NATAL PRESS

Ao som de Dodora Cardoso, Carlos Alexandre Jr, Messias Paraguai a festa promete aquecer o público potiguar

No próximo dia 18 de agosto, o GACC-RN realiza mais uma edição do tradicional Brega Solidário. O evento faz parte do calendário anual da instituição e conta com um público fiel na cidade. Após comemorar 10 anos de existência em 2016, o Grupo fez uma pausa e retorna este ano com uma produção ainda mais irreverente.

A 11ª edição do Brega Solidário chega inovando no tema e ousa trazer o verão mais cedo para os potiguares. Após explorar a fundo os elementos característicos do imaginário popular, o Grupo propõe uma nova abordagem do brega, de olho nas novas tendências e no potencial de atingir novos públicos em uma divertida confraternização, cujo objetivo maior é a manutenção da sua sede. Nesse contexto, novidade e tradição se encontram para criar um clima tropical em pleno inverno, fazendo acender uma chama de solidariedade e diversão no coração do nordeste.

Para garantir a animação, a noite mais quente do mês contará com a presença marcante de Dodora Cardoso, Carlos Alexandre Jr, Messias Paraguai e muitos convidados. Este ano, os artistas estarão homenageando José Ribeiro, com um repertório de clássicos que promete animar a todos.

E para fechar com chave de ouro, o evento promoverá um divertido concurso que elegera o convidado mais brega da noite. A festa é a caráter e para vencer no concurso de melhor figurino, vale tudo!

Não fique aí parado passando frio. Venha conferir essa inusitada mistura e se aquecer com o melhor brega potiguar!

 

SERVIÇO

Brega Solidário - 11ª Edição

Dia 18 de agosto, sábado, às 21h

Local: AABB

Av. Hermes da Fonseca, 1017 - Tirol, Natal - RN

Vendas: Na sede do GACC-RN

Av. Mal. Floriano Peixoto, 383 - Petrópolis, Natal - RN

Informações: (84) 4006-6800

canindé soares

Ação é promovida pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular

 

A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, regional do Rio Grande do Norte – SBACV/RN, realiza no dia 18 deste mês, o Check-up Vascular, no pátio interno do shopping Via Direta, de 8h às 13h.

Na ação, médicos angiologistas, cirurgiões vasculares e residentes da especialidade promovem atendimento à população, com serviço gratuito e individualizado. No ano passado, mais de 800 pessoas compareceram, e a expectativa para este ano é de que ultrapasse, chegando a 1 mil atendimentos.

Informações a respeito de doenças vasculares, como o AVC, a trombose e os aneurismas; problemas de circulação no geral, formas de prevenção e tratamento, orientação quanto aos sinais e sintomas estão entre as atividades da campanha, tudo em estrutura montada com tendas de apoio. A presidente da SBACV/RN, Dra. Liana Berúcia, comenta, “o evento é de grande importância, uma vez que oportuniza e esclarece à sociedade sobre os cuidados que devemos ter com a saúde vascular. O objetivo é alertar, prevenir e diagnosticar as principais enfermidades dessa natureza que acometem a saúde”.

Check-up Vascular

O Check-up Vascular consiste em uma consulta médica com o propósito de trabalhar na prevenção, detectndo características que indiquem situações de risco no que se refere ao acometimento cardiovascular. Além do histórico do paciente e dos exames físicos, o angiologista ou cirurgião vascular, notando a necessidade, pode solicitar exames de sangue ou imagens para melhor diagnosticar e direcionar o tratamento.

Identificar fatores de riscos para doenças que incluem o Acidente Vascular Cerebral (AVC), infarto, hipertensão, as amputações e os aneurismas – que consistem em dilatações localizadas das artérias de qualquer parte do corpo -, é de grande valia para promover saúde e prevenir agravantes ou fatalidades.

Medidas preventivas como: parar de fumar, reduzir estresse, adotar uma dieta equilibrada com menos gordura, sal e açúcar, evitar bebidas alcoólicas e praticar exercícios físicos regularmente são algumas das principais precauções.

 
divulgação
Com carreira vitoriosa nas piscinas, Ana Raquel, da Sadef/RN, estreia no ciclismo internacional
 
 
Ana Raquel Montenegro tem 27 anos, e entrou pela primeira vez numa piscina aos 2 meses de idade. O esporte era parte do tratamento de fisioterapia. Ela nasceu com a Síndrome de Poland, que é rara e afeta a região torácica. É caracterizada pelo subdesenvolvimento ou ausência do músculo peitoral. Em alguns casos provoca sindactilia nas mãos, que é quando os ossos ou membranas dos dedos estão unidos.
 
Aos 8 anos, Ana Raquel deu as primeiras braçadas em competições oficiais, disputando lado a lado com atletas sem deficiência. Aos 14 entrou no paradesporto, onde se destacou. Representando a Sadef - Sociedade Amigos do Deficiente Físico, foram muitas conquistas, participação no Parapan do Rio, até que em 2015, ela resolveu mudar. “Nesse ano o triathlon entrou nos Jogos Paralímpicos, e isso despertou meu interesse na modalidade. Encarei a mudança como um desafio”, diz ela.
 
No ano seguinte, a potiguar já estava no Rio de Janeiro, disputando a paralimpíada. Terminou na honrosa 11ª colocação, e ainda mais gás pra seguir no esporte. Tanto que se dividiu entre o triathlon e os treinos específicos de ciclismo, terceiro esporte mais importante nos Jogos Paraolímpicos, atrás apenas do Atletismo e da Natação.
 
Próxima semana, a atleta da Sadef estreia em uma competição internacional da modalidade: a Copa do Mundo de Paraciclismo, no Canadá. “Viajo cheia de boas expectativas. Estou confiante que vou ficar no Top 10 Mundial. Vou também com o objetivo de pontuar e conseguir a vaga para os Jogos Parapanamericanos 2019, no Peru”, acredita.
 
Nesse primeiro ano no ciclismo, Ana Raquel já subiu ao pódio na Copa Brasil, foi prata. E quer repetir o feito na volta do Canadá, no Circuito Panamericano que acontece no fim do mês, em São Paulo.

Mais uma iniciativa solidária bem-sucedida mobiliza a sociedade potiguar em prol das crianças com câncer, trata-se da Campanha Troco Solidário, idealizada pelo Grupo Nordestão, em favor dos pacientes da Casa Durval Paiva.

A parceria da Casa com o Nordestão existe há mais de dez anos. Nesse período, diversas campanhas foram desenvolvidas, sempre buscando difundir a luta contra o câncer infantojuvenil para a sociedade, como por exemplo, a campanha do Diagnóstico Precoce, veiculada nas sacolas de compras, contendo os principais sinais e sintomas do câncer. Graças a ações de conscientização como esta, vidas não só de crianças, mas também de adultos têm sido curadas, sem sequelas.

Os resultados têm sido expressivos, no primeiro mês Abril/2018 a campanha arrecadou R$8.008,15, no segundo, Maio – R$26.814,15 e no terceiro Junho – R$28.772,85, o que demonstra o apoio da sociedade à causa. Os recursos arrecadados, a cada mês, atenderão a demanda de 150 novos casos/ano no RN e serão aplicados na divulgação do Diagnóstico Precoce e suporte ao atendimento dos pacientes, através do apoio psicossocial dado pela equipe multiprofissional da Casa – assistentes sociais, psicóloga, arte educadora, dentistas, farmacêutica, nutricionista, pedagogas, profissional de TI, terapeuta ocupacional e fisioterapeuta.

A iniciativa de vanguarda da empresa da terra se estende também a outros estados, visto que a Casa Durval Paiva dá suporte social também a pacientes vindos dos estados da Paraíba, Ceará, Piauí e Sergipe.

Para participar da campanha, basta doar o troco nos terminais dos caixas de todas as lojas do Nordestão, arredondando o valor de compra. Será emitido um cupom, sem valor fiscal, comprovando a doação em favor da Casa Duval Paiva. Os valores serão repassados integralmente para a instituição.

Mais que o valor da doação, a campanha convida a sociedade a se aproximar da causa e da Casa, uma vez que todos os meses também é montado um stand da instituição em uma das lojas do Grupo, onde os clientes podem conhecer mais sobre o trabalho da Casa e os produtos confeccionados pelas mães dos pacientes assistidos. A transparência e a prestação de contas também permeiam a iniciativa de responsabilidade social, visando apresentar resultados sempre consistentes e práticos, estimulando outros segmentos a fazer a diferença através da mobilização social.

“O preconceito é injusto e a gente não consegue aceitar que ainda exista nos dias de hoje, mas existe e é muito forte. O Brasil é o país que mais mata homossexuais no mundo. Quero que minha história sirva como exemplo para outras vítimas não se calarem. Que elas denunciem”. Foi isso que motivou Igor Henrique, esteticista natalense de 31 anos, a buscar a justiça, 11 anos atrás, quando sentiu na pele o preconceito.


Ele conta que estava em uma casa de shows de Natal quando um segurança o “convidou a se retirar” alegando que ele estava com roupas inadequadas. “Eu sabia que não desrespeitava nenhuma regra da casa, mas para evitar ainda mais constrangimento, decidi ir embora. Na época, tinha apenas 20 anos, e por um tempo, fiquei bem abalado, procurando em mim o problema. Depois percebi que não tinha problema nenhum e sim que me mandaram sair por outro motivo. Sofri crime de preconceito, homofobia”, relata.


Com a ajuda de uma amiga advogada, resolveu procurar a Justiça. Foram longos 11 anos de tramitação do processo, que foi até a última instância e deu ganho de causa ao potiguar. Igor Henrique recebeu a primeira parte do dinheiro e decidiu cumprir uma promessa que tinha feito a si mesmo quando deu entrada na ação judicial. “Prometi que se ganhasse, ajudaria instituições filantrópicas da minha cidade. Contei meu caso nas redes sociais e pedi aos seguidores indicações de quem poderia ajudar”, diz ele.


Igor recebeu uma enxurrada de mensagens com sugestões e decidiu conhecer pessoalmente o trabalho de algumas delas, para então fazer as doações. Uma das visitas foi à Sadef – Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN. Ele conheceu a sede, as histórias dos paratletas, e ficou encantado com o trabalho: “o esporte transforma vidas de pessoas que chegavam a se considerar inúteis por causa da deficiência. Algumas nunca tinham viajado e agora estão conhecendo o mundo representando o RN em competições esportivas. Não tive dúvidas na hora de escolher a Sadef para receber a doação”.


A Sadef é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que há mais de duas décadas atua na busca da inclusão social, principalmente por meio do esporte. Tercio Tinoco, presidente da Sadef, diz que uma ajuda como a de Igor é sempre muito bem vinda e já presta contas do que vai ser feito com o dinheiro. “Vai ajudar e muito no projeto de ampliação da nossa sede. Estamos construindo consultórios para médico, psicológico e nutricionista. Assim vamos ter condições de atender melhor os nossos paratletas”, comemora Tercio.


Além da Sadef, Igor ajudou outras três instituições de Natal de diferentes áreas. O Lar da Vovozinha; Amor sem raça definida, ong que resgata, trata e busca donos responsáveis para animais abandonados; e Amico – Associação Amigos do Coração da Criança. No total foram doados 10 mil reais.


“Por mais que demore muito tempo, a justiça tarde mas não falha. Que meu caso inspire outras pessoas também a ajudar os mais necessitados, não olhar apenas pro próprio umbigo. Eu nunca tinha feito uma caridade desse tipo. É surreal a sensação de saber que estamos melhorando vidas e ajudando quem depende tanto de doações”, diz Igor Henrique.

Troco Solidário: Nordestão arrecada mais 60 mil reais para Casa Durval Paiva

 

divulgação

O Nordestão promove uma campanha em prol da Casa Durval Paiva que transforma um ato simples em boa ação. É o Troco Solidário, onde o cliente do supermercado pode doar seu troco para a instituição. Todos os valores são repassados integralmente para a Casa. A campanha foi iniciada no mês de abril e nos três primeiros meses arrecadou R$ 63.595,50. Agora em julho, já foram contabilizadas mais de 70 mil doações.

Os valores ajudam a Casa Durval Paiva no tratamento de 600 crianças, numa demanda de 150 novos casos ao ano, em diversos projetos e ações. No local, elas recebem apoio psicossocial através de uma equipe multidisciplinar, cestas básicas, transporte. A instituição também já investiu na reforma e construção de moradias adequadas para o paciente e a família.

 

Todas as lojas do Nordestão e Superfácil participam da campanha. No ato da doação, o cliente recebe um cupom sem valor fiscal registrando a contribuição.

Município está sendo castigado com as recentes chuvas que caem no Rio Grande do Norte e moradores estão desabrigados. Doações podem ser entregues na Catedral Metropolitana

O Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, está convocando os fiéis e a população em geral a fazerem a doação de colchonetes, lençóis, água e alimentos não perecíveis, que serão destinados às famílias do município de Touros, litoral norte potiguar, que vem sendo assolado pelas recentes chuvas que caem no Rio Grande do Norte, desde a sexta-feira (06).

Em virtude dos alagamentos, a prefeitura municipal decretou estado de emergência e mais de 200 moradores tiveram que deixar suas residências e estão desabrigados. Os mantimentos podem ser entregues na Catedral Metropolitana, na sala da coordenação arquidiocesana de pastoral, no horário das 08h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta. Dom Jaime encerra o comunicado agradecendo a todos pela generosa e solícita colaboração.

Fiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) apreenderam sete paredões de som durante o fim de semana, em diferentes pontos da Zona Norte. Quatro deles em encontro realizado no Ginásio Nélio Dias, no bairro de Lagoa Azul  e os demais  ns bairros de Pajuçara e Nossa Senhora da Apresentação. A ação contou com o apoio da Guarda Municipal (GAAM), Ronda Ostensiva Municipal (Romu), Policia Militar do 4º batalhão e da Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipam)

Defensoria Pública do RN empossa novos defensores estaduais

 

Heraclison Lima



A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte empossou, nesta segunda-feira (04), quatro novos defensores públicos estaduais. A solenidade de posse aconteceu durante Sessão do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado, na sede administrativa do órgão na Ribeira, e contou com a presença de defensores, servidores, familiares e amigos.

Os novos defensores públicos estaduais – Alexander Diniz da Mota Silveira, Marília Guiomar Neves Pedrosa Bezerra, Camila da Silveira Jales, José Nicodemos de Oliveira Segundo – foram aprovados no concurso realizado pela instituição em 2016. O certame tem vigência até Setembro deste ano podendo ser prorrogado por mais dois anos. Com a posse, a Defensoria potiguar passou a contar com 64 membros em seu quadro de defensores públicos.

“A cada momento como este reascende em mim a esperança de que um dia iremos alcançar a população de todo o Estado, levando cidadania a quem precisa. Ainda somos poucos, é verdade, mas os avanços vêm ocorrendo e, cada passo a seu tempo, a Defensoria Pública vem galgando o merecido espaço e respeito no Rio Grande do Norte”, registrou o Defensor Público-Geral do Estado, Marcus Alves, relembrando que a instituição está presente em 13 das 59 comarcas existentes no Estado, restando chegar a outras 46.

Representando os recém-empossados o defensor público Alexander Diniz falou em seu discurso sobre a jornada para ingresso na instituição e relembrou a grande missão que agora assumem. “[É] um sentimento de dever cumprido, mas sabemos que apenas em parte, pois o dever de ser pôr na condição do outro e de fazer valer os princípios e os valores de uma sociedade justa é eterno”, registrou. Os novos defensores também foram saudados pelo defensor público Igor Melo, atual presidente da Associação de Defensores Públicos do Estado do Rio Grande do Norte (Adpern). Os novos defensores públicos estaduais irão agora passar por um curso de formação que abrangem todas as áreas atendidas pela Defensoria para em seguida serem distribuídos em diferentes núcleos.

Prefeitura tem iluminação especial para a campanha “Abril Verde”

 
Marco Polo Veras
 
No dia 28 de abril é celebrado o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho. Em alusão à data e com o objetivo de despertar a sociedade para a importância da segurança e saúde do trabalhador, a Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), disponibiliza neste mês uma iluminação especial pela cidade. 
 
O Palácio Felipe Camarão, a Ponte Newton Navarro e o viaduto estaiado do Complexo Dom Eugênio de Araújo estão iluminados na cor verde, dando destaque ao Movimento Abril Verde. 
 
A campanha Abril Verde é um movimento nacional que tem como objetivo alertar a sociedade sobre os riscos de acidentes no trabalho e conscientizar a população sobre danos à saúde do trabalhador. A iniciativa acontece de forma integrada e envolve a sociedade civil, órgãos governamentais, entidades de classe, empresas, associações e federações.


Twitter