;

Ø  Apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo território nacional;

Ø  Pesar acima de 50 kg;

Ø  Ter entre 16 e 67 anos;

Ø  Não estar em jejum;

Ø  Ter dormido, no mínimo, 6 horas na noite anterior;

Ø  Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores;

Ø  Evitar fumar por 2 dias;

Ø  Evitar alimentos gordurosos. 

 

Serviço:

Doação de Sangue

Data: Terças-feiras e 2ª e 4ª quintas-feiras de maio;

Local: Estacionamento do Partage Norte Shopping

Horário: 8h às 17h

Endereço: Avenida Doutor João Medeiros Filho, 2395 – Potengi

Telefone: (84) 3674-8200 | 98189.8899 (WhatsApp)

Redes Sociais: @partagenatal

Sitewww.partagenatal.com.br

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio Grande do Norte (Consec/RN) está com inscrições abertas para o processo de escolha dos representantes da sociedade civil para o Biênio 2019-2020.

Entidades não governamentais que atuam na promoção, atendimento, defesa e controle social na área dos direitos da criança e do adolescente podem se inscrever até a quarta-feira (8), na sala da Diretoria de Desenvolvimento Institucional, na sede da Sethas/Fundase (Centro Administrativo), das 8h às 15h.

Os interessados devem apresentar a seguinte documentação: ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada (disponibilizada no ato da inscrição); cópia do CNPJ; cópia do Estatuto devidamente registrado em Cartório; cópia da ata da última eleição da diretoria; cópia do relatório de atividades do ano anterior; atestado de funcionamento há pelo menos um ano, expedido por três autoridades; comprovação de atuação de âmbito estadual na área da criança e do adolescente, através de seu Estatuto ou documento legal.

Sete instituições não governamentais serão escolhidas para compor o Consec/RN, ficando as demais como suplentes para eventuais substituições. A lista das habilitadas será publicada no dia 15 de maio, no Diário Oficial do Estado. O pleito ocorrerá no dia 24 de maio, das 9h às 11h, na Casa da Cidadania, que fica na Rua Nossa Senhora de Candelária, s/n, Candelária.

Todas as regras estão na Resolução nº 122/209. Confira

Informações: (84) 99962-8623 / 99983-8461.

A Defensoria Pública do Rio Grande do Norte (DPE/RN) conquistou na justiça a suspensão de cobranças indevidas feitas pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) à uma consumidora. A cliente havia solicitado o corte do ramal de água e estava sendo cobrada a taxa de esgoto. A decisão foi dada em tutela provisória de urgência e estabelece multa diária de R$ 500,00 em caso de descumprimento.

De acordo com a ação, a cliente solicitou corte no ramal de água do seu imóvel em março de 2016, pois iria colocá-lo à venda. Desde então, a propriedade se encontra desabitada, além de ser localizada em área sem qualquer rede de saneamento básico. Mesmo assim, dois anos depois da solicitação, a consumidora foi surpreendida com uma cobrança no valor de R$ 1.224,34.

Ao buscar esclarecimento da Caern, a proprietária constatou que o montante se referia à cobrança de taxa de esgoto durante todo o período em que o fornecimento de água foi suspenso. Com isso, buscou a revisão da cobrança, e por várias vezes compareceu ao setor de atendimento da empresa, sem êxito na resolução do problema. 

Em análise, o juiz Lamarck Araujo Teotonio da 5ª Vara Cível de Natal entendeu que não há utilização do serviço de esgoto, de modo a não haver razão pela cobrança da tarifa. Na decisão, foi determinada a suspensão do débito referente às faturas emitidas de junho de 2016 a abril de 2019, bem como a abstenção da Caern em emitir novas faturas e de inscrever o nome da consumidora nos cadastros de proteção ao crédito.



Twitter